Autor Tópico: Velocidade Min. do Obturador- Crop Sensor?  (Lida 1135 vezes)

Gustavo Silva

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 159
Online: 24 de Dezembro de 2014, 15:41:29
De acordo com aquela regra clássica, para não tirar fotos tremidas deve-se deixar a velocidade do obturador semelhante à distância focal utilizada, ex 50mm com velocidade de 1/50. Ok!

Mas vi em alguns sites que deve-se aplicar o fator de crop (x1.5 ou x1.6) quando se usa a mesma lente num sensor "cropado". Ex.: 50mm com velocidade aprox 1/80, como se estivesse usando uma lente 80mm.

Mas a minha dúvida é: Se o sensor cropado não altera a distância focal, sendo somente uma porção central da imagem que entra na lente, então não se faria necessário aplicar o fator de corte no shutter speed, já que é só um zoom na imagem original. Caso o contrário, a mesma imagem no sensor fullframe também possuiria o centro da imagem com blur.

Meu pensamento está correto?


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #1 Online: 24 de Dezembro de 2014, 16:12:26
SIm, está.

Mas não se apegue a isso não.
Tem gente que naturalmente tem um leve tremor nas mão. Para esses a regra é uma furada.
Outros respiram sempre muito profundamente, arfando muito o peito a cada respirada. Aqui tb a regra é uma falsa ajuda.
Outras ocasiões é a posição do corpo do fotógrafo ao realizar a tomada que não dá estabilidade. Mais uma vez a regra é falha.

Numa boa posição eu seguro a 24-105mm e faço boas fotos a 1/30 em 105mm. A 18-55mm numa cropada eu seguro a 1/10 em 55mm. Se apoiar a câmera numa parede, como fiz recentemente em algumas capturas, seguro a 1/4-1/10, nesse caso especifico foi a 10-22mm em 10mm.

Então é experimentar em campo e achar uma boa posição. Quanto mais instável a posição, maior deve ser a velocidade e, se a objetiva tiver IS, acione ele.

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.409
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #2 Online: 24 de Dezembro de 2014, 17:55:38
Isso é só uma referência e nada mais.. não se prenda a isso.

Até porque depende também da funcionalidade do estabilidador de imagem... e até mesmo obviamente da presença dele ou não.

Assim como o Hyde, sempre extrapolo esse limite.

Como curiosidade, quando vou pra trilhas carregando uma 300mm fixa pra fotografar pássaros, começo fotografando até em 1/80..... No final, dependendo da canseira nos braços e no corpo todo não consigo mais uma imagem limpa nem em 1/300...
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Gustavo Silva

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 159
Resposta #3 Online: 27 de Dezembro de 2014, 21:59:10
Hyde e Luciano, obrigado pelas explicações. Eu estava pesquisando sobre isso porque em breve deve estar chegando pra mim uma nikon 80 200 2.8d. Como ela não tem VR, estava pesquisando maneiras de tirar fotos sem tremer. Inclusive achei esse site aqui que ensina posturas (algumas bem estranhas) para segurar a câmera e evitar fotos tremidas: http://digital-photography-school.com/how-to-avoid-camera-shake/


Márcio A.A.

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 224
Resposta #4 Online: 28 de Dezembro de 2014, 21:34:14
Na minha compreensão influencia sim o tamanho do sensor e a distância focal na tremida da imagem.

Lembre como se comporta a imagem numa super zoom compacta e numa full frame com a mesma distância focal, por exemplo.

A SX50 tem máxima distância focal de 215mm. Coloque uma lente com essa distância numa FF e a imagem vai passar pelo sensor bem mais lentamente do que na compacta (esta se comporta como se estivesse com uma lente 1200mm). Logo, com 215mm uma tremidinha mínima é mais sensível na compacta que numa FF. Considerando que não haverá crop, que os dois sensores tem a mesma resolução e que a distância do objeto seja a mesma, a imagem do objeto gerada na FF será menor, diminuindo a percepção da tremida. Já a compacta terá a imagem magnificada, mostrando mais imperfeições.

Antes que alguém fale, isso desconsiderando IS.
Canon EOS 70D
Canon Powershot SX50 HS


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.949
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #5 Online: 29 de Dezembro de 2014, 10:43:39
Eu me achava a estatua na hora de fotografar, depois que comprei a 85mm sem IS numa cropada me sinto como se tivesse com essas doenças de tremor.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


paulchess10

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 502
  • Sexo: Masculino
    • Astronomia Observacional e Astrofotografia Amadora
Resposta #6 Online: 29 de Dezembro de 2014, 10:49:18
Com a 24-105, eu dificilmente consigo foto boa com obturação mais lenta que 1/30


KoioZ

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 175
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 29 de Dezembro de 2014, 11:08:48
Faz diferença o sensor ser cropado sim.

O tremor percebido nas fotos tem relação direta com o ângulo de visão, e não a distância focal.

Portanto, se for usar essa regra que você passou, terá que multiplicar o valor por 1,5 para Nikon e 1,6 para Canon.

Só não sei se essa regra está correta.
« Última modificação: 29 de Dezembro de 2014, 11:09:17 por KoioZ »


Gustavo Silva

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 159
Resposta #8 Online: 30 de Dezembro de 2014, 20:13:00
Mas então o centro da imagem no FF deveria ficar borrado, não? Porque é justamente um corte da imagem que entra na lente. Não altera a distância focal. É só um zoom, um crop da imagem do FF.
« Última modificação: 30 de Dezembro de 2014, 20:14:53 por Gustavo Silva »


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.949
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #9 Online: 30 de Dezembro de 2014, 20:35:34
Mas então o centro da imagem no FF deveria ficar borrado, não? Porque é justamente um corte da imagem que entra na lente. Não altera a distância focal. É só um zoom, um crop da imagem do FF.

O centro borrado?

Não é bem um crop, é uma magnificação.
A DF sozinha não significa muita coisa, precisa do tamanho do sensor para saber o angulo de visão.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


Gustavo Silva

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 159
Resposta #10 Online: 30 de Dezembro de 2014, 22:47:20
É um crop sim. Tanto que o sensor crop só usa o meio da lente. Por isso existem lentes fullframe que são excepcionais no crop e meia boca no FF, porque geralmente o defeitos como aberração cromática, falta de definição, vinheta aparecem nas bordas e o sensor crop não usa as bordas do vidro, somente a área central.
« Última modificação: 30 de Dezembro de 2014, 22:48:14 por Gustavo Silva »


Gustavo Silva

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 159
Resposta #11 Online: 30 de Dezembro de 2014, 22:52:14
Para ser uma magnificação teria que alterar as distâncias entre os vidros internos da lente.


Márcio A.A.

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 224
Resposta #12 Online: 30 de Dezembro de 2014, 23:23:05
É um crop sim. Tanto que o sensor crop só usa o meio da lente. Por isso existem lentes fullframe que são excepcionais no crop e meia boca no FF, porque geralmente o defeitos como aberração cromática, falta de definição, vinheta aparecem nas bordas e o sensor crop não usa as bordas do vidro, somente a área central.

Gustavo, você está confundindo um pouco as coisas. A lente ser para FF ou cropada não vai mudar a relação de velocidade. O tamanho do sensor sim. A questão da lente é que usar uma de cropada numa FF vai "vinhetar".

Vou colar o que escrevi antes: "Considerando que não haverá crop, que os dois sensores tem a mesma resolução e que a distância do objeto seja a mesma, a imagem do objeto gerada na FF será menor, diminuindo a percepção da tremida. Já a compacta terá a imagem magnificada, mostrando mais imperfeições."

Significa que se o sensor for FF ou cropado, tanto faz para o tamanho da imagem final se ambos tiverem os mesmos megapixels. Então, mantendo a mesma distância do objeto, nas duas câmeras com a mesma lente, a FF vai abarcar um ângulo maior da cena, tornado o objeto fotografado menor, e a cropada "aproximará" o objeto, com um ângulo mais fechado. Objeto retratado menor (da FF) num sensor de mesma resolução, significa mais tempo para a imagem desse objeto percorrer os megapixels do sensor. Logo menor possibilidade de tremer. Um sensor menor faz a mesma lente ter um ângulo mais fechado, aumentando a imagem do objeto, fazendo ele percorrer o sensor numa velocidade maior, aumentando a possibilidade de tremer.

Seguindo o seu raciocínio, imagine que o sensor cropado é apenas o centro de um FF. Em qual dos dois a imagem retratada vai percorrer mais rapidamente de um lado ao outro do sensor? No sensor menor ou no maior? Fica fácil ver que se percorre mais rapidamente uma distância menor (no caso o sensor cropado). A possibilidade de tremer a foto no cropado será maior, porque em menos tempo o objeto retratado poderá percorrer o sensor.

Se ainda duvida, faz um teste prático. Use uma superzoom sem estabilizar, no zoom máximo e foque em algo próximo. Depois faça o mesmo usando uma FF, ou até uma APS-C com uma lente de distância focal nominal parecida. Vai ver que na superzoom a imagem vai correr no visor, às vezes ao ponto de não identificar nada. Já na câmera de sensor maior a imagem passa bem mais lentamente.
Canon EOS 70D
Canon Powershot SX50 HS


Márcio A.A.

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 224
Resposta #13 Online: 30 de Dezembro de 2014, 23:37:00
Para ser uma magnificação teria que alterar as distâncias entre os vidros internos da lente.

Se os dois sensores tem a mesma resolução o sensor menor proporcionará uma imagem mais aproximada. Os enquadramentos serão diferentes.
Se tiver uma médio formato (sensor maior que FF) mas com os mesmo megapixels, o ângulo de visão vai aumentar e os objetos da cena terão menor tamanho se comparados à imagem da FF.

Não é só pela lente que se magnificam os objetos fotografados. Um sensor minúsculo com capacidade de captar a luz com mais pixels tornará o objeto maior na foto (qualidade já é outra história).
Canon EOS 70D
Canon Powershot SX50 HS


Márcio A.A.

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 224
Resposta #14 Online: 30 de Dezembro de 2014, 23:46:42
Gustavo. Indico ler sobre círculos de confusão. Tem tudo a ver com o tema.
Quer fazer outro teste prático? Pegue uma imagem levemente tremida ou fora de foco e reduza ela em um editor de imagem. Ex.: pegue uma imagem com dezenas de megapixels e reduza para uns 640 pixels de largura. Veja se ela continua tremida ou fora de foco.
Canon EOS 70D
Canon Powershot SX50 HS