Autor Tópico: Crop Sensor vs Full Frame Zack Arias  (Lida 7102 vezes)

AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #30 Online: 21 de Agosto de 2014, 10:19:20
Exato  :ok:

Esta parte merecia outra discussão, especialíssima por sinal  :ok:

Pessoas investem muito em equipamentos ditos " mais nítidos", para depois suavizar tudo no PS

Tenho repetido isso a anos.... Talvez como usuário de lentes antigas, algumas já feitas com o propósito de não serem nítidas, mas privilegiar passagem de tons, bokeh, etc.. (como a Jupiter-9 por exemplo), tenha percebido já a algum tempo que nitidez bruta nem sempre é a melhor ou mais importante qualidade de uma lente. Tudo depende da sua finalidade.

Costumo dizer que algumas lentes destas antigas já vem com uma rotina de suavização de pele embutida :)

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


gruggio

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.146
Resposta #31 Online: 24 de Agosto de 2014, 21:08:43
Tenho repetido isso a anos.... Talvez como usuário de lentes antigas, algumas já feitas com o propósito de não serem nítidas, mas privilegiar passagem de tons, bokeh, etc.. (como a Jupiter-9 por exemplo), tenha percebido já a algum tempo que nitidez bruta nem sempre é a melhor ou mais importante qualidade de uma lente. Tudo depende da sua finalidade.

Costumo dizer que algumas lentes destas antigas já vem com uma rotina de suavização de pele embutida :)


Definitivamente, "qualidade" é algo relativo.
De uns tempos pra cá venho notando muita aberração cromática em minhas fotos, principalmente quando faço um tratamento mais carregado no LR. Foi aí que surgiu a necessidade de uma lente melhor. No meu caso, não é nitidez, mas sim um controle melhor de aberação cromática.
Tenho uma 50 1.8G, lente que uso na maioria das ocasiões. Estou pensando em trocá-la pela Sigma 50 1.4 Art. Acho que será um upgrade e tanto, devido a vários fatores como controle de aberração cromática, robustez, velocidade e ganho de ponto. Outros fatores, só testando mesmo pra falar.


Pope

  • SysOp
  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.196
  • Sexo: Masculino
    • Renato Pope
Resposta #32 Online: 24 de Agosto de 2014, 21:22:50

Definitivamente, "qualidade" é algo relativo.
De uns tempos pra cá venho notando muita aberração cromática em minhas fotos, principalmente quando faço um tratamento mais carregado no LR. Foi aí que surgiu a necessidade de uma lente melhor. No meu caso, não é nitidez, mas sim um controle melhor de aberação cromática.
Tenho uma 50 1.8G, lente que uso na maioria das ocasiões. Estou pensando em trocá-la pela Sigma 50 1.4 Art. Acho que será um upgrade e tanto, devido a vários fatores como controle de aberração cromática, robustez, velocidade e ganho de ponto. Outros fatores, só testando mesmo pra falar.
Eu já acho que o ponto fraco das Sigmas Art é justamente a aberração cromática!
"If you wanted a cheap profession to get into you picked the wrong one."Zack Arias
Flickr


gruggio

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.146
Resposta #33 Online: 24 de Agosto de 2014, 21:34:39
Eu já acho que o ponto fraco das Sigmas Art é justamente a aberração cromática!

Pope, você já teve alguma da linha Art?? Ouvi muito bem da Sigma 50 1.4A.
Neste link ela é comparada com a Otus 55 1.4...
A bicha tem 13 elementos em oito grupos, e uma coisa que me chamou atenção foi o SLD (special low dispersion glass)
https://www.youtube.com/watch?v=BkKtD7UjLiM


Elder Walker

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.370
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #34 Online: 24 de Agosto de 2014, 21:36:37
Pope, de acordo com o Photozone.de tanto a 35 quanto a 50mm da série Art são extremamente controladas neste critério de CAs. Não sei na prática, mas pela nitidez percebida creio que sejam mesmo.
Canon 5D + EF 17-40mm f/4 L + EF 50mm f/1.8 STM + EF 85mm f/1.8 USM + Yongnuo 565EX + YN-622C


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.283
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #35 Online: 24 de Agosto de 2014, 22:09:27
Achei a 50 1.4 Art bem controlada no CA.

