Autor Tópico: Escada para o inferno parte 2 - Relato  (Lida 424 vezes)

Macrolook

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 472
Online: 10 de Abril de 2018, 14:30:22
Via o homem ali, desacordado, pensei muito sobre razão e bem estar, nem sempre ambas coisas poderia coexistir, principalmente naquela situação, interrompendo minha divagação, aparece um dos PMs, logo, outro, armado com uma 12, totalizando 5 para averiguar a situação, alguns olham e tentam disfarçar a satisfação, outros sorriem, enquanto começam a perguntar para os vários alunos o que aconntecera.

Um deles, o sargento, me diz para ir até a delegacia, e explicar o corrido, até lá ele irá me conduzir, e que se eu tiver um advogado, que ligue para ele imediatamente, o problema é que o que eu conhecia estava no litoral e era uma sexta-feira, não conhecia mais nenhum de confiança e meu aluno não poderia me ajudar oficialmente, assim, recorri a este, para que se pudesse indiccar algum conhecido, seria grato.
Prontamente ele se retirou e foi atrás de alguém, após isso, fui conduzido até a delegacia, que por desgraça, era a mesma delegacia do soneca, ou seja, fodido era uma palavra até amigável com o que estava por vir.

Um dos PM,s que eu conhecia da época de games me alertou sobre aquela delegacia, que ali, eles faziam suas próprias leis, e que quanto menos eu falasse, melhor, e sempre acompanhado do advogado, o escrivão tinha fama de escrever as coisas para que fossem resolvidas o mais rápido possível.
Agradeci, e logo, cheguei na porta do inferno, muitos já me encaravam, me olhavam feio mesmo, a PM se retira e fico a disposição do delegado e de alguns policiais presentes.

— Então quer dizer que o senhor gosta de bater em polícia? Pergunta o delegado, eu não falo nada, apenas baixo a cabeça e evito encarar os olhares presentes.
— Que foi? Não sabe falar? Ah, só sabe bater não é? Para mim, quem bate em policia é bandido, e se ficar calado, não vai ajudar muito, vamos, explique sua situação! Ordenou o delegado.
— Olhe delegado, o que fiz foi para me defender, achei que fosse ser alvejado por aquele cidadão e apenas me defendi, não causei danos físicos, apenas um reflexo de sobrevivência, no meu ponto de vista.
— Alvejado, anotou isso escrivão? Nossa, que temos aqui? Um intelectual marginal? Interessante, mas ainda assim, agrediu um representante da lei, e terá que responder por isso, aguardaremos o depoimento da outra parte e veremos o que será de você, enquanto isso, por precaução, ficará a disposição da justiça até segunda ordem.
— Não quer dizer mais nada em sua defesa?
— Apenas queria avisar uma pessoa que estou aqui, apenas um telefonema.
— Olha que falta de sorte, os telefones estão cortados, problemas na fiação, uma pena, mas assim que consertarem você poderá ligar, até lá, aguarde.

Sou escoltado a empurrões para uma cela, lá, um monte presos pararam o que estavam fazendo para ver os policiais me chutarem, entrei para a jaula na base de tapas na cara, teve um que pegou bem na orelha, nessa hora perdi o rumo e fui guiado apenas pelos golpes que recebia, quando achei que havia acabado levei um soco no olho tão forte, que metade de mim parecia ter apagado.
Já no chão, após me derrubarem não sei como recebo um pisão no estômago, meia visão, meia audição e agora sem ar, com o pouco que consigo escutar, ouço apenas, deixa o maluco aí, que ele aprontou? Bagulho doido esse cara aprontou para irritar os "canas"? Deixa o chegado ficar de boa e aí perguntamos pra ele! Nada, vamos perguntar pro carcereiro!

