Autor Tópico: Celular DSLR  (Lida 1897 vezes)

felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 3.436
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #15 Online: 26 de Abril de 2018, 16:21:14
Acho mais fácil as DSLR virem com telefone do que um celular com espelho.

Isso iria fazer muita gente feliz, eu inclusive! É o tipo de coisa que não entendo como não evolui. Isso e a bateria: como podem as câmeras de hoje ainda terem uma bateria com densidade de carga tão menor quanto a de um celular.
Felipe


Eduardo PL Lima

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 81
Resposta #16 Online: 26 de Abril de 2018, 17:19:49
Concordo em partes, mas vai levar muito tempo para que, profissionalmente, uma câmera pequena ou do tamanho de um celular, seja visto como "pro". Pense que no âmbito de eventos, o cliente aluga você e seu equipamento, e já presenciei casos onde Mirrorless (que nem tão pequena é) fosse menosprezada pelo seu tamanho.

Muitas vezes em terra de leigos, o tamanho conta e muito.

Concordo 100%. Por isso falei em longo prazo, 20, 30, 50 anos ou mais. Mas é um tempo em que a criançada de hoje talvez vivencie. E é só meu palpite.  :ok:


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.479
  • Sexo: Masculino
Resposta #17 Online: 26 de Abril de 2018, 17:31:56
Isso iria fazer muita gente feliz, eu inclusive! É o tipo de coisa que não entendo como não evolui. Isso e a bateria: como podem as câmeras de hoje ainda terem uma bateria com densidade de carga tão menor quanto a de um celular.

Ia ser bizarro o cara segurando a câmera na orelha pela 70-200 2.8 e falando com a esposa.


Eduardo PL Lima

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 81
Resposta #18 Online: 26 de Abril de 2018, 18:13:39
Isso iria fazer muita gente feliz, eu inclusive! É o tipo de coisa que não entendo como não evolui. Isso e a bateria: como podem as câmeras de hoje ainda terem uma bateria com densidade de carga tão menor quanto a de um celular.

Eu acho que sei. Existe uma demanda milhares de vezes maior em favor dos celulares. Normal que a indústria invista mais em desenvolver baterias para esse segmento. Pelo mesmo motivo eu acho mais provável que o celular se torne uma câmera do que o inverso. Mesmo com as dificuldades físicas  impostas. Isso vai se resolvendo aos pouquinhos....

Compare por exemplo a câmera de um iPhone 3G (2008) com o iPhone X  (final de 2017). Agora imagine a evolução daqui a 10 anos...


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.479
  • Sexo: Masculino
Resposta #19 Online: 26 de Abril de 2018, 19:35:35
Pelo mesmo motivo eu acho mais provável que o celular se torne uma câmera do que o inverso. Mesmo com as dificuldades físicas  impostas. Isso vai se resolvendo aos pouquinhos....


Câmera o celular já é.

A discussão é se um dia ele vai ter obturador mecânico e espelho. Não acho isso fácil de acontecer. Aliás, acho impossível.


Eduardo PL Lima

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 81
Resposta #20 Online: 26 de Abril de 2018, 19:50:13
Câmera o celular já é.

A discussão é se um dia ele vai ter obturador mecânico e espelho. Não acho isso fácil de acontecer. Aliás, acho impossível.

A pergunta da primeira postagem é se o celular poderia ter uma câmera com o nivel-DSLR. Nível eu entendo como qualidade de imagem, recursos da câmera e ajustes manuais. Ou seja, o que a câmera entrega.

Obturador mecânico e espelhos é a tecnologia atual. É como ela faz.

Poderia um sensor menor e um obturador eletrônico, por exemplo, entregar a mesma qualidade?

Se você afirma categoricamente que nunca será, pode cair na mesma armadilha de vários visionários de tecnologia já caíram antes.

Prefiro dizer que, por enquanto, não. Mas está claro pra mim que é a direção e o desejo da indústria e dos usuários. Isso explica o marketing da Sony.


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.479
  • Sexo: Masculino
Resposta #21 Online: 26 de Abril de 2018, 20:28:11
A pergunta da primeira postagem é se o celular poderia ter uma câmera com o nivel-DSLR. Nível eu entendo como qualidade de imagem, recursos da câmera e ajustes manuais. Ou seja, o que a câmera entrega.

Obturador mecânico e espelhos é a tecnologia atual. É como ela faz.

Poderia um sensor menor e um obturador eletrônico, por exemplo, entregar a mesma qualidade?

Se você afirma categoricamente que nunca será, pode cair na mesma armadilha de vários visionários de tecnologia já caíram antes.

Prefiro dizer que, por enquanto, não. Mas está claro pra mim que é a direção e o desejo da indústria e dos usuários. Isso explica o marketing da Sony.

Ok, me desculpe, Eduardo. Eu entendi completamente errado todo o post.

Mas sob o novo entendimento, a qualidade dos smartphones já é altíssima, suficiente pra fazer 99% das fotos que a população precisa fazer.

A maior vantagem das câmeras "tipo DSLR" é mais a ergonomia. Visor, controles, acessórios compatíveis, etc. É aí que os dois produtos passam a não ter absolutamente nada a ver um com o outro.


Eduardo PL Lima

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 81
Resposta #22 Online: 26 de Abril de 2018, 20:51:51
Ok, me desculpe, Eduardo. Eu entendi completamente errado todo o post.

Mas sob o novo entendimento, a qualidade dos smartphones já é altíssima, suficiente pra fazer 99% das fotos que a população precisa fazer.

A maior vantagem das câmeras "tipo DSLR" é mais a ergonomia. Visor, controles, acessórios compatíveis, etc. É aí que os dois produtos passam a não ter absolutamente nada a ver um com o outro.

Interessante o ponto que você tocou sobre ergonomia.

Será que em alguns anos teremos essa ergonomia oferecida na forma de um acessório para o nosso super computador/câmera de bolso?

Algo na linha de uma dock station que transforma um celular em uma estação de trabalho desktop.... É o mesmo problema da ergonomia, só que em outra área.


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.479
  • Sexo: Masculino
Resposta #23 Online: 26 de Abril de 2018, 21:09:02
Interessante o ponto que você tocou sobre ergonomia.

Será que em alguns anos teremos essa ergonomia oferecida na forma de um acessório para o nosso super computador/câmera de bolso?

Algo na linha de uma dock station que transforma um celular em uma estação de trabalho desktop.... É o mesmo problema da ergonomia, só que em outra área.

Olha. A Samsung tem um aparato que transforma o Galaxy em um PC. Saída pra mouse, teclado e monitor 4K. Mas eu não confiaria todo meu trabalho ali. Embora seja muito interessante pra quem usa basicamente planilha, processador de texto e email pra trabalhar.

Ou seja, o smartphone já faz o papel de PC que boa parte das pessoas precisa, mas ainda não tem a mesma usabilidade.

Seguindo a mesma tendência, a Dell tem na linha Optiplex, a empresarial, desktops poderosos e minúsculos que encaixam atrás dos monitores. O downsize é uma forma de correr atrás da tendência.

Eu uso uma DSLR pesada, uma 5DSr. Não saio com ela fora do estúdio, a não ser pra shoots em locação. Quando viajo, passeio, vou fotografar família, festa na escola, levo minha outra câmera, uma Fuji XT2, que, apesar de, na minha opinião pessoal, não me oferecer a mesma qualidade da minha DSLR (e aqui incluo dezenas de critérios aplicáveis apenas ao meu uso), tem uma excelente qualidade para a finalidade que eu destino a ela.
« Última modificação: 26 de Abril de 2018, 21:09:53 por Claudio Rombauer »


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #24 Online: 26 de Abril de 2018, 21:50:58
Acho que o problema foi a comparação no assunto do tópico. Que seria mais plausível: celular mirrorless
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


ttardelli

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 20
Resposta #25 Online: 26 de Abril de 2018, 22:41:40
Câmera o celular já é.

A discussão é se um dia ele vai ter obturador mecânico e espelho. Não acho isso fácil de acontecer. Aliás, acho impossível.
Na verdade nem precisa disso, o grande apelo da mirrorless é o sensor grande sem espelho. Se os celulares melhorarem o sensor, vai ficar muito próximo. Em compensação as deles vão estar absurdamente com mais recursos... Vai saber...

Enviado de meu Moto G (5) Plus usando Tapatalk

Ex-Fotógrafo Profissional | Hoje me dedico ao Direito.
Canon 6D || 1Dx II
40mm 2.8 | 50mm 1.4 | 85mm 1.8 | 24-105 4 L
2 x YN 600 ex RT II  (Quase um mini estúdio portatil) junto com o Beauty Dish (eu sei que é modinha).
Uma modelo Eterna: minha esposa querida.


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 3.436
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #26 Online: 26 de Abril de 2018, 23:48:00
Ia ser bizarro o cara segurando a câmera na orelha pela 70-200 2.8 e falando com a esposa.

Lembra do Nokia N-Gage???  :shock:


Felipe