Autor Tópico: O Instagram detona a imersividade de uma fotografia  (Lida 2509 vezes)

Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.708
  • Sexo: Masculino
Resposta #15 Online: 05 de Fevereiro de 2019, 18:53:42
Problemas:

Plataformas de fotografia pra fotógrafos são impopulares ao público em geral, só servem para alimentar o egocentrismo de fotógrafos, mostrar seus conhecimentos em Photoshop e é claro, aquele zoom em 100% que não pode faltar depois da olhadinha no EXIF.

Instagram é ruim como for, porém é um meio de aproximar, de dar um gostinho maior ao espectador interessado em ver um pouco mais.

Talvez no mundo digital somente um site se aproxime mais disso, no entanto, a velha e boa foto no papel com uma moldura mostrará mais da foto.

Existem fotos bem pequenas com molduras enormes para submergir o espectador na linguagem do artista, um álbum mostra o mesmo dependendo da abordagem.
Concordo com vc tbm Carlos, e indo um pouco mais adiante, outra grande vantagem de um site é a possibilidade de separar os trabalhos por temas e assuntos; pelo que conheço no Instagram não é possível fazer o mesmo...

Agora velha e boa foto no papel virou nicho galerias, exposições, e alguns livros. Se no passado era popular, hoje caminha para o esquecimento.
Fotografando com a memória


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #16 Online: 05 de Fevereiro de 2019, 18:57:04
Concordo com vc tbm Carlos, e indo um pouco mais adiante, outra grande vantagem de um site é a possibilidade de separar os trabalhos por temas e assuntos; pelo que conheço no Instagram não é possível fazer o mesmo...

Agora velha e boa foto no papel virou nicho galerias, exposições, e alguns livros. Se no passado era popular, hoje caminha para o esquecimento.
Você conhece o @kiolo e o @minduim? Apenas cito esses dois, porém temos outros como Peter Lik.

Dê uma olhada neles.
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.708
  • Sexo: Masculino
Resposta #17 Online: 05 de Fevereiro de 2019, 19:13:10
Você conhece o @kiolo e o @minduim? Apenas cito esses dois, porém temos outros como Peter Lik.

Dê uma olhada neles.
Não conhecia nenhum dos dois, e acho que entendi o que vc quis mostrar.

O Instagram é a porta de entrada, sendo bem usado como um canal de vendas, e o site deles com mais detalhes. Gostei do modelo de negócio, show!!!
Fotografando com a memória


nandoespinosa

  • Solidário
  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • *
  • Mensagens: 2.425
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #18 Online: 05 de Fevereiro de 2019, 19:13:25
Concordo com vc tbm Carlos, e indo um pouco mais adiante, outra grande vantagem de um site é a possibilidade de separar os trabalhos por temas e assuntos; pelo que conheço no Instagram não é possível fazer o mesmo...

Agora velha e boa foto no papel virou nicho galerias, exposições, e alguns livros. Se no passado era popular, hoje caminha para o esquecimento.
Os livros ainda são e serão a forma mais fácil de buscarmos algo específico.
É possível fazer com que o Instagram te apresente o que te interessa, colocando no teu feed algumas hashtags selecionadas.
Eu conheci o trabalho de alguns colegas assim...

Enviado de meu Moto G (5S) Plus usando Tapatalk



C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.412
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #19 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 06:09:53
[...]

Agora velha e boa foto no papel virou nicho galerias, exposições, e alguns livros. Se no passado era popular, hoje caminha para o esquecimento.
Na verdade nao mudou nada do passado para ca. Galerias, exposicoes e livros continuam bombando e certamente tem ate mais do que no passado em que se limitava a uma classe mais elitizada e heruditada com uma quantidade de fotografos mundo a fora bem menor.

Sim, cada vez tem mais fotografos que so publicam fotos em plataformas/fins de obter visualizacao ou satisfeitos com apenas ter a imagem passando no discanso de tela do computador. Mas ao mesmo tempo ha mais fotografos tambem tendo exhibicoes e mais galerias de fotos e livros de fotos sendo publicados.
« Última modificação: 06 de Fevereiro de 2019, 06:11:45 por C R O I X »


Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.675
  • Sexo: Masculino
    • Site
Resposta #20 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 07:28:57
Concordo com o croix, vejo cada vez mais gente fazendo exposições em galerias, o que não quer dizer que a qualidade aumentou.

