Autor Tópico: O fim das cameras DSLR  (Lida 14936 vezes)

fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.477
  • Sexo: Masculino
Resposta #90 Online: 18 de Dezembro de 2018, 10:39:35
Só é especulação se partir dos meros mortais frequentadores de fóruns, "youtubers" e seus conhecimentos internáuticos. Se partir de um fotógrafo profissional, aí é análise técnica mercadológica! :D

 :clap: boa kkkkkkkk
D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.802
  • Sexo: Masculino
Resposta #91 Online: 18 de Dezembro de 2018, 11:42:40
Papo furado???  :eek:

Olha que se levar ao pé da letra o papo furado vai sofrer overload.

 :hysterical:


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.916
  • Trader
Resposta #92 Online: 18 de Dezembro de 2018, 12:40:00
não não... eu estou dizendo o tamanho físico mesmo... diga aí vc que paticipa de esporte... existe uma competição quanto ao tamanho do equipamento ou não? ninguém repara no tamanho das objetivas serie L da Canon?

Existe competição pelas fotos, não por equipamentos.

Vendemos fotos e não câmeras !!! (Vendedores de câmeras são Sites/Youtubers). É por isso, que o MirrorLess não acrescenta nada ao fotógrafo profissional.


Em esportes, todos tem equipamento parecido:
- Uma grande teleobjetiva a gosto e
- opcionalmente, uma câmera extra com 70-200mm



Sent from my Hasselblad using Tapatalk


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.916
  • Trader
Resposta #93 Online: 18 de Dezembro de 2018, 12:44:25
Só é especulação se partir dos meros mortais frequentadores de fóruns, "youtubers" e seus conhecimentos internáuticos. Se partir de um fotógrafo profissional, aí é análise técnica mercadológica! :D

Em qq profissão é assim

Desde Engenharia, Medicina, Advocacia e até Padeiro e Vendedor de Roupas

Um engenheiro experiente não consulta no YouTube, como se constrói aquele Edifício...

Um médico experiente não consulta no YouTube como fazer a cirurgia na semana que vem...

Nem um padeiro experiente consulta bo YouTube,  a receita do pão francês ali...



Se nosso filho chega, com o braço quebrado no Hospital e, o enfermeiro abre o YouTube para ver o que fazer, o que você pensa ?
:ponder:




Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 18 de Dezembro de 2018, 12:57:20 por Ernesto »


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.916
  • Trader
Resposta #94 Online: 18 de Dezembro de 2018, 13:11:18
Só é especulação se partir dos meros mortais frequentadores de fóruns, "youtubers" e seus conhecimentos internáuticos. Se partir de um fotógrafo profissional, aí é análise técnica mercadológica! :D

Isso vale desde uma faculdade de engenharia/medicina até um curso de padeiro e de vendas de roupas:

Se amador citar um Bresson, Ansel Adams, Douglas Duncan, Salgado, Karl Lagerfeld, etc... é uma coisa

Se o amador chegar contradizendo a matéria, citando um YouTuber, não vai dar certo...



Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 18 de Dezembro de 2018, 13:14:32 por Ernesto »


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.916
  • Trader
Resposta #95 Online: 18 de Dezembro de 2018, 13:18:27
"Papo Furado:
Aqui você pode falar sobre qualquer assunto, incluindo os não-relacionados à fotografia (desde que sejam respeitadas as regras do fórum)."

Num sei não, mais de 50% dos tópicos aqui é sobre equipamentos, ou seja estamos falando sobre fotografia.

Tbm não entendo trata preocupação em ficar movendo tópicos para papo furado... que é um cemitério de assuntos.

Quer mover, mova, mas fica aqui minha opinião...

o problema desse tópico é que ele é duplicado....


ultimamente sofremos com esse problema em várias salas



Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 18 de Dezembro de 2018, 13:18:51 por Ernesto »


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.477
  • Sexo: Masculino
Resposta #96 Online: 18 de Dezembro de 2018, 13:58:04
Existe competição pelas fotos, não por equipamentos.

Vendemos fotos e não câmeras !!! (Vendedores de câmeras são Sites/Youtubers). É por isso, que o MirrorLess não acrescenta nada ao fotógrafo profissional.


Em esportes, todos tem equipamento parecido:
- Uma grande teleobjetiva a gosto e
- opcionalmente, uma câmera extra com 70-200mm



Sent from my Hasselblad using Tapatalk

então chegar com uma P1000 num estádio ninguém olha com cara de deboche?
D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.916
  • Trader
Resposta #97 Online: 18 de Dezembro de 2018, 14:26:38
então chegar com uma P1000 num estádio ninguém olha com cara de deboche?

A P1000 é aquela de turismo que custa mais caro do que aquilo que muitos chamam de câmera profissional.

O equipamento esportivo é aquele que custa mais caro do que aquilo que muitos chamam de carro.

E o equipamento publicitário é aquele que custa mais caro do que aquilo que muitos chamam de casa.

Se cada um souber ficar no seu lugar, está valendo  :ok:  (ao contrário das obras de ficção, o deboche vem do rato para o leão e não de vice-versa)




Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 18 de Dezembro de 2018, 14:33:34 por Ernesto »


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.477
  • Sexo: Masculino
Resposta #98 Online: 18 de Dezembro de 2018, 15:04:57

Se cada um souber ficar no seu lugar, está valendo  :ok:  (ao contrário das obras de ficção, o deboche vem do rato para o leão e não de vice-versa)


essa foi boa...  :hysterical:
D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.916
  • Trader
Resposta #99 Online: 18 de Dezembro de 2018, 17:28:13
essa foi boa...  :hysterical:

Ajuda a responder....

vale assistir até o final (depois dos letreiros) :assobi:




Sent from my Hasselblad using Tapatalk


« Última modificação: 18 de Dezembro de 2018, 17:35:20 por Ernesto »


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.916
  • Trader
Resposta #100 Online: 18 de Dezembro de 2018, 17:34:08
essa foi boa...  :hysterical:

Essa propaganda tb responde a pergunta... 

Eu a vi na Alemanha, logo que foi lançada

Precisa saber de inglês ou da Janes Joplin  :)







Sent from my Hasselblad using Tapatalk


Elder Walker

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.518
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #101 Online: 18 de Dezembro de 2018, 17:40:36
Em qq profissão é assim

Desde Engenharia, Medicina, Advocacia e até Padeiro e Vendedor de Roupas

Um engenheiro experiente não consulta no YouTube, como se constrói aquele Edifício...

Se o amador chegar contradizendo a matéria, citando um YouTuber, não vai dar certo...

Não consegui entender a relação das suas respostas com meu comentário anterior.

Mas seguindo sua linha de raciocínio, um analista financeiro não poderia fazer uma previsão de que o streaming substituiria a forma como se consome conteúdos de entretenimento, investindo nela antes de sua enorme expansão, afinal, ele não é um profissional da área de criação de conteúdo nem de distribuição: o que é que ele entende? Aliás, não duvido que teve algum camarada dizendo que "o DVD e as locadoras de filme estão aí para ficar, jamais serão substituídos, eu sou profissional e sei do que estou falando, não caiam nas conversas destes internáuticos que não sabem o que dizem!".

Concordo que, atualmente, qualquer um fala o que quer, com ou sem fundamentos para tal. Mas o que impede de um entusiasta analisar o mercado, os dados de venda, o seu círculo de contatos e tentar imaginar como o mercado se comportará nos próximos anos ou décadas? Ele é proibido de emitir qualquer comentário que tenha tom de previsão? Só o profissional pode? Um piloto amador que leva seu carro fuçado para correr nos finais de semana não pode emitir opinião do futuro do automobilismo ou das tecnologias que poderão mudar nos carros de corrido apenas por não ser um piloto profissional, não guiar um fórmula 1?

Canon 5D + EF 17-40mm f/4 L + EF 50mm f/1.8 STM + EF 85mm f/1.8 USM + Yongnuo 565EX + YN-622C


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.916
  • Trader
Resposta #102 Online: 18 de Dezembro de 2018, 17:48:54
Não consegui entender a relação das suas respostas com meu comentário anterior.

