Autor Tópico: Brasileiro acusado de usar tamanduá empalhado em foto perde prêmio internacional  (Lida 1359 vezes)

CristianoSoares

  • Trade Count: (17)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.860
Se o tamanduá é o mesmo eu não sei, mas a técnica de longa exposição com flash foi a mesma que um forista aqui do mundo fotográfico usou para a foto abaixo:

https://www.flickr.com/photos/126514343@N02/14965378447/


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.310
  • Sexo: Masculino
Montagem é facil de descobrir, tem umas técnicas de contraste que expõe quase todas.

Mas parece que ele foi acusado de manipular a cena, aí nem precisa de montagem.

« Última modificação: 27 de Abril de 2018, 19:27:22 por Claudio Rombauer »


nandoespinosa

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.604
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Mas é meio idiota.. Por que a foto tá uma bosta.. Podia ter feito uma baita foto, se ele é empalhado..
Idiota sou eu...  :aua: Desconsiderem essa frase pois entendi tudo errado..
Não vou nem explicar, de vergonha.  :doh:


bjp77

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 150
  • Sexo: Masculino
Aquela mancha do dorso do animal da foto premiada tem um desenho parecido com três dedos abertos, diferente do animal do museu. A mancha da nuca do animal da foto premiada é bem pequena predominando tons cinza mais escuros. A cabeça do animal empalhado está virada pra direita e rotacionada no sentido horário (da perspectiva do olhar partindo do animal)- tanto é que dá pra ver as duas orelhas. No animal da foto premiada a cabeça apenas está virada pra direita.
Canon EOS T5
Lente 75-300mm EF-S
Canon T50 Lente 50 mm f1.4 1985 inoperante


nandoespinosa

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.604
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Aquela mancha do dorso do animal da foto premiada tem um desenho parecido com três dedos abertos, diferente do animal do museu. A mancha da nuca do animal da foto premiada é bem pequena predominando tons cinza mais escuros. A cabeça do animal empalhado está virada pra direita e rotacionada no sentido horário (da perspectiva do olhar partindo do animal)- tanto é que dá pra ver as duas orelhas. No animal da foto premiada a cabeça apenas está virada pra direita.
É como eu falei antes... Agora já era... Nem que ele esteja falando a verdade... Ferrou-se.

Enviado de meu Moto G (5S) Plus usando Tapatalk



Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.850
  • O RAW é um diamante...bruto
Aquela mancha do dorso do animal da foto premiada tem um desenho parecido com três dedos abertos, diferente do animal do museu. A mancha da nuca do animal da foto premiada é bem pequena predominando tons cinza mais escuros. A cabeça do animal empalhado está virada pra direita e rotacionada no sentido horário (da perspectiva do olhar partindo do animal)- tanto é que dá pra ver as duas orelhas. No animal da foto premiada a cabeça apenas está virada pra direita.

Esses detalhes todos podem parecer diferentes primeiro pelo ponto de vista, que é levemente difierente nas duas fotos em comparação, pela luz que tbm difere, além do fato de que algumas coisas poderiam ter sido modificadas num software de edição.

Não estou dizendo que foi armação, pode não ter sido, e se não for algo forjado, é muita, mas muita coincidência, infeliz coincidência, e como o Nando disse, já era, agora a mancha ta feita, mesmo provando que não é armado.... :(


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 2.917
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Esses detalhes todos podem parecer diferentes primeiro pelo ponto de vista, que é levemente difierente nas duas fotos em comparação, pela luz que tbm difere, além do fato de que algumas coisas poderiam ter sido modificadas num software de edição.

Não estou dizendo que foi armação, pode não ter sido, e se não for algo forjado, é muita, mas muita coincidência, infeliz coincidência, e como o Nando disse, já era, agora a mancha ta feita, mesmo provando que não é armado.... :(

Mas o cara não disponibilizou o raw? Não teria como fazer mudança tão pontual.

Por outro lado, dizem que ambas as fotos (a ex-vencedora e a do animal empalhado) foram analisadas por especialistas, que chegaram à conclusão que era o mesmo animal. Não sei o que pensar.
Felipe


nandoespinosa

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.604
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Mas o cara não disponibilizou o raw? Não teria como fazer mudança tão pontual.
Sim.. Disponibilizou o raw dessa imagem, de imagens antes e depois dessa também. Mas a única com o tamanduá era essa.
Diz a notícia que 5 especialistas independentes analisaram as imagens... Eu não entendo como um bicho empalhado pode ser mexer.. Mas eles devem saber o que estão dizendo.. Espero...


guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.332
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Eu não entendo como um bicho empalhado pode ser mexer.. Mas eles devem saber o que estão dizendo.. Espero...

