Autor Tópico: 2018: O Mirrorless que nunca foi e a DSLR que nunca deixou de ser...  (Lida 51407 vezes)

fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.178
  • Sexo: Masculino
Resposta #135 Online: 12 de Março de 2018, 15:05:09
Falou tudo... e tb existe uma preguiça triste na indústria

As Mirrorless que não tem obturador mecânico, já poderiam estar fazendo 25fps há muito tempo atrás

Caramba celulares como Sony ZX e Samsung S9 já fazem 960fps (720p)  :eek: e custam uma fração do valor de uma ML top como a Sony a9 !   :aua:

A Sony A9 custa mais de 20mil (sem lente) e faz 20fps...

Claro, alguns observarão a diferença de resolução, mas é inegável o abismo entre o preço e a tecnologia empregada na mirroeless versus celulares da MESMA MARCA !  :(




Sent from my Hasselblad using Tapatalk

Só o tamanho do sensor já é um motivo para fazer mais FPS pois o processamento é muito menor... mas concordo que isso deve ser uma grande questão de marketing para vender versões melhores.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.109
  • Fotógrafo Profissional
Resposta #136 Online: 12 de Março de 2018, 15:27:52

Aí eu acho que não tem nada a ver. São tecnologias completamente diferentes. Uma coisa é um celular fazer 20 fps com sensor minúsculo, uma resolução pequena, um auto foco ruim, cheio de rolling shutter e em JPEG.

Outra coisa é fazer 20 fps com um sensor full frame, uma resolução de 24MP, com AF preciso, sem rolling shutter e em 14-bit RAW. A grande diferença aqui é a velocidade de readout do sensor, e foi nisso que a a9 revolucionou.

A questão é que enquanto o global shutter CMOS não se popularizar e se baratear, as câmeras vão depender de sensores com um readout speed monstruoso pra fazer fotos com qualidade profissional, e é aí onde mora a diferença de preço entre celulares e câmeras.

Por isso eu não acho que dê para fazer essa comparação.

O que eu acho é que as câmeras de marcas com Smartphones bem estabelecidos, como a Sony, deveriam compartilhar o know-how da interface touch, principalmente nos menus. Isso por si só já melhoraria a experiência do usuário em 1 milhão de vezes.

Enviado de meu SM-G930F usando Tapatalk


Tá, mas o Sony Zx Premium custa 2.500 (com NF) e a Sony A9 (sem lente) custa 23.000 (com NF) se fossem de preço mais próximo...

Um faz 960fps e outro 20fps...se fossem de fps mais próximo...




Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 12 de Março de 2018, 15:30:28 por Ernesto »
O google não é tão confiável quanto eu mas, às vezes, linka os meus textos...

#Fotógrafo de Médio Formato Digital


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.178
  • Sexo: Masculino
Resposta #137 Online: 12 de Março de 2018, 17:12:59

Tá, mas o Sony Zx Premium custa 2.500 (com NF) e a Sony A9 (sem lente) custa 23.000 (com NF) se fossem de preço mais próximo...

Um faz 960fps e outro 20fps...se fossem de fps mais próximo...

Sent from my Hasselblad using Tapatalk

Sim não duvidaria nada que a A9 não faça, ou tenha hardware para fazer, mais de 20 FPS... mas aí não teria a futura A9S ou A10 com incríveis 50FPS...

Marketing é complicado...
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Di Torres

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 817
Resposta #138 Online: 12 de Março de 2018, 19:02:48
O problema não é o tamanho do sensor... é a resolução.
É a resolução que exige mais processamento.
Fazer 900fps em 720p é mole, agora quero ver um celular fazer mais de 60fps em 4k.
Pra vocês terem noção, as fotos que a Sony a9 fazem em 20fps tem 3x mais pixels do que a resolução 4k.
3x20=60, ou seja, exatamente no limite de processamento que os celulares mais top de linha possuem hoje.

E a tendência daqui pra frente é justamente essa... as câmeras DSLR/Mirrorless top de linha vão seguir os avanços dos smartphones em termos de processamento, já que o mercado de smartphones movimenta muito mais dinheiro e tem muito mais investimento sendo colocado em desenvolvimento, então o mercado de DSLR/Mirrorless, principalmente da Sony, simplesmente vai pegar os produtos dessas pesquisas e aplicar nas suas câmeras profissionais que tem um mercado muito mais fraco, mas atendem um nicho que sempre vai ter como necessário a melhor qualidade do sensor e seleção de lentes.

Então, quando aparecer um celular por aí fazendo vídeo 4K em 120fps, podem ter certeza que vai começar a aparecer câmeras de 24mp fazendo fotos em 40fps.
« Última modificação: 12 de Março de 2018, 19:16:24 por Di Torres »


davi_ssilva

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.001
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #139 Online: 12 de Março de 2018, 20:20:09
O problema não é o tamanho do sensor... é a resolução.
É a resolução que exige mais processamento.
Fazer 900fps em 720p é mole, agora quero ver um celular fazer mais de 60fps em 4k.
Pra vocês terem noção, as fotos que a Sony a9 fazem em 20fps tem 3x mais pixels do que a resolução 4k.
3x20=60, ou seja, exatamente no limite de processamento que os celulares mais top de linha possuem hoje.

O tamanho do sensor contribui também, pois quanto maior o sensor e quanto maior o número de pixels, maior tem que ser a velocidade de read out necessária para eliminar o rolling shutter.

E não é só a resolução, mas o bit depth dos arquivos gerados muda muito tbm. O vídeo do xperia é a 720p, com um bit depth ridículo e codificado em Mpeg. É um tipo de arquivo que necessita de muito menos buffer, velocidade e bus de memória para ser manejado, além de não permitir praticamente nenhuma latitude de edição. É totalmente diferente de um arquivo RAW de 14-bit.

Além disso, os o xperia tem limites de tempo para a gravação desses arquivos, não só devido ao gargalo de memória, mas tbm devido ao superaquecimento do processador. Já a a9 não apresenta problemas significativos com overheating.

Enfim, o para empurrar arquivos com qualidade de câmeras profissionais numa velocidade dessas, o tipo de hardware tem que ser ultraespecializado, e por isso, muito caro.

Quando consideramos o tamanho dos mercados, que é muito maior nos smartphones, fica óbvio entender que é muito mais fácil pra Sony ter retorno financeiro e lucro a partir de telefones do que de uma câmera de nicho, como é a a9. Só isso já justifica um preço de venda mais salgado para as câmeras.

Enfim, eu gostaria muito que uma a9 custasse só 2000 dólares, mas é impossível atualmente. De longe, deve ser o produto com maior custo de produção pra divisão de câmeras da Sony, e muito desse valor com certeza se deve à arquitetura daquele sensor juntamente com o front sli que permite um processamento dessa magnitude.

Enviado de meu SM-G930F usando Tapatalk
« Última modificação: 12 de Março de 2018, 20:22:47 por davi_ssilva »


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.178
  • Sexo: Masculino
Resposta #140 Online: 13 de Março de 2018, 08:06:46
Resumindo, logo logo vão lançar uma DSLR com função rede celular... vai ser legal.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


tiagonn

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 99
Resposta #141 Online: 13 de Março de 2018, 09:17:05
Resumindo, logo logo vão lançar uma DSLR com função rede celular... vai ser legal.
Nem precisa ter rede celular... Um wi-fi (como cliente, não como servidor como existe hoje) e uma interface touch já resolvia bem...

De qualquer forma me parece que eles estão indo para o esquema snapbridge/bluetooth... O que eu não entendo já que isto enche a memória do celular com imagens JPEG em baixa resolução.

O fluxo está câmera+wi-fi servidor -> celular -> redes sociais enquanto deveria ser celular Hotspot -> câmera + wi-fi cliente + processamento RAW in camera -> redes sociais.

Enviado de meu SM-G930F usando Tapatalk



davi_ssilva

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.001
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #142 Online: 13 de Março de 2018, 18:47:28


O fluxo está câmera+wi-fi servidor -> celular -> redes sociais enquanto deveria ser celular Hotspot -> câmera + wi-fi cliente + processamento RAW in camera -> redes sociais.

Exatamente. Seria algo como a conexão entre um computador e uma impressora wireless, ou entre um celular e um Chromecast; basta ambos os dispositivos estarem conectados na mesma rede wireless.

