Autor Tópico: Scanner de filme Nikon Coolscan V  (Lida 7366 vezes)

AFShalders

  • Mecenas
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.075
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #30 Online: 21 de Janeiro de 2019, 11:47:15
Prezados Francisco e Zyk,

Pode parecer estranho tantos anos depois eu retomar esse tópico, mas voltei a usar o meu Nikon Coolscan e prefiro o software original ao Vuescan.

Abraço.


O VueScan é um programa meio enrolado pra se usar, sempre foi.
O problema com ele, com cromos, é acertar os ganhos dos canais para ter o DR e a exposição adequada, e isso dá um bom trabalho.

Tenho um Minolta dImage IV e um Epson V700. Para cromos, se quero fazer rápido, sem dúvida o programa do fabricante é mais prático. No V700, também uso o Silverfast, mas é outro porre de programa, com uma interface que parece que foi feita por uma criança...

Já para negativos, uso um método próprio meu, com o vuescan gerando raw em positivo e um bom voodoo depois.
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


Celso Costa

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 4
  • Sexo: Masculino
  • Desde sempre apaixonado por fotografia analógica.
Resposta #31 Online: 22 de Janeiro de 2019, 08:37:40
Prezado AFShalders,

Concordo com você sobre o Vuescan. Cheguei a instalar, bem como o Silverfast, mas resolvi investigar e consegui instalar os drivers e software original Nikon 4.03 em meu Windows 7. Tudo funcionando perfeitamente bem, programa super simples. Eu apenas ligo o ICE fine e 14 bits. O resto, vai sozinho. Por isso, agora voltei a sentir prazer em fotografar. Sou viciado em analógica, raramente uso a minha digital. ;)

Agora estou aguardando a chegada de um novo computador, com Windows 10, para ver se consigo a mesma coisa que com o Windows 7. Fiquei anos com o equipamento guardado por que não tinha mais XP ou Vista.

A Nikon realmente mandou a bola fora quando resolveu largar o consumidor na mão depois de descontinuar o escâner.

Abraço.
Celso C. Pnheiro


AFShalders

  • Mecenas
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.075
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #32 Online: 22 de Janeiro de 2019, 10:03:30
Prezado AFShalders,

Concordo com você sobre o Vuescan. Cheguei a instalar, bem como o Silverfast, mas resolvi investigar e consegui instalar os drivers e software original Nikon 4.03 em meu Windows 7. Tudo funcionando perfeitamente bem, programa super simples. Eu apenas ligo o ICE fine e 14 bits. O resto, vai sozinho. Por isso, agora voltei a sentir prazer em fotografar. Sou viciado em analógica, raramente uso a minha digital. ;)

Agora estou aguardando a chegada de um novo computador, com Windows 10, para ver se consigo a mesma coisa que com o Windows 7. Fiquei anos com o equipamento guardado por que não tinha mais XP ou Vista.

A Nikon realmente mandou a bola fora quando resolveu largar o consumidor na mão depois de descontinuar o escâner.

Abraço.


Não só a Nikon... A Olympus tinha ótimos scanners de filme, a Konica-Minolta foi absorvida pela Sony e teve a disvisão de scanners de filme fechada...

Sobrou praticamente só a Plustek.

Comparando o meu velho Minolta ScanDual IV de mais de 20 anos com o Epson V700, dá até vergonha de usar o Epson.
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


Celso Costa

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 4
  • Sexo: Masculino
  • Desde sempre apaixonado por fotografia analógica.
Resposta #33 Online: 22 de Janeiro de 2019, 20:10:09
AFShalders,

É uma grande sacanagem o que os fabricantes fazem com os consumidores. Antes de conseguir instalar os drivers originais no Windows 7, eu já estava conjecturando adquirir um PC usado para fazer funcionar o XP ou o Vista, mas descobri que a Microsoft não permite mais ativação para os SOs anteriores ao W7. E piratex, tô fora!

É muito triste quase não conseguir os filmes de antigamente, e quando os encontro os preços são absurdos como um cromo que encontrei no Rio pela "bagatela" de 90 reais. TNC! >:(

Então, compro um ProImage e economizo ao máximo nas saídas para diversão. E com isso continuo operando meu escâner ainda que ocasionalmente. O bicho é tão bom que está comigo há cerca de 13 anos e funciona que é uma beleza.

Abraço.
Celso C. Pnheiro