Autor Tópico: [ARTIGO] Entendendo Resolução de fotografia digital  (Lida 8922 vezes)

wdantas

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.183
  • Sexo: Masculino
    • WDantas Fotogaleria
Online: 06 de Setembro de 2006, 17:14:31
Este artigo visa esclarecer muitas dúvidas que todos os iniciantes têm sobre RESOLUÇÃO, DPI e AMPLIAÇÃO de fotografias digitais. O artigo de referência é Megapixels vs resolução do site do Nelson Ricciardi.

O sensor de uma câmera Canon EOS 10D é de 3072 por 2048 pixels, portanto 3072x2048 = 6291456 pixels, ou 6,3 milhões de pixels, ou ainda 6,3 Mega pixels.

Qual a resolução em DPI (pontos por polegada)? Não existe essa medida. DPI é uma medida do dispositivo de saída: impressoras ou mini-labs por exemplo.
O que a câmera registra são apenas pixels.
Um mini-lab Fuji Frontier “imprime” na resolução de 300 DPI.

Então podemos concluir que uma imagem registrada na EOS 10D para ser “impressa” na Fuji Frontier com qualidade teria o tamanho máximo de 26cm por 17,34cm

Vejam:
Largura = 3072 pixels / 300 pixels por polegada = 10,24 polegadas = 26cm
Altura = 2048 pixels / 300 pixels por polegada = 17,34cm


Este cálculo é válido para qualquer dispositivo e saída, bastando substituir a resolução por aquela especificada pelo dispositivo que se deseja usar.

Para ter uma impressão de 30cm (12 polegadas) por 20cm (8 polegadas) a razão de 300 pixels por polegada (exigidos pela Frontier) precisaríamos de 3600 pixels por 2400 pixels.
12*300 = 3600 e 8*300 = 2400.

Neste caso temos que interpolar (criar pixels adicionais): 528 pixels na largura (528/3072 = 17%) e 352 pixels na altura (352/2048 = 17%).

Existem diversas formas de fazer isso. Uma é deixar que o algoritmo da Frontier crie os pontos; leve a foto no tamanho original da EOS 10D e peça uma ampliação de 30cm por 20cm. A Frontier gera resultados de alta qualidade.

Outra forma é interpolar no Photoshop. Neste caso use o modo bicubic smoother e pixels dimensions em percent na opção image/image size. Vá fazendo sucessivas interpolações pequenas de 10%. No PS CS2 pode fazer percentuais maiores com bons resultados.

Ainda outra forma é utilizar programas específicos para este fim como o Genuine Fractals. O uso de programas mais sofisticados se torna necessário quando se quer grandes formatos, como por exemplo uma foto de 6Mpx com a largura de 1m. São quase 40 polegadas que a razão de 300 pixels por polegada ficaria em 12000 pixels e só temos os 3072 originais.

Este artigo refere-se apenas a câmeras com padrão 3:2 que é equivalente a um filme de 35mm. As Câmeras amadoras utilizam padrão 4:3 o que deixa as imagens menos retangulares. Neste caso você tem que fazer o crop da imagem antes de interpolar ou mandar pro mini-lab interpolar para não correr o risco do operador fazer o corte em lugares indesejados da sua imagem. Veja o artigo Ampliação de fotos digitais do Nelson Ricciardi.

Espero ter ajudado a todos pois eu mesmo tive grande dificuldade de entender essas regras quando, há pouco tempo, me interessei pela pós-produção da fotografia digital.

Abraço :bye1:
 
« Última modificação: 11 de Setembro de 2007, 10:35:20 por Guto Marcondes »


TiagoDegaspari

  • Trade Count: (34)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.572
  • Sexo: Masculino
  • Limeira SP
    • www.TiagoDegaspari.com.br
Resposta #1 Online: 07 de Setembro de 2006, 01:47:29
Muito bom, mais nem sempre essa REGRA precisa ser seguida...

Tenho um exemplo de um amigo de outro fórum que imprimiu uma foto com mais de 60CM a partir de um arquivo RAW de 6MP.

Bom, mais estes parametros colocado por vc são de grande utilidade e servem como base pra não haver erros...

Excelente TOPICO!!

Abraços


wdantas

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.183
  • Sexo: Masculino
    • WDantas Fotogaleria
Resposta #2 Online: 08 de Setembro de 2006, 22:44:56
Tiago o Camara RAW do PS ao abrir uma foto disponibiliza várias opções de interpolação, uma foto de 6Mp pode ser interpolada até como uma de 25,1Mp (6144px x 4085px).
Ainda mais, se for setado Resolution em 300px/pol a imagem ficará com 52cm x 34cm; se em 200px/pol a imagem ficará com 78x51cm. Ou seja, você pode ampliar além do tamanho em pixels que a máquina fornece.

 


pedro nicoli

  • Trade Count: (6)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 241
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 31 de Outubro de 2006, 08:15:40
tenho que discordar de uma coisa
quando se "imprimi" uma foto no minilab, nao é realmente impressão, e sim projeção, portanto a medida de "xxx Pixels a 300dpi = xx centimetros" nao se aplica neste caso.
Isso vale para o processo Offset, ou impressoes mesmo, em impressoras, pois ai sim estamos trabalhando com pontos diretamente no papel.

vale lembrar q nao tenho absoluta certeza do que estou falando, mas pelo q ja andei conversando com o pessoal de minilab, graficas e fotografos, é mais ou menos isso mesmo


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.739
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #4 Online: 31 de Outubro de 2006, 19:50:22
Pedro isso vale para minilab sim, o munilab tem uma resolução ótica e seu processo é chamado de impressão photoquímica.
Qualquer dispositivo de saída digital tem a densidade de saída dada em DPI, inclusive os minilabs
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


wdantas

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.183
  • Sexo: Masculino
    • WDantas Fotogaleria
Resposta #5 Online: 01 de Novembro de 2006, 07:27:10
O grande problema é que funcionários de mini-labs em geral não têm nenhum conhecimento técnico do que estão fazendo. Sem querer desmerecer, são simplesmente operadores de máquina. Já recebi muitas informações malucas deles.
Quanto aos fotógrafos, se são profissionais, deveriam ter cuidado com o que falam. Sobre gráficos, sem comentários.