Autor Tópico: Fotógrafo renomado é acusado de assédio e estupro  (Lida 3240 vezes)



Joabe Juliano

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 805
  • Sexo: Masculino
  • A sua fotografia é um testemunho da sua existência
Resposta #31 Online: 28 de Junho de 2018, 10:25:48
Agora que o caso do Juliano veio a tona, muita coisa ainda vai aparecer

Enviado de meu Moto E (4) usando o Tapatalk

INSTA: @jotabe_melo (Joabe Melo)


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #32 Online: 28 de Junho de 2018, 10:55:26
Como a assinatura do Shalders bem diz... "Ética não é negociável".

Ética no trabalho é primordial, um professor não sai com aluna, um fotógrafo não sai com a modelo.
A questão consensual ou não pode se transformar no futuro, por oportunismo ou vingança.

Simples, basta ter ética, e já dizia o ditado popular: "não misture negócios com prazer".
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.321
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #33 Online: 28 de Junho de 2018, 11:36:15
A questão consensual ou não pode se transformar no futuro, por oportunismo ou vingança.

Também penso assim. Vivemos em uma época onde qualquer coisa (errada ou certa) pode virar assédio, processo, e com muita, mais muita facilidade mesmo, virar escândalo no Facebook, basta uma foto distorcida feita com celular sem que você veja, ou mesmo um comentário sem imagem alguma, e aquilo se espalha feito rastilho de pólvora, e até você provar que o "foucinho de porco não é tomada", seu nome foi pra lama.

Esse "consensual" precisa testemunha, se o fotógrafo estiver sozinho de nada vale.
« Última modificação: 28 de Junho de 2018, 11:36:34 por Roberto Dellano »


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.978
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #34 Online: 28 de Junho de 2018, 11:57:19
Também penso assim. Vivemos em uma época onde qualquer coisa (errada ou certa) pode virar assédio, processo, e com muita, mais muita facilidade mesmo, virar escândalo no Facebook, basta uma foto distorcida feita com celular sem que você veja, ou mesmo um comentário sem imagem alguma, e aquilo se espalha feito rastilho de pólvora, e até você provar que o "foucinho de porco não é tomada", seu nome foi pra lama.

Esse "consensual" precisa testemunha, se o fotógrafo estiver sozinho de nada vale.

Pois é.
Se hoje eu fosse entrar neste ramo, faria um contrato revisado por algum advogado pra não deixar brechas. E só faria o ensaio com algum(a) acompanhante da contratante 100% do tempo ao meu lado, e assinando depois um documento pra ficar ciente que não houve nenhum tipo de violação após a sessão.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.752
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #35 Online: 28 de Junho de 2018, 13:08:31
Esse "consensual" precisa testemunha, se o fotógrafo estiver sozinho de nada vale.

Se for pensar por esse lado também, se o fotógrafo estiver sozinho com a modelo, nada vale de nada então, pois sem testemunhas é a palavra de um contra a palavra de outro. A modelo pode acusar o fotógrafo de estupro, o fotógrafo pode acusar a modelo de ter quebrado a câmera dele, e por aí vai...

No meu caso, quando fotografei modelos, sempre tinha mais gente no estúdio.


Agora que o caso do Juliano veio a tona, muita coisa ainda vai aparecer

Tomara!


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #36 Online: 28 de Junho de 2018, 13:08:35
Também penso assim. Vivemos em uma época onde qualquer coisa (errada ou certa) pode virar assédio, processo, e com muita, mais muita facilidade mesmo, virar escândalo no Facebook, basta uma foto distorcida feita com celular sem que você veja, ou mesmo um comentário sem imagem alguma, e aquilo se espalha feito rastilho de pólvora, e até você provar que o "foucinho de porco não é tomada", seu nome foi pra lama.

Esse "consensual" precisa testemunha, se o fotógrafo estiver sozinho de nada vale.

Exatamente.

E os meios de comunicação populista (global) ensinam muito bem a fazer isso. Ser oportunista é o caminho para a fama, e aí meu amigo, se o cara bancou o sabichão ao invés de ser profissional pensando que tava sendo o sedutor, se f*** de verde e amarelo.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #37 Online: 28 de Junho de 2018, 13:09:38
Pois é.
Se hoje eu fosse entrar neste ramo, faria um contrato revisado por algum advogado pra não deixar brechas. E só faria o ensaio com algum(a) acompanhante da contratante 100% do tempo ao meu lado, e assinando depois um documento pra ficar ciente que não houve nenhum tipo de violação após a sessão.

