Autor Tópico: Fotometro  (Lida 7287 vezes)

Ramses

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 368
  • Sexo: Masculino
    • http://rjpinheiro.wix.com/rjpinheirofotografia
Online: 18 de Novembro de 2014, 07:45:45
Cara Estúdio sem fotometro de mão é loucura.
Como acertar a luz de fundo, a luz de corte, a luz inscidente sobre o resto da modelo sem medir?
Não vejo como fazer isso com o fotometro da câmera...
Tenho aulas de estúdio e não fui ensidado ainda fazer sem fotometro, e são professores com mais de 30 anos de estrada.

Mas enfim.... :assobi:
Canon T3i | Canon EF-S 18-135 IS │ Canon EF 50mm 1.8  │Canon EF-S 55-250 IS │Canon 75-300 usm | Tamron 17-50 F2.8 |YONGNUO YN-565EX ETTL Speedlight
http://www.flickr.com/photos/ramsespinheiro/
http://rjpinheiro.wix.com/rjpinheirofotografia


aloha!!!

  • Trade Count: (29)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 263
    • RYfotografo
Resposta #1 Online: 18 de Novembro de 2014, 10:58:39
Ramses, sempre usei fotometro.

Isso me dá controle e segurança no que estou fazendo.

Abs
Ricardo


JcDaSilva

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 234
  • Sexo: Masculino
  • "Registrando o melhor da vida"
Resposta #2 Online: 19 de Novembro de 2014, 01:49:22
Já que abriu um post, para nos discutir sobre fotometro kkk....

Te pergunto, o que vai fazer se teu fotometro de deixar na mão?
Abandonar tudo, correr para casa?
Chorar?
Mandar sua modelo para casa?
Cancelar tudo e marcar para outro dia?

E se teu fotometro de deixar na mão no meio do ensaio que está sendo feito em um Iate de um grande empresario que te emprestou ele para aquele único dia? aquela unica hora?
E se teu fotometro de deixar na mão no meio do ensaio que está sendo feito em Las Vegas, em um cassino que abriu as portas para você, por apenas 1 hora para fotografar, e seu trabalho tem que ser entregue no dia seguinte, onde não vais ter outra oportunidade para fotografar novamente?

O que o teu fotometro faz de especial, que tu não consegui fazer sozinho?

Será que acertar a luz de fundo, a luz de corte, a luz incidente sobre o rosto da modelo é impossível sem o fotometro?

Será que é o resultado que o fotometro te mostra, que vai deixar a sua foto TOP?

"Registrar em fotos os momentos que registro em minha mente."
Equipamento:
Nikon D3100 Lente Nikon DX AF-S Nikkor 18-55mm 1:3.5-5.6G
Lente Nikon DX AF-S Nikkor 55-200mm 1:4.5-6G ED
Lente Nikon 50mm 1.8D


E11EVEN

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 108
  • Sexo: Masculino
    • LuizChuPhotography
Resposta #3 Online: 19 de Novembro de 2014, 02:49:08
Vai chamar o Chapolin Colorado


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.650
  • Sexo: Masculino
    • Instagram.com/leopacheco
Resposta #4 Online: 19 de Novembro de 2014, 10:04:22
Bem, esse argumento de "se o fotômetro deixar na mão" não tem fundamento algum, pelo simples motivo que qualquer equipamento pode te deixar na mão, e nem por isso vc tem que abrir mão dele, mas sim (quando der) ter flexibilidade para poder trabalhar sem ele... em 7 anos trabalhando com o fotômetro ele NUNCA falhou, em compensação ja tive problemas com flashes parando de funcionar, câmeras travando, cartão de memória dando pau, mas nem por isso vou falar "o flash n serve pra nada, aprenda a fotografar com luz natural, por que se o flash falahr vc faz oq? vai pra casa?", ou então "Aprenda a fotografar sem câmera pois ela pode travar", bom, n tem cabimento algum...

O fotômetro é essencial para um bom trabalho, e em alguns casos indispensável sim, eu ja passei por inúmeras situações onde não tinha ninguém para usar de teste para foto, tinha poucos minutos para montar o set e segundos (sim, segundos) para fotografar, sem margem para erro ou testes... e claro, se o fotômetro falhasse eu teria que me virar sem, assim como se o flash falhasse eu teria que me virar sem, simples assim...
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO E ESTÚDIO www.leonardopacheco.com.br/workshop
INSTAGRAM: instagram.com/leopacheco
Contatos e dúvidas pelo Instagram (direct).


JcDaSilva

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 234
  • Sexo: Masculino
  • "Registrando o melhor da vida"
Resposta #5 Online: 19 de Novembro de 2014, 10:22:27
Bem, esse argumento de "se o fotômetro deixar na mão" não tem fundamento algum, pelo simples motivo que qualquer equipamento pode te deixar na mão, e nem por isso vc tem que abrir mão dele, mas sim (quando der) ter flexibilidade para poder trabalhar sem ele... em 7 anos trabalhando com o fotômetro ele NUNCA falhou, em compensação ja tive problemas com flashes parando de funcionar, câmeras travando, cartão de memória dando pau, mas nem por isso vou falar "o flash n serve pra nada, aprenda a fotografar com luz natural, por que se o flash falahr vc faz oq? vai pra casa?", ou então "Aprenda a fotografar sem câmera pois ela pode travar", bom, n tem cabimento algum...

O fotômetro é essencial para um bom trabalho, e em alguns casos indispensável sim, eu ja passei por inúmeras situações onde não tinha ninguém para usar de teste para foto, tinha poucos minutos para montar o set e segundos (sim, segundos) para fotografar, sem margem para erro ou testes... e claro, se o fotômetro falhasse eu teria que me virar sem, assim como se o flash falhasse eu teria que me virar sem, simples assim...

Discussão aqui é sobre o fotometro, e não sobre os demais equipamento.

E como você mesmo colocou, e parabéns pela colocação, o fotografo tem que ter a flexibilidade de saber trabalhar sem ele.
Coisa que muitos estão comentando e achando que é impossível, porém não é, assim como outros equipamentos também.
"Registrar em fotos os momentos que registro em minha mente."
Equipamento:
Nikon D3100 Lente Nikon DX AF-S Nikkor 18-55mm 1:3.5-5.6G
Lente Nikon DX AF-S Nikkor 55-200mm 1:4.5-6G ED
Lente Nikon 50mm 1.8D


Ramses

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 368
  • Sexo: Masculino
    • http://rjpinheiro.wix.com/rjpinheirofotografia
Resposta #6 Online: 21 de Novembro de 2014, 20:42:35
Na verdade o tópico foi aberto por engano.
Mas o fotômetro para fotos feitas em estúdio é imprescindível sim.
Uma coisa é trabalhar a luz correta. E como fazer isso sem medi-la????
Outra coisa é trabalhar por tentativa e erro, claro que chegaremos ao resultado, mas com muito mais dificuldade.
E com o fotômetro, podemos medir a incidência correta de luz em todos os lugares do estúdio.

Não há como fazer sem fotômetro o resto é tentativa e erro. E digo... Tentativa e erro. Profissionais não trabalham assim.
Não estou falando de estilo. Estou falando da LUZ CORRETA estilo é outra coisa.
Também gosto das cores mais quentes e etc. Mas como fazer em uma foto de produto? Que temos que mostrar a luz correta?

Cara volto a dizer estúdio sem fotômetro de mão = desastre e muito suor e lágrimas....

Ah e outro detalhe....quanto ao fotômetro te deixar na mão, como qualquer outro equipamento é sempre bom ter um de reserva, assim como o rádio flash, câmera, lente, cartão SD ou outro, baterias, pilhas, disparador, flash e etc... backup é tudo!!!
Canon T3i | Canon EF-S 18-135 IS │ Canon EF 50mm 1.8  │Canon EF-S 55-250 IS │Canon 75-300 usm | Tamron 17-50 F2.8 |YONGNUO YN-565EX ETTL Speedlight
http://www.flickr.com/photos/ramsespinheiro/
http://rjpinheiro.wix.com/rjpinheirofotografia


JcDaSilva

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 234
  • Sexo: Masculino
  • "Registrando o melhor da vida"
Resposta #7 Online: 21 de Novembro de 2014, 22:54:50
Mas o fotômetro para fotos feitas em estúdio é imprescindível sim.
Uma coisa é trabalhar a luz correta. E como fazer isso sem medi-la????
Outra coisa é trabalhar por tentativa e erro, claro que chegaremos ao resultado, mas com muito mais dificuldade.
E com o fotômetro, podemos medir a incidência correta de luz em todos os lugares do estúdio.

