Autor Tópico: Saga em busca da câmera analógica  (Lida 4980 vezes)

Marcelo Sakamoto

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 68
  • Sexo: Masculino
Resposta #15 Online: 06 de Outubro de 2018, 19:00:10

Oi Marcelo,

Todas as OM exceto as OM-1 usam pilha de 1.5V alcalina (LR44) ou 1.55V de oxido de prata (SR44) ou 3V (2L76 de lítio) e não são sensíveis ao problema de tensão das pilhas como no caso da OM-1 que usa especificamente a de 1.35V de mercúrio.

A OM2 tem um dos sistemas mais precisos de fotometria jamais implementados em qualquer outra câmera exceto a OM-4. Elas medem a luz que incidiu sobre o filme, durante o tempo de exposição. Nenhuma Nikon, Minolta ou Canon chega nem perto na precisão. Bati centenas de rolos de Velvia 50, Provia 100 e Kodachromes que são filmes complicadissimos com erros de exposição e acho que em 99% das vezes a exposição veio perfeita.

A OM2 tem o sensor de luz virado para tras, para medir a luz que bateu no filme. Mas com a cortina fechada essa referencia é feita por um padrão quadriculado aplicado sobre a face exterior da cortina. Antes de ocorrer a obturação, a medida que aparece no visor depende desse padrão quadriculado, que simula a reflexividade media de uma pelicula de filme. O valor está lá para referencia apenas. A medida real acontece durante a exposição apenas. Se esse padrão estiver sujo ou danificado, a medida prévia será errada, mas a verdadeira será correta, assumindo que a câmera esteja boa.

Acontece muitas vezes de algum curioso ter tentado "consertar" a câmera e ter montado o conjunto superior onde tem o ISO do file e a compensação de forma errada, ai realmente dá erro.

No meu blog tenho um documento da Olympus sobre isso, aqui segue o link para download:

https://drive.google.com/open?id=0BwKtsUYNtfdZSXNLMXdUSzJjU3c

O artigo é sobre a OM-4 mas se aplica a OM-2 e a OM-3, veja a página 4
Nossa, muito obrigado pela "luz"!!!!

Minha preocupação era a diferença que obtida com a fotometria obtida com esse "padrão" da cortina.

Usei outras cameras e até fotometro de mão, e os valores não "batiam", e não sabia a causa.

Mas as fotos feitas com negativo ficavam boas.

Imaginei que houvesse um erro de medida, mas que estivesse dentro da tolerância do negativo.

Tinha tanta certeza disso, que nunca quis usar cromo com ela.

Mas de fato, nunca pensei fazer essas medições com a camera carregada com filme e que o padrão fosse apenas um referencia e que não refletisse a mensuração real do fotometro.

Acho que vou tirar a OM-2 da aposentadoria.





Enviado de meu SM-N950F usando o Tapatalk



Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.331
  • Sexo: Masculino
Resposta #16 Online: 06 de Outubro de 2018, 19:05:32
Será que o curso não estabeleceu algumas "condições" para a camera,  Lindsay?

As lentes do sistema EOS não possuem um controle de abertura manual na lente (o que, é claro, não é um grande problema).

Mas só a linha profissional possui as escalas de profundidade de campo e um anel de foco manual "amigável". E talvez sejam conceitos que o curso queira demonstrar.

E, por ser um sistema ainda "vivo", as lentes talvez tenham um preço bem superior.

Enviado de meu SM-N950F usando o Tapatalk
Pode ser, mas acho besteira, vai fotografar no manual e pronto, vc ajusta as coisas. As fixas mais simples são baratas.

Já no caso da Nikon, tem objetivas antigas com escalas do mesmo jeito.

PS.:
Lembrando que em uma câmera Canon serve qualquer lente de antiga qualquer outra marca com um simples adaptador (só não as FD mesmo)...
« Última modificação: 06 de Outubro de 2018, 19:08:30 por Lindsay »
Fotografando com a memória


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.304
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #17 Online: 06 de Outubro de 2018, 20:18:28
A durabilidade eletrônica é válida para as outras cameras FDs da Canon da mesma "linha" ( A-1, AV-1 e AE-1)?

Ou a AT-1 possuia alguma particularidade que a tornava mais resistente?

A camera que era mecânica e usava a baineta FD era a FTb, não é isso?
A F-1 também, mas já é bem maior e talvez fuja um pouco do propósito.

Enviado de meu SM-N950F usando o Tapatalk


Toda a série A da Canon é muito confiável e é questão mais de preferência pessoal. A minha é pela AT1 porque é a mais simples e sem automatismos, com os controles absolutamente intuitivos.

A AE1 é igual a a AT1 mas tem alem do modo manual, prioridade de velocidade, e ela mostra no visor a velocidade escolhida.  A AV1 é análoga, mas com prioridade de abertura.

A A1 tem todos os modos e um display lcd na parte de baixo do visor como nas EOS.

A AE1 tem uma escala no visor mostrando a abertura calculada.
A AV1 analogamente tem uma escala de velocidades.

Então supondo que voce tem uma AT1 quer usar modo manual:
Ajusta a velocidade e vai mudando a abertura até que a agulha no visor bata com a mesma velocidade escolhida.
Eu acho isso horrivel haha...

Na AT1 simplesmente é uma agulha que vc tem que por dentro de um cursor circular e dá para ajustar com precisão de 1/3 de ponto.


 
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


Kaliandra

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 4
Resposta #18 Online: 07 de Outubro de 2018, 12:49:53
Gente, muito obrigada pelas respostas. Pesquisei todos os modelos citados no tópico, há uma grande variação de preços, então ainda estou me decidindo.

Qual a dificuldade que sentiu com o fotômetro da Pentax?

Se a idéia é camera COMPLETAMENTE manual, com lente 50mm, há muitos modelos legais.

A Canon AE-1, a principio, poderia ser usada em modo completamente mecanico, mas trabalha principalmente em modo de prioridade de abertura.

A camera dessa mesma linha, com mais recursos seria a Canon A-1 (um outro modelo a ser considerado) e a F1. Todas possuem o mesmo encaixe de lente.

A AE-1 e a A-1 são eletrônica. A F-1 é completamente mecânica.

Enviado de meu SM-N950F usando o Tapatalk



Marcelo, o fotômetro da Pentax é muito difícil de enxergar. Eu soube que essa é uma das primeiras câmeras a usar um sistema eletrônico dentro do visor, por isso é um pouco precário.

Tirei as imagens a seguir do manual:



É muito difícil perceber esses números... Bem, com certo esforço até dá pra ver. Mas o foda é que não dá pra regular a velocidade na parte externa da câmera. É tudo interno, com esses dois botões aqui, para cima e para baixo, para regular:



Então pense na minha dificuldade em enxergar os números unido ao fato de que tenho que estar sempre olhando dentro do visor para regular velocidade. Eu entendo que essa câmera deve ter feito isso pensando exatamente numa situação em que o fotógrafo não quer tirar o olho de seu alvo, mas pra quem está aprendendo isso é horrível!!  :no:

Sobre o fotômetro, é assim:



No lado esquerdo permanece a velocidade, enquanto que no lado direito um número oscilará em torno do zero, de acordo com superexposição ou subexposição. O seu objetivo é chegar no zero. Descrevendo assim parece simples (e de fato deve ser, pra quem está acostumado), mas pra mim, ter que lidar com todos esses números do visor deixa tudo muito confuso. O fotômetro da AE-1 por exemplo eu achei super bacana porque dentro do visor tem números fixos (diafragma) e uma luz vermelha (indicando subexposição). Nos números, oscila uma agulha que vai indicar a abertura que a câmera tá sugerindo:





Eu achei esse esquema muito mais didático e muito mais fácil de enxergar, fora que não preciso ficar lutando para enxergar a velocidade, pois ela se encontra na rodelinha externa na câmera.

Será que o curso não estabeleceu algumas "condições" para a camera,  Lindsay?

Não estabeleceu regras específicas mas o professor é bastante sincero rs. Ele meio que abomina câmeras com corpo de plástico por exemplo e já criticou vários modelos que os alunos adquiriram. Como ele é infinitamente mais experiente, a gente segue os conselhos dele. No fim, todo mundo quer uma câmera bacana, profissional ou semi, que tenha durabilidade e que seja boa em linhas gerais. Todo ano entram novos alunos então acaba que alguns modelos circulam entre veteranos e calouros, caso alguém acabe por não curtir o assunto e decidir passar sua câmera pra frente.

Bem, agradeço muito todas as respostas, ajudou demais! Estou pesquisando todos os modelos no Mercado Livre e separando alguns, quando tiver feito minha lista de finalistas eu posto aqui pra vocês verem!!  :wub:


bjorn

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 653
  • Sexo: Masculino
Resposta #19 Online: 07 de Outubro de 2018, 16:36:51

Alo Kaliandra  ...

Cameras manuais é comigo mesmo ...
Até as minhas analogicas ( nikon  Df e D7000) trabalham no modo manual ...
Meu cerebro já muito velho , bastante defasado e cansado nao se dá muito bem com o automatismo das digitais  ... (  :hysterical: )

Eu te recomendo , e se voce vier realmente a curtir cameras manuais , estas DIFICILMENTE te deixarão na mão...

Pentax      K 1000
Nikon        Fm , Fm2 , F2
Olympus  Om1
Praktika   Mtl 3 , Mtl 5

Qualquer uma dessas te servirá bem . São todas , instrumentos de alta precisão , verdadeiras JOIAS mecanicas . Dentre as que te sugeri , tem a joia da coroa , a nikon F2 e a Fm2 . A Om1 é excepcional , a K1000 foi feita para NÃO quebrar , e as prakticas são cameras montadas na antiga Alemanha socialista , pode tacar no chão que não quebra .
Evidentemente ,  o estado geral dos antigos proprietários vai contar muito .

Espero ter ajudado .
A P O S E N T A D O ... fotografia agora SÓ por puro prazer ... !


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.980
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #20 Online: 09 de Outubro de 2018, 07:53:06
...Meu passatempo é conserto e recuperação de câmeras antigas, devo ter tido mais de 100 câmeras dos tipos mencionados e outras. Tem umas excelentes mas a maioria das eletrônicas são muito pouco confiaveis devido a idade e geralmente não tem conserto.

Quanto vc cobra para limpar a lenta da minha Yashicamat TLR?


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.980
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #21 Online: 09 de Outubro de 2018, 07:56:34
Alo Kaliandra  ...

Cameras manuais é comigo mesmo ...
Até as minhas analogicas ( nikon  Df e D7000) trabalham no modo manual ...
Meu cerebro já muito velho , bastante defasado e cansado nao se dá muito bem com o automatismo das digitais  ... (  :hysterical: )

Eu te recomendo , e se voce vier realmente a curtir cameras manuais , estas DIFICILMENTE te deixarão na mão...

Pentax      K 1000
Nikon        Fm , Fm2 , F2
Olympus  Om1
Praktika   Mtl 3 , Mtl 5

Qualquer uma dessas te servirá bem . São todas , instrumentos de alta precisão , verdadeiras JOIAS mecanicas . Dentre as que te sugeri , tem a joia da coroa , a nikon F2 e a Fm2 . A Om1 é excepcional , a K1000 foi feita para NÃO quebrar , e as prakticas são cameras montadas na antiga Alemanha socialista , pode tacar no chão que não quebra .
Evidentemente ,  o estado geral dos antigos proprietários vai contar muito .

Espero ter ajudado .

Nao citar a Nikon F3 eh pecado grave...

Nikon F3 HD tem o melhor viewfinder ever.


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.304
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #22 Online: 09 de Outubro de 2018, 09:36:30
Nao citar a Nikon F3 eh pecado grave...

Nikon F3 HD tem o melhor viewfinder ever.

Isso porque você não viu o da OM-4...
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.304
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #23 Online: 09 de Outubro de 2018, 09:38:00
Quanto vc cobra para limpar a lenta da minha Yashicamat TLR?

Eu não mexo em câmeras de outras pessoas. Há sempre uma possibilidade de danificar ou ocorrer algum acidente.
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


Marcelo Sakamoto

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 68
  • Sexo: Masculino
Resposta #24 Online: 09 de Outubro de 2018, 11:46:28
Nao citar a Nikon F3 eh pecado grave...

Nikon F3 HD tem o melhor viewfinder ever.
Croix, acho que a F3 sai um pouco da faixa de preço que ela se propos a dispender com a camera.

Acho a F3 linda.

Acredito que o design diferenciado dela acabou transformando a camera em um item de colecionador.

Vi algumas a venda muito bonitas e bem conservadas, mas com um preço mais "puxado".

Enviado de meu SM-N950F usando o Tapatalk



Marcelo Sakamoto

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 68
  • Sexo: Masculino
Resposta #25 Online: 09 de Outubro de 2018, 11:52:28
Caramba...tinha quase certeza de ter lido que a F3 tinha o design da Porsche.

Mas me enganei. Era  RTS da Contax.

O da F3 foi do Giorgetto Giugiaro, mesmo cara do DeLorean do "De volta para o futuro".



Enviado de meu SM-N950F usando o Tapatalk



bjorn

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 653
  • Sexo: Masculino
Resposta #26 Online: 09 de Outubro de 2018, 14:14:32
Nao citar a Nikon F3 eh pecado grave...Nikon F3 HD tem o melhor viewfinder ever.

CONCORDO plenamente contigo , mas não citei por causa da faixa de preço que a colega informou . A f2 foi a camera mais iconica da nikon no quesito resistencia . A f3 foi a mais bela e funcional de todas . 
A P O S E N T A D O ... fotografia agora SÓ por puro prazer ... !


bjorn

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 653
  • Sexo: Masculino
Resposta #27 Online: 09 de Outubro de 2018, 14:16:24
Isso porque você não viu o da OM-4...

Sem duvida , ..... mas é cara demais e muito dificil de encontrar .
A P O S E N T A D O ... fotografia agora SÓ por puro prazer ... !


bjorn

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 653
  • Sexo: Masculino
Resposta #28 Online: 09 de Outubro de 2018, 14:21:14
Caramba...tinha quase certeza de ter lido que a F3 tinha o design da Porsche.
Mas me enganei. Era  RTS da Contax.O da F3 foi do Giorgetto Giugiaro.


Cameras de altissima qualidade e design inovador , mas custavam os olhos da cara .
Nunca vi uma no Brasil . La fora me emprestaram uma por uma tarde para testar . São excepcionais mas estavam muito fora da minha realidade naquela epoca .
A P O S E N T A D O ... fotografia agora SÓ por puro prazer ... !


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.980
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #29 Online: 09 de Outubro de 2018, 14:53:23
Ok.

Eu nao me atentei a questao da faixa de preco.