Meus reviews
http://youtu.be/N3B_PrgY1sc

http://youtu.be/P7ND0hnlKrI

D610 + AF-S 50 1.8 G + AF-S 28 1.8 G + YN685 + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.484
  • Sexo: Masculino
Resposta #36 Online: 24 de Agosto de 2014, 22:13:42
Há quem realmente precise de nitidez, captação de detalhes e resolução a mais, acredito que seja uma minoria restrita de fotógrafos, parte deles profissional, parte amador.

A maioria, no entanto, realmente não precisa de tanta qualidade e em alguns casos um upgrade pode não representar uma melhoria no processo fotográfico e no resultado final.

O irritante é que passa um ou dois anos e os discursos mudam de números, mas o erro continua, os equipamentos melhoram, mas aumenta o número de fotos ruins, as fotos boas continuam sendo feitas pelo mesmo tipo de fotógrafo, independente do equipamento que usam.

O curioso é que não existe praticamente equipamento ruim, todos podem ser bem utilizados conforme o caso.

E precisar de resolução a mais não necessariamente significa estar em um nível acima de alguém que não precise de mais que uma pequena m43. Um equipamento deve ser escolhido com inteligência.

Segundo o engracadinho do vídeo, realmente não tem muita diferença entre minha em1 e uma D800, pois perto de um grande formato, m43 e ff são praticamente a mesma coisa, será??.... Bem, ele acha.

Resumindo, ele falou algo assim, olha, um honda civic de 150cv é praticamente igual a um Jetta Turbo de 200cv, já que temos o Bugatti Veyron com 1200cv. Mas eu pergunto, alguém aqui dirige um Veyron?

« Última modificação: 24 de Agosto de 2014, 22:16:31 por Claudio Rombauer »


Pope

  • SysOp
  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.196
  • Sexo: Masculino
    • Renato Pope
Resposta #37 Online: 24 de Agosto de 2014, 22:27:12
Pope, você já teve alguma da linha Art?? Ouvi muito bem da Sigma 50 1.4A.
Neste link ela é comparada com a Otus 55 1.4...
A bicha tem 13 elementos em oito grupos, e uma coisa que me chamou atenção foi o SLD (special low dispersion glass)
https://www.youtube.com/watch?v=BkKtD7UjLiM
Não tenho e não pretendo ter ainda! A 35 tem muita AC a 50 menos, mas a forma da área desfocada dela não me agradou! Enfim, são objetivas que eu não me senti atraído!
"If you wanted a cheap profession to get into you picked the wrong one."Zack Arias
Flickr


ALEXFIGUEIREDO

  • Trade Count: (20)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.616
  • Sexo: Masculino
  • KeepWalking
    • Flickr
Resposta #38 Online: 25 de Agosto de 2014, 10:43:26

O irritante é que passa um ou dois anos e os discursos mudam de números, mas o erro continua, os equipamentos melhoram, mas aumenta o número de fotos ruins, as fotos boas continuam sendo feitas pelo mesmo tipo de fotógrafo, independente do equipamento que usam.

O curioso é que não existe praticamente equipamento ruim, todos podem ser bem utilizados conforme o caso.


Boa  :clap:


Não tenho e não pretendo ter ainda! A 35 tem muita AC a 50 menos, mas a forma da área desfocada dela não me agradou! Enfim, são objetivas que eu não me senti atraído!