Não há como fazer sem fotômetro o resto é tentativa e erro. E digo... Tentativa e erro. Profissionais não trabalham assim.
Não estou falando de estilo. Estou falando da LUZ CORRETA estilo é outra coisa.
Também gosto das cores mais quentes e etc. Mas como fazer em uma foto de produto? Que temos que mostrar a luz correta?

Cara volto a dizer estúdio sem fotômetro de mão = desastre e muito suor e lágrimas....


Nessas horas eu me pergunto, qual é a LUZ CORRETA?
Existe Luz correta?

Para mim a luz correta é a que o fotografo imagina para sua foto, e o cliente aprova, e ponto final.

O fotometro só diz a luz que ele foi pre-configurado a calcular, mais alguém programou ele, e se a luz que ele calculou o resultado não é o que tu deseja.

Se você conhece seu equipamento seja ele qual for, você olhando para cena, já tem na sua mente o que você deseja, e já tem na sua mente também, uma configuração que você talvez, já tenha usado, e chegou no resultado que espera agora, e essa é a configuração que vais utilizar.
No primeiro click, você vai olhar o resultado, e vai facilmente, se conhece seu equipamento, saber acertar no segundo click, ou no máximo no 3 click, sem precisar de um fotometro, a luz que você queria, e essa é a luz correta.

Sempre vai ter fotógrafos que vão achar o fotometro indispensável, pois já estão tão habituados a utilizar ele, que é algo normal, e talvez se sintam desconfortável, principalmente ao ler, um outro fotógrafo que diz que ele não é necessário.

Eu digo, que para mim, ele é dispensável, pois com o material que trabalho, câmeras digitais, onde tenho a opção de tirar uma foto, em 1 segundo a ver, mudar a configuração, e fazer uma segunda foto melhor, em menos de 10 segundos, e poder deletar a que achei ruim, e continuar meu trabalho, ele não me parece um bom investimento.
Certamente que EU, caso venha a trabalhar com uma câmera analógica, onde eu não tenha essa opção de ver, deletar, acertar em 2 a 3 clicks rápido, iria certamente que desejar e achar fundamental a presença de um fotometro, pois ai eu iria concordar que ele seria indispensável.
"Registrar em fotos os momentos que registro em minha mente."
Equipamento:
Nikon D3100 Lente Nikon DX AF-S Nikkor 18-55mm 1:3.5-5.6G
Lente Nikon DX AF-S Nikkor 55-200mm 1:4.5-6G ED
Lente Nikon 50mm 1.8D


NATTIS

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.230
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 22 de Novembro de 2014, 06:27:12
Nessas horas eu me pergunto, qual é a LUZ CORRETA? Quantidade correto? É a FO-TO-ME-TRA-DA
Existe Luz correta? Não confunda quantidade com qualidade

Para mim a luz correta é a que o fotografo imagina para sua foto, e o cliente aprova, e ponto final. Então para clientes ruins fotógrafos ruins e esta tudo resolvido.

O fotometro só diz a luz que ele foi pre-configurado a calcular  :eek:, mais alguém programou ele  :eek:, e se a luz que ele calculou o resultado não é o que tu deseja. :eek:

 Se você conhece seu equipamento seja ele qual for, você olhando para cena, já tem na sua mente o que você deseja, e já tem na sua mente também, uma configuração que você talvez, já tenha usado, e chegou no resultado que espera agora, e essa é a configuração que vais utilizar.
No primeiro click, você vai olhar o resultado, e vai facilmente, se conhece seu equipamento, saber acertar no segundo click, ou no máximo no 3 click, sem precisar de um fotometro, a luz que você queria, e essa é a luz correta. (tira uma olha, tira outra olha, tira outra olha, Gênio!)

Sempre vai ter fotógrafos que vão achar o fotometro indispensável, pois já estão tão habituados a utilizar ele, que é algo normal, e talvez se sintam desconfortável, principalmente ao ler, um outro fotógrafo que diz que ele não é necessário Me fala um nome de fotografo conhecido que trabalhe em estúdio e dispense fotometro de mão.

