Autor Tópico: Destruição do Museu Nacional, no Rio de Janeiro (RJ)  (Lida 1134 vezes)

Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.761
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #30 Online: 04 de Setembro de 2018, 15:48:17
pq a administração é inteira do Psol...?

Não nutro a menor simpatia pelo PSOL, ou qualquer outro partido, mas acho leviano colocar a conta apenas na mão dos atuais administradores. Da mesma forma como acho absurdo colocar a culpa apenas na mão do atual presidente pela redução do repasse de verbas. A verdade é que nunca na história desse país se valorizou os museus.

O MNRJ, assim como todos os outros museus de ciência do Brasil, vem mal das pernas já tem duas décadas ou até mais. A primeira vez que visitei a coleção foi em 2001 e o prédio jé era todo deteriorado. A culpa não é de um só, a culpa é de todos, sempre e desde o começo. Experimentem ver as instalações do Museu de Zoologia da USP pra ver como é precário. Ou as instalações do Museu do Ipiranga (ah, esse não dá, tá fechado). As instalação do Instituto Butantan eram terríveis antes do incêndio, continuam péssimas mesmo depois do incêndio.

Esses são os que eu conheço pessoalmente. Mas o Museu Paraense Emílio Goeldi, um dos maiores do mundo, tá em péssima situação também. Assim como o Museu de História Natural de Taubaté, historicamente um dos mais importantes do estado. E fora todos os outros que eu nem conheço...
« Última modificação: 04 de Setembro de 2018, 15:56:23 por Humberto Yoji »


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.249
  • Sexo: Masculino
Resposta #31 Online: 04 de Setembro de 2018, 16:34:51
Não nutro a menor simpatia pelo PSOL, ou qualquer outro partido, mas acho leviano colocar a conta apenas na mão dos atuais administradores. Da mesma forma como acho absurdo colocar a culpa apenas na mão do atual presidente pela redução do repasse de verbas. A verdade é que nunca na história desse país se valorizou os museus.

O MNRJ, assim como todos os outros museus de ciência do Brasil, vem mal das pernas já tem duas décadas ou até mais. A primeira vez que visitei a coleção foi em 2001 e o prédio jé era todo deteriorado. A culpa não é de um só, a culpa é de todos, sempre e desde o começo. Experimentem ver as instalações do Museu de Zoologia da USP pra ver como é precário. Ou as instalações do Museu do Ipiranga (ah, esse não dá, tá fechado). As instalação do Instituto Butantan eram terríveis antes do incêndio, continuam péssimas mesmo depois do incêndio.

Esses são os que eu conheço pessoalmente. Mas o Museu Paraense Emílio Goeldi, um dos maiores do mundo, tá em péssima situação também. Assim como o Museu de História Natural de Taubaté, historicamente um dos mais importantes do estado. E fora todos os outros que eu nem conheço...

a verdade é que se você empresta um carro e não cuida dele a culpa é sua sim...  :ok:

e no caso do museu:
a culpa é da atual administração por ter pego e não cuidar.
a culpa é da atual administração por não ter feito passeata e mutirão na globo pra chamar a atenção.
a culpa é da atual administração por ter recebido dinheiro e não ter utilizado no lugar certo.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.318
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #32 Online: 04 de Setembro de 2018, 17:41:48
Algumas perguntas, talvez idiotas:

- Pagava-se ingresso para entrar?
- Se sim, qual o valor?
- Se não, por que um museu precisa ser de graça?

O Humberto tem muito mais experiência que eu e talvez muitos outros colegas mas a maioria dos museus do Mundo só não se paga valor de entrada para estudantes que vem em excursão de escola, por exemplo.

Falta verba e mais cuidado do setor público, falta sim! Mas nosso sistema burocrático e a própria admnistração do museu poderia muito bem obter mais verba cobrando ingressos acessíveis (por ex.: 10 a 20 reais) de cada pessoa que vai no museu. Criar planos de acesso ilimitado durante um ano (por ex.: anual pass de 150 reais por família com visitas ilimitadas). Também poderiam incentivar eventos para angariar doações ou mesmo ter lojinhas temáticas como tem em todos os museus e parques aqui nos EUA em outros lugares do mundo.

