Autor Tópico: Distúrbios psicológicos e surrealismo  (Lida 452 vezes)

brrru

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 9
  • Sexo: Feminino
    • Behance
Resposta #15 Online: 15 de Outubro de 2016, 17:58:44
interessante,
esse tipo de fotografia parte de pensamento mais complexo para se conseguir uma imagem……
pq tudo na foto é construído,
não é somente a pessoa, o objeto ou os efeitos….
mas o conceito tbm sofre um processo de construção….

e esse processo, pertence ao campo abstrato da nossa imaginação.

e quando digo esse tipo de foto não é somente os de teor surrealista,
mas os retratos posados, paisagens construídas, cenários, etc
tudo aquilo onde existe uma direção, e uma ação por parte do fotografo,
para aquilo que ele imaginou se transforme em imagem.

Sim, sim! A intenção do trabalho proposto pela a professora de Fotojornalismo foi exatamente esse, que construíssemos todo um conceito e formas de executá-lo, apresentar para a sala, desde técnicas usadas até pensamentos e opiniões sobre o tema em si. Foi bem gostoso fazer esse ensaio! Obrigada pelo seu comentário. :)


brrru

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 9
  • Sexo: Feminino
    • Behance
Resposta #16 Online: 15 de Outubro de 2016, 18:00:13
O processo criativo, a temática e o discursos são coesos e realmente seu trabalho se sobressai por que o objeto da sua arte é invisível e você o torna visível. Tem melhorias a serem feitas no tratamento, porém, aqui muitos poderão dar dicas para isto.

Assisti uma peça onde o ator fica imerso/emerso 100% da peça num aquário e suas fotos me lembraram da peça teatral. Segue link http://vejasp.abril.com.br/atracao/osmo

Parte da resenha: Num tanque de água, um homem está submerso em posição fetal por segundos que parecem eternos, até que ele suba para respirar. O clima sombrio da montagem torna-se menos pesado com as primeiras frases de Osmo, personagem-título vivido pelo ator e bailarino Donizeti Mazonas

Muito a ver com teu trabalho

Exatamente isso! A intenção do nosso grupo era tornar "algo invisível", visível. Fico feliz de ver que bastante gente conseguiu captar isso. Obrigada pelo o comentário! :D
E que legal essa peça teatral, não sabia dela, mas realmente lembrou muito o que fizemos no ensaio. Show!