Autor Tópico: Team BR x Team EUA  (Lida 1880 vezes)

felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 2.926
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Online: 07 de Março de 2018, 19:10:40
já já começa o team EUA vs Team BR kkkkkkkkkk

mas só pra complementar, quanto custo um honda civic usado aí? cerca de 5 mil dólares? aqui custa 40 mil reais. se calcular o valor do câmbio o mesmo honda civic que aí custa 5 mil dólares aqui deveria custar no máximo com imposto 20 mil reais.

Pra não continuar naquele tópico, criei um no Papo Furado...

Depende. Tem Honda Civic de 600 a 15000 dólares (usado). Mas, seguindo seu exemplo, um carro de 5000 dólares custa mais ou menos 30 mil reais, só que o primeiro é muito mais rodado. Importante também lembrar que o Honda Civic nos EUA é um carro popular de fato, ou seja, o acabamento interno é de carro popular. No Brasil, o acabamento destes carros é muito melhor que nos EUA. Não paga os 10 mil de diferença do preço EUA pra preço Brasil, mas pelo menos chega perto.

Essa comparação não quer dizer muita coisa, porque tem a ver com o valor do carro novo multiplicado por uma taxa de depreciação. Se o carro é o mesmo no Brasil e nos EUA, é de se esperar a mesma taxa de depreciação. Então, claro que o carro mais caro no Brasil, quando for vendido, também vai ser mais caro.
Felipe


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.055
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 08 de Março de 2018, 04:36:06
O preco de um carro usado eh influenciado nao somente pelo preco do carro novo, mas tambem pela facilidade que o publico tem em comprar o carro novo.

Comparado ao Brasil, nos EUA eh mais facil pro consumidor medio comprar um carro novo nao somente pelo maior poder de compra da populacao (custo menor do carro somado ao maior salario minimo, comparado ao Brasil) mas tambem por conta de outras facilidades de compra, como taxa de juros mais baixa e maior facilidade de adquirir um financiamento (nos EUA eh tao facil financiar um carro que algumas pessoas consideram que muitos financiamentos sao predatorios e que uma bolha de financiamento automotivo esta sendo criada).

Isso reduz o preco do carro usado nos EUA. Se um cara pode facilmente comprar um Civic 2018 novinho, isso reduz a procura pelo Civic 2007 usado, o que faz com que o carro usado deprecie mais e perca valor de mercado.

Eu moro na Nova Zelandia a mais de tres anos agora. O salario minimo na Nova Zelandia eh um dos maiores do mundo, muito maior que nos EUA e Inglaterra por exemplo. Entretanto, o mercado de carros novos aqui eh um dos mais fracos do primeiro mundo. Comparativamente, um numero bem pmenor de pessoas aqui compra carros zero kilometro, e voce ve muitos carros velhos na rua -- eh bizarro, pois no Rio de Janeiro eu via um volume muito maior de carros novos do que aqui.

Motivo disso? A NZ permite a importacao de carros usados do Japao com baixissimos impostos, portanto aqui eh muito mais jogo comprar um carro usado que provavelmente veio do Japao -- o meu carro atual eh um Mazda ano 2000 e o GPS e radio sao todos em japones! Existe tambem o fator cultural; o neozelandes medio nao eh consumista como o americano ou o brasileiro. A galera aqui nao gosta de ostentar, nao compra produtos ou roupas de grife, e por consequencia tambem nao sofrem da pressao de terem um carro novo por status como parece ser o caso do Brasil.
« Última modificação: 08 de Março de 2018, 04:37:51 por Bucephalus »


ronaldom1

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.373
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 08 de Março de 2018, 13:55:16
Legal as informações de quem vive e conhece a realidade de fora do Brasil... da para perceber bem que é bem mais complexo do que simplesmente culpar a carga tributária, empresário ganancioso, ou outros fatores tradicionalmente citados. .. tem questões locais,  culturais envolvidas e que acabam por ter impacto no valor final dos produtos...
Observar os detalhes da vida: o céu, o sol, as expressões e olhares... fotografar é viver intensamente !

Flickr: https://www.flickr.com/photos/31091182@N04/


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.055
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 08 de Março de 2018, 18:21:33
Esse negócio de culpar o custo de vida no Brasil nos "empresários gananciosos" é algo que eu nunca entendi. A galera acha que empresário só é ganancioso no Brasil? Empresário em qualquer lugar do mundo é ganancioso; o empresário nos EUA ou NZ não vai fazer caridade de vender produto barato pra agradar a população. No Brasil eles precisam vender produto caro pra cobrir os custos operacionais (incluindo impostos e tributos).

