Autor Tópico: back digital - 35 mm  (Lida 4286 vezes)

SharPx

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 78
    • http://
Online: 26 de Novembro de 2004, 20:35:32
tudo bem?
esta é minha primeira mensagem no forum! não passo de um hobbista avançado, apesar de fazer alguns trabalhos profissionais em still e campo dentro da minha área de atuação (medicina veterinaria). me recebam bem!! ;)

tenho uma olympus OM-20, considero ela a melhor camera do mundo (pra mim ela é!!  :P    ) , estava pensando em comprar uma digital reflex decente, so q testei algumas de uns amigos fotojornalistas (canon 10D, 300D e a d70) e não curti. acho q é por causa dos meus milhares de anos com minha om sem nenhum recurso automatizado... talvez seja ate preguiça de aprender! :lol:

conversando com alguns amigos europeus sobre este assunto, fiquei sabendo que algumas pessoas la fora fazem gambiarras e montam um back digital. em geral, dizem eles... é um aparelho simples, apenas tem uma adaptação no disparador, o resto é seguro por uma armação de aluminio na forma do contorno da tampa traseira. não é uma maravilha, mas tb não gasto mais tanto com filme em fotos "informais". hehe!

alguem ja viu esse tipo de gambiarra aqui no Br? sabe se funciona?

um ponto importante a ressaltar é q eu não quero me distanciar do 35 mm pq ela tem mais valor juridico na hora da documentação de uma pericia, por exemplo, ainda prefiro me resguardar e não utilizar o .raw ate q ele se consagre no Br (ja ouvi de alguns professores da USP sobre problemas trazidos pelo formato digital).
« Última modificação: 26 de Novembro de 2004, 20:35:59 por SharPx »


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.656
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 26 de Novembro de 2004, 23:02:08
Sharp, os Backs são coisa ultrapassadas, tirando um novo da Leica todo mundo tem parado de fabricar, vc deve encontrar alguns Back para câmeras como Nikon F5 Nikon N80, etc, a Agfa e a Kodak faziam este tipo de Back.
Quanto à questão jurídica existem outras formas (que não RAW) de resguardar seus direitos, procure se informar melhor, pois um simples corte na foto digital iriginal e uma entrega sem 10 pixels de cada lado possibilita que vc prove que a imagem é sua (uma vez que só vc tem a original sem corte).
Existem diversos mecanismos, desses o corte é o mais simples e o mais eficiente.

Com relação a migrar para digital tudo depende do tipo de foto que vc faz, eu mesmo ainda uso uma médio formato para cerca de 5% das minhas fotos, mas o filme de 35mm já foi totalmente aposentado, uma cam SLR de 6MP consegue melhor qualidade do que qq filme 35mm que eu já tenha testado.
Tenho feito experiências agora para conseguir aposentar a Médio formato, estou vendo se consigo uma cam que me entregue com qualidade semelhante, se eu conseguir isso nem os 5% que ainda faço na médio formato serão feitos com filme :)

coragem amigo, eu tbm sai de uma minolta Maxxum 7 e de uma X-300 (inteira manual) para o mundo digital. No começo é assustador, mas depois de um tempo vc só vai querer saber de filme para se divertir, para trabalhar nunca mais. :)
 
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


SharPx

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 78
    • http://
Resposta #2 Online: 27 de Novembro de 2004, 02:31:53
tudo bem leo?

Meu problema não é bem identificação de autoria, mas sim modificação de fotos. Ocorreram alguns casos de palhaços travestidos de cientistas que inseriam nas fotos o que queriam, modificando assim seus resultados a mercê do que eles acham interessante ou do que queriam provar.

Claro q a comunidade cientifica escrachou os resultados, os farsantes foram desmascarados e estão desacreditados, mas, por exemplo... no caso de um animal com doença X, provado pela característica de cor Y no fígado, por exemplo, pode-se facilmente usar o photoshop pra modificar esta característica. Qquer criança faz isso e é dificil de afirmar categoricamente num paper em pb com fotos de no máximo 5X10 q ocorreram modificações nos resultados.

Se um proprietário quiser abrir um processo contra um veterinário, o q acontece com relativa freqüência, ele só terá o laudo para se defender, o que às vezes é muito pouco, com uma sequencia de fotos vc pode se livrar na hora das dores d cabeça. E isso acontece com relativa freqüência, já q ou se lida com altos valores financeiros ou sentimentais. Isso qdo não tem alguma cagada onde vc esta prestando consultoria, tentam jogar a bola pra vc, não querem t pagar o q é devido... e vc pode utilizar fotos pra se defender. Infelizmente isto tb acontece.

Por isso se tem um interesse gde no 35 mm na minha área, negativo+ampliação tem maior valor jurídico nestes casos (claro q podemos pegar uma maquininha daquelas de fazer slide, mas relevemos assim como eles relevam). Apenas o RAW tem algum valor, mas ouvi relatos de gente q teve problemas mesmo com ele, sei la pq.

Dicas na área são bem vindas!

Mas é isso ai... eu vou comprar uma compacta q tenha controle de abertura no começo do ano, vamos ver no que da! Quem sabe mais pra frente uma reflex... :)