Autor Tópico: E o drama continua, se não é prostituição, posso chamar de concorrência desleal?  (Lida 2873 vezes)

Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.321
  • Sexo: Masculino
De fato, acredito que meu foco eh mais teorico e que pode nao seja preciso com a realidade. E eu nao vejo problema em sair do tema do topico para entrar em outro tema interessante e que nao eh totalmente alheio ao tema do topico. :(

Eu so eu queria entender como uma empresa que tem a fotografia super inserida na promocao de uma marca, por mais que essa marca seja de alto valor, nao vai se aproveitar do ecesso de oferta para barganhar o valor da compra. Acho que historicamente ha vemos isso. Fotografos que eram celebridades e pagos uma fortuna para fotografar uma marca, sendo mais famosos e importantes que modelos, a partir dos anos 80 e com a proliferacao de fotografos no mercado, tal valor e posicao despencou. Hoje em dias, marcas estao pegando fotografos amadores e modelos amadores no instagram, primeiro pq eles tem muitos seguidores o que agrega muito mais valor do que qualidade, e segundo pq sao muito mais baratos que fotografos e modelos profissionais. Estou falando aqui da marcas mais famosas e mais respeitadas do mundo da moda e demais industrias.

Mesmo assim, eu queria saber de como vc enxerga a questao para eu ver se aprendo e agrego algo que provavelmente eu nao sei ou que nao pensei em relacionar.
Suas respostas, essas que vc fez ai em cima, já respondem a sua pergunta... a empresa não vai barganhar preço com fotografo profissional porque ela não precisa mais do fotografo profissional. Porque o jeito de explorar as fotografias do evento mudou com as redes sociais. As próprias pessoas comums fazem isso nas redes sociais, elas fotografam e fazem circular as fotografias gratuitamente, sem a necessidade de um fotografo profissional para isso.
Fotografando com a memória


Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.792
  • Trader
Suas respostas, essas que vc fez ai em cima, já respondem a sua pergunta... a empresa não vai barganhar preço com fotografo profissional porque ela não precisa mais do fotografo profissional. Porque o jeito de explorar as fotografias do evento mudou com as redes sociais. As próprias pessoas comums fazem isso nas redes sociais, elas fotografam e fazem circular as fotografias gratuitamente, sem a necessidade de um fotografo profissional para isso.

Muito bem colocado... Concordo 100%


Sent from my Hasselblad using Tapatalk
O google não é tão confiável quanto eu mas, às vezes, linka os meus textos...


Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.792
  • Trader
Daqui há pouco indigentes farão eventos com tekpik...usadas... :doh: e cobrarão 50 conto e o público vai considerar muito nobre essa atitude dos noivos  :)

Não espalhem ainda a ideia, por favor  :ok:


Sent from my Hasselblad using Tapatalk
O google não é tão confiável quanto eu mas, às vezes, linka os meus textos...


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.991
  • Sexo: Masculino
Sobre a guerra de preços na fotografia social, o problema é o dinheiro. Sempre ele.

Consideremos cinco tipos (ou categorias) de fotógrafos:

E - Cobra 200,00 - Novatão, com maquina básica e lente do kit.
D - Cobra 700,00 - Semi-novato, já entende um pouco das coisas.
C - Cobra 1500,00 - Trampo honesto, nada de excepcional, mas faz bem o que se pede.
B - Cobra 2500,00 - Quase tão famosinho, quanto o A. A diferença é que menos promoters o indicam, rsrsrs.
A - Cobra 3500,00 O mais famoso e com melhor equipamento, técnica, etc.

Com a crise, os clientes do A, começaram a minguar. Então, ele baixa o preço para 3000,00. Com isso, o cliente do B, que sempre quis o A, começa a pensar: "Ah, pagar 2500 pro B, ou forçar um pouquinho e chegar nos 3000 pro A?" Aí, o cliente do B vai pro A. Com a choradeira, ele chega nos 2800 com o A. Além disso, os clientes habituais do A, que pagariam 3500,00, também vão se beneficiar do desconto e pagar 2800,00. Já começou aí, a deixar o cliente "mal-acostumado", rsrsrsrs...

Aí, o B ficou sem serviço. Ele então, baixa o preço, pra dois paus. Aí o cliente do C, com o mesmo raciocinio, pensa: "Ah, pagar 1500 pro C, ou forçar um pouquinho e chegar nos 2000 pro B?" Aí, chora, chora, 1900 e ainda ganha um pôster.  :hysterical:

Nessa altura, o C já baixou sua tabela. Mil contos. Aí ele rouba cliente do D, que ia pedir 700. Chora, fecha em 900,00.

O D, então, se ferra. Baixa pra quinhentão, e começa a barganhar com clientes do E. Só que o cliente do E, não tá preocupado com qualidade, nitidez, look fulfreime, bokeh, 3d, etc. Só quer um lambe-lambe na festa, pra ele incomodar dois dias depois, querendo foto pro feice...

Aí o D começa a pegar uns trampinhos de 500,00... 400,00... até 350,00 ele faz, dependendo da data...

E aí tem o E. O E tem aquele cliente que "não tá preocupado com qualidade, nitidez, look fulfreime, bokeh, 3d, etc. Só quer um lambe-lambe na festa, pra ele incomodar dois dias depois, querendo foto pro feice". Esse cliente paga 200,00 contos até que feliz.

E assim, concluímos que o E teria a melhor oportunidade, certo? ERRADO.

Cada árvore que você chacoalha, caem cinco ou seis "E". E com isso, eles vão brigando e engalfinhando nos preços, e com isso, temos os "E's" cobrando 100,00... 80,00.

E assim o mercado vai minguando.


Tem que se adaptar, senão dança.
« Última modificação: 20 de Novembro de 2018, 10:24:59 por Mike Castro »


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.496
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
A - Cobra 3500,00 O mais famoso e com melhor equipamento, técnica, etc.

Esse preços são simbólicos ou reais?

Pelo que se comenta, o A aqui da minha região esta cobrando 10k um casamento, e tem agenda cheia, mas... Além de ser um excelente fotógrafo com um trabalho realmente diferenciado, é um marqueteiro nato.


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.991
  • Sexo: Masculino
Esse preços são simbólicos ou reais?

Pelo que se comenta, o A aqui da minha região esta cobrando 10k um casamento, e tem agenda cheia, mas... Além de ser um excelente fotógrafo com um trabalho realmente diferenciado, é um marqueteiro nato.

Dellano, foi só um exemplo, uma simbologia!

Mas acredite, o de 10k com certeza, ou cobrava 11, ou agora tá cobrando 9,5 kkkkkkkkkkkkkk


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.243
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Concordo com o Mike mas quero trazer outro ponto pegando casamento como exemplo.

Qual outro profissional fornecedor de casamento baixa os preços assim?
Não vejo buffet, espaço de evento, bolo, casas de aluguel/vendas de roupas para noivos e até mesmo DJ nessa guerra de preço.

Tem cerimonialista cobrando, pela assessoria somente no dia, mais do que a maioria dos fotógrafos.
E é um trabalho que não tem o passivo do investimento em equipamentos caros.

Uma pessoa que tem 10 mil reais para fazer o casamento todo, eu entendo que precise do fotografo baratinho.
O problema é quando a pessoa que gasta 100 mil vai atras do fotografo baratinho para ter havaiana personalizada no casamento ou outro item menos crucial.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.413
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Suas respostas, essas que vc fez ai em cima, já respondem a sua pergunta... a empresa não vai barganhar preço com fotografo profissional porque ela não precisa mais do fotografo profissional. Porque o jeito de explorar as fotografias do evento mudou com as redes sociais. As próprias pessoas comums fazem isso nas redes sociais, elas fotografam e fazem circular as fotografias gratuitamente, sem a necessidade de um fotografo profissional para isso.
Exato. E so fazem isso pq se uma nao fizer outra fara, pq aquantidade de pessoas dispostas a oferecer isso isso eh enorme (gracas ao celular e internet acessivel a qualquer um). Se houvesse um numero limitado de pessoas que quisessem e pudessemfazer isso (por alguma barreira tecnica, tecnologica, conhecimento ou custo que reduziria a quantidade de oferta/competidores), certamente estariam cobrando.
« Última modificação: 20 de Novembro de 2018, 12:15:52 por C R O I X »


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.413
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Concordo com o Mike mas quero trazer outro ponto pegando casamento como exemplo.

Qual outro profissional fornecedor de casamento baixa os preços assim?
Não vejo buffet, espaço de evento, bolo, casas de aluguel/vendas de roupas para noivos e até mesmo DJ nessa guerra de preço.

Tem cerimonialista cobrando, pela assessoria somente no dia, mais do que a maioria dos fotógrafos.
E é um trabalho que não tem o passivo do investimento em equipamentos caros.

Uma pessoa que tem 10 mil reais para fazer o casamento todo, eu entendo que precise do fotografo baratinho.
O problema é quando a pessoa que gasta 100 mil vai atras do fotografo baratinho para ter havaiana personalizada no casamento ou outro item menos crucial.

Eu penso que a grande maioria das pessoas so contrata fotografo por tradicao mesmo. "Imagina que absurdo um casamento sem fotografo", eh quase um pecado quanto uma festa de aniversario sem bolo, ou uma noiva sem vestido de noiva. A diferenca eh que o bolo, o buffet, o vestido as pessoas estao vendo e apreciando ali na hora, e os convidados tambem vao ver e apreciar ali na hora, eh um prazer quase que imediatista. Ja o fotografo eh alguem que vai oferecer im servico que ninguem esta vendo na hora, eh apenas alguem fazendo fotos com a diferenca que a camera dele eh maior do que a dos convidados e assim passa mais respeito.  :D

Entao os fotografos podem falar da qualidade, da importancia da memoria do futura, da foto belamente encardenada, etc. Mas sejamos honestos, quem liga para qualidade? E oquanto diferente eh tal qualidade? Para o publico em geral o fotografo nao faz nada de muito especial, mas sim mais do mesmo (e na maioria das vezes o publico tem razao). O evento todo tera familiares e amigos fotografando de todos os angulos e todos os momentos, o que nao faltara serao fotos e videos.

Eu ja sou do tipo que nao gosto de ficar lamentando, reclamando da industria, do publico, etc. Pq nao encara logo os fatos e muda e estrategia de vez? O que vc pode oferecer que nenhum convidado, amigo e pouquissimos fotografos podem ou estao dispostos a fazer, que possa impresionar o publico?

Como talvez uma possivel alternativa...
Eu penso que a quantidade de fotos passou a ser irrelevante, fazer fotos de todos os angulos dos momentos especial passa a ser cada vez mais irrelevante, pq isso os convidades e familiares ja estao fazendo. Pq entao nao oferecer "o retrato"? Uma camera grande formato 8x10 ou 11x14, uma ou duas fotos nos pontos principais e momento principal do evento, altar, bolo, hall e convidados, por exemplo, impressao a contato e a quela foto que vc olha e te da a impressao de que a pessoa na foto esta viva, podendo falar e se mexer a qualquer momento. Voila, essa eh a foto que o fotografo talvez possavender como rel recordacao, que aspessoas realmente vejam valor. As fotos para o facebook, elas ja tem dos convidados e familiares (ou de algum assistente para fazer o papel do fotografo tradicional jornalistico que capitura o momento).

Eu lembrei sobre isso semanas atras, quando fui fotografar funcionarios em uma empresa, eu fotografei com minha camera medio formato, com minha luz trabalhada, com minha direcao de pose pontual, e para aqueles que eu mostrei as fotos acharam fenomenal, mas a empresa mesmo nao gostou. Eles disseram que queriam que fosse igual outros fotografos que fazem 100 fotos de cada funcionario para eles escolherem quais gostaram mais, eles queriam os funcionarios mais sorridentes. Eu pedi para ver as fotos e que fotografos passados aviam feitos, que eles gostaram e queriam que eu oferecesse, e o que eu vi foi aquelas poses e sorriso artificial e forcado, luz sem contraste, sem trabalho algum e poses como se estivessem em fazendo auto retrato nas ferias. Nao adianta eu chegar para esse publico e falar de qualidade. Eles nao querem saber de qualidade, eles apenas alguem que faca centenas de fotos de qualquer jeito para eles escolherem.

O fotografo tem que ir atras do seu publico. Semana passada fotografei uma familia. Mas ao falar do meu trabalho eu disse que faco fotos com filme, eh lento, eu escolho as fotos, eu nao peco para a pessoa ficar fazendo sorriso ou pose como se fossem atores encenando, etc. A familia me disse para eu fazer meu trabalho como eu quiser, desde que eles tenham as fotos tal como viram no meu site. Entreguei 7 fotos como eles pediram + duas fotos estras que eu gostei e dei de brinde, no valor de 245,00 tal como eh o meu preco. Eles nao queriam pagar 245,00 como combinado, eles queroam pagar 300,00 quando viram o resultado.

Eu nao pago as contas com fotografia entao nao sou exemplo para quem depende da fotografia para se sustentar. Mas apesar de cair em armadilhas de vez em quando, por distracao ou ganancia, e apesar de ter bem menos volume de trabalho de quem vive da fotografia, com frequencia, por me focar em trabalhar para quem aceita e quer meu resultado e condicoes, no lugar de ouvir cliente pedindo para baixar o preco, eu vejo eles oferecendo mais dinheiro do que eu cobro. E olha que eu ja cobro um pouco caro (penso eu).

Mas o que eu percebi eh que ser um fotografo metralheiro, que trabalha rapido, faz o que ta na moda e o que todo mundo quer, eh um mercado saurado em que as pessoas em geral nao ve valor.

Eu ainda estou tentando vender servico de retratos com fotografia pinhole, para quem quer algo mais artistico. E olha que onde eu moro raros sao os que veem fotografos com artistas. O publico alimao ve fotografo tal como um pintor de parede ou um encanador. Alguem que apenas manipula uma ferramenta, um technico. Entao eu estou remando contra a mare para achar peixes perdidos.


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.243
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
O que tem de Doceira com essa crise hoje não é brincadeira.
Mas as pessoas buscam as melhores porque se os doces forem ruim as pessoas saem falando mal.

Acho que o ponto é justamente esse, as pessoas só valorizam aquilo que as outras pessoas podem ver ou consumir.
Elas não vão passar "vergonha" com as fotos do fotografo ruim.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


andreluigo

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.054
  • Sexo: Masculino
  • Só sei que nada sei!
    • André Gomes Fotografias
Sofro bastante com essa questão de mercado e preços aqui na minha cidade também... Tanto que ultimamente desencanei de ganhar dinheiro com fotografia. Se rolar, rolou!

Sou funcionário público (PM) e fotografo apenas nas horas de folga. Desde que comecei a fazer trabalhos remunerados (há pouco mais de 3 anos), nunca cobrei barato mas também não cobrei caro.

De um lado, tem um monte de fotografo "meia-boca" e conhecido que tem pouquíssimo conhecimento técnico, mas com cenários, figurinos e blá-blá, que cobram valores pífios e racham de ganhar dinheiro. Fazendo coro com essa turma, todo dia surgem uns 10 que compram uma compacta (não é exagero) ou no máximo a DSLR mais básica com lente do kit, criam uma página no feicibuqui FULANO DE TAL PHOTOGRAPHER, com super promoções de ensaios a R$ 50,00. Pra completar esse drama, há alguns meses atrás surgiu um curso de fotografia gratuito num Instituto governamental, e aí já viu.
Por outro lado, tem uns 3 que estão em um nível acima de todos os outros e que cobram mais caro (mas também já baixaram os preços).

Aí analisando os clientes locais, a maioria quer apenas preços e não tá nem aí pra qualidade! Enquanto tem outros que não importa o preço e só quer o status de ter feito as fotos com o fotógrafo A, B ou C.

Nessa brincadeira eu que sempre fiquei no meio termo nunca consegui engatar pra valer no mercado, mesmo fotografando muito melhor que a maioria e tendo bem mais conhecimento técnico. Pego serviços muito raramente.
Nem mesmo com "promoções" que até se aproximam do absurdo que cobram a coisa flui.
Pra exemplificar, esse mês lancei uma promoção "Black November" para cobertura de aniversários infantis entregando todas as fotos em DVD e mais 5 impressas. Divulguei (tanto nos meus perfis quanto nos da minha esposa) em grupos de WhatsApp (loja de festas, notícias regionais), Facebook (grupos de venda, página, post pago) e Instagram... Adivinhem quantos contratos fechei? NENHUM...

Por essas e outras estou muito desanimado, ao ponto de não estar com um pingo de vontade fazer nem o ensaio de gestante da minha esposa que já está no 7º mês. Nem os freela que volta e meia estava fazendo em casamentos estou querendo mais.
Canon 80D || 5Dc
10-18 STM || Tamron 17-50mm 2.8 || 50mm 1.8 STM || 85mm 1.8 USM || 55-250 STM ||
Godox TT685c || X1T-c (Tx+Rx) || YN600EX RT II
Tripé Digipod TR672AN || Tripés de Iluminação (2x)
Sombrinha Difusora/Rebaterora || Octabox Godox 80cm


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.413
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
O que tem de Doceira com essa crise hoje não é brincadeira.
Mas as pessoas buscam as melhores porque se os doces forem ruim as pessoas saem falando mal.

Acho que o ponto é justamente esse, as pessoas só valorizam aquilo que as outras pessoas podem ver ou consumir.
Elas não vão passar "vergonha" com as fotos do fotografo ruim.
Para muitos o bom eh o familiar e o ruim eh o diferente (independente de ter qualidade ou nao, a qualidade para muitos esta no quanto popular e reconhecivel um resultado eh), e assim nao passam vergonha pq eh o resultado que atende tal publico.

Entre o ruim e o melhor existe a media, que seria aquele que nao faz nada unico ou especial, apenas nao erra ou se erra nao eh com tanta frequencia. E deles o mercado esta lotado nao so hoje mas desde sempre. Quando olho as fotos de casamento e eventos dos velhos da familia, vc nao ve nada de mais, eles pegavam o primeiro fotografo que achavam, nao havia muito o que escolher pq o resultado nao diferenciava tanto, e hoje tambem eh assim, com a diferenca que tem mais pessoas ruins. Ninguem sente vergonha com fotografo que esta na media e muito fotografo que cobra pouco ou mesmo faz de graca para quebrar galho, conseguem fazer um trabalho mediano.

