Autor Tópico: Os caçadores de estrelas: Fotografia de longa exposição do céu noturno  (Lida 52014 vezes)

bjp77

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 951
  • Sexo: Masculino
Resposta #435 Online: 20 de Julho de 2020, 23:41:15
Jonas Vaz e Felipemendes valeu as dicas. Estou instalando o Sequator e li os tutoriais dele.
Canon Rebel T5
EF-S 18-55mm + EF-S 75-300mm
Valdai Helios 44M-4 58mm + KMZ Tair-3S 300mm
Canon T50 Lente 50 mm f1.8 1985 inoperante


Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.217
  • Sexo: Masculino
    • Site
Resposta #436 Online: 21 de Julho de 2020, 07:37:06
Eu li em outro site que as Fuji, apesar dos poucos pixels vermelhos no sensor, capturam bem a luz emitida pelo hidrogênio ionizado (H-alfa). O que me faz chegar a duas conclusões:
1. Eu devo estar fazendo alguma coisa errada, ou mesmo o céu onde eu acho que está limpo, não está. Minhas fotos ainda estão um tanto difíceis de processar.
2. Apesar do bom desempenho de imagem, ferramentas essenciais pra enquadramento e foco não são disponíveis pra Fuji. Pra ter uma ideia, há software que baixa a imagem pro PC, analisa o foco e ajusta (uma espécie de autofoco pra telescópios). Só que o suporte a operação remota (pelo PC) nas Fuji ainda é sofrível. A melhor opção por hora é de código aberto (gphoto2), porém justamente a operação das Fuji é bugada pra longas exposições.

Já viu como está a poluição luminosa no local onde você fotografa? As vezes isso que está interferindo!
Quem sabe usar um filtro narrowband ajude

Vou te dizer que a Fuji pega mais detalhes da via láctea que a canon que usei no passado!