Autor Tópico: Os caçadores de estrelas: Fotografia de longa exposição do céu noturno  (Lida 21214 vezes)

sopa_ls

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 569
  • Sexo: Masculino
Resposta #45 Online: 04 de Agosto de 2015, 16:15:06
Pela descrição esse motor é compatível com as montagens CG-2 e CG-3. Seria interessante apurar a especificação da sua montagem, pois nas fotos são todas parecidas, hehehehehe.

Quanto à estabilidade, se a montagem aquenta bem o telescópio, acredito que ela tenha estabilidade o suficiente para tocar a DSLR + a lente.

Procure fechar um pouco a lente para evitar aberrações ópticas e deixar as estrelas mais pontuais. Você vai ter que usar tempos de exposição maiores, e aí a estabilidade da montagem e a precisão do alinhamento polar se tornam cruciais.

Já ouvi relatos de gente que manufaturou motores e controladores, inclusive usando Arduino. Mas isso já foge das minhas habilidades, não posso ajudar, rsrsrsrs.

É importante também, para conseguir resultados melhores, fazer vários frames e integrá-los por meio de algum software. O mais fácil é o Deep Sky Stacker.

Em fotografia com DSRL integrar dark frames também é importante, para atenuar o problema do ruído térmico causado pelas grandes exposições.

Seguem mais alguns links para conferência e pesquisa.

Boa diversão!

https://www.youtube.com/embed/e2XRw8TIqYA

http://observatoriolupus.blogspot.com.br/2013/10/guia-para-astrofotografia-de-grande.html

http://observatoriolupus.blogspot.com.br/2014/02/guia-para-astrofotografia-de-grande.html

Atualmente o Facebook é um repositório bacana de informações para astrônomos e astrofotógrafos dos mais diversos níveis. Sugiro participar dos grupos "Equipamentos Astronômicos" e "Astrofografia Amadora"

paulchess10,
Mais uma vez, muito obrigado!!!!

Vou procurar exatamente qual é a montagem que tenho, agora fiquei com a pulga atrás da orelha  :D

Vou montar o sistema de motores por conta própria mesmo. Além da fotografia, minha outra paixão é o DYI.

Abraços


Gabriel Gomes
__________________________________
Canon 5Dc (2x) + Canon 1000D
50mm 1.8 + 18-55mm modificada para FF + 85mm 1.8 + 70-300mm
YN568EX + YN468


silvano

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.276
  • Sexo: Masculino
Resposta #46 Online: 04 de Agosto de 2015, 17:34:42
Pessoal, usei o Deep Sky Stacker mais ele está salvando a foto diferente do que eu vejo na tela no Software, com bem menos estrelas do que mostra nele. Sabem o que pode ser?

Essa aqui com a Super Takumar 135/2.5 na 5Dc.
IMG_9639_stitch by Silvano Rocha, no Flickr
Silvano Rocha
Canon 5dC - Canon 40mm F2.8 e 50mm F1.4
Spotmatic SPII, Takumares 24/3.5, 35/3.5, 50/1.4, 135/2.5 e 135/3.5;
Olympus OM-1 - ZUIKOS 28/2 e 50/1.8
Zenit 12XP - Helios 44M-4 58/2 - Teleconverter Vivitar 2x M42 e Yashica A


paulchess10

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 502
  • Sexo: Masculino
    • Astronomia Observacional e Astrofotografia Amadora
Resposta #47 Online: 04 de Agosto de 2015, 17:45:26
Olá Silvano.
Primeiro nós ajustamos os histogramas, inclusive os de cor, e ajustamos a saturação, certo?
Na hora de salvar (preferencialmente em TIFF), você deve ativar a opção "Ajustes ao guardar a imagem".
Aí o TIFF fica do jeitinho que você ajustou no DSS. É só abri-lo no Photoshop ou no Lightroom e continuar a edição.