E talvez o bom tal publico nao goste pq "eh diferente". Muita gente nao quer o diferente mas sim o mesmo que viu dos amigos, familia e vizinhos, ou na TV, independente da qualidade que seja para outros fotografos. Para tal publico esta bom.

E para concluir:

Aí analisando os clientes locais, a maioria quer apenas preços e não tá nem aí pra qualidade! Enquanto tem outros que não importa o preço e só quer o status de ter feito as fotos com o fotógrafo A, B ou C.
« Última modificação: 20 de Novembro de 2018, 18:19:02 por C R O I X »


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.321
  • Sexo: Masculino
Exato. E so fazem isso pq se uma nao fizer outra fara, pq aquantidade de pessoas dispostas a oferecer isso isso eh enorme (gracas ao celular e internet acessivel a qualquer um). Se houvesse um numero limitado de pessoas que quisessem e pudessemfazer isso (por alguma barreira tecnica, tecnologica, conhecimento ou custo que reduziria a quantidade de oferta/competidores), certamente estariam cobrando.
Muito bom, finalmente vc entendeu o que eu estou dizendo desde o primeiro post que fiz!!! Show!!!  :ok:
Fotografando com a memória


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.413
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Muito bom, finalmente vc entendeu o que eu estou dizendo desde o primeiro post que fiz!!! Show!!!  :ok:

Pois eh. Por isso eu nao entendi (e continuo nao entendendo) quando vc disse que o problema nao eh a competicao mas sim o empresario.



Mas continuando, eu ja percebi que nesses assuntos, todo fotografo diz que ele faz um trabalho bom e o problema sao outros fotografos que sao mediocres e cobram barato. Pelo menos quando eh entre brasileiros. Os meus conhecidos fotografos de casamentos e eventos na Irlanda costumam dizer diferente, que eles nao fazem nada de especial e diferente, que nao fazem nada acima da media mas nao nao cobram miserias. Os que consituam conseguindo clientes continuam trabalhando, e os que nao conseguem mais seguem a vida em outro rumo sem chorar, sem falar que o problema sao os outros fotografos, os barateiros, "os piores" ou mesmo os clientes. Eu vejo uma grande diferenca de maturidade nisso. Eh simplesmente como o mercado eh.
« Última modificação: 20 de Novembro de 2018, 20:24:29 por C R O I X »


andreluigo

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.054
  • Sexo: Masculino
  • Só sei que nada sei!
    • André Gomes Fotografias
Para muitos o bom eh o familiar e o ruim eh o diferente (independente de ter qualidade ou nao, a qualidade para muitos esta no quanto popular e reconhecivel um resultado eh), e assim nao passam vergonha pq eh o resultado que atende tal publico.

Entre o ruim e o melhor existe a media, que seria aquele que nao faz nada unico ou especial, apenas nao erra ou se erra nao eh com tanta frequencia. E deles o mercado esta lotado nao so hoje mas desde sempre. Quando olho as fotos de casamento e eventos dos velhos da familia, vc nao ve nada de mais, eles pegavam o primeiro fotografo que achavam, nao havia muito o que escolher pq o resultado nao diferenciava tanto, e hoje tambem eh assim, com a diferenca que tem mais pessoas ruins. Ninguem sente vergonha com fotografo que esta na media e muito fotografo que cobra pouco ou mesmo faz de graca para quebrar galho, conseguem fazer um trabalho mediano.

E talvez o bom tal publico nao goste pq "eh diferente". Muita gente nao quer o diferente mas sim o mesmo que viu dos amigos, familia e vizinhos, ou na TV, independente da qualidade que seja para outros fotografos. Para tal publico esta bom.

E para concluir:
Acho que vc tem sérios problemas de interpretação ou então tem prazer em se fazer de desentendido... Não tem UMA RESPOSTA SEQUER sua que vc não deturpa e distorce o que a pessoa tá querendo dizer! 🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️

Enviado de meu SM-G950F usando o Tapatalk

Canon 80D || 5Dc
10-18 STM || Tamron 17-50mm 2.8 || 50mm 1.8 STM || 85mm 1.8 USM || 55-250 STM ||
Godox TT685c || X1T-c (Tx+Rx) || YN600EX RT II
Tripé Digipod TR672AN || Tripés de Iluminação (2x)
Sombrinha Difusora/Rebaterora || Octabox Godox 80cm