Penso o mesmo  :ok:
Nikon D800 - Nikon D7100
NikkorAF-S 24-70 2.8 / AF-S 70-200 2.8 VRII / AF-S 105 2.8G Micro / SB 910
Manuais Mamiya 150 Sekor C 1:4 / Nikkor 105 1:2.5 Pré-AI



C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.054
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #39 Online: 25 de Agosto de 2014, 11:01:26
Resumindo, ele falou algo assim, olha, um honda civic de 150cv é praticamente igual a um Jetta Turbo de 200cv, já que temos o Bugatti Veyron com 1200cv. Mas eu pergunto, alguém aqui dirige um Veyron?

Eh realmente o que ele falou. Em resumo, se a questao eh somente tamanho do sensor, pula logo para algo grande de verdade. Se vc quer velocidade nao vale a pena ficar comparando um subaru 0.8 e um Uno 1.0. Pega logo um carro feito para correr.

Fui o que eu fiz quando comprei a minha segunda camera. Eu nunca me preocupei com tamanho do sensor pq sempre estive satisfeito com as fotos e qualidade da minha D70s. Teve uma epoca que eu tava com uma boa reserva no banco e ate quase fraquejei em comprar uma camera nova full frame mas parei para pensar se realmente precisava e decidi que nao precisava... E usei a grana para viajar por ai :D

Mas foi somente quando eu tive contato com cameras medio formato que eu senti que valia a pena pular para esse formato no lugar de pagar mais caro em uma camera digital 35mm full frame.

Na epoca que eu precisava de uma camera digital reserva comprei uma D90 no lugar de uma full frame. E mesmo a D70s ja ter uns 7 ou mais anos de idade na epoca (tecnologia velha) eu ainda preferia ela do que a nova e admirada por todos D90.

Se eu fosse comprar uma camera digital full frame hoje eu compraria uma D700 se achasse em alguma loja de usados. E se fosse sensor cropado eu pegaria uma D70s de volta. Eu nao preciso de mais nada que essas duas cameras nao ofeca. Na verdade, elas oferecem certas qualidades que as cameras modernas de hoje nao apresentam. ;)

Da mesma forma que eu curto muito mais um Subaru 0.8 do que um Fiat, Volkswagen ou ford 1.0, 1.2 e talvez ate 1.4
Se eu quiser um carro potente de verdade eu pulo logo para um carango 2.0 pra cima.
« Última modificação: 25 de Agosto de 2014, 11:05:47 por C R O I X »


efilho

  • Trade Count: (23)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.804
  • Sexo: Masculino
Resposta #40 Online: 25 de Agosto de 2014, 11:14:35
Hobby entusiasmado é assim mesmo, esses detalhes fazem parte da curtição. Acho legal vc saber que seu equipamento faz isso ou aquilo, as distorções ou defeitos idem... Ninguém realmente precisa de Rolex para saber a hora, e as fotos ruins aumentam porque fazer foto ficou barato e qq manifestação crítica é vista como arrogante, nestes tempos de "politicamente correto". Aquele lance do "Diga algo legal ou não diga nada", e aí tome de foto braba, sem receio de "malhação em público"...  :)
« Última modificação: 25 de Agosto de 2014, 11:17:28 por efilho »


Elder Walker

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.370
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #41 Online: 25 de Agosto de 2014, 12:02:49
Só uma questão: matematicamente falando, a proporção de aumento quando falamos da área dos sensores cresce muito mais de um APS-C para Full-Frame do que de Full-Frame para médio-formato.

Não conheço o efeito na prática, nunca nem vi uma MF ao vivo, mas se pegar os dados dos sensores (tamanho)... A menos que eu tenha pego errado o tamanho de um MF (considerei o da Pentax 645D).

Ou seja, voltando a analogia dos carros, é como se o APS-C fosse um popular 1.0, o full-frame um sedan-médio 2.0, e o médio-formato um importado de luxo 3.0. Não entendi esse salto enorme para um Bugatti.