Eu digo, que para mim, ele é dispensável (3 meses de estudo  :doh:), pois com o material que trabalho, câmeras digitais, onde tenho a opção de tirar uma foto, em 1 segundo a ver, mudar a configuração, e fazer uma segunda foto melhor, em menos de 10 segundos, e poder deletar a que achei ruim, e continuar meu trabalho, ele não me parece um bom investimento.
Certamente que EU, caso venha a trabalhar com uma câmera analógica, onde eu não tenha essa opção de ver, deletar, acertar em 2 a 3 clicks rápido, iria certamente que desejar e achar fundamental a presença de um fotometro, pois ai eu iria concordar que ele seria indispensável.



jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 1.994
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 22 de Novembro de 2014, 08:35:49
- É raríssimo um fotômetro falhar (assumindo que a pessoa adquiriu um de qualidade. Sekonic é um bom fabricante), mas de qualquer modo, um estúdio deve ter mais de um disponível... É coisa que a pessoa compra uma única vez e ainda passa para os filhos depois...
- Obviamente é possível trabalhar sem fotômetro, mas se a pessoa quer precisão e repetibilidade, o fotômetro é essencial. Se a pessoa quer, por exmeplo, deixar o fundo inteiro superexposto em 3 pontos (e.g. Hi key) usando tochas cruzadas, sem um fotômetro nunca ficará preciso, mas dá para fazer algo aproximado sem ele.
- Se alguém me empresta um iate apenas por poucas horas e, exatamente pelo pouco tempo disponível, deseja-se ter agilidade, precisão e repetibilidade, eu levaria pelo menos dois fotômetros... Tendo feito um planejamento prévio, chegando lá é só acertar tudo como foi planejado e chamar a/o modelo apenas na hora do clique. Chegou, chicou, tá feito. Esta de click, olha, mexe, click de novo, olha de novo, mexe de novo, etc. não funciona dependendo da/do modelo. Se a/o modelo é o dono do iate, o clica, olha, mexe, clica, olha, mexe, clica, olha, mexe não é profissional...

Mas cada um faz como pode ou deseja... Aconselho a quem nãoé familiarizado com o uso de um fotômetro a fazer alguns cursos de estúdio. Em geral existem pelo menos três, um introdutório (Estúdio I), um focado em retrato (estúdio II) e um focado em produto (estúdio III). Sinceramente... Estúdio sem fotômetro é gambiarra...
« Última modificação: 22 de Novembro de 2014, 08:39:44 por jauvane »
JVc.


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.650
  • Sexo: Masculino
    • Instagram.com/leopacheco
Resposta #10 Online: 22 de Novembro de 2014, 10:14:04
Então JcDaSilva, sei que vc deve ter essa fotografa como referência, deve ser conceituada na sua região (oq n quer dizer absolutamente nada) e deve ser ruim ler isso, mas se ela disse (pode ter acontecido de vc ter entendido errado tb) que fotômetro só se usava na era de filme e se tornou obsoleto na era digital ela esta completamente equivocada, e esta passando informação errada para as pessoas... pode tomar por base a sua própria câmera, que mesmo sendo digital funciona 100% com base no fotômetro interno dela, no modo Manual vc pode escolher seguir ou não ele (mas eles esta fazendo a medição e te dando os parâmetros) e nos outros modos (que não sejam automáticos) toda exposição é baseada nele, vc podendo claro aumentar ou diminuir o ponto de exposição no fotômetro da cam, já os modos automáticos funcionam 100% com base no fotômetro sem a possibilidade de vc alterar isso... e de acordo com ela é uma função inútil, ja que vc n precisa saber a medição, só ir clicando até acertar a luz, e assim quebrando o conceito da medição de luz e de todas as empresas que fabricam qualquer equipamento fotográfico no mundo, que não é preciso saber a luz certa, e sim apenas ir no chute...

Como o Nattis te respondeu existe sim a luz correta, alias, no sentido que esta estamos discutindo não se diz luz correta, e sim exposição correta, pode acontecer de vc querer uma foto subexposta ou sobreexposta, mas ela é sub ou sob com base na exposição correta, então por mais que vc lute contra isso, se chutar e e acertar vai fazer uma exposição correta, se não ela vai ser sub ou sob, e pode se fazer uma foto boa nessas condições se vc planejar assim, mas indiferente do que for vai ser baseado na exposição certa, isso tb ja responde sobre quantidade ou qualidade e se como vc mencionou a fotometria correta ser ou não a que vc deseja, se a correta n for oq vc deseja ela e sub ou sob, se sua professora tivesse ensinado sobre fotometria vc saberia disso...  :ok:

E eu NUNCA disse que tem que n é preciso o fotômetro, que é escolha de cada um, como vc menciona ao citar que eu disse que tem que ter flexibilidade, só ler o contexto e interpretar da forma correta como conclui e não da forma que lhe convêm, como Eu conclui "O fotômetro é essencial para um bom trabalho, e em alguns casos indispensável sim"...  :ok:
« Última modificação: 22 de Novembro de 2014, 10:17:36 por leonobox »
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO E ESTÚDIO www.leonardopacheco.com.br/workshop
INSTAGRAM: instagram.com/leopacheco
Contatos e dúvidas pelo Instagram (direct).


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.650
  • Sexo: Masculino
    • Instagram.com/leopacheco
Resposta #11 Online: 22 de Novembro de 2014, 11:51:16
Deixa eu complementar se não daqui a pouco vão me colocar no poste e malhar...rs dei o exemplo do fotômetro da câmera apenas para quebrar essa visão de que só por que se vê a foto na hora clicando com digital que então o fotômetro se torna dispensável, mesmo ainda que em algumas câmeras usando o live view vc já tem o resultado antes mesmo de clicar, dispensando os cliques de teste, isso é claro considerando que o fotômetro da câmera faz medição na luz refletida, e não na luz incidente como o fotômetro de mão  :ok:
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO E ESTÚDIO www.leonardopacheco.com.br/workshop
INSTAGRAM: instagram.com/leopacheco
Contatos e dúvidas pelo Instagram (direct).


Ramses

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 368
  • Sexo: Masculino
    • http://rjpinheiro.wix.com/rjpinheirofotografia
Resposta #12 Online: 22 de Novembro de 2014, 20:17:22
Pessoal,
O fotômetro de mão em estúdio é indispensável para acertar a incidência da luz, seja de fundo ou um degradê no corpo da modelo. Sem medir os pontos corretos, vc pode chegar ao resultado, mas sem medição não será o resultado ideal.
Lógico que não falo aqui de estilo. O Estilo é individual, cada um vai carregar mais de luz, menos, deixar cores mais quentes isso é estilo.
Volto a falar fazer o click com modelo e vou mais além imagina vc com a modelo tirando várias fotos e olhando o visor e deletando, e tirando outra e olhando e tirando outra que segurança vamos dar para modelo depois de uma hora nessa brincadeira.
O fotômetro ele dispensa isso, porque a luz está correta para o que vc quer.
Outro detalhe, vc fotografa diariamente, vc precisa fotometrar, vc precisa fazer composição, vc precisa seguir regras como a dos meios.... enfim... os princípios básicos precisam ser respeitados e NÃO ENGESSADOS....

Cada um fotografa como se sente a vontade... e o estilo é livre.... :worship: :ok:
Canon T3i | Canon EF-S 18-135 IS │ Canon EF 50mm 1.8  │Canon EF-S 55-250 IS │Canon 75-300 usm | Tamron 17-50 F2.8 |YONGNUO YN-565EX ETTL Speedlight
http://www.flickr.com/photos/ramsespinheiro/
http://rjpinheiro.wix.com/rjpinheirofotografia


thiago.goncalves

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 33
Resposta #13 Online: 23 de Novembro de 2014, 23:08:04
Como diz Newton Medeiros; "quem acha inutil o fotômetro (de mão) deve ser amigo do Zorro".

E acrescento: quem usa o live view para "olhando a foto" dizer se a exposição está como "a gosto do freguês" é louco!!! Para quem nunca viu esse LCD tem uma regulagem de intensidade de luz!

Fotômetro é a tua assinatura na foto.


egonbouvie

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 340
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 24 de Novembro de 2014, 03:28:02
Thiago disse tudo.