Autor Tópico: O ISO morreu! Será?  (Lida 4875 vezes)

C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.523
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #45 Online: 21 de Março de 2018, 16:15:10
Sim, eu sei :ok: :ok:

Mesmo numa distância de observação normal ela realça as qualidades e defeitos. Com ISO (grão) dá até pra trabalhar, mas tem que ser controlado.

Falo isto pq já montei quadro e passei vergonha na hora de entregar pro fotógrafo, e é sempre um canto, uma sombra mal tratada e normalmente na conta da captação  ruim.
  :ok:


Karl Junior

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.234
  • Sexo: Masculino
  • Fotografar é mostrar aos outros como vemos o mundo
    • Romanelli Fotografia
Resposta #46 Online: 26 de Março de 2018, 12:50:27
As opções de ISO, obturador e abertura que uma câmera pode adotar para fazer uma foto são aquelas que ela julga darem uma boa exposição.

Mas o que é uma boa exposição?

Em cenas com iluminação homogênea fica até fácil achar o que seria uma boa exposição, mas em cenas com alto contraste é bem mais complicado. Nesse caso, entra uma outra configuração que é o modo de medição da luz que pode ser matricial, ponderada, pontual, etc.
Em cenas com iluminação heterogênea a câmera não sabe qual área da foto deve ficar bem exposta. É porque quem decide isso é o fotógrafo. Então como configurar os parâmetros de forma automática? Como não fazer uma compensação de exposição?

Acho que tudo isso vai depender mesmo da situação que se apresenta. Não há regra.

NIKON D7000 / NIKON D610 / NIKKOR 18-105mm / NIKKOR AF 50mm 1.4G & 1.8D / NIKKOR AF 85mm 1.8D / SIGMA 150-500mm 5-6.5 / NIKKOR 70-200 2.8 / NIKKOR 24-70 2.8 / SB-700 / SB-910
http://www.romanellifotografia.com.br
https://www.flickr.com/photos/karl_junior/
https://500px.com/romanelli


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.895
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #47 Online: 26 de Março de 2018, 13:27:10
As opções de ISO, obturador e abertura que uma câmera pode adotar para fazer uma foto são aquelas que ela julga darem uma boa exposição.

Mas o que é uma boa exposição?

Em cenas com iluminação homogênea fica até fácil achar o que seria uma boa exposição, mas em cenas com alto contraste é bem mais complicado. Nesse caso, entra uma outra configuração que é o modo de medição da luz que pode ser matricial, ponderada, pontual, etc.
Em cenas com iluminação heterogênea a câmera não sabe qual área da foto deve ficar bem exposta. É porque quem decide isso é o fotógrafo. Então como configurar os parâmetros de forma automática? Como não fazer uma compensação de exposição?

Acho que tudo isso vai depender mesmo da situação que se apresenta. Não há regra.


A turma gosta de soluções mágicas para compensar a falta de conhecimento.
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.806
  • Sexo: Masculino
Resposta #48 Online: 04 de Abril de 2018, 13:37:52

A turma gosta de soluções mágicas para compensar a falta de conhecimento.

Sou do tempo que não precisava usar foto totalmente mal exposta pra testar a capacidade da câmera em consertar a porcaria que o fotógrafo fez.


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.159
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #49 Online: 07 de Abril de 2018, 23:19:58
Penso que para aprender fotografia ou fazer testes, aprender a fotometrar corretamente uma cena com os tons médios ou com muitos tons claros ou escuros é essencial. E isso você faz no modo 100% manual, simples assim.

Atenção: FOTOMETRAR NÃO É DEIXAR O FOTÔMETRO "NO MEIO" e sim com treino e olhar sabe se uma cena precisa da exposição de compensação para mais ou para menos.

Em objetos brancos (imagine você tirando foto da neve) a câmera irá entender que a neve é branco puro e se você ajustar ISO, diafragma e obturador no meio, terá uma cena subexposta (escura) porque o fotômetro da câmera é pouco esperto e entende que a neve é na verdade, áreas brancas da sua imagem. Então, se fizermos o ajuste de compensação de exposição para +1 ou +2, teremos a neve com cor branca. Isso foi só um exemplo de que cursinhos de fotografia ensinam a fotometrar "no meio", mas isso é um erro. Isso só vai funcionar, se a tonalidade de cores da cena for média.

Indo ao assunto ISO, eu acho que isso depende muito do modo de se fazer. Por exemplo, em eventos onde o importante é registrar o momento, porque ele não voltará, usar o ISO automático usando o modo AV ou TV pra mim faz toda diferença. Se eu quero mais luz, um flash e-ou lentes mais abertas, podem fazer grande diferença e pra melhor.

Em relação ao ISO, penso eu que como grande vantagem a fullframe ter nitidez total em ISOs de até 5000. Cara, se tú vai fazer fotos num album ou mesmo ampliações a diferença de ISO 100 para um ISO 3200 numa boa fullframe é irrelevante.


nandoespinosa

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.038
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #50 Online: 09 de Abril de 2018, 10:55:15
A discussão descambou, como já havia dito para um papo de "saber ou não fotografar".
Olha.. Na boa.. O meu pensamento é bem simples.. O cara pode saber operar a câmera perfeitamente.. Todos os detalhes de medição, pontos de foco, nitidez da lente, conhecer bastante de luz e uso do flash, e ainda assim OPTAR por trabalhar em modos automáticos (Av, Tv, p ex.)
Isso não faz dele menos fotógrafo do que o sujeito que ainda prefere passar algum tempo no laboratório revelando fotos analógicas.

Vocês estão considerando que se o cara usa a câmera nos modos automáticos ele não está fazendo escolhas... Mas isso não é verdade.. Eu posso chegar em um evento e definir que o ISO máximo que precisarei ali é de 3200 ou 4000.. E setar isso como limite do meu ISO auto, p ex.. Defino então que a câmera pode optar por usar abaixo disso quando a minha cena permitir (dependente da vel e abert que eu estiver usando, lógico).
Ainda mais... Posso definir que meu fotõmetro busque exposições maiores ou menores que o zero.. Assim como o flash pode trabalhar em TTL e com uma compensação negativa, p ex..

Enfim. A questão é que o ISO, no caso HIPOTÉTICO de termos sensores muitoooo potentes no futuro, sem que gere ruídos, deixará de ser um fator importante.
A isso que se propunha essa discussão.. O resto é manchete que o sujeito usou pra trazer o interesse pro vídeo dele.


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.159
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #51 Online: 09 de Abril de 2018, 11:11:49
Enfim. A questão é que o ISO, no caso HIPOTÉTICO de termos sensores muitoooo potentes no futuro, sem que gere ruídos, deixará de ser um fator importante.
A isso que se propunha essa discussão.. O resto é manchete que o sujeito usou pra trazer o interesse pro vídeo dele.

Isso já acontece na maioria das câmeras Fullframe do mercado. Pode-se trabalhar tranquilamente com ISOs de 800, 1600, 3200, até 6000 nas Fullframes mais novas, sem apresentar perda de qualidade.

Para câmeras mirrorless e DSLR com sensor crop, continua valendo ISOs no máximo 1600. Acima disso já costuma perder qualidade. Quem sabe no futuro, tenhamos máquinas Crop que permitam ISOs na faixa 5.000 ou mais sem problemas.

Via de regra, eu particularmente uso o ISO em 100 ou 200 na maioria das vezes. Mas é uma escolha minha e depende muito do que vou fazer. Se eu usar o modo AV ou TV da câmera, não vejo problema algum porque em certas horas não dá pra ficar configurando tudo no manual. E usar os modos automáticos ou semi-automáticos não me torna mais ou menos fotógrafo.


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.040
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #52 Online: 09 de Abril de 2018, 11:51:04
Isso já acontece na maioria das câmeras Fullframe do mercado. Pode-se trabalhar tranquilamente com ISOs de 800, 1600, 3200, até 6000 nas Fullframes mais novas, sem apresentar perda de qualidade.

Eu quero uma dessa! Onde tem?

As melhores câmeras em ISO que já tive foram a 6D e a D610, e se me provarem que uma foto em ISO6000 não apresenta perda de qualidade em em qualquer uma delas, eu vou largar mão da fotografia. Por que eu vejo perda de qualidade de ISO100 para ISO800, e não é pouco, principalmente nas áreas de sombra e no DR.



nandoespinosa

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.038
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #53 Online: 09 de Abril de 2018, 12:22:59
Eu quero uma dessa! Onde tem?
Concordo contigo, Dellano.. Ainda não existe..
Há diferença sim. De ISO 100 p/ 800 já é visível. Ainda não incomoda, mas é visível..
Sigo na ideia de que a morte do ISO ainda é hipotética..  :ok:


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.895
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #54 Online: 09 de Abril de 2018, 12:44:14
Concordo contigo, Dellano.. Ainda não existe..
Há diferença sim. De ISO 100 p/ 800 já é visível. Ainda não incomoda, mas é visível..
Sigo na ideia de que a morte do ISO ainda é hipotética..  :ok:

Ia falar exatamente a mesma coisa.
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


Claudio Barros

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 970
  • Sexo: Masculino
  • Sempre aprendendo
    • Meu Flickr
Resposta #55 Online: 09 de Abril de 2018, 13:19:34
https://youtu.be/WEApLA-YNko

Explica de forma simples a questão do ISO no sensor.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.523
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #56 Online: 09 de Abril de 2018, 13:34:07
A discussão descambou, como já havia dito para um papo de "saber ou não fotografar".

[...]

Enfim. A questão é que o ISO, no caso HIPOTÉTICO de termos sensores muitoooo potentes no futuro, sem que gere ruídos, deixará de ser um fator importante.
A isso que se propunha essa discussão.. O resto é manchete que o sujeito usou pra trazer o interesse pro vídeo dele.

Acho que o cara poderia ter dito isso no video de forma mais direta.

O papo morreu quando ele desvia da questao que vc se refere, falando que os tres pilares da fotografia eh coisa do passado,  que foto com ruido eh brega, "fora de moda" e o bonito eh foto macia, como se resultado 100% previsivel fosse a unica forma de se fotografar, como se ter que ajustar configuracoes para cada cena fosse um problema para todos os fotografos.

Se ele tivesse apenas falado sobre um dia as cameras terem a mesma qualidade de imagem do ISO 100 em ISO 64000, e que por isso seria irrelevante cotofrafar em ISO 800 ou ISO 3200 em uma mesma luz, podendo apenas alterar a velocidade de obturador e abertura da lente e ter a mesma qualidade de imagem (se tratando de ruido), ai sim ele nao teria poluido e desviado o proprio tema dele.

Como eu disse antes, parece que ele nao tinha muito o que dizer e quis mais encher linguica mesmo.


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.895
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #57 Online: 09 de Abril de 2018, 16:04:20
Seria engraçado ver a cara do autor do video lendo os comentários aqui.  :D
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.523
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #58 Online: 10 de Abril de 2018, 07:53:53
Seria engraçado ver a cara do autor do video lendo os comentários aqui.  :D

Ele me daria uma porrada na cara.  :D

Mas ele poderia ter feito o video como o que Claudio Barros mostrou. Direto, sucinto, sem comer pelas beradas O video do OP fica falando o que nao tem relevancia ao que ele queria inicialmente abordar, que eh a qualidade dos ISOs altos se equiparem com a qualidade dos ISOs baixos e nao automatismo, foto cafona, acertar 100% dos clicks, etc.