Mas outra vez, provavelmente qualquer uma dessas formas de se obter dinheiro seria encarado como exploração, blá blá blá......

Realmente foi uma perda lastimável. Sabe-se quantos % e o que conseguiu salva ou dá para recuperar/restaurar?
D610 + AF-S 50 1.8 G + Tamron 24-70 2.8 VC G2 + YN685 + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 2.142
  • Sexo: Masculino
  • Não é a câmera, é o fotógrafo...
Resposta #33 Online: 04 de Setembro de 2018, 17:46:59
Algumas perguntas, talvez idiotas:

- Pagava-se ingresso para entrar?
- Se sim, qual o valor?
- Se não, por que um museu precisa ser de graça?

O Humberto tem muito mais experiência que eu e talvez muitos outros colegas mas a maioria dos museus do Mundo só não se paga valor de entrada para estudantes que vem em excursão de escola, por exemplo.

Falta verba e mais cuidado do setor público, falta sim! Mas nosso sistema burocrático e a própria admnistração do museu poderia muito bem obter mais verba cobrando ingressos acessíveis (por ex.: 10 a 20 reais) de cada pessoa que vai no museu. Criar planos de acesso ilimitado durante um ano (por ex.: anual pass de 150 reais por família com visitas ilimitadas). Também poderiam incentivar eventos para angariar doações ou mesmo ter lojinhas temáticas como tem em todos os museus e parques aqui nos EUA em outros lugares do mundo.

Mas outra vez, provavelmente qualquer uma dessas formas de se obter dinheiro seria encarado como exploração, blá blá blá......

Realmente foi uma perda lastimável. Sabe-se quantos % e o que conseguiu salva ou dá para recuperar/restaurar?
Nesse caso era pago sim... não era caro, mas não era de graça... acho até que deveria ser cobrado um valor mais alto... estava R$8,00 se não me engano..


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.761
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #34 Online: 04 de Setembro de 2018, 18:25:08
a verdade é que se você empresta um carro e não cuida dele a culpa é sua sim...  :ok:

e no caso do museu:
a culpa é da atual administração por ter pego e não cuidar.
a culpa é da atual administração por não ter feito passeata e mutirão na globo pra chamar a atenção.
a culpa é da atual administração por ter recebido dinheiro e não ter utilizado no lugar certo.

Mas se você me empresta um carro totalmente capenga, com pneus carecas e motor prestes a fundir, a culpa será apenas minha se o carro estragar?

Não estou isentando a atual administração da responsabilidade. Pelo contrário, eles são culpados, são muito culpados, isso é óbvio. Mas não são os únicos culpados. Eles são tão culpados quanto todos os que vieram antes. Quantas administrações anteriores fizeram alguma coisa dessas que você listou? E são tão culpados quanto o governo federal, que sempre repassou uma mixaria de verba que nunca foi suficiente para a manutenção do prédio.

Podemos ficar procurando os responsáveis a cada vez que um museu pegar fogo e daí lavar as mãos, esperando a próxima tragédia. Ou a gente pode entender que a situação dos museus brasileiros é um problema sistêmico do país e tentar mudar isso. Não foi o primeiro e não vai ser o último. Enquanto não se mudar a percepção das pessoas sobre a importância dos museus, isso vai continuar a acontecer. E aí entra também a culpa da própria comunidade científica, que nunca conseguiu despertar o interesse da população sobre o assunto, mesmo depois de consecutivas tragédias do tipo.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.761
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #35 Online: 04 de Setembro de 2018, 18:29:15
Algumas perguntas, talvez idiotas:

- Pagava-se ingresso para entrar?
- Se sim, qual o valor?
- Se não, por que um museu precisa ser de graça?

O Humberto tem muito mais experiência que eu e talvez muitos outros colegas mas a maioria dos museus do Mundo só não se paga valor de entrada para estudantes que vem em excursão de escola, por exemplo.

