Autor Tópico: Fotógrafo renomado é acusado de assédio e estupro  (Lida 3239 vezes)

Joabe Juliano

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 805
  • Sexo: Masculino
  • A sua fotografia é um testemunho da sua existência
Resposta #15 Online: 26 de Junho de 2018, 17:30:01
não crie expectativas ainda, vai aparecer...
Hahaha. Ainda acredito no ser humano. Creio que não. Realmente esse caso não cria margens para isso. É um buraco que está sendo cavado, que vai mostrar muita sujeira ainda...

Enviado de meu Moto E (4) usando o Tapatalk

INSTA: @jotabe_melo (Joabe Melo)


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.752
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #16 Online: 26 de Junho de 2018, 17:43:02
O problema claramente nao eh o nu artisticoe nem o toque. Segundo a noticia sao varias denuncias com esse comportamento padrao:

Juliano se aproveitava do ofício e relativa fama para despir e tocar mulheres – modelos ou aspirantes a fotógrafasmesmo contra vontade delas. E vendia como sendo natural o fato de ficar visivelmente excitado enquanto as fotografava. Quando repreendido, passava a se comportar de forma hostil ou desentendida e chegava a não entregar os trabalhos, segundo relatos.

Eu nao vejo nada de complicado mas apenas mal caratismo e falta de profissionalismo, se realmente sao varios relatos confirmando o mesmo comportamento padrao.

Complicado eh ele ter uma barba quase igual a minha. Da licenca que eu vou ali fazer a barba.

Esse comportamento é o que aparece na reportagem, eu tenho acompanhado as denúncias e ele foi bem além disso. Primeiro que tem uma denúncia de estupro que, se for verdade, não precisa nem falar mais nada. Tem prints de uma conversa que ele teve com uma aluna que posou pra ele, ela comentando que não gostou dele ter abraçado ela nua, e ele confirma e pede desculpas. A mesma desculpa que ele deu pro suposto estupro, que foi coisa do momento, e tal... Além dele tirar a calcinha das modelos.

Também concordo que o toque na modelo por si só claramente não é o problema. Existem jeitos e jeitos de se tocar alguém, e existe o toque consensual. Das denúncias, ele tocava as modelos de modo íntimo e sem consentimento.


Hahaha. Ainda acredito no ser humano. Creio que não. Realmente esse caso não cria margens para isso.

Aqui no fórum não apareceu, por enquanto. Mas se fizer a bobagem de ler comentários na internet, um monte de gente defendendo o cara. Relativizando, dizendo que não deve ter sido assim, que as vítimas entenderam errado...


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.484
  • Sexo: Masculino
Resposta #17 Online: 26 de Junho de 2018, 19:07:36
Quantos anos de cadeia ele vai pegar?

Enquanto não houver punição para criminosos nada mudará.

E não adianta culpar a coletividade e transformar o predador em vítima.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.752
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #18 Online: 26 de Junho de 2018, 19:13:44
Quantos anos de cadeia ele vai pegar?

Enquanto não houver punição para criminosos nada mudará.

É, pois é...


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #19 Online: 26 de Junho de 2018, 20:53:31

Aqui no fórum não apareceu, por enquanto.
...por enquanto... Espera só mais um pouco.
 :snack:
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


nandoespinosa

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.008
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #20 Online: 27 de Junho de 2018, 14:08:49
Esse comportamento é criminoso.. Ponto final!
Ninguém pode justificar um estupro, um assédio. Não é algo justificável.  >:(

E o pior é que isso é uma consequência de uma mentalidade machista que começa no "assovio inocente" na rua. Na objetificação da mulher. Que, se pararmos pra pensar, é reforçada na mídia, nas músicas, etc...
Cabe a nós Homens começarmos a não tolerar esse tipo de coisa - desde lá do assovio. Pra que se esclareça que ninguém pode ser violado, física ou psicologicamente...
« Última modificação: 27 de Junho de 2018, 14:09:20 por nandoespinosa »


Joabe Juliano

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 805
  • Sexo: Masculino
  • A sua fotografia é um testemunho da sua existência
Resposta #21 Online: 27 de Junho de 2018, 14:09:44
Verdade...acompanhando

Enviado de meu Moto E (4) usando o Tapatalk

INSTA: @jotabe_melo (Joabe Melo)


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #22 Online: 27 de Junho de 2018, 14:10:23
Esse comportamento é criminoso.. Ponto final!
Ninguém pode justificar um estupro, um assédio. Não é algo justificável.  >:(

E o pior é que isso é uma consequência de uma mentalidade machista que começa no "assovio inocente" na rua. Na objetificação da mulher. Que, se pararmos pra pensar, é reforçada na mídia, nas músicas, etc...
Cabe a nós Homens começarmos a não tolerar esse tipo de coisa - desde lá do assovio. Pra que se esclareça que ninguém pode ser violado, física ou psicologicamente...

penso exatamente igual! mas vamos esperar... ainda acho que alguém vai aparecer dizendo que é normal...   :no:
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


andreluigo

  • Solidário
  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • *
  • Mensagens: 1.864
  • Sexo: Masculino
  • Só sei que nada sei!
    • André Gomes Fotografias
Resposta #23 Online: 27 de Junho de 2018, 14:12:34
Você toca as moças que fotografa (nua ou quase)?


Enviado de meu SM-G950F usando o Tapatalk

Canon 80D || 5Dc
Tamron 17-50mm 2.8 || 85mm 1.8 USM || 50mm 1.8 STM || 55-250 STM || 10-18 STM
Godox TT685c || X1T-c (Tx+Rx) || YN600EX RT II
Tripé Digipod TR672AN || Tripés de Iluminação (2x)
Sombrinha Difusora/Rebaterora || Octabox Godox 80cm


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.752
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #24 Online: 27 de Junho de 2018, 14:30:42
E o pior é que isso é uma consequência de uma mentalidade machista que começa no "assovio inocente" na rua. Na objetificação da mulher.

Penso que a mentalidade machista começa até antes do assovio inocente, começa já nas rodinhas de bate-papo entre homens. A objetificação começa no jeito que comentamos sobre as mulheres quando elas não estão por perto. Não tem nada de inocente, está errado desde aí. E que atire a primeira pedra quem nunca fez isso, eu durante muitos e muitos anos fui assim.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.042
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #25 Online: 27 de Junho de 2018, 16:05:47
Você toca as moças que fotografa (nua ou quase)?
Antes de mais nada, modelos sao constantemente tocadas. Eu mesmo ja tive secar cabelo de modelo enquanto ela reparava a maquiagem. Eu ja tive que ajustar vestido para a modelo nao se desequilibar da posicao em que se encontrava. A diferenca esta no toque consensual e objetivo claramente sem segundas intencoes vs o toque nao consensual, sem a modelo saber qual situacao se encontrara, e sexualmente sugestivo.

Normalmente  eu nao preciso tocar modelos, mas como tratado em outro topico, as vezes eh necessario independente de estar nua ou nao. A verdade eh que quanto mais completo uma equipe, menos ou mais dificil um fotografo precisar tocar uma modelo. Mas quando uma equipe eh limitada ou somente fotografo e modelo, os pequenos ajustes, correcoes e orientacoes que normalmente sao feitos por estilistas, cabelereiros, maquiadores, pintores, assistentes, etc, acaba ficando para o fotografo ter que que se atentar e se necessario ajustar (com o concentimento da modelo e ela tendo ciencia previa da sitiacao).


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.042
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #26 Online: 27 de Junho de 2018, 16:15:00
Esse comportamento é o que aparece na reportagem, eu tenho acompanhado as denúncias e ele foi bem além disso. Primeiro que tem uma denúncia de estupro que, se for verdade, não precisa nem falar mais nada. Tem prints de uma conversa que ele teve com uma aluna que posou pra ele, ela comentando que não gostou dele ter abraçado ela nua, e ele confirma e pede desculpas. A mesma desculpa que ele deu pro suposto estupro, que foi coisa do momento, e tal... Além dele tirar a calcinha das modelos.

Também concordo que o toque na modelo por si só claramente não é o problema. Existem jeitos e jeitos de se tocar alguém, e existe o toque consensual. Das denúncias, ele tocava as modelos de modo íntimo e sem consentimento.
Mas so o que eu apresentei (mesmo nao chegando a gravidade do que vc disse) ja eh motivo suficiente para ver que o cara eh errado.

O meu ponto foi mais para destacar que existe diferenca entre mero toque e assedio/abuso.
[/quote]


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.484
  • Sexo: Masculino
Resposta #27 Online: 27 de Junho de 2018, 16:22:05
Assobio é abuso. Seja quem o faça.

Sent from my SM-N910C using Tapatalk



C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.042
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #28 Online: 27 de Junho de 2018, 17:15:53
Esse comportamento é criminoso.. Ponto final!
Ninguém pode justificar um estupro, um assédio. Não é algo justificável.  >:(

E o pior é que isso é uma consequência de uma mentalidade machista que começa no "assovio inocente" na rua. Na objetificação da mulher. Que, se pararmos pra pensar, é reforçada na mídia, nas músicas, etc...
Cabe a nós Homens começarmos a não tolerar esse tipo de coisa - desde lá do assovio. Pra que se esclareça que ninguém pode ser violado, física ou psicologicamente...
Penso que a mentalidade machista começa até antes do assovio inocente, começa já nas rodinhas de bate-papo entre homens. A objetificação começa no jeito que comentamos sobre as mulheres quando elas não estão por perto. Não tem nada de inocente, está errado desde aí. E que atire a primeira pedra quem nunca fez isso, eu durante muitos e muitos anos fui assim.

Li uma vez uma noticia de um caso em um bonde (Luas) em Dublin, em que em um final de dia de uma sexta feira, havia uma uma garota por volta de 15 anos de idade ali mexendo no celular no canto dela. Em uma das estacoes sobe um grupo de rapazes uns mais velhos e um mais novo, mas todos adolescentes. Os mais velhos comecam a provocar o mais novo para "chegar" nagarota, entao eles a cercam e ficam de brincando com o garoto mais novo, falando para ele dar um beijinho dela. A garota desceu na proxima estacao e entao os rapazes se sentaram e continuaram a viagem calados, cada um mexendo em seus celulares. A pessoa que escreveu o artigo, uma feminista, conta que nao eram so os rapazes que estafam agindo errado, mas todos dentro do transporte que viram mas nao repreenderam os rapazes.

O ser humano eh complicado de muitas maneiras. No Freakonomics, eu uma ver ouvi um episodio em que contava a historia de uma assassinato em que a vizinhanca ouviu mas ninguem fez nada. Parece similar a historia de um cara que morreu afogado no rio Em Dublin, testemunhas dizem terem ouvido os gritos de socorro, mas ninguem na vizinhanca fez nada. Segundo os estudos apresentados, parece que quanto mais pessoas em um local, menos as chances de alguem ajudar um estranho em apuros. E quanto mais vazio um local, mais as chances de algum estranho passando ajudar alguem em apuros. Existem motivos psicologicos para isso mas nao vou me aprofundar. A questao eh apenas ver como o ser humano nao eh complicado.

Pois bem. Sem intencao de defender aqueles rapazes que estavam assediando a garota no transporte publico, mas apenas analizando tal comportamento, o fato eh que eh normal rapazes mais novos e inesperientes terem receio ou medo de se aproximarem de uma mulher, enquanto os mais velhos que tendem a ter um pouco mais de experiencia (ou as vezes nao tem mas querem demonstrar ter), ficam incentivando o rapaz mais novo como forma de incentivar tal vojem a "nao ter medo de mulher". Sinceramente, eu passei por situacao semelhante na epoca dos meus 14 aos 17 anos. E de maneira mais sutil continuei passando por tal situacao ate mais velho.

A verdade eh que, homens ou rapazes que "caem mais em cima" das mulheres, pelo menos dentro do circulo sociais que frequentei, de fato tem mais sucesso com as mulheres. O fato de demonstrarem mais seguranca em si, determinacao, experiencia, sem medo do risco e "postura de homem", da resultado. Nao com todas as mulheres. Na verdade eu ouvia muito "a cada 20 chutes que vc leva de mulheres, uma vai te abracar". Dito tudo isso, o que eu quero dizer eh que por essa razao, muitos homens veem tao comportamente nao apenas normal, mas como algo esperado de um homem.

Eu quando jovem, entre meus amigos, vendo eles tendo a experiencia sexual e diversao sexual com as mulheres, eu queria ter o mesmo, nao apenas para ser visto tao homem quanto, e nem somente para curtir as mulheres, mas tambem pelo fato de ver o suceso de tais amigos e eu sentindo que estava perdando o bonda, a oportunidade e experiencias. Por isso eu tambem tentei, mas logo cedo percebi que eu nao levava jeito para a coisa. Eu nao era natural e transmitia essa falta de naturalidade, entao tal comportamento mais me atrapalhava em ter sucesso com mulheres do que ajudava. Por esse motivo eu desisti (mas o fato de nao ter naturalidade com tal comportamento tambem era pq eu nao me sentia avontade em ficar assediando e pentelhando mulheres so para achar uma que caisse na minha rede). Mas se eu tivesse sucesso, eu dificilmente assumiria que eu estaria fazendo algo errado. Pelo contrario, eu estaria pensando igual meus amigos que julgavam errado as mulheres que se incomodavam com a minha "atitude de homem" chamando elas de frescurentas.

Para deixar bem claro, uma vez trabalhando em uma fabrica onde haviam pessoas de varios paises, todos no inicio dos seus 20 anos de idade, tinha um mexicano que nao tinha pudor nenhum em ficar fazendo comentarios e descendo os olhos em cima das mulheres. Eu uma vez trabalhando em time com ele, passou uma outra amiga minha mas que ele ainda nao conhecia, ao ela passar e me comprimentar, ele comentou para mim "que belo rabo". Eu conhecendo ela sabia que ela se sentiria muito embaracada com tais tipos de elogios, e vendo que ela estava ouvindo, eu apenas levei o dedo a boca peindo para ele nao falar tao alto. Eu fiz isso mais em respeito por ela, apesar de nao me incomodar os elogios que ele faia a ela. No entanto, ele olhou para mim como se olhasse um ET, nao compreendendo qual era a minha preocupacao. Para ele, a unica coisa coisa que existe no comentario dele era ele ser visto como um homem qualquer, algo nao so natural mas esperado por qualquer homem de verdade.

Para finalizar, e nao tenho fontes que confirmar o quanto eh verdade, mas ouvi muitas vezes dizerem que muitos dos homens que cometem ou tentam cometer estupros (de maneira continua), tendem a pensar que todos os homens fazem o mesmo, com a diferenca que existem aqueles que sao pegos e existem os que nao sao pegos.

Da mesma forma eu vejo que muitos dos homens que cometem assedio, acreditam que todos os homens fazem isso. Ou os que nao fazem sao aqueles que nao tem sucesso com mulheres, pq eles (ou muitos deles) tem na cabeca como sendo algo natural e esperado de homens. Homens predadores e mulheres presas naturais. Os bom predadores sao alfas e os maus predadores sao betas.

A sociedade tem mudado bastante, mas eu penso que essa questao, mentalidade e experiencia de muitos homens ainda vai demorar para ser mudado em muitos lugares. Em paises nordicos homens tendem terem menos "atitude" mas sao paises de cultura mais introvertida. No entanto sao paises onde ha mais pessoas sozinhas tambem. Muitos desses pick up artistas eram homens "comportados" mas que mulher nenhuma dava bola, e por isso foram atras de ter mais "atitude de homem" e muitos assim conseguiram virar o "macho alpha". E ironicamente mulheres tendem a sentir mais atracao por homens que transmitem atrairem mais mulheres, e menos atracao por homens que transmitem atrair menos mulheres (como em qualquer produto no mercado).

Com tudo eu quero dizer que nao eh uma questao facil, de mera mentalidade, mas tambem que envolve sentimentos, emocoes, experiencias, maturidade, influencias, etc. E mudar tudo isso eh dificil e demora.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.752
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #29 Online: 27 de Junho de 2018, 17:49:21
A diferenca esta no toque consensual e objetivo claramente sem segundas intencoes vs o toque nao consensual, sem a modelo saber qual situacao se encontrara, e sexualmente sugestivo.

É isso mesmo. Tocar a modelo algumas vezes chega a ser inevitável, mas tem que ser sempre de forma consensual e, obviamente, com todo o respeito.


Mas so o que eu apresentei (mesmo nao chegando a gravidade do que vc disse) ja eh motivo suficiente para ver que o cara eh errado.

O meu ponto foi mais para destacar que existe diferenca entre mero toque e assedio/abuso.

Tô ligado, só tava complementando seu comentário