Autor Tópico: Sensor Tilt & Shift  (Lida 1916 vezes)

Vilso_Dall_Agnol

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 114
Online: 10 de Janeiro de 2007, 14:37:00
Sempre que leio sobre câmeras de filme com formato maior que 35mm, lembro uma perda que considero importante na adoção das compactas 35mm - a possibilidade de fotografar com o plano do filme não perpendicular ao eixo e/ou descentralizado do círculo projetado pela lente.
Nos médios e grandes formatos o fole permite movimentar o ângulo e o eixo, permitindo criação de imagens mais sofisticadas principalmente em arquitetura.
Nas câmeras modernas 35mm e digitais o filme/sensor está centralizado no eixo da lente e perpendicular a este eixo.
Poucos fabricantes disponibilizam lentes T&S, raras e dispendiosas.
Hoje já existem máquinas que usam um mecanismo de estabilização de imagem no próprio sensor ou seja, o sensor está em uma estrutura que se movimenta para compensar vibrações.
Já temos então tecnologia para permitir que o sensor se movimente, reproduzindo assim o que as "antigas" fazem, só que de outra forma.
Sensores APS usam apenas parte do círculo projetado pelas lentes tradicionais full frame, não seriam necessárias lentes especiais.
Claro, há desafios adicionais como autofoco por exemplo, mas a idéia não é interessante?

Vilso
 
A fé é louvável, mas é a dúvida que nos faz crescer


r.gorrao

  • Trade Count: (8)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 252
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 10 de Janeiro de 2007, 16:37:03
desculpe minha ignorância, estou iniciando e não entendo muito de fotografia, mas vendo esse tópico, me veio a dúvida, já ví diversas lentes denominadas Tilt & Shift para vender, possuo uma Canon Rebel XT, o que exatamente é isso e pra que servem essas lentes.... até hoje não achei tal resposta....
Ronaldo Gorrão - Jundiaí/SP

Corpos: Canon 5D + BG-E4 / 40D + BG-E2N
Lentes: 28-135mm IS / 50mm f 1.8 / 24-105mm L f4 / 17-40mm L f 4 / 70-200 L f 4 IS / TC EF 1.4x II
Flash: 580 EX II

http://ronaldogorrao.wordpress.com/


k_rio_k

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 63
    • http://www.flickr.com/photos/k_rio_k/
Resposta #2 Online: 10 de Janeiro de 2007, 16:41:18
Minha opinião leiga: concordo! Acho que já temos tecnologia para tal.

Manda um email pra Canon/Nikon solicitando tal alteração, eheheh.

[]'s
Membro Clube FotoRio
Flickr | Nikon D200 /Nikon F3 / Yashica Mat 6x6


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.759
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #3 Online: 10 de Janeiro de 2007, 17:12:42
Acho que a dificuldade disso seria espaço na câmera, as câmeras com esse recurso seriam verdadeiros trambolhos.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Vilso_Dall_Agnol

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 114
Resposta #4 Online: 10 de Janeiro de 2007, 17:48:59
Lentes T&S permitem movimentos "laterais" em relação à câmera.
Podem inclinar a lente, deixando seu eixo oblíquo ao plano do filme/sensor, ou
deslocar o eixo em relação ao centro do filme/sensor.
Na maioria das vezes ao se inclinar a lente é necessário também deslocá-la lateralmente para evitar vinhetas(escurecimento dos cantos - a lente é circular).

Vilso
A fé é louvável, mas é a dúvida que nos faz crescer


GMarigo

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 980
    • http://
Resposta #5 Online: 10 de Janeiro de 2007, 18:16:19
Acho inviável.

Começando pelo espaço necessário para rotacionar o sensor. Os movimentos hj são apenas em um eixo, e não precisam de muito espaço adicional para isso. Já para rodar o sensor, seria preciso muito mais.

Outro ponto é que somente o tilt seria plenamente possível. Se vc chegar o sensor muito para o lado para simular o shift, vai acabar tirando o sensor de dentro do circulo de imagem que uma lente para digital projeta. Com uma lente FF em uma máquina APS, até seria mais viável, mas não sei até que ponto poderia chegar esse shift.
[[span style=\'color:gray\']gabrielmarigo[span style=\'color:red\']][/font][/span][/span]


Vilso_Dall_Agnol

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 114
Resposta #6 Online: 11 de Janeiro de 2007, 14:13:19
Não entendi porque o sensor deveria ter rotação, parece inócuo, basta girar a câmera.
As médio/grande formato têm sua movimentação T&S limitada ao círculo de projeção das lentes, o problema é o mesmo.
Sobre a necessidade de espaço, creio não ser tanta assim, o sensor APS com crop 1,5 mede 16x24mm, as câmeras menores medem 70x90x130mm, volume mais do que suficiente para abrigar tais mecanismos.
Outra possibilidade que também considero viável é um corpo com lentes intercambiáveis, com LCD e EVF ao invés de visor ótico através da lente, sem espelho e seus acessórios de movimentação/amortecimento, aproveitando a imagem de qualidade superior entregue pelas lentes.
Uma nova categoria de máquina?
Talvez seja apenas uma viagem minha, sonhar não custa nada...

Vilso
A fé é louvável, mas é a dúvida que nos faz crescer


GMarigo

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 980
    • http://
Resposta #7 Online: 12 de Janeiro de 2007, 00:35:13
Citar
Não entendi porque o sensor deveria ter rotação, parece inócuo, basta girar a câmera.
Vc sugere então que o próprio corpo da máquna? Ai ela teria que ser muito maior. imagina ter q rodar o corpo todo uns 8 graus...
[[span style=\'color:gray\']gabrielmarigo[span style=\'color:red\']][/font][/span][/span]


Vilso_Dall_Agnol

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 114
Resposta #8 Online: 12 de Janeiro de 2007, 13:36:40
Gabriel,

Ainda não compreendi o que você quer dizer com "rotação do sensor", pensei que era rotação mantendo-o perpendicular ao eixo da lente, aí bastaria girar a câmera, a lente normalmente projeta um círculo, rodar o sensor seria inócuo.
Nas Pentax k100D, K10D e Sony A100 o sensor fica sobre uma estrutura móvel ("subframe"), que compensa vibrações mediante deslocamento lateral (shift).
Bastaria acrescentar nesta estrutura deslocamento lateral maior e movimentos angulares(rotação?) em relação ao eixo da lente.
Veja, é só uma especulação, montar uma estrutura destas numa câmera não-SLR parece ainda mais fácil, sem espelho e prisma para atrapalhar.

Vilso
A fé é louvável, mas é a dúvida que nos faz crescer


GMarigo

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 980
    • http://
Resposta #9 Online: 12 de Janeiro de 2007, 15:09:10
Sim... Mas um sensor com anti-shake tem PEQUENOS de shift. Para fazer movimentos maiores como 11mm de shift de uma lente TS para 35mm, o fundo da máquina teria que ser bem maior.

E a rotação é o enfeito tilt, para girar o plano de foco. Então vc tem q girar algo. Para esse efeito de tilt, o sensor tem que estar inclinado em relação a lente, e não perpendicular. Com as lentes TS, vc inclina a propria lente. Outras 2 soluções seriam inclinar o sensor, ou então o corpo, seja só o fundo, ou o mount da lente.
[[span style=\'color:gray\']gabrielmarigo[span style=\'color:red\']][/font][/span][/span]


guigui

  • Visitante
  • Trade Count: (0)
Resposta #10 Online: 13 de Janeiro de 2007, 02:52:40
Isso já está sendo desenvolvido pelo menos por um fabricante de médio e grande formato, a Cambo. Aqui nos EUA, muitos fotógrafos de arquitetura estão usando esse adaptador :

VEJA AQUI !

Quanto ao auto-foco, não estou certa mas acho que isso seria fisicamente impossível... Leo?
()s

 :bye1:

GuiGui
« Última modificação: 13 de Janeiro de 2007, 02:58:28 por guigui »


GMarigo

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 980
    • http://
Resposta #11 Online: 13 de Janeiro de 2007, 10:40:10
Citar
Isso já está sendo desenvolvido pelo menos por um fabricante de médio e grande formato, a Cambo. Aqui nos EUA, muitos fotógrafos de arquitetura estão usando esse adaptador :

VEJA AQUI !

Quanto ao auto-foco, não estou certa mas acho que isso seria fisicamente impossível... Leo?
()s

 :bye1:

GuiGui
Mas esta solução é a clássica.. Mover a lente. Não é nem novo esse sistema. Eles adaptaram um bellows de grande formato, com uma lente de grande formato na frente para caber no mount de 35mm.

Mas olha o tamanho do aparato. O que ele está propondo é esse efeito sem acrécimos significativos no tamanho do corpo. Então qualquer SLR poderia ter um sensor tilt e shift e continuar do mesmo tamanho, agregando aos equipamentos atuais que hj dependem de lentes TS ou sistemas adaptados como esse que são uns dinossauros.
No caso, eu prefiro 1000x pegar uma grande formato e filme do que usar um sistema desses e ter no máximo uma foto de 16mp caso vc tenha uma 1Ds MKII.
[[span style=\'color:gray\']gabrielmarigo[span style=\'color:red\']][/font][/span][/span]


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.759
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #12 Online: 13 de Janeiro de 2007, 12:16:55
Concordo com o Gabriel, a condição para tilt & shift para sensores seria muito complicada, não sei se vale a pena conseguir montar o sensor sobre planos presizos de tilt & shift e guiar por motores isso, depois conseguir gerar a visualização disso (que até hoje é complicado nas SLR por conta de levantar espelho e aquecer sensor), ou seja, cheio de entraves, vale mais a pena jogar na lente o problema e já corrigir inclusive o círculo projetado com um resultado bem melhor, Gui gui até dá para fazer AF, mas tbm seria complicadinho, o sistema teria que conhecer precisamente as posições do sensor e assim fazer os devidos ajustes, poderia usar o próprio sensor como sensor de AF, mas isso tudo vai complicando a câmera e além de deixar ela muito mais delicada tbm aumenta peso e tamanho, além do preço...
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Vilso_Dall_Agnol

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 114
Resposta #13 Online: 16 de Janeiro de 2007, 16:15:22
Minha intenção ao abrir este tópico foi apenas conjecturar sobre a possibilidade de se inverter a posição dos mecanismos T&S, de externos para internos à câmera.
Câmeras de filme têm óbvia desvantagem da mídia: cartuchos/rolos,  avanço manual/motorizado do filme, etc...
Com sensores de formato APS não vejo porque os mecanismos seriam grandes.
Não falo de equipamentos populares, mesmo o que a GuiGui mostrou não é popular apesar de externo, como todos os que existem atualmente.
No sensor, os movimentos geram efeitos maiores("alavanca").
Não encontro defensores da idéia por aqui, me sinto pregando no deserto!
Estou "viajando" ou estão todos parados vendo o trem passar?

Vilso
A fé é louvável, mas é a dúvida que nos faz crescer