Autor Tópico: Software para edição de RAF - RAWs da Fuji  (Lida 2536 vezes)

Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.310
  • Sexo: Masculino
Resposta #30 Online: 25 de Janeiro de 2018, 11:13:04
Resumindo a novela:

- Versão OEM do Silkypix que vem com a Fuji. Funciona mas é muito capada. LERDO de doer.

- Iridient: Funciona bem, é bom mas a interface é absolutamente medonha e não é muito mais rápido que o SP8. O sharpen é muito bom mas tem que tomar cuidado senão gera uns artefatos estranhos. Só para Mac.

- Iridient Transformer: É um Iridient hiper simplificado. É um quebra galho para a turma que gosta do LR. Usa-se com um pré conversor e depois tratar no programa que gostar mais. Eu não gostei.

- RawTherapee: É o melhor disparado SE você sabe o que está fazendo. Não tem nem o que discutir. O problema é que é super complexo.

- Raw Power: Simples e funciona bem. Não permite ajustes e conversões em lote. Só Mac.

- Capture One. Bom, bem melhor que o LR com a Fuji, mas por $300 to fora. Não é bom o suficiente para valer isso.

- Silkypix 8 Pro. Lento, mas hoje em dia é o que dá o melhor resultado (sem arrancar os cabelos) com a Fuji. Se não ler o manual vai se dar mal, o programa tem uma quantidade imensa de recursos escondidos em uma interface mal feita.

Bom resumo. Tenho usado o LR pra conversões em lote sem muito compromisso com nitidez ou quando fotografo material pra animações, time lapse, etc. Uso o Silkypix pra conversões mais elaboradas, gigantografias ou fine art e o Iridient tenho gostado mais, principalmente pelas cores, melhoraram muito e eles soltaram uns perfis novos, inclusive aproximando muito as cores da Fuji às da Canon, que particularmente prefiro.
« Última modificação: 25 de Janeiro de 2018, 11:13:45 por Claudio Rombauer »


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.710
  • Sexo: Masculino
Resposta #31 Online: 25 de Janeiro de 2018, 15:43:48
Eu uso o Iridient, não é complexo na minha opinião e realmente não é dos mais velozes.

Apenas o entendimento de curvas é fundamental.

Pontos fracos : redução de ruídos, ajustes de highlights e sombras extremamente precários.

Como eu faço?

Abro o arquivo, edito o básico com ajuda do Iridient, gero um Tiff e vou pro LR (em lote) ou PS (foto única).

Fotos em lote eu uso o Xtransformer que gera os DNGs pra mim.


O Capture One eu já usei, é o melhor pra quem quer a facilidade do LR, produtividade com boa qualidade nas fujis. Conheço uma galera que tá arrebentando com ele, fazendo muita coisa boa mesmo usando ele com fuji.

Todas minhas fotos que tenho postado são com Iridient + LR ou PS e por vezes uso apenas o LR, tenho achado excelentes os resultados.
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.977
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #32 Online: 25 de Janeiro de 2018, 16:05:14
Eu uso o Iridient, não é complexo na minha opinião e realmente não é dos mais velozes.

Apenas o entendimento de curvas é fundamental.

Pontos fracos : redução de ruídos, ajustes de highlights e sombras extremamente precários.

Como eu faço?

Abro o arquivo, edito o básico com ajuda do Iridient, gero um Tiff e vou pro LR (em lote) ou PS (foto única).

Fotos em lote eu uso o Xtransformer que gera os DNGs pra mim.


O Capture One eu já usei, é o melhor pra quem quer a facilidade do LR, produtividade com boa qualidade nas fujis. Conheço uma galera que tá arrebentando com ele, fazendo muita coisa boa mesmo usando ele com fuji.

Todas minhas fotos que tenho postado são com Iridient + LR ou PS e por vezes uso apenas o LR, tenho achado excelentes os resultados.


O Iridient não é complexo, e sim tem uma interface muito ruim. Redução de ruido boa mesmo, só no RawTherapee, mas a do SP8 é excelente.

O entendimento de curvas é absolutamente fundamentas para qualquer pessoa que se propõe a processar imagens.

O resto vai da necessidade e simpatia de cada um pelo programa que mais gostar.
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.310
  • Sexo: Masculino
Resposta #33 Online: 25 de Janeiro de 2018, 16:27:31

O Iridient não é complexo, e sim tem uma interface muito ruim.


Isso eu concordo. Fiquei até com vontade de desenhar uma interface pra eles, quem sabe me dariam um pacote de atualização vitalício. Mas estou sem tempo.