Autor Tópico: O Mirrorless precisa do FullFrame ?  (Lida 1373 vezes)

fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #15 Online: 14 de Junho de 2018, 07:53:30
Tem coisa melhor pra incluir.

Por exemplo, se a Canon for esperta ela pode manter o espaço do espelho na sua FF ML, o que possibilitaria colocar o mount EF na sua FF ML.
E uma coisa interessante pra eles colocarem no lugar do espelho seria um filtro ND eletrônico como já vemos em câmeras de cinema por ai.

E o melhor de tudo... Isso é de fato uma possibilidade. A Canon já tem duas patentes relacionadas a isso. Uma de um filtro ND em um corpo ML e também uma patente de um adaptador de lentes EF para ML com um filtro ND integrado.

Imagina nunca mais ter que rosquear um filtro ND nas suas lentes?

Por isso que digo, se a ideia da ML é apenas não ter espelho mas ter tamanho, tanto Canon quanto Nikon poderiam ter câmeras ML compatíveis com suas atuais lentes o que não causaria problema de corpo pequeno e lente gigante.

Torço para que a Nikon lance algo desse tipo se entrar novamente no ML, mas só fico pensando nos comentários, Nikon lança uma ML do tamanho de uma DSLR. kkkk
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #16 Online: 14 de Junho de 2018, 07:57:09

Os conceitos do ML eram: Tamanho, peso, custo, e não ter partes mecânicas móveis

o EFV veio depois


Aí entra o marketing que pelo visto parece que pra ML emplacar no mundo profissional esqueceu de tudo isso e simplesmente pegou uma DSLR e retirou o Espelho.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Leonardo Tonin

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 937
  • Sexo: Masculino
Resposta #17 Online: 14 de Junho de 2018, 09:23:55
O que a Fuji fez foi oferecer um set completo apsc Com qualidade que e dificil Montar na Canon, Nikon.

Entao, tem gente que gosta de outros formatos,por que nao? Essa coisa de ter que confrontar e procurar um formato melhor para tudo me soa infantil. 




fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #18 Online: 14 de Junho de 2018, 09:31:01
O que a Fuji fez foi oferecer um set completo apsc Com qualidade que e dificil Montar na Canon, Nikon.

Entao, tem gente que gosta de outros formatos,por que nao? Essa coisa de ter que confrontar e procurar um formato melhor para tudo me soa infantil.

Fuji, Panasonic e Olympus.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Leonardo Tonin

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 937
  • Sexo: Masculino
Resposta #19 Online: 14 de Junho de 2018, 09:45:44
Cada um usa o que pode.




Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Fotógrafo Profissional
Resposta #20 Online: 14 de Junho de 2018, 12:40:37
Por isso que digo, se a ideia da ML é apenas não ter espelho mas ter tamanho, tanto Canon quanto Nikon poderiam ter câmeras ML compatíveis com suas atuais lentes o que não causaria problema de corpo pequeno e lente gigante.

Torço para que a Nikon lance algo desse tipo se entrar novamente no ML, mas só fico pensando nos comentários, Nikon lança uma ML do tamanho de uma DSLR. kkkk

Vão criticar de qq forma

Já a Fuji tem MLs enormes (principalmente a GFX) e ninguém observa nada....Eu assustei a primeira vez que deram uma nas mãos...

X-T2, X-H1, é tudo grande...

Você observou bem, o ML foi descaracterizado.

Todas as ideias originais ignoradas (peso, tamanho, custo, Electronic Shutter e sem espelho)




Sent from my Hasselblad using Tapatalk
O google não é tão confiável quanto eu mas, às vezes, linka os meus textos...

#Fotógrafo de Médio Formato Digital


Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Fotógrafo Profissional
Resposta #21 Online: 14 de Junho de 2018, 12:46:10

Os conceitos do ML eram: Tamanho, peso, custo, e não ter partes mecânicas móveis

o EFV veio depois

Aí entra o marketing que pelo visto parece que pra ML emplacar no mundo profissional esqueceu de tudo isso e simplesmente pegou uma DSLR e retirou o Espelho.


O que mostra que a ideia original não emplaca no mercado profissional...

Ou seja, não houve evolução tecnológica nenhuma  :(

Marcas como Fuji, que tem Shutter Mecânico, não tem Shutter Count.  :eek: Porque não ?  :ponder:

Para os clientes esquecerem que o Shutter é a parte mecânica que mais quebra ??? E não perceberem que a tecnologia ML voltou atrás ?   :assobi:



Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 14 de Junho de 2018, 12:56:09 por Ernesto »
O google não é tão confiável quanto eu mas, às vezes, linka os meus textos...

#Fotógrafo de Médio Formato Digital


Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Fotógrafo Profissional
Resposta #22 Online: 14 de Junho de 2018, 12:50:46
O que a Fuji fez foi oferecer um set completo apsc Com qualidade que e dificil Montar na Canon, Nikon.

Entao, tem gente que gosta de outros formatos,por que nao? Essa coisa de ter que confrontar e procurar um formato melhor para tudo me soa infantil.


Fuji, Panasonic e Olympus.

E o set Fuji nem é completo ainda...

Não tem teleobjetivas fixas para pássaros

O pessoal que faz pássaros, precisa recorrer a outras marcas

O M4/3 tem até o equivalente 800mm sem teleconverter

Até Nikon 1, tão críticada, tem 800mm, só que zoom




Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 14 de Junho de 2018, 12:52:29 por Ernesto »
O google não é tão confiável quanto eu mas, às vezes, linka os meus textos...

#Fotógrafo de Médio Formato Digital


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #23 Online: 14 de Junho de 2018, 13:37:33

Marcas como Fuji, que tem Shutter Mecânico, não tem Shutter Count.  :eek: Porque não ?  :ponder:

Para os clientes esquecerem que o Shutter é a parte mecânica que mais quebra ??? E não perceberem que a tecnologia ML voltou atrás ?   :assobi:

Sent from my Hasselblad using Tapatalk

Cara li exatamente isso na hora do almoço.  :eek:

Sinceramente essa questão do Shutter mecânico pra mim foi novidade, descobri isso faz algumas semanas.

E agora na hora do almoço tentei verificar se tinha como descobrir o Shutter count da Fuji e não tem.  :shock:

Pra mim Mirrorless teria que ter pelo menos duas coisas: Ausência de Espelho e Shutter Eletrônico.

Se toda conversa envolta de ML vs DSLR só tiver ausência de espelho a coisa toda não vale a discussão.

Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Di Torres

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 702
Resposta #24 Online: 14 de Junho de 2018, 14:08:13
Cara li exatamente isso na hora do almoço.  :eek:

Sinceramente essa questão do Shutter mecânico pra mim foi novidade, descobri isso faz algumas semanas.

E agora na hora do almoço tentei verificar se tinha como descobrir o Shutter count da Fuji e não tem.  :shock:

Pra mim Mirrorless teria que ter pelo menos duas coisas: Ausência de Espelho e Shutter Eletrônico.

Se toda conversa envolta de ML vs DSLR só tiver ausência de espelho a coisa toda não vale a discussão.

O ponto principal na verdade são as diferenças entre EVF e OVF.
Mirrorless vs DSLR hoje em dia é isso. Ponto.
Como eu já disse, o velho conceito de mirrorless compactas sem partes mecânicas já se foi.
Hoje em dia o que está pondo o espelho em questão é o que o EVF pode trazer que o espelho nunca poderá.
É isso que acabará com o espelho um dia.

E pra vocês visualizarem, imaginem duas 5DIV, praticamente idênticas, com a única diferença que uma 5DIV carregaria o OVF que nós já conhecemos, e a outra traria o EVF da Sony A9, por exemplo.
Vocês comprariam a 5DIV com OVF ou prefeririam a 5DIV com o EVF que proporcionaria tiros contínuos sem blackout, 692 pontos de foco e detecção automática de olhos, shutter completamente silencioso, pré-visualização de exposição e profundidade de campo em tempo real, entre outras coisas.

Esses são os pontos que vendem mirrorless pro mercado profissional hoje em dia. É isso que faz com que profissionais abandonem um sistema que já estão acostumados há décadas e já possuem uma grande seleção de lentes para migrarem para uma outra marca.
Não é por peso ou tamanho compacto, mas sim por funcionalidade e aprimoramento de workflow.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #25 Online: 14 de Junho de 2018, 14:32:41
O ponto principal na verdade são as diferenças entre EVF e OVF.
Mirrorless vs DSLR hoje em dia é isso. Ponto.
Como eu já disse, o velho conceito de mirrorless compactas sem partes mecânicas já se foi.
Hoje em dia o que está pondo o espelho em questão é o que o EVF pode trazer que o espelho nunca poderá.
É isso que acabará com o espelho um dia.

Então, espero aquela lenda de um dia a DSLR ter um EVF híbrido... se fizer isso mata a ML?

Citar
E pra vocês visualizarem, imaginem duas 5DIV, praticamente idênticas, com a única diferença que uma 5DIV carregaria o OVF que nós já conhecemos, e a outra traria o EVF da Sony A9, por exemplo.
Vocês comprariam a 5DIV com OVF ou prefeririam a 5DIV com o EVF que proporcionaria tiros contínuos sem blackout, 692 pontos de foco e detecção automática de olhos, shutter completamente silencioso, pré-visualização de exposição e profundidade de campo em tempo real, entre outras coisas.

Essa seria interessante. Mas Shutter silencioso e sem Blackout acredito que só o Eletrônico. Aí cai por terra a ideia de dois modelos idênticos da Canon 5DIV.

Citar
Esses são os pontos que vendem mirrorless pro mercado profissional hoje em dia. É isso que faz com que profissionais abandonem um sistema que já estão acostumados há décadas e já possuem uma grande seleção de lentes para migrarem para uma outra marca.
Não é por peso ou tamanho compacto, mas sim por funcionalidade e aprimoramento de workflow.

Eu sinceramente acredito que o peso e tamanho são importantes, até mesmo por isso desenvolve-se tanto equipamentos com sensores menores e melhores.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Fotógrafo Profissional
Resposta #26 Online: 14 de Junho de 2018, 14:41:39
O ponto principal na verdade são as diferenças entre EVF e OVF.
Mirrorless vs DSLR hoje em dia é isso. Ponto.
Como eu já disse, o velho conceito de mirrorless compactas sem partes mecânicas já se foi.
Hoje em dia o que está pondo o espelho em questão é o que o EVF pode trazer que o espelho nunca poderá.
É isso que acabará com o espelho um dia.

E pra vocês visualizarem, imaginem duas 5DIV, praticamente idênticas, com a única diferença que uma 5DIV carregaria o OVF que nós já conhecemos, e a outra traria o EVF da Sony A9, por exemplo.
Vocês comprariam a 5DIV com OVF ou prefeririam a 5DIV com o EVF que proporcionaria tiros contínuos sem blackout, 692 pontos de foco e detecção automática de olhos, shutter completamente silencioso, pré-visualização de exposição e profundidade de campo em tempo real, entre outras coisas.

Esses são os pontos que vendem mirrorless pro mercado profissional hoje em dia. É isso que faz com que profissionais abandonem um sistema que já estão acostumados há décadas e já possuem uma grande seleção de lentes para migrarem para uma outra marca.
Não é por peso ou tamanho compacto, mas sim por funcionalidade e aprimoramento de workflow.


Tá mas, se continuar, vão abrir dois mundos Mirrorless:

O daquela que cabe no bolso da calça jeans (sem apertar) (com lente equiv 28mm)

E o dessas MonstroLess de 50mil reais (Fuji GFX): Grande, com lentes grandes, muito cara e nada portátil. Frágil e tão trambolhosa que tem que comprar mala própria porque é ENORME. No formato de uma letra T gigante (aos padrões ML). Mesmo com lente PADRÃO equiv 50mm  :eek:  :eek: E COM SHUTTER (Obturador) MECÂNICO  :eek:





Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 14 de Junho de 2018, 14:44:48 por Ernesto »
O google não é tão confiável quanto eu mas, às vezes, linka os meus textos...

#Fotógrafo de Médio Formato Digital


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #27 Online: 14 de Junho de 2018, 15:40:02

Tá mas, se continuar, vão abrir dois mundos Mirrorless:

O daquela que cabe no bolso da calça jeans (sem apertar) (com lente equiv 28mm)

E o dessas MonstroLess de 50mil reais (Fuji GFX): Grande, com lentes grandes, muito cara e nada portátil. Frágil e tão trambolhosa que tem que comprar mala própria porque é ENORME. No formato de uma letra T gigante (aos padrões ML). Mesmo com lente PADRÃO equiv 50mm  :eek:  :eek: E COM SHUTTER (Obturador) MECÂNICO  :eek:

Sent from my Hasselblad using Tapatalk

E como vai dividir a briga? DSLR vs ML vs MLSmall
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Di Torres

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 702
Resposta #28 Online: 14 de Junho de 2018, 15:52:49

Tá mas, se continuar, vão abrir dois mundos Mirrorless:

O daquela que cabe no bolso da calça jeans (sem apertar) (com lente equiv 28mm)

E o dessas MonstroLess de 50mil reais (Fuji GFX): Grande, com lentes grandes, muito cara e nada portátil. Frágil e tão trambolhosa que tem que comprar mala própria porque é ENORME. No formato de uma letra T gigante (aos padrões ML). Mesmo com lente PADRÃO equiv 50mm  :eek:  :eek: E COM SHUTTER (Obturador) MECÂNICO  :eek:

Não vai abrir "dois mundos mirrorless".
Até mesmo entre as DSLRs existem diferenças exorbitantes de tamanho.
Pega uma Canon SL2 e uma Hasselbled H6D.
A Hasselbled é uma "DSLMONSTER"? Não, é apenas uma DSLR para um mercado específico.

O mesmo vai acontecer e já acontece com o mercado ML, com opções de bolso até opções de grande porte como a GFX, oferecendo características especiais para consumidores ou usos diferentes.
« Última modificação: 14 de Junho de 2018, 15:59:22 por Di Torres »


Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Fotógrafo Profissional
Resposta #29 Online: 14 de Junho de 2018, 16:10:10
Não vai abrir "dois mundos mirrorless".
Até mesmo entre as DSLRs existem diferenças exorbitantes de tamanho.
Pega uma Canon SL2 e uma Hasselbled H6D.
A Hasselbled é uma "DSLMONSTER"? Não, é apenas uma DSLR para um mercado específico.

O mesmo vai acontecer e já acontece com o mercado ML, com opções de bolso até opções de grande porte como a GFX, oferecendo características especiais para consumidores ou usos diferentes.

Mas foi a ML que prometeu ser revolucionária com menos peso, espaço, custo e sem partes mecânicas (que quebram)... e não foi as DSLR que prometeram...

É que tudo de novo que a ML prometia, está se perdendo...


Foi a proposta ML que classificou  DSLR como grande, pesasa e cara por ter peças mecânicas da era de Leonardo Da Vinci (video do Kay, Digital Rev YouTube)

E agora o ML tá igual... "Pagou a língua, como dizem".


Fuji e Sony do tamanho, peso, custo e partes mecânicas igual CaNikon  :doh:


E o LiveView das Canon com DualPixel, é um modo "Mirrorless" de foco mais rápido e preciso do que qq ML Fuji, Sony, Olympus, Panasonic  :assobi: E na 70D e 80D, com touch...  :assobi:  :assobi: com o mesmo tamanho de uma Fuji X-T2




Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 14 de Junho de 2018, 16:26:10 por Ernesto »
O google não é tão confiável quanto eu mas, às vezes, linka os meus textos...

#Fotógrafo de Médio Formato Digital