Quanto ao processamento do RAW, embora fazer ele in camera seja mais rápido do ponto de vista de processamento, acredito que o ideal seria fazer isso através de uma interface no próprio celular ou tablet, pois seria mais prático. Algo como se fosse um Fujifilm X RAW Studio, porém com conexão via wireless ao invés de cabo.


Enviado de meu SM-G930F usando Tapatalk



saulosouto

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 158
  • Sexo: Masculino
Resposta #143 Online: 14 de Março de 2018, 10:46:55
Fujio Mitara, CEO da Canon:
"...we will go on the offensive and work to expand our sales in the mirrorless camera market, which is exhibiting remarkable growth. This will allow us to reach our goal of 50% market share of the entire interchangeable-lens camera market."

Fonte: https://www.dpreview.com/news/3943910050/canon-ceo-we-will-go-on-the-offensive-in-the-mirrorless-camera-market


Leonardo Tonin

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 951
  • Sexo: Masculino
Resposta #144 Online: 14 de Março de 2018, 11:40:54
     Se a Nikon e Canon nao fabricarem logo mirrorless, surgirao distorcoes, vinhetas, aberracoes cromaticas nas mentes das pessoas. Nao e o maximo?  :D   

 


 




 
 


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.487
  • Sexo: Masculino
Resposta #145 Online: 14 de Março de 2018, 12:07:28
     Se a Nikon e Canon nao fabricarem logo mirrorless, surgirao distorcoes, vinhetas, aberracoes cromaticas nas mentes das pessoas. Nao e o maximo?  :D   

Canon é líder mundial em Mirrorless.
« Última modificação: 14 de Março de 2018, 12:07:49 por Claudio Rombauer »


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.366
  • Sexo: Masculino
Resposta #146 Online: 14 de Março de 2018, 13:29:50
Canon é líder mundial em Mirrorless.
Acho que ele quis se referir a algo mais usável, capaz de substituir as DSLRs no uso profissional.
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.487
  • Sexo: Masculino
Resposta #147 Online: 14 de Março de 2018, 13:39:01
Acho que ele quis se referir a algo mais usável, capaz de substituir as DSLRs no uso profissional.

Ah tá.

Acho que, quando lançarem uma Mirrorless com espelho tudo se resolve.


Di Torres

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 817
Resposta #148 Online: 14 de Março de 2018, 13:40:18
Fujio Mitara, CEO da Canon:
"...we will go on the offensive and work to expand our sales in the mirrorless camera market, which is exhibiting remarkable growth. This will allow us to reach our goal of 50% market share of the entire interchangeable-lens camera market."

Fonte: https://www.dpreview.com/news/3943910050/canon-ceo-we-will-go-on-the-offensive-in-the-mirrorless-camera-market

Outra coisa interessante é que um executivo da Sony diz esperar o lançamento de Full Frame mirrorless da Canon e Nikon nesse ano.
http://www.canonrumors.com/sony-executive-expects-canon-and-nikon-full-frame-mirrorless-by-this-year/

Eu acho que o lançamento super agressivo da A7III foi uma medida preventiva a essa previsão.
A Canon e a Nikon vão ter que correr atrás de um produto muito incrível pra bater a A7III pelo preço dela.
E se lançarem algo equivalente, porém mais caro, vai ser um fracasso.


davi_ssilva

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.001
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #149 Online: 14 de Março de 2018, 13:53:28


A Canon e a Nikon vão ter que correr atrás de um produto muito incrível pra bater a A7III pelo preço dela.
E se lançarem algo equivalente, porém mais caro, vai ser um fracasso.

Não sei não. Caso se possa utilizar as lentes dos sistemas DSLR nessas mirrorless da Canon e da Nikon, creio que essas marcas já entrarão em uma ótima posição no mercado, pois o custo total do sistema vai ser menor do que o da Sony, que tem as lentes mais caras.

Isso vai ser legal, pq por um lado vai obrigar a Sony a reduzir o preço das lentes, e por outro vai obrigar a Canon e a Nikon a lançarem corpos mais recheados de features.

Enviado de meu SM-G930F usando Tapatalk