No caso, marque a opção inversa da que está na imagem.


paulchess10

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 502
  • Sexo: Masculino
    • Astronomia Observacional e Astrofotografia Amadora
Resposta #48 Online: 05 de Agosto de 2015, 08:49:38
[edit]
Colei aqui a resposta que eu daria em outro tópico  :assobi:
Foi mal  :D
« Última modificação: 05 de Agosto de 2015, 08:50:50 por paulchess10 »


silvano

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.276
  • Sexo: Masculino
Resposta #49 Online: 05 de Agosto de 2015, 09:43:57
Olá Silvano.
Primeiro nós ajustamos os histogramas, inclusive os de cor, e ajustamos a saturação, certo?
Na hora de salvar (preferencialmente em TIFF), você deve ativar a opção "Ajustes ao guardar a imagem".
Aí o TIFF fica do jeitinho que você ajustou no DSS. É só abri-lo no Photoshop ou no Lightroom e continuar a edição.



No caso, marque a opção inversa da que está na imagem.
Muito obrigado Paulchess10  mais eu já fiz isso e o problema continua, veja você mesmo, está muito estranho.
DEEP by Silvano Rocha, no Flickr
Silvano Rocha
Canon 5dC - Canon 40mm F2.8 e 50mm F1.4
Spotmatic SPII, Takumares 24/3.5, 35/3.5, 50/1.4, 135/2.5 e 135/3.5;
Olympus OM-1 - ZUIKOS 28/2 e 50/1.8
Zenit 12XP - Helios 44M-4 58/2 - Teleconverter Vivitar 2x M42 e Yashica A


paulchess10

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 502
  • Sexo: Masculino
    • Astronomia Observacional e Astrofotografia Amadora
Resposta #50 Online: 05 de Agosto de 2015, 11:02:41
:ponder:
O TIFF do visualizador de fotos me parece melhor que a imagem da janela do DSS no fundo...
Você chegou a trabalhar depois o TIFF no Lightroom ou no Photoshop pra ver o que dá pra extrair dele?
Vou pensar aqui em mais alguma coisa.
Em todo caso, você está integrando vários frames né?
Além disso, cada um tem uma rotina e um gosto pessoal de processamento. Ainda no DSS, eu costumava unificar os gráficos de cor e depois, na aba luminância, mexer em "Escuro" e "Tonalidade" para deixar o céu o mais preto possível sem apagar muito as áreas luminosas.
A questão da saturação vai variar bastante conforme o objeto. Uns aceitam mais, outros menos.
Olha essa foto da Nebulosa Cabeça de Cavalo Azul, feita com meu equipamento padrão (Canon 60D + 200mm f/2.8L + montagem equatorial). Fotografando em RAW e depois salvando em TIF, dá pra tirar leite de pedra. Veja a diferença antes e depois do trabalho de integração no DSS:

Amostra de um RAW original sem empilhamento e sem tratamento:


Resultado do empilhamento de vários RAWs (todos iguais aos de cima, com os mesmos parâmetros de exposição) no Deep Sky Stacker + pré processamento também no DSS + pós processamento no Lightroom:
« Última modificação: 05 de Agosto de 2015, 11:06:07 por paulchess10 »


silvano

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.276
  • Sexo: Masculino
Resposta #51 Online: 05 de Agosto de 2015, 11:15:44
:ponder:
O TIFF do visualizador de fotos me parece melhor que a imagem da janela do DSS no fundo...
Você chegou a trabalhar depois o TIFF no Lightroom ou no Photoshop pra ver o que dá pra extrair dele?
Vou pensar aqui em mais alguma coisa.
Em todo caso, você está integrando vários frames né?
Além disso, cada um tem uma rotina e um gosto pessoal de processamento. Ainda no DSS, eu costumava unificar os gráficos de cor e depois, na aba luminância, mexer em "Escuro" e "Tonalidade" para deixar o céu o mais preto possível sem apagar muito as áreas luminosas.
A questão da saturação vai variar bastante conforme o objeto. Uns aceitam mais, outros menos.
Olha essa foto da Nebulosa Cabeça de Cavalo Azul, feita com meu equipamento padrão (Canon 60D + 200mm f/2.8L + montagem equatorial). Fotografando em RAW e depois salvando em TIF, dá pra tirar leite de pedra. Veja a diferença antes e depois do trabalho de integração no DSS:

Amostra de um RAW original sem empilhamento e sem tratamento:


Resultado do empilhamento de vários RAWs (todos iguais aos de cima, com os mesmos parâmetros de exposição) no Deep Sky Stacker + pré processamento também no DSS + pós processamento no Lightroom:

