Autor Tópico: Por que a D80 é considerada semi-profissional?  (Lida 6658 vezes)

Marcelo Dornelles

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 519
  • Sexo: Masculino
  • fotografando a criação e a criatura...
Resposta #15 Online: 04 de Janeiro de 2007, 11:10:38
Citar
Na verdade "profissional" é uma categorização medíocre, eu prefiro categorizar pelo tipo físico de câmera.
A D80 é uma SLR de entrada, quer dizer que ela é uma câmera SLR de baixo custo, tem características próprias, que podem atender melhor a certos profissionais do que outras câmeras mais caras, como a 1D Mark II e etc, Na verdade eu já vi profissionais TOP de linha que utilizam câmeras ultra compactas na maioria de seus trabalhos.. ;)
Leo, haveria uma diferença em se classificar uma D80 como uma SLR de entrada de se classificá-la como prosumer?

Realmente acho mais 'atraente' pra alguém que quer se embrenhar na arte da fotografia se apoiar nesse tipo de classificação, a dita 'de entrada' que a 'prosumer'.

Sei que posso estar parecendo Alice no País das Maravilhas nessa discussão toda pois acredito que temos que buscar a ferramenta de acordo com a obra, o que  continuamente tenho lido (lugar comum), no entanto olhando pelo lado leigo (se for possível ao fotógrafo experiente dissociar-se) uma classificação clara pode e muito ajudar na escolha. Não digo que possa definir uma escolha final, mas somando a uma classificação clara, nesse oceano de muita (des)informação que é a internet, os reviews, os fóruns, as conversas com amigos profissionais da área podemos chegar a certas convicções que, cá entre nós, têm faltado e muito aos leigos, haja vista os assuntos frequentes sobre ajudas para compra.

Eu mesmo não pedi ajuda pra ninguém pra comprar minha Canon S3 IS, mas pesquisei até concluir que poderia comprá-la. Assim como estou pesquisando qual 'profissional' comprar pra poder trabalhar com fotografia e ter uma renda extra além das aventuras fotográficas nas horas vagas. Então estava quase optando pela D80 quando me deparei com a afirmação de que ela é 'semi-profissional'.

Mas tudo bem, no limbo das opiniões divergentes, em algum momento temos que  nos decidir! :giveup:  


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.759
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #16 Online: 04 de Janeiro de 2007, 11:22:09
Olha não apoio a escolha por tipo ou classificação, a escolha deve ser feita por necessidades, tem necessidades que se apoiam mais em compactas do que em SLR por exemplo... Eu mesmo não abro mão da minha compacta por nada nesse mundo, porque existem coisas que ela me possibilita fazer que nenhuma outra câmera no mundo me permitiria.
Então busque escolher pela sua utilização, o tipo de uso principal que você pretende fazer da câmera, assim como os recursos e características exigidos para esse uso é o que deve mais pesar nessa sua escolha.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Eduikeda

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.116
Resposta #17 Online: 04 de Janeiro de 2007, 12:52:49
Citar
Citar
mas voltando pra fotografia só mesmo o profissional pra saber quais os seus.
Abraços,

O que pode explicar essa minha dúvida. :denken:
Tem profissional que acha necessário que a máquina aguente o tranco pq não pretende trocar de equipo tão cedo ao contrário de outro que acha melhor fazê-lo de forma mais contínua. Uma outra situação, num esporte rápido um profissional com certeza precisará de mais fps....e aí vai.
 
Edu Ikeda

Nicão D 80

visite minhas fotos e comente:
www.flickr.com/photos/eduikeda


Vilso_Dall_Agnol

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 114
Resposta #18 Online: 04 de Janeiro de 2007, 13:10:42
Resumindo, para o tipo de evento que você pretende registrar, a D80 serve perfeitamente!

Vilso
A fé é louvável, mas é a dúvida que nos faz crescer


Sandro Amaral

  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.076
  • Sexo: Masculino
  • Pedi e dar-se-vos-á...Mt 7:7
Resposta #19 Online: 04 de Janeiro de 2007, 15:33:33
Dorneles,

Acho a D80 uma "baita" máquina, em verdade quem te contrata pra fazer fotos exige qualidade, ninguém entende "LHUFAS" de máquina, se é profissional, prossumer, semi.O que teu cliente vai desejar sim é QUALIDADE.

No máximo vão te perguntar: "Tua camera é daquelas boas ou é das pequeninhas?", como tenho tenho uma G5 ainda estou enquadrado nas "pequenininhas", tenho penado um pouco com isso...

Tenha um book legal, uma boa máquina que o resto acontece.
Se tiver $$ pra D80, é uma excelente SLR de entrada como disse o Léo, vai te dar fotos excelentes e o status de ter uma câmera "grandona"... :risada2:

Abraço!
« Última modificação: 04 de Janeiro de 2007, 15:35:02 por sandro amaral »
SANDRO AMARAL - Curitiba-PR

Srs. Não responderei perguntas enviadas por MP. Socialize sua dúvida abrindo um tópico. Ajuda você, outras pessoas e o fórum. Obrigado.



andregani

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 51
Resposta #20 Online: 04 de Janeiro de 2007, 16:15:19
A pergunta sempre fica: Se vc é profissional, vale a pena fazer a conta do retorno sobre o investimento, certo?

Uma Nikon D80 tem uma vida util de 50.000cliks, não é? Pensando assim, uma Canon 30D com vida útil de 100.000cliks não valeria muito mais a pena por praticamente o mesmo preço e qualidade de imagem?

Vale a pena pensar nisto...


Outra coisa que começa a ter que ser pensado é a questão de garantia e custo de manutenção.

Abraço
« Última modificação: 04 de Janeiro de 2007, 16:16:14 por andregani »


Marcelo Dornelles

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 519
  • Sexo: Masculino
  • fotografando a criação e a criatura...
Resposta #21 Online: 05 de Janeiro de 2007, 09:14:11
Citar
A pergunta sempre fica: Se vc é profissional, vale a pena fazer a conta do retorno sobre o investimento, certo?

Uma Nikon D80 tem uma vida util de 50.000cliks, não é? Pensando assim, uma Canon 30D com vida útil de 100.000cliks não valeria muito mais a pena por praticamente o mesmo preço e qualidade de imagem?

Vale a pena pensar nisto...


Outra coisa que começa a ter que ser pensado é a questão de garantia e custo de manutenção.

Abraço
Vejam como fica difícil uma decisão desse porte. :heat:
Pior é que qto mais se informa, tanto mais se embanana. Pra mim a questão do custo benefício é relevante. Tenho certeza que a 30D me oferece a mesma qualidade da D80 pro serviço que penso em fazer, só que é mais R$ na mesa. Mas a D80 com um flash SB800 tbém não ficaria baratinho. Tenho q levar isso em consideração.

A CANON tem um flash equivalente em qualidade ao SB800? :unsure:

Só um detalhe, a vontade mesmo era de ter uma D200! :thmbup:  
« Última modificação: 05 de Janeiro de 2007, 09:19:53 por mdornelles »


lindomar

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 247
    • http://lindomarjunior.multiply.com
Resposta #22 Online: 05 de Janeiro de 2007, 09:29:07
Dornelles, o 580Ex é equivalente em potência ao SB800.

Na realidade o 580Ex possui 2 metros a mais de potência, mas isso não faz muita diferença.
Lindomar Oliveira
http://www.flickr.com/photos/lindomar
Brasília - DF
Canon Rebel XTi + 18-55mm + 50mm f1.8
Canon A80


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.759
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #23 Online: 05 de Janeiro de 2007, 10:41:23
Na verdade o grande problema de flashs com a Canon é que o sistema de exposição automática com flash da Canon é bem fraquinho. :/
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


FernandoPaes

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.522
  • Sexo: Masculino
  • Fernando Paes - Fotógrafo
    • Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos
Resposta #24 Online: 05 de Janeiro de 2007, 19:07:25
Cada cjto perde em algo.

30D é mais barata, porém o flash dela peca um pouco no uso do TTL
D80 tem um obturador que talvez dure menos mas o TTL é muito superior em precisão. (não tem nada dizendo que a D80 dura 50mil clicks, são somente especulações. Claro que não foi feito pra durar 100mil, senão seria algo divulgado como é na D200).

Por isso eu acho que o melhor a se fazer é testar antes de comprar.

Abraço,
Fernando
Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos - SP
Visite meu Website: http://www.fernandopaes.com.br

Conheça nosso podcast para fotógrafos sociais!


RKern

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 166
Resposta #25 Online: 06 de Janeiro de 2007, 21:04:12
Não é cam que vais comprar que vai fazer diferença na qualidade de suas fotos e que seus clientes vão adorar (ou detestar).

A diferença na foto esta no PROFISSIONAL, no ser humano, quem comanda tudo, e este vai saber o equipamento que necessita para o tipo de foto pretendida.

Mas no conjunto todo necessário as lentes fazem muito mais diferença na qualidade da fotografia, são a parte ótica que levam a luz até o filme ou sensor. E para cada tipo de foto, talvez uma lente diferente é necessária.

A melhor foto faz que melhor conheçe seus equipamentos, sua qualidades e deficiências.

Trocar para um equipamento de nível superior não vai te trazer de imediato melhores fotos. As vezes até piores. Necessita um curva de aprendizado, muito estudo, dedicação e fotografar....

Ex: sai de um carro de 70hp, que esta bem acostumado e entra nas curvas "rasgando". Daí tu vai para um de 500hp, em tese, muito melhor. Mas entra na mesma curva e se não manerar no acelerador, já era.......Precisa aprender a andar novo veículo para tirar proveito.

Se for digital, o uso "correto" do tratamento de imagem é TÃO IMPORTANTE como o resto. É diferença entre uma foto medíocre e "a foto". No digital com DSLR a foto não sai totalmente pronta. E os recurso de manipulação quase infinitos.

Por isto, não adianta se preocupara somente com a cam, tem que olhar o conjunto e SABER USAR o que tem a disposição.

No momento temos um grande número de amadores entrando no mercado e portanto tentanto fazer R$ com fotografia. Como tem como hobie fotografar, decidem levar a frente e tranformar em atividade com remuneração.

A explosão mundial no mercado de fotografia e consequente redução no preço esta proporcionando isto.  O equipamento está a disposição de todo e não é mais ele que faz a diferença. Foi massificado. Não raro amadores tem equipamento (muito) superiores aos profissionais. Pq? A fonte de renda vem de outras atividades não relacionadas com fotografia.

Alguns vão conseguir e tornar-se profissionais bem remunerados e reconhecidos. Mas a maioria vai fracassar. Ou se rum profissional medíocre. Como em todas as atividades, se destaca que mais se  dedica, estuda e se apaixona pelo que faz.

A massificação levou a vala comum. Só vai sair dela que for diferenciado.


Att., Ricardo.
« Última modificação: 06 de Janeiro de 2007, 21:07:12 por RKern »