Então, mas bicho empalhado não é necessariamente uma PEDRA, acredito eu. Acho que ele ainda preserva um pouquinho de flexibilidade, mas não muita, principalmente na parte dos pêlos, deve ser fácil pentear ele  :ponder:
http://www.saycheese.fot.br
https://www.instagram.com/saycheesebr/

Canon 5D Mark3 + 5Dc + T2i + Sigma 30mm 1.4 ART + Canon 50mm 1.8 STM + Canon 85mm 1.8


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 625
  • Sexo: Masculino


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 625
  • Sexo: Masculino
E sobre como foi a investigação, alguns detalhes a mais numa matéria do Washington Post:

The museum assembled a five-member team of scientists to compare the photos: Two mammal experts, a South American mammals expert, an expert anteater researcher and a taxidermy expert.

The scientists examined the photos independently, but came to the same conclusion: “There are elements in overall posture, morphology, the position of raised tufts of fur and in the patterning on the neck and the top of the head that are too similar for the images to depict two different animals,” the museum said.

The museum also found some of Cabral’s answers to inquiries about the photo fishy. It’s not unusual for wildlife photographers to snap dozens or hundreds of photos of a subject to capture a single usable image. But Cabral had snapped just one perfect, prizewinning photo. There was no pictures of the suspect anteater in another pose.


bjp77

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 150
  • Sexo: Masculino
A cabeça não está na mesma posição.  Em uma delas é possível ver as duas orelhas do animal.
Canon EOS T5
Lente 75-300mm EF-S
Canon T50 Lente 50 mm f1.4 1985 inoperante


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 2.917
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
The scientists examined the photos independently, but came to the same conclusion: “There are elements in overall posture, morphology, the position of raised tufts of fur and in the patterning on the neck and the top of the head that are too similar for the images to depict two different animals,” the museum said.

The museum also found some of Cabral’s answers to inquiries about the photo fishy. It’s not unusual for wildlife photographers to snap dozens or hundreds of photos of a subject to capture a single usable image. But Cabral had snapped just one perfect, prizewinning photo. There was no pictures of the suspect anteater in another pose.

Ele deu uma explicação que me pareceu muito plausível: ao fazer longa exposição com flash em segunda cortina, o animal se assustou com o flash e fugiu. Se estamos falando de exposições de 15 segundos, é perfeitamente possível que o tamanduá tenha fugido.

Sobre as similaridades, procurando similaridades, muitas vão aparecer. Mas procurando diferenças, várias vão aparecer também.  :ponder:

Talvez analisando o raw e a foto do animal empalhado em 100%, realmente fique claro que seja o mesmo animal. Nas fotos pequenas, não parece. E, se o animal empalhado é da mesma área, pode muito bem ser um antepassado do animal fotografado.

Felipe


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 2.917
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Se o tamanduá é o mesmo eu não sei, mas a técnica de longa exposição com flash foi a mesma que um forista aqui do mundo fotográfico usou para a foto abaixo:

https://www.flickr.com/photos/126514343@N02/14965378447/

Já essa aqui parece ser uma foto feita com um sensor de movimento pra disparar o flash fora da câmera, junto com a longa exposição. A que perdeu o concurso não teria sentido usar um sensor, pois não era esperado movimento (pela história do fotógrafo).
« Última modificação: 03 de Maio de 2018, 17:12:04 por felipemendes »
Felipe


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.850
  • O RAW é um diamante...bruto
Ele deu uma explicação que me pareceu muito plausível: ao fazer longa exposição com flash em segunda cortina, o animal se assustou com o flash e fugiu. Se estamos falando de exposições de 15 segundos, é perfeitamente possível que o tamanduá tenha fugido.

Sobre as similaridades, procurando similaridades, muitas vão aparecer. Mas procurando diferenças, várias vão aparecer também.  :ponder:

Talvez analisando o raw e a foto do animal empalhado em 100%, realmente fique claro que seja o mesmo animal. Nas fotos pequenas, não parece. E, se o animal empalhado é da mesma área, pode muito bem ser um antepassado do animal fotografado.

Mas olha, se foi coincidência o cara tem que jogar na loteria, só pelo fato do bicho ter se colocado quase exatamente na mesma posição do que está empalhado....bah!

A não ser que essa posição seja algo meio que um padrão desse animal, tipo a pose que os suricates fazem observando ao seu redor  :ponder: