Autor Tópico: Evento Noturno  (Lida 10652 vezes)

Silvio Takahata

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.129
Resposta #45 Online: 17 de Novembro de 2014, 04:02:29
Se o flash tem TTL quando você bater a foto ele primeiro emite um pulso de luz de baixa intensidade, o fotometro da máquina faz a leitura de quanta luz chegou e o flash então decide em qual potência vai disparar.

Pé direito de 4m dá para usar flash rebatido no teto. Cada caso é um caso, mas o ponto de partida é o seguinte: Coloque o flash na segunda cortina, modo manual, faça a fotometria sem flash para subexpor em 2 pontos (ou stops). Esses dois pontos o flash vai "levantar", e como está na segunda cortina, vai congelar o movimento. Faça algumas experiências, varie a velocidade x iso x abertura, verifique e vá ajustando conforme sua preferência.
topico velho,mas acho que minhas duvidas se encaixa nele e nas respostas dos colegas..entao,sendo um ensaio noturno,o flash na segunda cortina evita o "tremor" provocado pela baixa velocidade?Mesmo se usando o flash fora da sapata?E se eu quiser usar no manual e nw ttl,da p fazer na segunda tb?E no caso do fundo,caso seja uma praça por exemplo,como deixar um pouco claro sem aumentar a exposicao e iso?
5D MK3
Canon 24-70 2.8L II
Canon 600ex-rt
YN568ex II


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.139
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #46 Online: 17 de Novembro de 2014, 09:18:18
Porque fotometrar 2 pontos para baixo?

Eu até faço isso, 1 ou 2 pontos, mas porque atingi o meu limite de iso, abertura e velocidade.
Ou seja, não faço de proposito.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs