Autor Tópico: Todas as suas fotos são um cliche  (Lida 5224 vezes)

Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.508
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #15 Online: 22 de Setembro de 2016, 08:20:46
Uma conhecida minha parou de pintar. Quando eu peeguntei o motivo ela disse que era pq todo mundo na cidade estava pintando tambem, e ela se sentia apenas mais uma.

Eu disse a ela que ao invez de parar de pintar ela deveria parar de observar o que os outros estavam fazendo como forma de parametro pessoal. E focar na propria pintura e expressao sem a distracao externa.

É uma colocação inteligente que nos faz pensar em muitas coisas...

Tenho muito disso pra mim. Tanto pro meu trabalho de luthier como na fotografia. Evito sempre ficar entrando em sites de fotos e ficando horas olhando lá.. Aqui no forum não entro mais na galeria de fotos... Percebi que essa exposição moldava demais minhas fotos, queria sempre fazer igual alguma coisa que via. Isso foi bom pro desenvolvimento de técnica, mas depois de um tempo perdeu o sentido pra mim. Acompanho só alguns poucos fotógrafos que aprendi a gostar.

Não que eu faça nos meus trabalhos algo completamente diferente do que rola por aí. Mas acho que tenho me voltado a fazer algo que eu acredito mais.

O mais difícil no mundo de hoje, pra mim, é realmente focar em satisfação pessoal somente, sem querer encher o ego com comentários bonitinhos..

No meu trabalho de luthier, sempre percebi que meus melhores instrumentos fabricados são os que faço pra mim, ou mesmo que seja pra venda, sem depender de (e ficar travado por) pedido de encomenda. Consigo colocar mais de mim nele sem querer agradar ninguém, somente a mim mesmo. Na Fotografia ainda não cheguei a esse ponto.
« Última modificação: 22 de Setembro de 2016, 08:22:52 por Luciano.Queiroz »


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.142
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #16 Online: 22 de Setembro de 2016, 08:38:17
Percebi que essa exposição moldava demais minhas fotos, queria sempre fazer igual alguma coisa que via. Isso foi bom pro desenvolvimento de técnica, mas depois de um tempo perdeu o sentido pra mim. Acompanho só alguns poucos fotógrafos que aprendi a gostar.

Não que eu faça nos meus trabalhos algo completamente diferente do que rola por aí. Mas acho que tenho me voltado a fazer algo que eu acredito mais.

O mais difícil no mundo de hoje, pra mim, é realmente focar em satisfação pessoal somente, sem querer encher o ego com comentários bonitinhos..

Para mim é bem por ai.

Já perdi tempo e gastei neurônios maquinando o que poderia fazer para ser diferente, para me destacar, mas quando ia a campo não conseguia mudar a visão, o enquadramento, a importância que eu dava para as coisas que queria por no quadro, e isso, esse querer original, sincero, era mais forte que a vontade de fazer algo diferente.

Entendi que devo ser eu mesmo, influenciado por alguns poucos que elejo serem minha inspiração, mas jamais me trair por algumas palmas vazias que não agregam nada a bem da verdade.

Faço o que gosto, do jeito que gosto, mostro o que quero mostrar, o que considero importante para mim.

Se muitos outros fazem algo semelhante é prq estamos com a mesma linha de pensamento e sentimento, não prq copiamos um do outro.

Ser fotógrafo de verdade é isso: Ser o que vc é, mostrar o que vc quer mostrar, sem se trair, sem o equivoco de querer ser algo que vc não é, e fazer coisas que vc não quer fazer.


Pris WerSo

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.790
  • Sexo: Feminino
Resposta #17 Online: 22 de Setembro de 2016, 08:46:14
É por isso que continuo fazendo minhas fotos esquisitas, mesmo as pessoas achando... esquisitas!  :D     Eu gosto... fazer o quê, né? :assobi:


adrianojsmoreira

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 557
Resposta #18 Online: 22 de Setembro de 2016, 09:05:12
Interessante o vídeo. Acho que toda a foto, apesar de ter o mesmo angulo, tema ou algo que lembre outras milhares são sim únicas. Por trás de cada "retratista" e de cada "retratado" existe uma história única, uma vida única, um único momento. Existe o esforço do fotógrafo em fazer o melhor possível, e isso já é louvável.   

Agora sobre a parte técnica do debate. Sim, acho que tem a parte filosófica, a qual falei antes, e essa parte sobre angulo repetido, lugares e poses já feitas, etc. Tem uma frase de Stanley Kubrick que resume bem o que penso:

"Todas as cenas já foram feitas. Nosso trabalho é refaze-las melhores"

@adrianofotopro
www.adrianomoreira.com


Rodrigo Eduardo

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.841
  • Sexo: Masculino
  • Rodrigo
Resposta #19 Online: 22 de Setembro de 2016, 11:16:51
No meu ponto de vista o Márcio respondeu tudo na primeira página, acredito que a dificuldade em interpretar um texto seja o clichê aqui  ;)


Leo P

  • Trade Count: (10)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 292
Resposta #20 Online: 22 de Setembro de 2016, 17:51:16
Aconteceu algo engraçado...
Fui ver as últimas fotos postadas no desfio da semana e, como sempre, abri no Flickr para ver maior e aproveitei pra olhar as outras fotos dos autores. Olha só o que achei:

https://www.flickr.com/photos/tarcisioal/26226019382/in/datetaken/
https://www.flickr.com/photos/carloscareca/12212361085/in/datetaken/

Tinha que comentar aqui neste tópico... kkkk
Duas fotos do mesmo lugar, do mesmo ponto e com o mesmo ângulo de visão (24mm FF e 16mm APS-C).
Pelo que entendi do vídeo, é isso ai: as informações, valores e cultura que somos expostos não diferem tanto assim. É natural termos as mesmas reações, mas não somos iguais. Cada foto é única nos detalhes, "defeitos" e "qualidades", reflexos das experiências únicas de quem as tirou e também de quem as vê.
No final das contas, fica até meio óbvio. Deve ser até um clichezão. Tenho certeza que alguém já disse algo parecido..kkkk


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.082
  • Sexo: Masculino
Resposta #21 Online: 22 de Setembro de 2016, 17:55:12
A maioria nao eh Picasso pq a maioria quer mostrar diferencial aos outros e a si mesmo usando os outros como oarametro e medida,  e nao atento a propria expressao.

Nao vou repetir tudo.

A "própria expressão" da pessoa não é única, essa é a questão! Você tá dando um outro nome pra coisa sendo debatida e dizendo o contrário do que disse no parágrafo anterior.

A maioria não tem expressão própria. A maioria faz fotos que transmite a mesma idéia.

O que acontece em muitos casos é que nego justifica uma foto ruim ou cliche com uma parede de texto de explicação sobre a "visão pessoal" do artista e consegue convencer um monte de gente influenciável.


Leo P

  • Trade Count: (10)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 292
Resposta #22 Online: 22 de Setembro de 2016, 18:18:08
A "própria expressão" da pessoa não é única, essa é a questão! Você tá dando um outro nome pra coisa sendo debatida e dizendo o contrário do que disse no parágrafo anterior.

A maioria não tem expressão própria. A maioria faz fotos que transmite a mesma idéia.

O que acontece em muitos casos é que nego justifica uma foto ruim ou cliche com uma parede de texto de explicação sobre a "visão pessoal" do artista e consegue convencer um monte de gente influenciável.

Esse ruim é bem relativo. As vezes, a foto que ganhou em algum desafio semanal acho bem medíocre, mas a maioria a considerou melhor do que a que achei excelente. Inclusive, na maioria dos casos participo só por participar mesmo, mas as vezes fico impressionado como algumas fotos que não gostei nem um pouco receberam vários votos e a minha, que pensei ser muito boa, nenhum! Porém é só uma reação de espanto, pq eu sei o que acontece: coletividade, mesmo assim não considero que estas pessoas não tenham expressão própria, afinal nada foi combinado! E é por isso que eu acho errado votar em si mesmo.
« Última modificação: 22 de Setembro de 2016, 18:20:19 por Leo P »


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.082
  • Sexo: Masculino
Resposta #23 Online: 22 de Setembro de 2016, 18:52:30
Sim, gosto é algo relativo e pessoal. Acho que o gosto pessoal vem da quantidade de fotografias e experiências que você pessoalmente absorveu, e dos seus valores pessoais. Se você já viu um milhão de imagens, você sabe o que é único e o que já foi feito aos montes. E com seus valores pessoais você pode decidir quais imagens trazem um tema ou uma narrativa que justifique a imagem.

Um exemplo: o Ming Thein, um fotógrafo que todo mundo na internet paga pau, tentou vender as imagens dele para galeria de artes, e olha o relato dele: https://blog.mingthein.com/2014/08/08/questioning-the-art-market/ Pra quem tiver preguiça de ler: todas as galerias recusaram as fotos dele, e ele escreveu esse post reclamando do circuito de arte -- o mesmo que ele procurou para divulgar as fotos, ironicamente. Imagino que se as galerias tivessem aceitado as imagens ele não estaria falando mal dos caras. Mas, pra ser honesto, as fotos dele são completamente medíocres. Ele produz imagens tecnicamente boas (talvez até tecnicamente engessadas demais), mas de momentos totalmente mundanos e sem nada de especial.

Exemplo de fotos completamente batidas e repetitivas dele: https://blog.mingthein.com/2013/10/23/fd-photoessay-life-in-amsterdam/comment-page-1/#comment-54007 E esse é um cara que tem um mundo de seguidores (pelo menos online) vende as imagens por uma fortuna e cobra 5.000 dólares por um workshop.


lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.809
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Resposta #24 Online: 22 de Setembro de 2016, 19:55:46
confesso q gostei bastante do trabalho dele :/

as de amsterdam tbm
"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5D Mark.II | Fujifilm X100 T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.082
  • Sexo: Masculino
Resposta #25 Online: 22 de Setembro de 2016, 20:11:41
Eu já estou cansado dessas composições pseudo-Bressonianas, forçando um enquadramento bonitinho e clássico mas se mantendo longe do assunto e registrando um momento totalmente banal. Todas as fotos dele são de pessoas completamente normais e ordinárias, fazendo coisas normais e ordinárias, sentadas em bancos de praça, em cafés, ou andando pela calçada. Todo mundo faz fotos de rua assim! Se eu ver mais do mesmo eu vou evocar o espírito do Garry Winogrand pra voltar da terra dos mortos e matar todo mundo que continuar batendo nessa mesma tecla da mesmice :aua:


Rodrigo Eduardo

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.841
  • Sexo: Masculino
  • Rodrigo
Resposta #26 Online: 22 de Setembro de 2016, 21:40:18
Eu já estou cansado dessas composições pseudo-Bressonianas, forçando um enquadramento bonitinho e clássico mas se mantendo longe do assunto e registrando um momento totalmente banal. Todas as fotos dele são de pessoas completamente normais e ordinárias, fazendo coisas normais e ordinárias, sentadas em bancos de praça, em cafés, ou andando pela calçada. Todo mundo faz fotos de rua assim! Se eu ver mais do mesmo eu vou evocar o espírito do Garry Winogrand pra voltar da terra dos mortos e matar todo mundo que continuar batendo nessa mesma tecla da mesmice :aua:

Você está muito negativo, mano.


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.082
  • Sexo: Masculino
Resposta #27 Online: 22 de Setembro de 2016, 21:45:46
Vou fazer pensamento positivo pra ver se fotos que não me agradam ficam melhores e volto já


LeandroR

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.459
    • Dilone Fotografia
Resposta #28 Online: 22 de Setembro de 2016, 23:13:41
Vou fazer pensamento positivo pra ver se fotos que não me agradam ficam melhores e volto já

 :hysterical:

VI as fotos do cara... achei legais, bem executadas, mas não achei espetaculares ou "um ponto fora da curva". Não é algo que me impressiona.


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.542
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #29 Online: 22 de Setembro de 2016, 23:16:28
Eu já estou cansado dessas composições pseudo-Bressonianas, forçando um enquadramento bonitinho e clássico mas se mantendo longe do assunto e registrando um momento totalmente banal. Todas as fotos dele são de pessoas completamente normais e ordinárias, fazendo coisas normais e ordinárias, sentadas em bancos de praça, em cafés, ou andando pela calçada. Todo mundo faz fotos de rua assim! Se eu ver mais do mesmo eu vou evocar o espírito do Garry Winogrand pra voltar da terra dos mortos e matar todo mundo que continuar batendo nessa mesma tecla da mesmice :aua:

Olha, até que eu tenho concordo. 99,999% das fotos street que tenho visto acho insípidas, principalmente as que tenho visto por aqui no Brasil.
« Última modificação: 22 de Setembro de 2016, 23:17:29 por AFShalders »