O mercado de carros no Brasil é algo exemplar disso. O brasileiro adora reclamar que o preço alto dos carros no Brasil é culpa total dos concessionários lucrando alto em cima de cada carro vendido (o que não é necessariamente verdade) e ainda assim o que eu mais via no Brasil era gente comprando um carro novo a cada 3 anos. Carro novo não é um bem de necessidade básica, e se carros novos são caros você pode comprar um usado.

E ainda assim, mesmo com o custo alto e crise econômica atrás de crise econômica, carros novos sempre venderam bem no Brasil em grande parte por conta do desejo da população de andar de carro ultra-novo o tempo inteiro. Contraste isso com a NZ e a minha experiência aqui, vendo muita gente andando em carros que não são somente velhos, mas são visualmente mal-cuidados (arranhados, amassados, com pintura ruim, interior todo sujo e quebrado), e isso indica valores culturais completamente diferentes sobre o que realmente importa para cada um.


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.891
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #4 Online: 08 de Março de 2018, 22:41:21
Estou por fora do que rolou antes, mas baseado nestes posts, acredito que o melhor lugar para comprar automóveis, roupas, eletrônicos e comida seja nos EUA. É o país do consumismo. Acredito que neste quesito, não dá pra comparar com nenhum outro país do mundo.

No Japão os automóveis não são caros, mas os preços dos estacionamentos são. E carros são vendidos apenas para quem tem uma garagem em casa. Uma corrida de táxi do aeroporto ao centro de Tóquio passa de R$ 300 (distância de 21km).
Voltei de Madri na semana passada, e um croissant+suco no Starbucks eu paguei 9 euros (dá R$ 40!!!). A camisa do Real Madrid sai a 145 euros (mais de R$ 600). Um lanche do Burguer King 8 euros (R$ 35). No Brasil custam mais baratos. Nos EUA então nem se fala.

Voltei ao Brasil com outro pensamento... :D




Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.055
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 08 de Março de 2018, 22:53:46
Voltei de Madri na semana passada, e um croissant+suco no Starbucks eu paguei 9 euros (dá R$ 40!!!). A camisa do Real Madrid sai a 145 euros (mais de R$ 600). Um lanche do Burguer King 8 euros (R$ 35). No Brasil custam mais baratos. Nos EUA então nem se fala.

Voltei ao Brasil com outro pensamento... :D

Mas tipo, voce esta chocado porque esta convertendo Euro (moeda atualmente forte) pro Real (moeda atualmente fraca). Hoje um Real compra mais Dolar americano do que Euro.

O Europeu nao esta pagando, literalmente, 40 reais pra comer um croissant e suco de laranja. Isso eh o que voce como brasileiro esta pagando. O espanhol que tem renda/salario em Euros nao esta pagando o mesmo que voce.


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.891
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #6 Online: 08 de Março de 2018, 23:14:36
Mas tipo, voce esta chocado porque esta convertendo Euro (moeda atualmente forte) pro Real (moeda atualmente fraca). Hoje um Real compra mais Dolar americano do que Euro.

O Europeu nao esta pagando, literalmente, 40 reais pra comer um croissant e suco de laranja. Isso eh o que voce como brasileiro esta pagando. O espanhol que tem renda/salario em Euros nao esta pagando o mesmo que voce.

Não estou simplesmente convertendo (seria um erro me basear apenas nisso), mas das pessoas que conversei por lá, 9 euros por um lanche até eles achavam caro. O erro dos brasileiros é achar que todo europeu ganha bem. A renda per capta da Suiça e Luxemburgo passa dos US$ 80k, e da Espanha é de US$ 26k (dados do FMI de 2015), e inclusive há pouco tempo ele e Portugal estavam muito mal financeiramente.
No Japão eu paguei US$ 10 por uma pequena bandeja com 8 sushis minúsculos, mas lá o poder de compra deles é maior e ninguém reclamava (só os turistas).
Claro que em ambos também tinha coisa barata, mas nada comparado aos EUA.


LeandroR

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.006
    • Leandro Reichert
Resposta #7 Online: 08 de Março de 2018, 23:38:31
Starbucks é proporcionalmente caro em qualquer lugar (e o café é uma b****  :assobi: )
Indicações de livros, canais de YT, fotógrafos, artigos sobre fotografia e assuntos do cotidiano.
Postagens semanais! Acompanhe meu blog pelo link abaixo:
www.leandroreichert.com


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.891
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #8 Online: 08 de Março de 2018, 23:42:37
Starbucks é proporcionalmente caro em qualquer lugar (e o café é uma b****  :assobi: )

Sim... :hysterical:
É que eu acordava as 8 da manhã e a única coisa que estava aberta era a Starbucks. Aí não tinha jeito.  :D
Mas me lembro que cheguei a pagar menos em Tóquio do que em Madri.  :eek:


LeandroR

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.006
    • Leandro Reichert
Resposta #9 Online: 08 de Março de 2018, 23:54:22
Sim... :hysterical:
É que eu acordava as 8 da manhã e a única coisa que estava aberta era a Starbucks. Aí não tinha jeito.  :D
Mas me lembro que cheguei a pagar menos em Tóquio do que em Madri.  :eek:

ta facil a vida em Madrid, 8 da manha os cafes ainda fechados :hysterical: :hysterical: :hysterical:

Mas sei como e... ja tive que apelar ate para cafe do 7eleven ou McDonald`s procurando cafe tarde da noite rsrsrs
Indicações de livros, canais de YT, fotógrafos, artigos sobre fotografia e assuntos do cotidiano.
Postagens semanais! Acompanhe meu blog pelo link abaixo:
www.leandroreichert.com


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.055
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 09 de Março de 2018, 02:55:08
O Big Mac no Brasil custa praticamente o mesmo que nos EUA:

Six most expensive (January 12, 2017)
1. Switzerland - $6.35(6.50 CHF)
2. Norway - $5.67(49 NOK)
3. Sweden - $5.26(48 SEK)
4. Venezuela - $5.25(3,550 VEF)
5. Brazil - $5.12(16.5 BRL)
6. United States - $5.06(5.06 USD)

https://en.wikipedia.org/wiki/Big_Mac_Index


Claro que o americano compra um Big Mac muito mais facilmente que um brasileiro e blá blá blá, mas esse não é o ponto central. O ponto é que simplesmente dizer "nos EUA tudo é mais barato" acaba sendo uma ultra-simplificação das coisas. O preço de certas coisas é influenciado por dificuldades/facilidades de importação ou fabricação, é influenciado pela percepção que o produto tem pela população e também é influenciado pela demanda.

Aqui na NZ todo mundo bebe café frequentemente, e existem cafés a cada esquina, mas ninguém bebe Starbucks. No Brasil não existe a cultura dos cafés, e de comprar cafés na rua. Eu não sei qual a percepção que as pessoas tem do Starbucks no Brasil, mas pode ser que o público acredite ser um produto 1) super-chique, pois eles vendem vários cafés esquisitos e são um ícone cultural americano, e 2) super inútil e que eles nunca irão consumir frequentemente, pois essa cultura do café como nos EUA/NZ/Australia (e que o Starbucks tenta explorar muito porcamente) não existe no Brasil. Conclusão? O latte do Starbucks no Brasil é um dos mais baratos do mundo:


http://www.dailymail.co.uk/travel/travel_news/article-3473320/How-pay-caffeine-fix-holiday-price-Starbucks-latte-30-countries-revealed-ll-need-deep-pockets-Zurich.html

O Starbucks mais barato do mundo e um Big Mac de preço igual ao americano. Mas o Brasil não é a terra onde tudo é caro demais?


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.671
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 09 de Março de 2018, 08:01:30
Pra não continuar naquele tópico, criei um no Papo Furado...

Depende. Tem Honda Civic de 600 a 15000 dólares (usado). Mas, seguindo seu exemplo, um carro de 5000 dólares custa mais ou menos 30 mil reais, só que o primeiro é muito mais rodado. Importante também lembrar que o Honda Civic nos EUA é um carro popular de fato, ou seja, o acabamento interno é de carro popular. No Brasil, o acabamento destes carros é muito melhor que nos EUA. Não paga os 10 mil de diferença do preço EUA pra preço Brasil, mas pelo menos chega perto.

Essa comparação não quer dizer muita coisa, porque tem a ver com o valor do carro novo multiplicado por uma taxa de depreciação. Se o carro é o mesmo no Brasil e nos EUA, é de se esperar a mesma taxa de depreciação. Então, claro que o carro mais caro no Brasil, quando for vendido, também vai ser mais caro.

poltz... como que perdi o início desse tópico... kkkkkkkkkkk  :clap: :clap: :clap:

começando a ler aqui... esse vai ser quente...

esquece netflix... esquece PS4... esse final de semana vai ser nesse tópico a diversão...