Contrato tem que ter até para festa de aniversário. Não tem jeito, como diz minha diretora, combinado não é caro.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.158
  • Sexo: Masculino
Resposta #38 Online: 28 de Junho de 2018, 13:15:43
Se for pensar por esse lado também, se o fotógrafo estiver sozinho com a modelo, nada vale de nada então, pois sem testemunhas é a palavra de um contra a palavra de outro. A modelo pode acusar o fotógrafo de estupro, o fotógrafo pode acusar a modelo de ter quebrado a câmera dele, e por aí vai...

No meu caso, quando fotografei modelos, sempre tinha mais gente no estúdio.


Mas é isso mesmo... infelizmente sim, mas é isso.

E a mídia que gosta da muvuca vai dar valor à pessoa agredida. (nem colocando o mérito de gênero na questão).

Uma vez vi li uma matéria que os paparazzi americanos queimaram a Lindsay Lohan alegando que ela mandava os seguranças bater e quebrar seus equipamentos.

Ou seja, a mídia vai do lado de quem está ganhando o jogo, e cai matando em cima.

Por isso que digo, cuidado nunca é demais, e Ética não é negociável.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.321
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #39 Online: 28 de Junho de 2018, 15:31:35
Se for pensar por esse lado também, se o fotógrafo estiver sozinho com a modelo, nada vale de nada então, pois sem testemunhas é a palavra de um contra a palavra de outro. A modelo pode acusar o fotógrafo de estupro, o fotógrafo pode acusar a modelo de ter quebrado a câmera dele, e por aí vai...

Exatamente, por isso estou sempre levando alguém nos meus ensaios, as vezes nem preciso de ajuda, mas levo.


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.439
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #40 Online: 28 de Junho de 2018, 15:50:46
Não que eu duvide que a denúncia é verdadeira. Mas sempre fico meio na dúvida quando começam a aparecer mil denúncias anônimas, contendo prints de tela que são facilmente manipuláveis.

« Última modificação: 28 de Junho de 2018, 15:51:05 por felipemendes »
Felipe


Joabe Juliano

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 805
  • Sexo: Masculino
  • A sua fotografia é um testemunho da sua existência
Resposta #41 Online: 28 de Junho de 2018, 15:52:26
Acho que o negócio é contrato sempre, alguém acompanhando sempre, e o maior cuidado possível.

Hoje qualquer bobeira disparada e compartilhada em uma rede social chega ao conhecimento de muitos em questão de minutos. E as pessoas não estão nem aí para para e pensar, analisar as informações, pensar os 2 lados da moeda. Não! Rapidinho seu nome está na lama.
INSTA: @jotabe_melo (Joabe Melo)


Joabe Juliano

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 805
  • Sexo: Masculino
  • A sua fotografia é um testemunho da sua existência
Resposta #42 Online: 28 de Junho de 2018, 15:55:22
Eu particularmente não acredito piamente em tudo o que é postado e divulgado em redes sociais, Internet, televisão. Paro, analiso, ainda mais com tantas "fake news" e matérias tendenciosas. Mas nem todo mundo pensa assim! Então todo cuidado é pouco.
INSTA: @jotabe_melo (Joabe Melo)


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.752
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #43 Online: 28 de Junho de 2018, 16:07:57
Não que eu duvide que a denúncia é verdadeira. Mas sempre fico meio na dúvida quando começam a aparecer mil denúncias anônimas, contendo prints de tela que são facilmente manipuláveis.

Acho que nesse caso, com o próprio fotógrafo assumindo pelo menos parte da culpa, encerrando o negócio de fotografia e saindo das redes sociais, não tem muito o que duvidar... Talvez nem todas as denúncias sejam verdadeiras, mas com certeza boa parte é.


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.439
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #44 Online: 28 de Junho de 2018, 18:12:50
Acho que nesse caso, com o próprio fotógrafo assumindo pelo menos parte da culpa, encerrando o negócio de fotografia e saindo das redes sociais, não tem muito o que duvidar... Talvez nem todas as denúncias sejam verdadeiras, mas com certeza boa parte é.
Se houver uma única denúncia verdadeira, é caso pra condenação.

Mas eu, sendo denunciado (seria injustamente, porque não faria uma coisa assim), imediatamente sairia de qualquer rede social, pra evitar me expor ou expor minha família. Caso contrário, até explicar minha inocência, teria sido muito difamado.

Voltando ao caso, minha opinião é que excesso de denúncias falsas pode vir a atrapalhar investigação das denúncias verdadeiras.

Sent from my Pixel 2 XL using Tapatalk

Felipe