Falta verba e mais cuidado do setor público, falta sim! Mas nosso sistema burocrático e a própria admnistração do museu poderia muito bem obter mais verba cobrando ingressos acessíveis (por ex.: 10 a 20 reais) de cada pessoa que vai no museu. Criar planos de acesso ilimitado durante um ano (por ex.: anual pass de 150 reais por família com visitas ilimitadas). Também poderiam incentivar eventos para angariar doações ou mesmo ter lojinhas temáticas como tem em todos os museus e parques aqui nos EUA em outros lugares do mundo.

Mas outra vez, provavelmente qualquer uma dessas formas de se obter dinheiro seria encarado como exploração, blá blá blá......

Thales, tudo isso que você propõe já era feito. Ou tentava-se fazer. Cobravam-se ingressos, tinham exposições temáticas temporários, tinha lojinha, tinham doadores. O problema é que realmente não há um grande interesse da população em geral (novamente, a comunidade científica tem boa parte de culpa nisso), então tudo isso era apenas uma parcela ínfima do orçamento total. Nenhuma empresa do setor privado se interessa em financiar parte de exposições.


Sabe-se quantos % e o que conseguiu salva ou dá para recuperar/restaurar?

O prédio é possível restaurar. Mas o prédio era a parte menos importante do museu. O que estava dentro salvou-se quase nada. Da parte de exposição aberta ao público acho que salvaram-se só os meteoritos.

Da parte mais importante, que eram as coleções, o acervo, perdeu-se praticamente tudo que estava no prédio principal. Tiveram algumas pouquíssimas coisas que os pesquisadores conseguiram salvar de dentro do fogo, mas é quase nada. Essa parte de coleção e acervo não tem restauração, não tem reposição, são peças únicas.

Algumas coleções ficavam em outro prédio, que não foi afetado. Mas é bem pouca coisa mesmo, perto do que havia no prédio principal.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.107
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #36 Online: 05 de Setembro de 2018, 03:10:59
a verdade é que se você empresta um carro e não cuida dele a culpa é sua sim...  :ok:

e no caso do museu:
a culpa é da atual administração por ter pego e não cuidar.
a culpa é da atual administração por não ter feito passeata e mutirão na globo pra chamar a atenção.
a culpa é da atual administração por ter recebido dinheiro e não ter utilizado no lugar certo.

Nao tem como ficar usando a situacao para ficar falando mal de partidos e politicos que nao gostamos. Isso so evidencia a falta de verdadeiro interesse dos brasileiros pelo caso e situacao dos museus.

A culpa eh de todos inclusive das administracoes anteriores que passaram o museu no estado como estava para a administracao atual. Partidos e politicos de oposicao tem a funcao e obrigacao de fiscalizar, de chamar a atencao para o problema, de nao ter passado verbas e demandado que seja utilizado no lugar certo. E a culpa eh da populacao, principalmente elite que seria supostamente instruida, por nao fazer tais exigencias de seus representante politicos.

A verdade eh brasileiro em Geral nao esta nem ai para museu queimando, caso contrario esse nao teria queimando apos tantos outros no decorrer dos anos que se pasaram ate hoje. Museu nao da votos para politicos e particos, entao ninguem se importa.

Apois algumas semanas todos esquecem, como esqueceram os outros museis e instituicoes que queimara, para dar lugar a um novo caso que possam usar como mera richa populista ideologica/politica.

Museu queimando nao passa de apenas manchete para as pessoas ficarem fingindo que se importam, discutindo tais manchetes na mesa de jantar, e esquecer depois.
« Última modificação: 05 de Setembro de 2018, 03:22:33 por C R O I X »
http://www.marciofaustino.com/
https://www.instagram.com/marcio_faustino_photographer/

Regras sao para reproducao, e para criadores que nao ouvem ou confiam em sua voz interna [ainda]. Uma foto sincera eh a que tem sua propria voz e ritmo.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.107
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #37 Online: 05 de Setembro de 2018, 03:27:23
Algumas perguntas, talvez idiotas:

- Pagava-se ingresso para entrar?
- Se sim, qual o valor?
- Se não, por que um museu precisa ser de graça?

O Humberto tem muito mais experiência que eu e talvez muitos outros colegas mas a maioria dos museus do Mundo só não se paga valor de entrada para estudantes que vem em excursão de escola, por exemplo.

Falta verba e mais cuidado do setor público, falta sim! Mas nosso sistema burocrático e a própria admnistração do museu poderia muito bem obter mais verba cobrando ingressos acessíveis (por ex.: 10 a 20 reais) de cada pessoa que vai no museu. Criar planos de acesso ilimitado durante um ano (por ex.: anual pass de 150 reais por família com visitas ilimitadas). Também poderiam incentivar eventos para angariar doações ou mesmo ter lojinhas temáticas como tem em todos os museus e parques aqui nos EUA em outros lugares do mundo.

Mas outra vez, provavelmente qualquer uma dessas formas de se obter dinheiro seria encarado como exploração, blá blá blá......

Realmente foi uma perda lastimável. Sabe-se quantos % e o que conseguiu salva ou dá para recuperar/restaurar?

Museu nenhum se sustenta com precos de ingresso, a nao ser mini museus com meia duzia de pecas que nao demanda muito cuitado e manutencao, e que nao tem pesquisas e aquisicao de novas obras.

Todos os museus precisam de pesadas verbas governamentais para se manterem. Precos de ingressos ajudam, principalmente em museus muito movimentados, mas nao sustentam um museu, muito menos em um museu pouco movimentado.

Cobrar igresso acaba ainda limitando mais pessoas de visitarem museus.
« Última modificação: 05 de Setembro de 2018, 03:30:39 por C R O I X »
http://www.marciofaustino.com/
https://www.instagram.com/marcio_faustino_photographer/

Regras sao para reproducao, e para criadores que nao ouvem ou confiam em sua voz interna [ainda]. Uma foto sincera eh a que tem sua propria voz e ritmo.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.249
  • Sexo: Masculino
Resposta #38 Online: 05 de Setembro de 2018, 07:56:31
Mas se você me empresta um carro totalmente capenga, com pneus carecas e motor prestes a fundir, a culpa será apenas minha se o carro estragar?


se você ficar quieto e não fazer um alarde (como o Psol sabe muito bem fazer) sim... a culpa recairá sobre você.

a mesma coisa ocorre com ferramenta de trabalho... o que acontece com uma lente que você aluga e não fala que ela está com um trinco na ótica e depois quando vai devolver a locação o funcionário da loja detecta que ela está com trinco na ótica?

o que quero dizer é que o Psol sabe muito bem fazer alarde... eles são especialistas nisso... se não o fizeram tinham motivos ideológicos para não o fazer.

eu li uma notícia interessante no BBC ontem... um arqueólogo Egípcio disse, se vocês (Brasil) não sabem cuidar dos nossos tesouros, que o devolvam... muito bem dito isso... se o Brasil não sabe cuidar da história que devolva ela e fique apenas com a sua.

Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.249
  • Sexo: Masculino
Resposta #39 Online: 05 de Setembro de 2018, 07:57:19
Museu nenhum se sustenta com precos de ingresso, a nao ser mini museus com meia duzia de pecas que nao demanda muito cuitado e manutencao, e que nao tem pesquisas e aquisicao de novas obras.

Todos os museus precisam de pesadas verbas governamentais para se manterem. Precos de ingressos ajudam, principalmente em museus muito movimentados, mas nao sustentam um museu, muito menos em um museu pouco movimentado.

Cobrar igresso acaba ainda limitando mais pessoas de visitarem museus.

exatamente... (putz concordei com o Croix de novo)...

Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.249
  • Sexo: Masculino
Resposta #40 Online: 05 de Setembro de 2018, 07:58:50
Nao tem como ficar usando a situacao para ficar falando mal de partidos e politicos que nao gostamos. Isso so evidencia a falta de verdadeiro interesse dos brasileiros pelo caso e situacao dos museus.

A culpa eh de todos inclusive das administracoes anteriores que passaram o museu no estado como estava para a administracao atual. Partidos e politicos de oposicao tem a funcao e obrigacao de fiscalizar, de chamar a atencao para o problema, de nao ter passado verbas e demandado que seja utilizado no lugar certo. E a culpa eh da populacao, principalmente elite que seria supostamente instruida, por nao fazer tais exigencias de seus representante politicos.