Mas seguindo sua linha de raciocínio, um analista financeiro não poderia fazer uma previsão de que o streaming substituiria a forma como se consome conteúdos de entretenimento, investindo nela antes de sua enorme expansão, afinal, ele não é um profissional da área de criação de conteúdo nem de distribuição: o que é que ele entende? Aliás, não duvido que teve algum camarada dizendo que "o DVD e as locadoras de filme estão aí para ficar, jamais serão substituídos, eu sou profissional e sei do que estou falando, não caiam nas conversas destes internáuticos que não sabem o que dizem!".

Concordo que, atualmente, qualquer um fala o que quer, com ou sem fundamentos para tal. Mas o que impede de um entusiasta analisar o mercado, os dados de venda, o seu círculo de contatos e tentar imaginar como o mercado se comportará nos próximos anos ou décadas? Ele é proibido de emitir qualquer comentário que tenha tom de previsão? Só o profissional pode? Um piloto amador que leva seu carro fuçado para correr nos finais de semana não pode emitir opinião do futuro do automobilismo ou das tecnologias que poderão mudar nos carros de corrido apenas por não ser um piloto profissional, não guiar um fórmula 1?

Quanto aos números de mercado, o que mais se tem feito aqui e nos sites é ignorá-los em função de análises subjetivas e passionais

Por exemplo, eu sou o único no tópico original (que este clonou), a trazer dados de mercado  :ok: :ok: :ok: Em meio a inúmeros haters, flamers e flooders desde janeiro.

Tópico frequentemente atacado pela fúria passional de alguns que insistem na análise sem critérios, no puro achismo do papo furado (razao pela criação e origem deste tópico aqui, totalmente clonado mas especializado no achismo sem nenhum dado vindo do mundo real).




Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 18 de Dezembro de 2018, 18:05:20 por Ernesto »


Di Torres

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 920
Resposta #103 Online: 18 de Dezembro de 2018, 19:37:45
Quanto aos números de mercado, o que mais se tem feito aqui e nos sites é ignorá-los em função de análises subjetivas e passionais

Por exemplo, eu sou o único no tópico original (que este clonou), a trazer dados de mercado  :ok: :ok: :ok: Em meio a inúmeros haters, flamers e flooders desde janeiro.

Eu sou analista mobiliário e já comentei inúmeras vezes sobre esses dados.

Há uma tendência clara e muito acelerada de dominação de mercado por parte das Mirrorless.
Em menos de um ano a vantagem das DSLR de mais de 100% foi para menos de 50%.

Foi uma perda de cerca de 20% de market share.

Pra vocês terem noção do quão significante são esses números. Cielo perdeu 3% de market share com a entrada das maquininhas das concorrentes no mercado e sua cotação despencou de R$30 para R$9 a ação com o medo do futuro.

Se DSLRs fossem uma ação, já tinha virado pó.


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.916
  • Trader
Resposta #104 Online: 18 de Dezembro de 2018, 19:53:27
Eu sou analista mobiliário e já comentei inúmeras vezes sobre esses dados.

Há uma tendência clara e muito acelerada de dominação de mercado por parte das Mirrorless.
Em menos de um ano a vantagem das DSLR de mais de 100% foi para menos de 50%.

Foi uma perda de cerca de 20% de market share.

Pra vocês terem noção do quão significante são esses números. Cielo perdeu 3% de market share com a entrada das maquininhas das concorrentes no mercado e sua cotação despencou de R$30 para R$9 a ação com o medo do futuro.

Se DSLRs fossem uma ação, já tinha virado pó.

Análises sérias sempre são interessantes.

Eu mesmo coloquei agora a do NPD de 2011 no tópico original que derivou este


Mostrando como até o NPD (super-respeitado órgão de análises de mercado dos EUA) errou feião ao prever em 2011, o domínio MirrorLess sobre as compactas e sobre as DSLR

--------



Mercado é assim:
- O Sony Super Audio CD era melhor que o CD e morreu

- O Minidisc muito superior ao CD e tb morreu

- O Betamax melhor que o VHS e morreu, perdendo para o VHS

- As placas de áudio Tuttle Beach, Roland e Microsoft eram superiores as Creative Sound Blaster e morreram e o padrão de áudio de PC até hoje é o da Sound Blaster

- As placas 3Dfx eram superiores ao Direct3D da Microsoft mas perderam para a mesma e o padrão ficou o Direct3D...



Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 18 de Dezembro de 2018, 20:03:59 por Ernesto »