Canon 5D + EF 17-40mm f/4 L + EF 50mm f/1.8 STM + EF 85mm f/1.8 USM + Yongnuo 565EX + YN-622C


Egg

  • Trade Count: (2)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 91
  • Sexo: Masculino
Resposta #42 Online: 25 de Agosto de 2014, 12:23:19
Hobby entusiasmado é assim mesmo, esses detalhes fazem parte da curtição. Acho legal vc saber que seu equipamento faz isso ou aquilo, as distorções ou defeitos idem... Ninguém realmente precisa de Rolex para saber a hora, e as fotos ruins aumentam porque fazer foto ficou barato e qq manifestação crítica é vista como arrogante, nestes tempos de "politicamente correto". Aquele lance do "Diga algo legal ou não diga nada", e aí tome de foto braba, sem receio de "malhação em público"...  :)

Concordo,  mas acredito que essa corrida pelo melhor equipamento cria distorção de conceitos. Basta olhar no Corredor Polones. Uma foto passa a ser boa ou ruim pois apresenta muito ou pouca granulação e nitidez e não pela linguagem.  Sebastião Salgado antes de migrar pro digital,  o que aconteceu puramente por questões logísticas e bem recentemente,  usava Leicas velhas e Kodak Tri-x em fotos absurdamente granuladas e as vezes bem softs. E pergunto : podemos dizer que as fotos dele não tem qualidade?

Recentemente postei uma foto aqui no fórum que foi criticada por ter uma pessoa em segundo plano que distraía,  o que posso concordar que é uma questão de linguagem,  assim como recebeu crítica por estar fora de foco,  o que foi um equívoco.  A foto na verdade foi executada com uma D50 século atrás em ISO 800. Em câmeras dessa geração,  a perda de nitidez era bem sensível em sensibilidades mais altas e muitos entusiastas de hoje não conseguem perceber.
« Última modificação: 25 de Agosto de 2014, 12:24:21 por Egg »


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #43 Online: 25 de Agosto de 2014, 12:23:35
A diferença em área não é tão pequena assim não...

Tomando-se como padrão que um sensor APS-C é 1.0L, em termos (bem) aproximados o 1/1.7" das compactas premium é 125cc, o 1" é 300cc, o micro 4/3 é 600cc, o FF é 2.3L e Kodak KAF 39000 médio formato (50.7 x 39) é 5.3L


Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Lúzio

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.601
Resposta #44 Online: 25 de Agosto de 2014, 12:33:25
Foto que vai para pos edicao e nao sera absurdamente ampliado (e mesmo assim dependendo da distancia de visualizacao), tanto faz o tamanho do sensor.

A nao ser que se esteja procurando ter maior escala dinamica, ai sim, eh facil se viciar e querer o quanto maior possivel.

Mas com a tecnologia de hoje, a diferenca em ruido (ISO) e escala dinamica em insignificante entre digital medio formato (6x4.5) e APS-C (crop). Ainda um pouco notavel entre os dois estremos, dependendo da lente, condicoes de luz, produndidade e angulo do ambiente, etc. Esses ultimos fatores eh o que mais importa e se bem trabalhados qualquer APS-c consegue resultados muito melhores do que uma medio formato digital mal trabalhada.

Esses assuntos, em geral, sao para entusiastas justificarem seus gastos ou para vendedores empurrarem seus produtos (seja o vendedor de camera ou o vendedor de servicos fotograficos). Tirando esses casos, quando se fala de tamanho de "sensor" eh entre 35mm e 6x7/6x8/6x9 e grande formato, e mesmo assim, nao eh por causa da "qualidade da imagem" mas sim por causa das caracteristicas da impressao final.

Podem ver que as revistas de alta moda como Vogue, Elle, Bazaar, etc, as imagens estao longe de terem alta escala dinamica ou ate mesmo nitidez afiada em muitos casos. Simplesmente nao precisam.

Só vi hoje, mas tenho q dizer:  Estupenda análise  :clap:
Nova Nikon D300 + Nikon D70. Lentes 18-70 DX  e Tamron 18-50 f/2.8 XRDI.
Flash SB 600, tipés, filtros, mochilas, moto...

Rio de Janeiro