Autor Tópico: Qual o limite para a Arte??  (Lida 4234 vezes)

marcelo.leme

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.736
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/marceloleme/
Resposta #30 Online: 03 de Setembro de 2014, 16:52:19
Parabéns a todos pelas colocações pertinentes sejam elas a favor ou contra. Isto demonstra o excelente nível intelectual dos participantes deste fórum.
Acho que existe uma diferença grande e definitiva entre registrar o fato ocorrido, mesmo sofrimento intenso, fora do controle do fotógrafo - cenas de guerra, execuções , etc - mas que irão ocorrer com ou sem sua presença.  Por outro lado impor estímulos dolorosos físicos ou psíquicos, onde quem define  qual a hora de parar, é o próprio fotógrafo é inadmissível, mesmo com a concordância do(a) modelo. É preciso lembrar que existe grupos vulneráveis que podem facilmente ceder a uma boa conversa do fotografo sedutor, ou serem comprados com dinheiro, favores , etc.
Assim, acho que não é ético provocar sofrimento alheio para seu próprio beneficio.
« Última modificação: 03 de Setembro de 2014, 16:53:56 por marcelo.leme »
Nikon D7000
Nikkor 18-105 VR
Tokina 12-28 mm


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.702
  • Sexo: Masculino
    • Instagram.com/leopacheco
Resposta #31 Online: 05 de Setembro de 2014, 18:13:34
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO E ESTÚDIO www.leonardopacheco.com.br/workshop
INSTAGRAM: instagram.com/leopacheco
Contatos e dúvidas pelo Instagram (direct).


S.SILVA

  • Trade Count: (5)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 175
  • Sexo: Masculino
Resposta #32 Online: 18 de Maio de 2015, 22:08:54
Há pessoas que, achando que se destacam e estão fugindo do 'lugar comum', propositadamente tentam chocar com alguns conceitos que definem como arte. Normalmente atingem seus objetivos, pois o insólito sempre chama a atenção. Mas, como já disseram, até mesmo expressões de extremo mau gosto podem ser consideradas como artísticas. O limite do aceitável por vezes é tênue e acaba se tornando uma questão de mera opinião pessoal.