Autor Tópico: Sony A7III versus Panasonic GH5 - estabilizaçao de imagem  (Lida 628 vezes)

angelone

  • Trade Count: (18)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.091
  • Sexo: Masculino
Online: 23 de Maio de 2018, 23:21:17
Para quem pensa/va que a A7III seria melhor em tudo, um balde agua fria video com  IBIS: a GH5 é ótima para tomadas sem gimbals, ja a Sony fica meio inviável para video de qualidade sem o acessório, isto é, ruim para tomadas com a camera apoiada apenas nas mãos..

« Última modificação: 23 de Maio de 2018, 23:24:36 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


marciok

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.326
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 24 de Maio de 2018, 08:10:12
Tamanho do sensor influi na eficiência do IBIS - mais massa para deslocar, mais difícil a estabilização. Por isso o IBIS da Panasonic e da Olympus é um pouco melhor que o da Fuji e Sony A6500, que são um pouco melhores que os das Sony FF.

Mas acho que todos são úteis. E se precisar de estabilização realmente eficiente, um gimbal é a melhor solução.
Câmeras: Fujifilm X100s, Panasonic Lumix LX100, Olympus OM-D E-M5 Mark II, Sony HX9V
Lentes: Panasonic: 20mm f/1.7, 14mm f/2.5, 14-42 II f/3.5-5.6, 45-175mm f/4-5.6; Olympus: 45mm f/1.8, 75mm f/1.8; Canon FD: 50mm f/1.4, 35mm f/2  135mm f/2.5; Vivitar Series 1 105mm f/2.5 Macro; Tamron SP Adaptall 2: 28-80mm F/3.5-4.2 (27A),  35-80mm F/2.8-3.8 (01A); Fotasy 35mm f/1.7 C-Mount; Chinon 135mm f/2.8 Nikon; Nikon 180mm f/2.8; Rokinon 7,5mm

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.888
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #2 Online: 24 de Maio de 2018, 09:17:36
Bem isso, existe alguma estabilização de sensor melhor que o das m4/3?
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


adrianof14

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 745
  • Sexo: Masculino
  • A Fotografia é um ato de resistência.
Resposta #3 Online: 24 de Maio de 2018, 10:31:27
Bem isso, existe alguma estabilização de sensor melhor que o das m4/3?

talvez de algumas câmeras de cinema. mas to falando baseado apenas em achismo.
Adriano Ferreira
https://www.flickr.com/photos/adrianof14/

"Resistir ao ruído, à palavra, ao rumor pelo silêncio da foto - resistir ao movimento, ao fluxo e à aceleração pela imobilidade da fot


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.028
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #4 Online: 24 de Maio de 2018, 15:18:28
Fora que a performance em pouca luz da GH5 é matadora !
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 3.031
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #5 Online: 25 de Maio de 2018, 14:21:58
Tamanho do sensor influi na eficiência do IBIS - mais massa para deslocar, mais difícil a estabilização. Por isso o IBIS da Panasonic e da Olympus é um pouco melhor que o da Fuji e Sony A6500, que são um pouco melhores que os das Sony FF.

Mas acho que todos são úteis. E se precisar de estabilização realmente eficiente, um gimbal é a melhor solução.

Essa questão da massa pra deslocar é discutível, como vc mesmo apontou, indicando o gimbal como melhor solução. A câmera toda possui mais massa, e precisa de mais energia que pra mover só o sensor. Mas, claro, o gimbal também possui motores mais potentes e uma bateria separada. Logo, sua questão não estaria no tamanho do sensor, e sim na qualidade dos atuadores usados na compensação.

Mas note algo mais importante: a baioneta FE da Sony é bem pequena pra um sensor FF. Logo um IBIS que tenha deslocamento do sensor proporcional ao de um sensor m4/3 jogaria o sensor lá na sombra. Veja o tamanho do sensor x tamanho da baioneta da Sony:


E de uma m4/3:


Claro, sensores e um algoritmo que filtre ruído também ajuda. Parece que o sensor da Sony fez vários movimentos quando não havia necessidade de estabilização.
« Última modificação: 25 de Maio de 2018, 14:25:48 por felipemendes »
Felipe


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.091
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 28 de Maio de 2018, 01:53:56
Essa questão da massa pra deslocar é discutível, como vc mesmo apontou, indicando o gimbal como melhor solução. A câmera toda possui mais massa, e precisa de mais energia que pra mover só o sensor. Mas, claro, o gimbal também possui motores mais potentes e uma bateria separada. Logo, sua questão não estaria no tamanho do sensor, e sim na qualidade dos atuadores usados na compensação.

Realmene a questao do deslocamento de massa de um sensor maior (FF) é discutível em termos de funcionamento de IBIS, que pode envolver tecnologia propria ainda nao tão aperfeiçoada ou mal adaptada, por isso que um Gimbal de alta qualidade (e alto preço) é a soluçao para trabalhos profissionais, desde que tamanho do conjunto e espaço de trabalho nao sejam problema. Tanto é verdade que a GH5s (mostrada na foto), mais profissional que a GH5,   nao tem IBIS. Por outro lado o IBIS da GH5 mostra-se muito eficiente e com certeza deve ser bem útil em muitas situaçoes.

Citar
Mas note algo mais importante: a baioneta FE da Sony é bem pequena pra um sensor FF. Logo um IBIS que tenha deslocamento do sensor proporcional ao de um sensor m4/3 jogaria o sensor lá na sombra. Veja o tamanho do sensor x tamanho da baioneta da Sony:
Apesar de nao ter pesquisado sobre as especificaçoes técnicas e de funcionamento e deslocamento do IBIS, do sensor Sony FF e da GH5, e considerando apenas a sua conclusão, bem lógica,  parece-me que ela só seria válida se o deslocamento e tecnologia envolvida no movimento do sensor FF fosse igual ao sensor da GH5, para se poder inferir a relaçao de proporcionalidade do deslocamento que poderia gerar a possibilidade de "jogar o sensor" FF na sombra, dado ao pequeno tamanho da baioneta da Sony. Tomando as fotos como base, o sensor da GH5 (mesmo tamanho e disposiçao da GH5s da foto) também fica espremido nos extremos da baioneta, bem semelhante ao que aparece na imagem da baioneta e sensor da Sony. Então, basear-se também nas imagens, sem conhecer os dados técnicos de funcionamento e tecnologia envolvidas em ambos os sistemas, torna essa base também frágil.. Em suma, sem conhecer os dados técnicos das tecnologias envolvidas nesses sistemas de IBIS, fica dificil chegar a alguma conclusão consistente..

Citar
Claro, sensores e um algoritmo que filtre ruído também ajuda. Parece que o sensor da Sony fez vários movimentos quando não havia necessidade de estabilização.
Eis aqui outro problema: dificil saber se, a partir do comparativo em tempo real, o sensor da Sony é que fez mais movimentos "qdo nao havia necessidade de estabilizaçao"  ou se tais movimentos é que nao foram estabilizados, o que parece ter sido eficazmente feito pela GH5. Pela análise do conjunto, prefiro aceitar a segunda possibilidade, pois a GH5 estabilizou tudo muito bem, a ponto de em algumas situaçoes parecer nao haver movimento voluntários..
« Última modificação: 28 de Maio de 2018, 01:58:23 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


rdmello76

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 258
  • Sexo: Masculino
    • Perfil 500px
Resposta #7 Online: 28 de Maio de 2018, 10:32:22
Fora que a performance em pouca luz da GH5 é matadora !

Mas não chega nem perto dos sensores novos da Sony. https://petapixel.com/2018/03/01/sony-a7-iii-amazing-low-light-performance/

É bom para m43, mas é difícil comparar sensores com tamanho tão diferentes.
Canon 70D - Canon 5D MK III


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 3.031
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #8 Online: 28 de Maio de 2018, 19:36:27
Apesar de nao ter pesquisado sobre as especificaçoes técnicas e de funcionamento e deslocamento do IBIS, do sensor Sony FF e da GH5, e considerando apenas a sua conclusão, bem lógica,  parece-me que ela só seria válida se o deslocamento e tecnologia envolvida no movimento do sensor FF fosse igual ao sensor da GH5, para se poder inferir a relaçao de proporcionalidade do deslocamento que poderia gerar a possibilidade de "jogar o sensor" FF na sombra, dado ao pequeno tamanho da baioneta da Sony.

Como não estou por dentro do projeto técnico, tudo que posso contar são os fatos observáveis e meu raciocínio lógico (que está longe de ser perfeito).

Uma coisa que eu posso dizer puramente baseado em lógica é que a imagem projetada em m4/3 terá a metade do comprimento/largura do FF. Com isso, uma mesma tremida do "rigging" com as duas câmeras vai gerar um movimento com o dobro da distância em uma câmera FF que eu m4/3, e o tempo será o mesmo. Ainda baseado em lógica, se as massas dos sensores fossem as mesmas (não são), isto me sugeririra que o atuador da câmera FF teria que ter, no mínimo, o dobro da potência do sensor m4/3, para causar uma aceleração maior. Sendo um sensor mais pesado, mais potência ainda, embora eu não possa quantificar. Se eu fosse chutar, o atuador teria que ser, no mínimo, 8 vezes mais potente (4x pelo peso, 2x pelo deslocamento).

 Ali pelos 3:25, me parece que o cara está parado, e que a Sony está fazendo movimentos por conta própria, mas realmente, é só minha impressão. Isto normalmente é verdade em OIS, tanto que Canon e Nikon recomendam desligar o OIS ao fotografar com tripé.

Finalmente não sei os detalhes do processamento. Por exemplo, minha GoPro usa EIS, que é um outro tipo de estabilização, que corta 10% da imagem final pra poder estabilizar eletronicamente, baseado em acelerômetros. Pode ser que uma dessas câmeras do vídeo use um recurso assim. Se for a Sony, cai por terra minha observação de que o IBIS jogaria o sensor na sombra.
« Última modificação: 28 de Maio de 2018, 19:38:51 por felipemendes »
Felipe