 :snack: :snack: :snack:
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.671
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 09 de Março de 2018, 08:17:14
Pra não continuar naquele tópico, criei um no Papo Furado...

Depende. Tem Honda Civic de 600 a 15000 dólares (usado). Mas, seguindo seu exemplo, um carro de 5000 dólares custa mais ou menos 30 mil reais, só que o primeiro é muito mais rodado. Importante também lembrar que o Honda Civic nos EUA é um carro popular de fato, ou seja, o acabamento interno é de carro popular. No Brasil, o acabamento destes carros é muito melhor que nos EUA. Não paga os 10 mil de diferença do preço EUA pra preço Brasil, mas pelo menos chega perto.

Essa comparação não quer dizer muita coisa, porque tem a ver com o valor do carro novo multiplicado por uma taxa de depreciação. Se o carro é o mesmo no Brasil e nos EUA, é de se esperar a mesma taxa de depreciação. Então, claro que o carro mais caro no Brasil, quando for vendido, também vai ser mais caro.

cara o que fico indignado é que um carro que é fabricado aqui no Brasil é exportado por metade do valor de venda no Brasil... tudo bem tem impostos e tudo mais... mas não faz sentido a população do país que fabricou praticamente o carro inteiro.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 2.926
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #13 Online: 09 de Março de 2018, 09:52:16
Interessante também (pra quem diz que tudo no Brasil é mais caro) que eu gasto mais com comida que com carro nos EUA. Creio eu que seja fruto tanto do carro mais barato (mas não tem transporte público) quanto comida cara mesmo. Pra ter uma ideia, gasto $800/mês em dois carros 2015 e cerca de $1200/mês com comida, que é equivalente à comida que comíamos no Brasil. Já comida porcaria realmente é bem barata, mas é porcaria.

Sent from my Mi A1 using Tapatalk

Felipe


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.891
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #14 Online: 09 de Março de 2018, 09:54:22
O Big Mac no Brasil custa praticamente o mesmo que nos EUA:

Six most expensive (January 12, 2017)
1. Switzerland - $6.35(6.50 CHF)
2. Norway - $5.67(49 NOK)
3. Sweden - $5.26(48 SEK)
4. Venezuela - $5.25(3,550 VEF)
5. Brazil - $5.12(16.5 BRL)
6. United States - $5.06(5.06 USD)

https://en.wikipedia.org/wiki/Big_Mac_Index


Claro que o americano compra um Big Mac muito mais facilmente que um brasileiro e blá blá blá, mas esse não é o ponto central. O ponto é que simplesmente dizer "nos EUA tudo é mais barato" acaba sendo uma ultra-simplificação das coisas. O preço de certas coisas é influenciado por dificuldades/facilidades de importação ou fabricação, é influenciado pela percepção que o produto tem pela população e também é influenciado pela demanda.

Aqui na NZ todo mundo bebe café frequentemente, e existem cafés a cada esquina, mas ninguém bebe Starbucks. No Brasil não existe a cultura dos cafés, e de comprar cafés na rua. Eu não sei qual a percepção que as pessoas tem do Starbucks no Brasil, mas pode ser que o público acredite ser um produto 1) super-chique, pois eles vendem vários cafés esquisitos e são um ícone cultural americano, e 2) super inútil e que eles nunca irão consumir frequentemente, pois essa cultura do café como nos EUA/NZ/Australia (e que o Starbucks tenta explorar muito porcamente) não existe no Brasil. Conclusão? O latte do Starbucks no Brasil é um dos mais baratos do mundo:


http://www.dailymail.co.uk/travel/travel_news/article-3473320/How-pay-caffeine-fix-holiday-price-Starbucks-latte-30-countries-revealed-ll-need-deep-pockets-Zurich.html

O Starbucks mais barato do mundo e um Big Mac de preço igual ao americano. Mas o Brasil não é a terra onde tudo é caro demais?

Exatamente.
Generalizar achando que tudo no Brasil seja mais caro é uma tolice. Achei os preços dos fast foods e Starbucks no Brasil mais em conta do que em Portugal, Espanha e Japão. Água mineral no Brasil e Japão são mais em conta do que na Europa.
Aliás, comer carne bovina aqui (e nos EUA) é uma maravilha, pois nos outros lugares é caro demais. Rodízio é coisa que não vi em outros países.

Geralmente quem reclama dos preços daqui é pq nunca viajaram pro exterior, e baseiam-se nos comentários dos outros. E pra piorar, geralmente comparam com os EUA, onde quase tudo é muito mais em conta em relação ao resto do mundo (claro que tem exceções).