Autor Tópico: RawTherapee - Um monstro  (Lida 4449 vezes)

cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Resposta #30 Online: 13 de Março de 2018, 12:07:39
Dependendo da câmera o moto raw do Affinity funciona bem, mas coisas mais complicadas como X-Trans e Foveon não rola direito.

No caso de sensor tipo Bayer uso direto o DxO, o sharpen dele é sensacional.
Para as outras coisa tem que usar a ferramenta certa, Iridient, RT ou Silkypix. Depende.
Se o Affinity não consegue processar Xtrans direito ninguém mais consegue.

Feita no Affinity:

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


saulosouto

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 158
  • Sexo: Masculino
Resposta #31 Online: 13 de Março de 2018, 14:27:11
Uso o macOS e acho que o RT deixa um pouco a desejar na usabilidade. Exemplo: no macOS, com o trackpad, normalmente o zoom é realizado com o movimento de pinça. No RT você usa um movimento vertical com dois dedos.
No mais, é muito bom. Inclusive com um bom desempenho no meu Mac Mini velho de guerra.


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.304
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #32 Online: 13 de Março de 2018, 15:56:25
Se o Affinity não consegue processar Xtrans direito ninguém mais consegue.

Desculpe Sosa, eu sei que a ficha ainda não caiu para você de como usar o SP8 Pro e o RT. Não vou insistir nisso.  :D

Aliás, por que esta foto está subexposta ?
« Última modificação: 13 de Março de 2018, 15:57:19 por AFShalders »
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Resposta #33 Online: 13 de Março de 2018, 20:09:14
Desculpe Sosa, eu sei que a ficha ainda não caiu para você de como usar o SP8 Pro e o RT. Não vou insistir nisso.  :D

Aliás, por que esta foto está subexposta ?
Ajeita o brilho do computador ou do celular, aqui está ótima.

SP8 é lerdo, pode ser bom como for, mas lerdo não rola.

RT tem que fazer doutorado, eu acho ele ótimo, mas O Affinity me atende perfeitamente, sinceramente ainda não vi nada que ele perca, uso o Iridient X-Transformer por conforto apenas, senão nem o Iridient usaria mais, então eu tenho os presets pra Iridient que eu fiz e processo em massa com ele.

Ou fotos de paisagem onde uso o Affinity somente.

Pra mim a ferramenta tem que ajudar, não dificultar.
« Última modificação: 13 de Março de 2018, 20:12:57 por cfcsosa »
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.304
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #34 Online: 13 de Março de 2018, 20:57:09
Ajeita o brilho do computador ou do celular, aqui está ótima.

SP8 é lerdo, pode ser bom como for, mas lerdo não rola.

RT tem que fazer doutorado, eu acho ele ótimo, mas O Affinity me atende perfeitamente, sinceramente ainda não vi nada que ele perca, uso o Iridient X-Transformer por conforto apenas, senão nem o Iridient usaria mais, então eu tenho os presets pra Iridient que eu fiz e processo em massa com ele.

Ou fotos de paisagem onde uso o Affinity somente.

Pra mim a ferramenta tem que ajudar, não dificultar.


Com certeza meu Dell Dell 2516D calibrado com o x-rite i1 está 100% batendo. O mesmo acontece nos outros 2 micros aqui, um iMac 27 calibrado com um Color Munki + Argyll e um Dell 2412M também com o Munki + Argyll. Inclusive o 2516D é da série PremierColor com uma calibração padrão de fábrica que bate. Não vejo por que os 3 monitores aqui me dariam a mesma aparência subexposta. Pode ser que o seu é que esteja com o brilho alto demais.

Quanto ao RT, tem que ler a documentação. Só fuçando não não funciona, nunca foi uma solução simples, mas não tem comparação com nada. Pessoalmente eu não gosto do Affinity para a Fuji, principalmente porque ele não respeita os perfis de cores da Fuji e a redução de ruido e o sharpen são muito básicos. Também não é dos melhores para tratar problemas geométricos e óticos como aberração cromática.

Usei o Iridient desde que foi lançado mas tem uma coisa que me incomoda bastante nele que são os artefatos que o sharpen tipo Reveal introduz na imagem com os ajustes padrão. Mesmo com redução de ruido geométrico não some. Os perfis de cor do Iridient funcionam razoavelmente bem, mas não tem a mesma fidelidade do SP8 (que sempre foi lerdo pra caramba). O SP8 gera o mesmo nivel de nitidez, mantendo as cores certas e com ruido muito bem controlado.

O conversor raw parece demais com o DCRaw, é excelente para 90% das câmeras mas não curti muito ele para x-trans.
« Última modificação: 13 de Março de 2018, 21:07:52 por AFShalders »
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Resposta #35 Online: 13 de Março de 2018, 22:16:57

Com certeza meu Dell Dell 2516D calibrado com o x-rite i1 está 100% batendo. O mesmo acontece nos outros 2 micros aqui, um iMac 27 calibrado com um Color Munki + Argyll e um Dell 2412M também com o Munki + Argyll. Inclusive o 2516D é da série PremierColor com uma calibração padrão de fábrica que bate. Não vejo por que os 3 monitores aqui me dariam a mesma aparência subexposta. Pode ser que o seu é que esteja com o brilho alto demais.

Quanto ao RT, tem que ler a documentação. Só fuçando não não funciona, nunca foi uma solução simples, mas não tem comparação com nada. Pessoalmente eu não gosto do Affinity para a Fuji, principalmente porque ele não respeita os perfis de cores da Fuji e a redução de ruido e o sharpen são muito básicos. Também não é dos melhores para tratar problemas geométricos e óticos como aberração cromática.

Usei o Iridient desde que foi lançado mas tem uma coisa que me incomoda bastante nele que são os artefatos que o sharpen tipo Reveal introduz na imagem com os ajustes padrão. Mesmo com redução de ruido geométrico não some. Os perfis de cor do Iridient funcionam razoavelmente bem, mas não tem a mesma fidelidade do SP8 (que sempre foi lerdo pra caramba). O SP8 gera o mesmo nivel de nitidez, mantendo as cores certas e com ruido muito bem controlado.

O conversor raw parece demais com o DCRaw, é excelente para 90% das câmeras mas não curti muito ele para x-trans.
Sobre a foto depois posto o histograma, claramente você está confundindo o efeito que eu dei na edição com subexposição.

Em relação ao Iridient, basta usar outro algoritmo de sharpen, ele tem vários, nunca tive problema algum com artefatos ou coisas do tipo, todas as fotos que venho postando aqui no fórum no último ano foram feitas com a dupla Iridient + Affinity e com Fuji.

Em relação ao Affinity, pra que sharpen? As lentes da fuji já fazem um belíssimo trabalho desde que o Demosaic seja bem feito, tanto o Iridient quanto o Affinity fazem bem isso, mas se quiser dar um tapa, tem várias formas de implementar isso, assim como o RT, tem que estudar o Affinity, este último ao menos tem vasto material, incluindo aí inúmeros tutoriais em vídeo e se ainda assim não estiver satisfeito, faz que nem eu e usa o Iridient com o Affinity.

Digo mais: Tenho usado o Capture One quando não faço paisagens e tem se mostrado igualmente capaz.

Olha aí mais uma...
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Resposta #36 Online: 13 de Março de 2018, 22:18:11
Você mencionou a correção de lentes, mas isso não é necessário, a Fuji embute a correção assim como os perfis no próprio RAF.
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.304
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #37 Online: 13 de Março de 2018, 22:56:52
Sosa,

Para mim a foto está com cara de subexposta. Se foi algum efeito, não captei nem vi necessidade.

O Iridient é conhecido por inserir artefatos na forma de pequenos traços verticais e horizontais com o Reveal, mas depende muito do tipo de cena e geralmente é controlável. Também tende a gerar halos nas regulagens padrão. É interessante trocar as vezes o Reveal pelo R-L que as vezes dá um aspecto mais agradável quando tem mais ruido na imagem original.

Isso não faz do Iridient um mau programa, pelo contrário, acho excelente, tanto que uso para certas coisas. O que me irrita profundamente nela é a interface totalmente tosca. Acho que fui eu quem te disse pra usar o Iridient em vez do LR.

Pra que sharpen é uma pergunta no mínimo estranha. Basta olhar os detalhes finos da imagem... O próprio conversor raw do Affinity já aplica por padrão um bom sharpen caso não saiba. Aliás quase todos os programas aplicam. E além disso nitidez é algo subjetivo demais. Dependendo da situação tanto a falta como o excesso podem atrapalhar.

Tenho usado o Affinity desde que ele era beta. É disparado o melhor na categoria de edição, de Adobe graças a Deus não tenho mais nada. Rapei tudo do disco, mas guardado se um dia precisar, não me arrependo da grana que gastei com eles na época, serviu muito bem, mas o Affinity matou a pau.

Não acho que o raw engine Affinity chegue perto do SP8 quanto aos perfis de cor e de compensação de coisas como CA, mas como disse, é um excelente programa.

O C1 eu definitivamente não gosto. Usei por 90 dias e apaguei. Outro que não gostei foi o Luminar.

Mas enfim estamos saindo do tópico que é RT...


Agora, se eu recomendo o RT ? Isso depende demais da situação. Se  o cara quer algo gratuito ou Linux, não tem nem o que conversar, sim, e que se vire para aprender, mas que não venha encher o saco dizendo que é ruim, etc., só porque não conseguiu entender porra nenhuma do funcionamento dele.

Se valer solução paga, não recomendo salvo por alguma questão muito técnica. Tem coisas mais práticas e de excelente qualidade pagas, como os outros programas que já falamos aqui.
« Última modificação: 13 de Março de 2018, 23:11:43 por AFShalders »
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


BarbaJohn

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 73
Resposta #38 Online: 14 de Março de 2018, 13:37:44
Uso o RT há algum tempo, mas não conhecia o Haldcut. Fui atrás depois de ver os comentários aqui... Fantástico. Dá pra dispensar o DxO Filmpack.

Rapaz, tem uns 12 ou 15 perfis do HaldClut que eu estou simplesmente apaixonado. Aquele Fuji Provia 400F é lindo. Ele e o Kodak EliteColor 400 são minha dupla preferida do momento. Os Kodachrome também são demais.
Mas nunca uso somente as simulações. A partir delas faço outros ajustes e tenho conseguido resultados excelentes pra mim.
« Última modificação: 14 de Março de 2018, 13:50:10 por BarbaJohn »


BarbaJohn

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 73
Resposta #39 Online: 14 de Março de 2018, 13:49:14
Dá pra usar o RT numa boa. Por enquanto não li e não assisti nada a respeito  do funcionamento do programa e tô me virando bem com ele.
Exposição, contraste, saturação, highlights, sombras, curvas rgb...
Não é física quântica, é só um software. Não tem nada em norueguês lá. Pra quem edita e já está familiarizado com a linguagem, dá pra mexer tranquilo e tratar a maioria dos parâmetros de uma foto.

Toda nova interface exige uma familiarização. Saber onde cada coisa está, como é "isso" e "aquilo".

Para ajustes mais específicos, coisas realmente mais técnicas e aprofundadas, aí sim mexer com ele exige um tanto de literatura a mais.

Mas dizer que com um pouco de paciência um fotógrafo da era digital não consegue abrir o RT, fazer bons ajustes e exportar a foto...aí tem alguma coisa errada, e não é com o programa.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #40 Online: 14 de Março de 2018, 15:51:32
Dá pra usar o RT numa boa. Por enquanto não li e não assisti nada a respeito  do funcionamento do programa e tô me virando bem com ele.
Exposição, contraste, saturação, highlights, sombras, curvas rgb...
Não é física quântica, é só um software. Não tem nada em norueguês lá. Pra quem edita e já está familiarizado com a linguagem, dá pra mexer tranquilo e tratar a maioria dos parâmetros de uma foto.

Toda nova interface exige uma familiarização. Saber onde cada coisa está, como é "isso" e "aquilo".

Para ajustes mais específicos, coisas realmente mais técnicas e aprofundadas, aí sim mexer com ele exige um tanto de literatura a mais.

Mas dizer que com um pouco de paciência um fotógrafo da era digital não consegue abrir o RT, fazer bons ajustes e exportar a foto...aí tem alguma coisa errada, e não é com o programa.

gostei do relato...  :ok:

cada vez mais curioso aqui pra testar esse danado...
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.304
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #41 Online: 14 de Março de 2018, 16:11:28
Dá pra usar o RT numa boa. Por enquanto não li e não assisti nada a respeito  do funcionamento do programa e tô me virando bem com ele.
Exposição, contraste, saturação, highlights, sombras, curvas rgb...
Não é física quântica, é só um software. Não tem nada em norueguês lá. Pra quem edita e já está familiarizado com a linguagem, dá pra mexer tranquilo e tratar a maioria dos parâmetros de uma foto.

Toda nova interface exige uma familiarização. Saber onde cada coisa está, como é "isso" e "aquilo".

Para ajustes mais específicos, coisas realmente mais técnicas e aprofundadas, aí sim mexer com ele exige um tanto de literatura a mais.

Mas dizer que com um pouco de paciência um fotógrafo da era digital não consegue abrir o RT, fazer bons ajustes e exportar a foto...aí tem alguma coisa errada, e não é com o programa.

Também acho.

Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Resposta #42 Online: 14 de Março de 2018, 19:45:03
Dá pra usar o RT numa boa. Por enquanto não li e não assisti nada a respeito  do funcionamento do programa e tô me virando bem com ele.
Exposição, contraste, saturação, highlights, sombras, curvas rgb...
Não é física quântica, é só um software. Não tem nada em norueguês lá. Pra quem edita e já está familiarizado com a linguagem, dá pra mexer tranquilo e tratar a maioria dos parâmetros de uma foto.

Toda nova interface exige uma familiarização. Saber onde cada coisa está, como é "isso" e "aquilo".

Para ajustes mais específicos, coisas realmente mais técnicas e aprofundadas, aí sim mexer com ele exige um tanto de literatura a mais.

Mas dizer que com um pouco de paciência um fotógrafo da era digital não consegue abrir o RT, fazer bons ajustes e exportar a foto...aí tem alguma coisa errada, e não é com o programa.
Não é bem assim, você pode literalmente destruir a foto se não souber o que faz nele e tem inúmeros parâmetros, mesmo que você tente ser simplista ele não é amigável, inclusive se você quiser alinhar uma foto é bem chatinho até descobrir como é.

Outra coisa é que ele não faz muita coisa que faz o LR, juntar fotos, mesclar, limpar sujeiras e bons filtros graduados e máscaras de luminosidade ele não tem.
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.304
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #43 Online: 14 de Março de 2018, 21:00:16
Não é bem assim, você pode literalmente destruir a foto se não souber o que faz nele e tem inúmeros parâmetros, mesmo que você tente ser simplista ele não é amigável, inclusive se você quiser alinhar uma foto é bem chatinho até descobrir como é.

Outra coisa é que ele não faz muita coisa que faz o LR, juntar fotos, mesclar, limpar sujeiras e bons filtros graduados e máscaras de luminosidade ele não tem.

Ele não altera o arquivo original, portanto não tem como "destruir" a foto...

Quanto a alinhar, basta procura no help (rawpedia), e em 5 segundos tem a resposta, isso nunca me atrapalhou. Na verdade o termo é rotacionar.

O RT nunca foi nem nunca teve a pretensão de ser um editor. Se precisar retocar, etc. é só mandar dele para um editor externo qualquer.

Já o filtro graduado é só um ND mesmo, bem simples, mas isso já cai no caso de edição e não na conversão, embora os DxO, LR, SP8 tenham a ferramenta. O Iridient também não tem.
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Resposta #44 Online: 15 de Março de 2018, 09:53:14
Ele não altera o arquivo original, portanto não tem como "destruir" a foto...

Quanto a alinhar, basta procura no help (rawpedia), e em 5 segundos tem a resposta, isso nunca me atrapalhou. Na verdade o termo é rotacionar.

O RT nunca foi nem nunca teve a pretensão de ser um editor. Se precisar retocar, etc. é só mandar dele para um editor externo qualquer.

Já o filtro graduado é só um ND mesmo, bem simples, mas isso já cai no caso de edição e não na conversão, embora os DxO, LR, SP8 tenham a ferramenta. O Iridient também não tem.
Sim, sabemos que é não destrutivo, mas precisa ser refeita a alteração, e por vezes se mexe em tanta coisa que nao se sabe nem onde mexeu, sem contar que você precisa ir adicionando camadas pra que não seja destrutivo, algo que poderia ser automático.

Por fim, é um software com muito potencial porém extremamente rústico, até o Iridient é mais amigável. Edições que fogem do básico já são bem mais difíceis de fazer ou impossíveis no RT, coisa que no LR necessita de apenas um click, aí vai da escolha da pessoa, se vai querer passar seu tempo aprendendo a usar software toda vez que tiver um problema em detrimento de ter uma qualidade "superior" ou se prefere investir seu tempo no processo criativo, editando e usando outras ferramentas mais amigáveis.

O Iridient pra mim de modo geral serve pra fazer Demosaic e ainda faço isso em lote, criei um preset pra isso no editor e uso o xtransformer que nada mais é do que um processador de arquivos batch.

Na prática depois de ter o DNG em mãos posso editar em qualquer ferramenta, até no LR.
« Última modificação: 15 de Março de 2018, 09:55:33 por cfcsosa »
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978