Sei lá quanto tempo depois me recomponho, todo dolorido, ouvido zuado, o nariz irritado pelas pancadas, ainda assim consigo sentir um cheiro horrível, indescritível, quando nisso, um dos colegas de quarto, me interroga:
— Aí fí, que carai cê aprontou hein mano? Os "gambé" te moeram de porrada, na frente de todo mundo, posso te dizer que tu tá é mais que fodido...
— Tretei com um deles, só isso.
—Como assim? Explica essa parada pá nóis ae rapá, vai ficar miguelando história pá nóis fiote, poe pra fora essa bagaça maluco.
Todos olharam para mim como se eu devesse algo para eles e vieram cobrar, um deles disse:
— Se não quer falar, deve ter sido coisa feia, deve ter comido a esposa de algum poliça, né não moleque? Nisso um tiozão, acho que o mais velho dali disse:
Ou coisa pior... criança?
— Agressão física a um policial, foi isso! Já solto a verdade antes que resolvessem me julgar como predador sexual.
— Tu tá fodido! Véi, os caras vão te foder pra caralho! Nossa mano, pior que isso só criança mesmo, rapaaaaz, quem que ocê trincou?
— Chamam ele de Balaço.
Todos me olham, com cara de "véi, se fodeu, pra caralho."
Nisso um outro colega de sala, com vocabulário mais rico me diz:
— Esse cara é corrupto, é guarda costa de peixe grande, é viciado em pó e é porra louca, senta o dedo por besteira e depois planta provas no defunto. Mas, já está sendo investigado pela corregedoria, muito abuso, de autoridade e vários processos, melhor a fazer é sair o mais rápido daqui, só que todos nós ficaremos o fim de semana nessa cela, espero que pessoas saibam onde você está, isso pode garantir ao menos sua sobrevivência, acho, se teve testemunhas melhor ainda...
Hélios era o nome ou apelido desse colega de situação, cara articulado, estava ali por não pagar pensão, mas também parecia o Guile do Street Fighter, sujeito encanado, parecia sempre tenso.
Dia seguinte, depois de dormir em pé, estava todo dolorido, com fome, com vontade de ir ao banheiro, com sede e com vontade de não ter olfato, foi o sábado mais maldito da minha vida, ficamos conversando entre nós, contando e ouvindo as peripécias de cada um ali, para passar o tempo naquele inferno, valia quase tudo.

Domingo, pela manhã, comida nojenta, fria, parecia que veio do lixo, almoço de domingo, as histórias já se tornavam repetitivas, o calor, o fedor, o desanimo, a sede e os hematomas me lembrando que estava vivo, o sono e as filosofadas entre os cochilos, mas e se não tivesse feito aquilo? Bom pode ser que estaria nem sentindo mais tudo isso, poderia estar em um necrotério, nunca saberei, embora, continuava ali, fodido, mas vivo, será história para contar pros meus netos? Filhos? Quem vai querer saber essa porra?
Isso só acontece em filmes, é acho que dessas merda que fazem séries e gibis...

Segunda-feira, acordo com um chute na cabeça.
— Levanta vagabundo, seu advogado está ai, quer falar contigo. Me levanto, e fico feliz que era sem tempo, finalmente, me recomponho e vou todo animado para ver meu amigo que voltara do litoral.
Quando chego até a sala, me dizem para sentar que vão chama-lo, relaxo e penso, bom finalmente vou poder ter um habeas e vazar daqui, derrepente tudo fica escuro, não apagaram as luzes, foi uma pancada na nuca, e logo nas costelas, parece um martelo, doí como se fosse um relâmpago te partindo de dor, quando minha visão se recobra, vejo meu "advogado", uma tonfa preta, nas mãos do meu representanTe da lei, aquele baixinho, maldito,  tal Balaço.

Continua.


« Última modificação: 10 de Abril de 2018, 14:37:02 por Macrolook »
“Fotografia é poder de observação, não de aplicação da tecnologia.” Ken Rockwell.


Rafa_Meira

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (2)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.146
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 10 de Abril de 2018, 16:18:04
 :snack:

Vai ter segunda temporada?


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 3.368
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #2 Online: 10 de Abril de 2018, 16:40:54
Nem sei o que dizer... Mas vamos em frente.
Felipe


andreluigo

  • Solidário
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *
  • Mensagens: 1.791
  • Sexo: Masculino
  • Só sei que nada sei!
    • André Gomes Fotografias
Resposta #3 Online: 10 de Abril de 2018, 20:31:42
Esses seus contos são muitos bons... Tem talento e pode investir!  :snack:
Canon 80D || 5Dc
Tamron 17-50mm 2.8 || 85mm 1.8 USM || 50mm 1.8 STM || 55-250 STM || 10-18 STM
Godox TT685c || X1T-c (Tx+Rx) || YN600EX RT II
Tripé Digipod TR672AN || Tripés de Iluminação (2x)
Sombrinha Difusora/Rebaterora || Octabox Godox 80cm


pablo.ebani

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.659
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 11 de Abril de 2018, 10:53:23
Chegou a parte do Negan... :snack:
EOS 6D MK II -  EOS 5D MK II.
Tamron SP 45mm 1.8 | Sigma 30mm 1.4 Art
EF 50mm 1.8 STM | EF 100mm f/2 |
https://500px.com/PabloEbani
http://ebaniphoto.46graus.com