Autor Tópico: Novo G.A.S. - Bicicletas  (Lida 10398 vezes)

felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.441
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #165 Online: 06 de Julho de 2018, 11:14:29
Isso mesmo Lindsay, conforto. O selim da minha bicicleta acho fino e desconfortável, fico doído após pedalar.

Imagino que o selim no estilo das bicicletas antigas seja bem confortável por ser largo.

Um selim largo só é confortável pra pedaladas bem curtas, sem muita preparação. Pra pedaladas mais longas, o ideal é ter um short de ciclismo (também conhecido como Bretelli). Este short tem acolchoamento nas partes sensíveis, que ajuda bastante. Importante também é não usar nada por baixo do short, pra diminuir o atrito.  :eek:

Selim largo em pedalada longa significa cansaço e assaduras.
Felipe


Elder Walker

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.376
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #166 Online: 09 de Julho de 2018, 12:18:09
http://www.bikepointsc.com.br/?FD=Bicicleta+Soul

Valeu pelas indicações, Lindsay.  :ok:

Bacana essa loja. E essa marca "Soul" também parece ter um bom custo/benefício. Vou dar uma conferida.
Canon 5D + EF 17-40mm f/4 L + EF 50mm f/1.8 STM + EF 85mm f/1.8 USM + Yongnuo 565EX + YN-622C


bjp77

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 490
  • Sexo: Masculino
Resposta #167 Online: 02 de Agosto de 2018, 12:29:02
obrigado felipemendes e Lindsay. Foi corrigido o ajuste na altura que estava pouca.
Canon EOS T5
Canon EF-S 18-55mm f/3.5
Canon 75-300mm EF-S
Zenit Helios 44M-4 58mm f/2
Canon T50 Lente 50 mm f1.4 1985 inoperante


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.441
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #168 Online: 02 de Agosto de 2018, 12:52:23
obrigado felipemendes e Lindsay. Foi corrigido o ajuste na altura que estava pouca.

 :clap: :clap: :clap:

Agora é ir pedalar.

Minha bike ficou no estaleiro uns dias, porque o disco de freio empenou e ficava agarrando. Problema nem muito sério, mas eu fiquei pra trás no último passeio, e fiquei bem cansado.
Felipe


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.539
  • Sexo: Masculino
Resposta #169 Online: 02 de Agosto de 2018, 13:06:26

Minha bike ficou no estaleiro uns dias, porque o disco de freio empenou e ficava agarrando. Problema nem muito sério, mas eu fiquei pra trás no último passeio, e fiquei bem cansado.



Fotografando com a memória


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.539
  • Sexo: Masculino
Resposta #170 Online: 02 de Agosto de 2018, 13:09:05
obrigado felipemendes e Lindsay. Foi corrigido o ajuste na altura que estava pouca.
Muito bom!!!


Fotografando com a memória


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.441
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #171 Online: 02 de Agosto de 2018, 13:20:03
Legal! No meu caso, tava com um dente mesmo. Podia tentar desamassar, mas aumenta o risco de quebrar. E se isso acontecesse, seria no pior momento possível. Comprei um par de discos por 16 dólares.

Sent from my Pixel 2 XL using Tapatalk

Felipe


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.441
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #172 Online: 08 de Agosto de 2018, 18:14:17
Continuando as "aventuras", depois de usar pedais clipless por mais de dois anos, mudei pra flats.

No início achei meio estranho ficar tão solto na bicicleta, mas me acostumei rápido. Em pouco tempo, aquela última pedalada que eu não dava porque tinha que soltar o pé do pedal, passei a fazer, e com isso, comecei a passar por obstáculos que eu não passava antes. Teoricamente, o clipless transmite mais potência na pedalada mas, na prática, acho que esse momento antes de desclipar é crucial, e faz mais diferença que a potência (marginal) do clipless.

Desde então, venho alternando flats e clipless. Em horas sinto falta dos clipless, especialmente saltando. Mas em outras, sinto falta dos flats, especialmente quando vou tentar coisas novas. Pra mim, hoje, clipless e flats são duas coisas diferentes, como DSLR e ML. Cada um serve pra uma coisa diferente, mas um não é necessariamente melhor ou pior que o outro.
Felipe


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.539
  • Sexo: Masculino
Resposta #173 Online: 08 de Agosto de 2018, 18:19:57
Continuando as "aventuras", depois de usar pedais clipless por mais de dois anos, mudei pra flats.

No início achei meio estranho ficar tão solto na bicicleta, mas me acostumei rápido. Em pouco tempo, aquela última pedalada que eu não dava porque tinha que soltar o pé do pedal, passei a fazer, e com isso, comecei a passar por obstáculos que eu não passava antes. Teoricamente, o clipless transmite mais potência na pedalada mas, na prática, acho que esse momento antes de desclipar é crucial, e faz mais diferença que a potência (marginal) do clipless.

Desde então, venho alternando flats e clipless. Em horas sinto falta dos clipless, especialmente saltando. Mas em outras, sinto falta dos flats, especialmente quando vou tentar coisas novas. Pra mim, hoje, clipless e flats são duas coisas diferentes, como DSLR e ML. Cada um serve pra uma coisa diferente, mas um não é necessariamente melhor ou pior que o outro.
O que é pedal clipless??? É pedal com clip???
E flat???? É o pedal normal sem clip???
Fotografando com a memória


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.441
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #174 Online: 08 de Agosto de 2018, 18:44:17
O que é pedal clipless??? É pedal com clip???
E flat???? É o pedal normal sem clip???

Pois é, esses nomes dão confusão. Antigamente havia aquela "gaiolinha" (clip) onde a gente enfiava o pé. Negócio super perigoso:


Daí inventaram um pedal que segurava o pé, mas que é bem mais fácil de soltar, porque não tinha a tal gaiolinha. Daí o nome "clipless":


Já o flat, é o pedal chato, plano. Os de MTB são bem grandes, pra dar uma área boa de agarre e de suporte.


Os tênis normalmente são específicos pra andar com flat, porque tênis normal detona rapidinho usando este tipo de pedal. Só olhar aqueles parafusos ali em cima entrando no tênis pra ter uma ideia. Eu uso uns Five-Ten, que são caros mas valem cada centavo. Agarram muito bem nos pedais, são confortáveis e duráveis. E quando estão limpos, eu posso até usar sem ser pra andar de bicicleta.
Felipe


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.539
  • Sexo: Masculino
Resposta #175 Online: 08 de Agosto de 2018, 21:31:31
É verdade aqui no BR minha turma chama de pedal clip, mas fui ver agora e o nome correto é clipless mesmo.
Para o tipo de pedal que faço normalmente, não tenho encontrado muita vantagem no clip, apesar de que vários colegas aqui usam diariamente. Faço pedal urbano, são trechos curtos normalmente de 10, 20, até no máximo de 40 ou 50km nas ruas e avenidas da cidade, raramente saio para um pedal de 100 km em uma rodovia, ou para treinar em uma trilha MTB. Cidade tem muito farol, e a gente para toda hora, tem que desclipar a todo momento, anda no meio de veículos parados no transito engarrafado, neste caso não é seguro andar clipado, pode cair no meio da avenida, no meio dos carros.

A bike que mais uso é uma bike urbana garfo rígido, pneu fino, guidão reto e estreito, inicialmente comprei um Shimano PD-M520, mas depois de alguns meses de uso acabei comprando um acessório SM-PD22 para ficar mais a vontade na cidade. Posteriormente troquei, instalei outro modelo, o Shimano PD-T700 que é considerado para iniciantes porque a mola é mais fraca, bem mais simples e fácil de desclipar, e já vem com uma espécie de plataforma (se bem que não é uma plataforma), na bike urbana até que vai bem, porem tbm tem que sempre estar de sapatilha, e as sapatilhas não são tão amigáveis e bonitas para um passeio.

Então hoje ficou assim, na bike urbana, voltei para o pedal comum mesmo (flat) assim posso andar do jeito que eu estiver calçado com mais liberdade. e o pedal M520 está em minha MTB, junto com um acessório SM-PD22 para tbm andar na cidade. Quando raramente vou fazer algo diferente eu tiro a plataforma e uso a sapatilha.

Me desanimou mais ainda saber que o que eu pensava estava errado, muita gente acha que o clip ajuda na puxada para cima, mas os testes cientistas na Europa fizeram jogaram essa teoria abaixo, quem ainda não viu procura na internet, puxada pra cima no pedal é balela, fizeram testes do dinamômetro e descobriram que não funciona assim.
Fotografando com a memória


bjp77

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 490
  • Sexo: Masculino
Resposta #176 Online: 21 de Setembro de 2018, 09:57:57
Comprei uma Tito Urban. Ela tem 21 marchas, pesa 13,4 kg contra 17 kg da Caloi 100 Sport. Tem elastômero no garfo, pneu fino aro 700, assento em gel, pedivela Shimano e manopla ergonômica.

Num primeiro passeio, vi que ela deslancha fácil e mantém a velocidade alcançada quando em grande velocidade.
A posição de pilotagem é mais alta e ereta que a Caloi 100.
Removi o para-lamas da frente pra acomodar ela no carro.
As marchas são leves, subo ladeira na coroa 2, na Caloi a mesma ladeira eu usava a coroa mais leve.
É bem silenciosa e muito macia.
Canon EOS T5
Canon EF-S 18-55mm f/3.5
Canon 75-300mm EF-S
Zenit Helios 44M-4 58mm f/2
Canon T50 Lente 50 mm f1.4 1985 inoperante


Elder Walker

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.376
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #177 Online: 21 de Setembro de 2018, 10:32:53
Aproveitando para também contar o desfecho da novela da minha bike, que o @Lindsay e o @felipemendes deram opiniões bem legais...

Por fim fechei a bike usada nos EUA, meu cunhado mandou via frete aéreo para Salto del Guairá no Paraguai, depois um parceiro dele passou ela na fronteira e deixou em Maringá/PR e eu trouxe ela no meu carro até a cidade onde estou morando. Saiu por 3.500 no total.

Rapaz, pensa numa bike bonita! hahaha! Apesar de ser questão pessoal (gosto é gosto, né?), mas já ouvi até pessoas na rua falando "olha que bike bonita" depois que eu passei por elas! Gostei mesmo.

No meio tempo eu fiz umas comprinhas na Decathlon e em uma loja local, peguei um shorts forrado da Flets, luva, capacete, óculos... já tinha mandado vir junto com a bike as luzes dianteira/traseira, a garrafinha de água e a bolsa daquelas que ficam no quadro para ir vendo o celular, além de um kit de reparo daqueles de CO2.

Fiz alguns pedais aqui e ainda estou acostumando a bunda! haha! Algumas estradas com pedra brita solta, outras com areião... várias costelas de vaca... está sendo legal e desafiador por enquanto.



Canon 5D + EF 17-40mm f/4 L + EF 50mm f/1.8 STM + EF 85mm f/1.8 USM + Yongnuo 565EX + YN-622C


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.539
  • Sexo: Masculino
Resposta #178 Online: 21 de Setembro de 2018, 10:46:45



Muito bom Elder, realmente a bike é bonita, eu tbm gostei, parabéns!!!
Fotografando com a memória


bjp77

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 490
  • Sexo: Masculino
Resposta #179 Online: 27 de Setembro de 2018, 09:00:37
Coloquei o Strava e estou vindo na bicicleta nova.

Comparando os tempos de carro x bicicleta temos:

Percurso ida: 7500 m
t carro: 20 min (1200s)
t bicicleta: 29 min (1740s)
vel. media carro: 22,5 km/h
vel. média bicicleta: 15,7 km/h
Canon EOS T5
Canon EF-S 18-55mm f/3.5
Canon 75-300mm EF-S
Zenit Helios 44M-4 58mm f/2
Canon T50 Lente 50 mm f1.4 1985 inoperante