Nossa minha mãe do céu. Então será que daquele TIFF esbranquiçado meu ali dá pra tirar algo parecido com o seu aí???
Então, estou sem o lightroom ou PS porque deu pau no meu cartão de crédito e venceu os 30 dias. Acho que até sexta resolvo.
Cara, eu fiz vários RAW e os meus parecem ter até mais informação que esse seu original aí, fiquei esperançoso então em conseguir um resultado melhor. Suas fotos são fantásticas, tratamento idem, esse fundo bem preto não consegui, vou tentar.
Obrigado mesmo pelas dicas.
Silvano Rocha
Canon 5dC - Canon 40mm F2.8 e 50mm F1.4
Spotmatic SPII, Takumares 24/3.5, 35/3.5, 50/1.4, 135/2.5 e 135/3.5;
Olympus OM-1 - ZUIKOS 28/2 e 50/1.8
Zenit 12XP - Helios 44M-4 58/2 - Teleconverter Vivitar 2x M42 e Yashica A


Luiz_Henrique

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 182
  • Sexo: Masculino
Resposta #52 Online: 05 de Agosto de 2015, 11:20:57
 :worship:  :worship:  :worship: :eek:


silvano

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.276
  • Sexo: Masculino
Resposta #53 Online: 05 de Agosto de 2015, 11:25:52
@Paulochess10, muito obrigado mesmo, isso sim é usuário de fórum, que ajuda a gente.

Olha só, o original do empilhamento:
DEEP2 by Silvano Rocha, no Flickr

Aqui eu tentei deixar os niveis de cor iguais como sugeriu. O céu até ficou mais preto e tem mais informações, porém ficou meio preto e branco. Eu puxei o verde e azul pro mesmo nivel que estava o vermelho pois se fizesse o inverso ficaria muito escuro. Mais alguma dica? Pela sua experiência dá pra tirar uma boa imagem desse registro aí, nos padrões Paulo?  :D

DEEP3 by Silvano Rocha, no Flickr
Silvano Rocha
Canon 5dC - Canon 40mm F2.8 e 50mm F1.4
Spotmatic SPII, Takumares 24/3.5, 35/3.5, 50/1.4, 135/2.5 e 135/3.5;
Olympus OM-1 - ZUIKOS 28/2 e 50/1.8
Zenit 12XP - Helios 44M-4 58/2 - Teleconverter Vivitar 2x M42 e Yashica A


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.058
    • DCS
Resposta #54 Online: 05 de Agosto de 2015, 11:43:00
Esse programa é free?
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


paulchess10

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 502
  • Sexo: Masculino
    • Astronomia Observacional e Astrofotografia Amadora
Resposta #55 Online: 05 de Agosto de 2015, 13:15:51
@Silvano: eu costumo deixar os meus histogramas exatamente no mesmo padrão do segundo que você vez (DEEP3). Os gráficos de cores unificados e no "pé da subida", rsrsrs. Se os histogramas de cor ficarem "antes da subida" a imagem fica superexposta. Se ficar depois da subida, muito subexposta. Ah, estava me esquecendo, antes de exportar em TIFF, tente aumentar os valores na aba "Saturação" pra ver como fica. Saturação entre 20 e 30% costuma funcionar bem para a maioria das fotos.

@Danilo_cs: sim, o Deep Sky Stacker é 100% free. Apenas se certifique de baixar a versão 3.3.4, pois a 3.3.2 não é compatível com o RAW de algumas câmeras: http://deepskystacker.free.fr/english/download.htm

@Silvano: aproveitando a deixa, aproveite para atualizar você também para a versão 3.3.4


silvano

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.276
  • Sexo: Masculino
Resposta #56 Online: 05 de Agosto de 2015, 14:19:54
@Silvano: eu costumo deixar os meus histogramas exatamente no mesmo padrão do segundo que você vez (DEEP3). Os gráficos de cores unificados e no "pé da subida", rsrsrs. Se os histogramas de cor ficarem "antes da subida" a imagem fica superexposta. Se ficar depois da subida, muito subexposta. Ah, estava me esquecendo, antes de exportar em TIFF, tente aumentar os valores na aba "Saturação" pra ver como fica. Saturação entre 20 e 30% costuma funcionar bem para a maioria das fotos.

@Danilo_cs: sim, o Deep Sky Stacker é 100% free. Apenas se certifique de baixar a versão 3.3.4, pois a 3.3.2 não é compatível com o RAW de algumas câmeras: http://deepskystacker.free.fr/english/download.htm

@Silvano: aproveitando a deixa, aproveite para atualizar você também para a versão 3.3.4
Muito obrigado novamente Paulo, aproveitando, no manual do Deep está como: light, dark, flat e offset/bias

Já no menu está como:  dark flat, dark, flat, offset / bias

Não fecha porque light pra mim é diferente de dark flat então o que eu fiz foi pegar e importar tudo junto. Eu fiz as fotos normais (light), depois uma foto com mesmas configurações das light mais com a tampa fechada, depois uma dark (1/8000s, f22 e iso 100 com a tampa fechada) e depois uma no mesmo iso e 10s, lente aberta com uma lanterna apontando pra lente.
Depois juntei tudo pois não consegui separar e importar de forma independente.
Silvano Rocha
Canon 5dC - Canon 40mm F2.8 e 50mm F1.4
Spotmatic SPII, Takumares 24/3.5, 35/3.5, 50/1.4, 135/2.5 e 135/3.5;
Olympus OM-1 - ZUIKOS 28/2 e 50/1.8
Zenit 12XP - Helios 44M-4 58/2 - Teleconverter Vivitar 2x M42 e Yashica A


paulchess10

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 502
  • Sexo: Masculino
    • Astronomia Observacional e Astrofotografia Amadora
Resposta #57 Online: 05 de Agosto de 2015, 14:33:13
Eu particularmente só uso light frames e darks, que são os mais importantes. Os light por motivos óbvios, rsrsrs. Os dark frames para eliminar o ruído térmico.
Mas é interessante usar vários dark frames. Para funcionar direito eles devem ter o mesmo tempo de exposição e ISO dos lights. Do contrário o programa não vai conseguir fazer uma leitura correta do ruído da imagem.
Às vezes uso off sets, porque são fáceis de fazer.  :D Com a lente tampada também e na velocidade máxima de obturação da câmera.
Flats e dark flats eu não costumo usar. Os flats são mais úteis em caso de lente ou telescópio que gera vinheta, ou em caso de sensor sujo.


silvano

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.276
  • Sexo: Masculino
Resposta #58 Online: 05 de Agosto de 2015, 17:48:15
Eu particularmente só uso light frames e darks, que são os mais importantes. Os light por motivos óbvios, rsrsrs. Os dark frames para eliminar o ruído térmico.
Mas é interessante usar vários dark frames. Para funcionar direito eles devem ter o mesmo tempo de exposição e ISO dos lights. Do contrário o programa não vai conseguir fazer uma leitura correta do ruído da imagem.
Às vezes uso off sets, porque são fáceis de fazer.  :D Com a lente tampada também e na velocidade máxima de obturação da câmera.
Flats e dark flats eu não costumo usar. Os flats são mais úteis em caso de lente ou telescópio que gera vinheta, ou em caso de sensor sujo.
Estou captando a ideia. Alguma coisa que eu fiz no PS incluiu uma quantidade absurda de ruido no vermelho, ainda preciso melhorar mais.
valeu.
deep2_05_08_PS by Silvano Rocha, no Flickr
Silvano Rocha
Canon 5dC - Canon 40mm F2.8 e 50mm F1.4
Spotmatic SPII, Takumares 24/3.5, 35/3.5, 50/1.4, 135/2.5 e 135/3.5;
Olympus OM-1 - ZUIKOS 28/2 e 50/1.8
Zenit 12XP - Helios 44M-4 58/2 - Teleconverter Vivitar 2x M42 e Yashica A


paulchess10

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 502
  • Sexo: Masculino
    • Astronomia Observacional e Astrofotografia Amadora
Resposta #59 Online: 05 de Agosto de 2015, 21:18:51
Silvano, eu gostei bastante desse resultado final da sua foto.
Eu diria que os fatores limitantes agora são o tempo de exposição, sempre limitado em tripé fixo, e a poluição luminosa.
No mais você está no caminho certo, parabéns!
Detalhe, se você criar os dark frames do jeito que ensinei, você vai poder subir mais o ISO, que o DSS manda boa parte do ruído embora  :ok: