Autor Tópico: Quando usar ProPhoto RGB, Adobe RGB ou sRGB.  (Lida 8644 vezes)

Pictus

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.119
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/10986424@N02/sets/
Resposta #14 Online: 03 de Maio de 2017, 20:04:01
Nenhum monitor consegue reproduzir todas as cores do espaço de cor ProPhoto RGB
porque este espaço de cor é tão grande que possui cores que não podemos enxergar…

Mesmo com um monitor standard gamut que cobre somente o sRGB, é
possível trabalhar com qualquer espaço de cor incluindo o Prophoto RGB...
Só que este monitor standard gamut não vai reproduzir as cores mais saturadas
e brilhosas existentes nos espaços de cor maiores...

No http://digitaldog.net/ tem  um monte de vídeos para assistir e sanar as dúvidas...
O monitor calibrado em native.
O arquivo em Prophoto RGB
E vai precisar do perfil do papel da impressora para o "soft proofing", assista os vídeos...
« Última modificação: 03 de Maio de 2017, 20:04:33 por Pictus »


adrianojsmoreira

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 419
Resposta #15 Online: 03 de Maio de 2017, 23:25:09
Amigos, aproveito esse tópico pra fazer duas coisas:

1. Agradecer ao Pictus, que saca muito sobre esse assunto de espaço de cor, calibração de monitor, etc, e já me tirou muita dúvida. Além de ter sempre muita paciência em explicar.

2. Aproveito pra sugerir para quem ainda não assistiu e tem dúvidas nessa área, um curso online que assisti semana passada na Eduk. O nome é Gerenciamento de Cores para Fotógrafos, ministrado pelo Clicio Barroso. Muito bem explicado e abordando vários assuntos como calibração de monitores, perfis ICC, espaços de cor, perfis de impressoras, impressão, papel. Lógico que se quiser a pessoa pode ir muito mais a fundo no assunto (como o Pictus) mas assistindo a esse curso, com linguagem fácil e excelentes explicações (o Clicio saca muito de impressão, entre outros assuntos) consegui nanar muitas das minhas dúvidas.


fhilipehiga

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 15
Resposta #16 Online: 04 de Maio de 2017, 16:53:52
Obrigado Pictus então eu até imaginei certo,   vou ver os videos sim.

Adriano, obrigado também, estava mesmo querendo pesquisar sobre algum curso do tipo! vou olhar de certo.



Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.665
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #17 Online: 04 de Maio de 2017, 17:14:03
Continuando, pois só agora vi o tópico, aproveito para sanar uma dúvida:

O espaço de cor Prophoto RGB só vai render na impressão todo o potencial se eu exportar o arquivo do Lr com ele no momento em que tiver gerando o arquivo ( TIFF ou PSD ) tratado, certo?

Porque se eu simplesmente converter agora os meus arquivos .psd que estão todos tratados em Adobe RGB para o Prophoto ele não vai obter ganho, ou a conversão irá "criar" novas tonalidades?  :ponder:


spositom

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.363
Resposta #18 Online: 04 de Maio de 2017, 17:45:53
Acho difícil criar cor, a mesma coisa com resolução

Se for editar as foto compensa aumentar o gamut e profundidade,  torcendo para um bom trabalho do sfw

Para imprimir vai de AdobeRGb mesmo e nas próximas impressões já exporta no ProPhoto e 16 bits

Fiz um trabalho para uma fotógrafa que teve problemas em outros locais (ela me falou depois) e a grande diferença foi nos 16bits evitando o banding do por do sol


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.665
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #19 Online: 04 de Maio de 2017, 20:41:03
Acho difícil criar cor, a mesma coisa com resolução

Se for editar as foto compensa aumentar o gamut e profundidade,  torcendo para um bom trabalho do sfw

Para imprimir vai de AdobeRGb mesmo e nas próximas impressões já exporta no ProPhoto e 16 bits

Fiz um trabalho para uma fotógrafa que teve problemas em outros locais (ela me falou depois) e a grande diferença foi nos 16bits evitando o banding do por do sol


Pois é, a maioria das minhas fotos tem gradientes, eu exporto tudo com 16 bits e Adobe RGB, achava que assim não iria ter problema ao imprimir....Agora foi....


Pictus

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.119
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/10986424@N02/sets/
Resposta #20 Online: 04 de Maio de 2017, 22:20:48
Amigos, aproveito esse tópico pra fazer duas coisas:

1. Agradecer ao Pictus, que saca muito sobre esse assunto de espaço de cor, calibração de monitor, etc, e já me tirou muita dúvida. Além de ter sempre muita paciência em explicar.

 :ok:
Citar
2. Aproveito pra sugerir para quem ainda não assistiu e tem dúvidas nessa área, um curso online que assisti semana passada na Eduk. O nome é Gerenciamento de Cores para Fotógrafos, ministrado pelo Clicio Barroso. Muito bem explicado e abordando vários assuntos como calibração de monitores, perfis ICC, espaços de cor, perfis de impressoras, impressão, papel. Lógico que se quiser a pessoa pode ir muito mais a fundo no assunto (como o Pictus) mas assistindo a esse curso, com linguagem fácil e excelentes explicações (o Clicio saca muito de impressão, entre outros assuntos) consegui nanar muitas das minhas dúvidas.

+1

-----------------------------

Obrigado Pictus então eu até imaginei certo,   vou ver os videos sim.

Adriano, obrigado também, estava mesmo querendo pesquisar sobre algum curso do tipo! vou olhar de certo.

 :ok:

-----------------------------

Continuando, pois só agora vi o tópico, aproveito para sanar uma dúvida:

O espaço de cor Prophoto RGB só vai render na impressão todo o potencial se eu exportar o arquivo do Lr com ele no momento em que tiver gerando o arquivo ( TIFF ou PSD ) tratado, certo?

Porque se eu simplesmente converter agora os meus arquivos .psd que estão todos tratados em Adobe RGB para o Prophoto ele não vai obter ganho, ou a conversão irá "criar" novas tonalidades?  :ponder:

Não ganha nada passando de Adobe RGB/sRGB para ProPhoto RGB.
No meu teste do primeiro post o Adobe RGB era 99% suficiente
para a impressão em papel tipo mate.

Para a galera que gosta de tratamentos mais sofisticados
trabalhar em Prophoto RGB é vantagem em algumas situações...

Exemplo usando o arquivo https://www.flickr.com/photos/10986424@N02/8835256321/in/album-72157623093524617/
E a action http://www.mediafire.com/file/mb1v61jd89d6x1a/Teste_sRGB_ProPhoto.atn
A action vai separar a cor e luminosidade e depois juntar de novo, se rodar a action
em qualquer espaço de cor menor do que ProPhoto RGB, o resultado não é igual ao original.
Para conferir é só tirar a visibilidade do grupo, se rodar em sRGB o resultado vai ser como
nesta GIF animada.



Considero o ideal trabalhar tendo em vista qual vai ser a saída...
Se vai ser sRGB, mas está trabalhando em ProPhoto RGB converter o
RAW já dentro dos limites do sRGB, digo tomando cuidado com as
altas luzes e regiões mais saturadas, deste modo ao converter de
ProPhoto RGB para sRGB não vai estourar nada...