A verdade eh brasileiro em Geral nao esta nem ai para museu queimando, caso contrario esse nao teria queimando apos tantos outros no decorrer dos anos que se pasaram ate hoje. Museu nao da votos para politicos e particos, entao ninguem se importa.

Apois algumas semanas todos esquecem, como esqueceram os outros museis e instituicoes que queimara, para dar lugar a um novo caso que possam usar como mera richa populista ideologica/politica.

Museu queimando nao passa de apenas manchete para as pessoas ficarem fingindo que se importam, discutindo tais manchetes na mesa de jantar, e esquecer depois.

Sim... concordo com você, só estou dizendo que o Psol é especialista em fazer alarde... eles poderiam muito bem ter muvucado uma campanha para recuperação do museu... ter chamado a atenção para os problemas.

E ao que parece a verba não ia integral mas ia... agora resta saber se teve uso correto ou não.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.249
  • Sexo: Masculino
Resposta #41 Online: 05 de Setembro de 2018, 07:59:40
Resta saber também se todas as obras estavam no Museu quando ele pegou fogo...  :ponder:
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.761
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #42 Online: 05 de Setembro de 2018, 09:05:45
se você ficar quieto e não fazer um alarde (como o Psol sabe muito bem fazer) sim... a culpa recairá sobre você.

Não tô a fim de transformar esse tópico em discussão política. Obviamente o caso tem muito a ver com política, mas nada a ver com partidos. Mas só reforçando mais uma vez, e pela última vez. Não estou eximindo ninguém da culpa. Muito pelo contrário, eles têm muita culpa sim, têm culpa pra caralho. Mas obviamente não são os únicos culpados, é isso que precisamos abrir os olhos e entender. Senão ficaremos sempre na operação tapa-buraco e o problema real nunca vai ser resolvido.


Queria aproveitar a comoção e fazer um apelo. Quem participa de um tópico desses num fórum de fotografia é porque tem algum apreço pelos museus em geral. Dos planos de governo pra presidente, apenas 2 mencionam museus. Se vocês se importam com os museus, leiam as propostas do seu candidato. Caso ele não mencione museus, não custa nada enviar um pedido para a assessoria do partido para que incluam essa pauta no programa. Num momento como esse, que todos estão prestando atenção no assunto, os candidatos seriam tolos de não atender um pedido desses.

 :ok:


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.249
  • Sexo: Masculino
Resposta #43 Online: 05 de Setembro de 2018, 09:40:47
 :ok:
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.107
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #44 Online: 05 de Setembro de 2018, 10:54:30
...


Queria aproveitar a comoção e fazer um apelo. Quem participa de um tópico desses num fórum de fotografia é porque tem algum apreço pelos museus em geral. Dos planos de governo pra presidente, apenas 2 mencionam museus. Se vocês se importam com os museus, leiam as propostas do seu candidato. Caso ele não mencione museus, não custa nada enviar um pedido para a assessoria do partido para que incluam essa pauta no programa. Num momento como esse, que todos estão prestando atenção no assunto, os candidatos seriam tolos de não atender um pedido desses.

 :ok:

Cuidado... Nao eh qualquer pauta citando museu que deve ser apoiado.

Governos anteriores investiram bilhoes em pautas envolvendo museus, o que se referiam na construcao de novos museus, como o Museu do Amanha no Rio e o Museu de Arquiologia e Etnoligia da USP. Fortunas investidas para construir novos museus envolvem corte de custos ecorted na prioridades da manutencao dos museus que ja existem.

Construir novos predios caros serve como propaganda politica partidaria em que a populacao pode conferir na paisagem, associar a politico e partido, sem mesmo preciar visitar. Alem de poder fazer uma grana extra de maneira mais facil supervalorizando as obras e roubando o excendente orcamental.
« Última modificação: 05 de Setembro de 2018, 11:00:24 por C R O I X »
http://www.marciofaustino.com/
https://www.instagram.com/marcio_faustino_photographer/

Regras sao para reproducao, e para criadores que nao ouvem ou confiam em sua voz interna [ainda]. Uma foto sincera eh a que tem sua propria voz e ritmo.