Autor Tópico: Qual a melhor interface gráfica Linux para fotógrafos?  (Lida 468 vezes)

bruno_sfc

  • Trade Count: (13)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 941
  • Sexo: Masculino
Online: 17 de Novembro de 2017, 19:58:29
Pessoal, boa noite!

Gostaria de testar alguma interface gráfica que rode legal em um MacBook Pro. Penso em usar para um workflow simples de trabalho fotográfico (ajuste RAW e finalização em programa de edição). Vou testar alguns programas, mas já tenho uma ideia por onde começar: darktable e GIMP.

Por favor, mandem suas sugestões. Terei alguma limitação usando Linux?

Segue a configuração da minha máquina:

Citar
MacBook Pro (17-inch, Late 2011), 2,3GHz Intel i7, 16GB DDR3, SSD, AMD Radeon HD 6750M + Intel HD Graphics 3000.


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 581
  • Sexo: Masculino
    • Câmara Obscura
Resposta #1 Online: 17 de Novembro de 2017, 20:01:35
Acho que tudo depende da que vai funcionar bem com sua placa de vídeo. Na minha experiência o Mate é bem estável.


bruno_sfc

  • Trade Count: (13)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 941
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 17 de Novembro de 2017, 20:16:50
Acho que tudo depende da que vai funcionar bem com sua placa de vídeo. Na minha experiência o Mate é bem estável.

Pois é, essa é uma das minhas principais dúvidas. Vou tentar pesquisar um pouco mais, mas obrigado mesmo assim.


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 581
  • Sexo: Masculino
    • Câmara Obscura
Resposta #3 Online: 18 de Novembro de 2017, 06:39:21
A maior parte das distribuições permite que você gere uma imagem numa unidade USB e teste o sistema sem ter que instalá-lo. É a melhor forma de verificar a compatibilidade.


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.611
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #4 Online: 18 de Novembro de 2017, 08:56:00
Prefiro as mais simples, minimalistas, como LXDE e XFCE2, adicionado depois o que precisar.
Não gosto de nenhuma encarnação do KDE. Gnome também não é a minha favorita.
O Mate e o Cinamon são interessantes mas acho muita complicação para pouco retorno.


Programas:

Darktable
Gimp
RawTherapee
Digikam
Lightzone
Aftershot Pro (pago)

Desde que esteja disposto a aprender e não seja fanboy da Adobe, pode-se viver perfeitamente e trabalhar muito bem no Linux.
« Última modificação: 18 de Novembro de 2017, 09:01:29 por AFShalders »
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


bruno_sfc

  • Trade Count: (13)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 941
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 18 de Novembro de 2017, 11:27:15
Prefiro as mais simples, minimalistas, como LXDE e XFCE2, adicionado depois o que precisar.
Não gosto de nenhuma encarnação do KDE. Gnome também não é a minha favorita.
O Mate e o Cinamon são interessantes mas acho muita complicação para pouco retorno.


Programas:

Darktable
Gimp
RawTherapee
Digikam
Lightzone
Aftershot Pro (pago)

Desde que esteja disposto a aprender e não seja fanboy da Adobe, pode-se viver perfeitamente e trabalhar muito bem no Linux.

Obrigado.