Vejo muitas exposições particulares que são uma piada em questão artística. Hoje qualquer um pode fazer sua própria exposição com um custo relativamente baixo, é difícil encontrar uma que valha a pena


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.708
  • Sexo: Masculino
Resposta #21 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 11:56:51
Lucas e Marcio, sim, é isso mesmo, esses exemplos ai continuam sendo o nicho para as impressões, mas o usuário comum, aquele que antigamente ia na loja de fotografia para revelar o filme e imprimir as fotos, e saia dali com um álbum de fotos pequenininhas, e que possivelmente voltava para ampliar alguma para o porta retratos, praticamente não existe mais (em volume).
Fotografando com a memória


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.412
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #22 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 12:10:06
Concordo com o croix, vejo cada vez mais gente fazendo exposições em galerias, o que não quer dizer que a qualidade aumentou.

Vejo muitas exposições particulares que são uma piada em questão artística. Hoje qualquer um pode fazer sua própria exposição com um custo relativamente baixo, é difícil encontrar uma que valha a pena

Vc tem razao, mas eu nao estava me ferindo a auto exposicao, mas sim exposicoes de galerias de arte e museus, com curadores respeitados e com clientes/visitantes que leva arte a serio.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.412
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #23 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 12:16:11
Lucas e Marcio, sim, é isso mesmo, esses exemplos ai continuam sendo o nicho para as impressões, mas o usuário comum, aquele que antigamente ia na loja de fotografia para revelar o filme e imprimir as fotos, e saia dali com um álbum de fotos pequenininhas, e que possivelmente voltava para ampliar alguma para o porta retratos, praticamente não existe mais (em volume).

Eu nao sei do Brasil mas a maioria das casas que eu frequento sempre tem fotos impressas de viagens, celebracoes, etc na parede, geladeira, foto livro que sao super populares. Metade das redes de supermercado tem uma sessao de fotos, em que vc pode imprimir fazer canecas, livros, calendarios, etc. Entao eh comum vc ir na casa de alguem e ver fotos das viagens mais recentes, colecao de livros de fotos separado por ano e viagens, ou mesmo comum familias fazerem fotos e imprimirem para mandarem para seus amigos e familiares com mensagens de feliz natal e feliz ano novo.

Entao, pelo menos na Alemanha, as pessoas imprimem sim mais fotos do que se faziam antigamente, nao so pq eh mais facil, rapido, barato e pratico do que no passado, mas tambem pq as pessoas hoje viajam mais e fazem mais atividades do que no passado.
« Última modificação: 06 de Fevereiro de 2019, 12:18:07 por C R O I X »


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.708
  • Sexo: Masculino
Resposta #24 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 12:31:30
Eu nao sei do Brasil mas a maioria das casas que eu frequento sempre tem fotos impressas de viagens, celebracoes, etc na parede, geladeira, foto livro que sao super populares. Metade das redes de supermercado tem uma sessao de fotos, em que vc pode imprimir fazer canecas, livros, calendarios, etc. Entao eh comum vc ir na casa de alguem e ver fotos das viagens mais recentes, colecao de livros de fotos separado por ano e viagens, ou mesmo comum familias fazerem fotos e imprimirem para mandarem para seus amigos e familiares com mensagens de feliz natal e feliz ano novo.

Entao, pelo menos na Alemanha, as pessoas imprimem sim mais fotos do que se faziam antigamente, nao so pq eh mais facil, rapido, barato e pratico do que no passado, mas tambem pq as pessoas hoje viajam mais e fazem mais atividades do que no passado.
Segundo um marchand galerista com quem conversei no ano passado, o mercado de venda de fotografias aqui no BR ainda é 1/4 do volume que se vende na Europa e USA. Ou seja tem espaço para crescer, mas caminha devagar.
Fotografando com a memória


Alexandre Rodrigues

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 229
  • Sexo: Masculino
Resposta #25 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 14:47:58
Metade das redes de supermercado tem uma sessao de fotos, em que vc pode imprimir fazer canecas, livros, calendarios, etc.
Esse é um serviço que, pelo menos em São Paulo, vem sumindo das redes de super / hipermercados, ficando restrito a alguns quiosques em shoppings e aos e-commerces.
Alexandre Rodrigues


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.708
  • Sexo: Masculino
Resposta #26 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 14:55:23
Esse é um serviço que, pelo menos em São Paulo, vem sumindo das redes de super / hipermercados, ficando restrito a alguns quiosques em shoppings e aos e-commerces.
Sim, algumas empresas até fizeram tentativas, mas pelo jeito não foi lucrativo...
Fotografando com a memória


nandoespinosa

  • Solidário
  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • *
  • Mensagens: 2.425
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #27 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 14:58:49
Aqui nunca teve isso em Supermercados.
Tem alguns quiosques, normalmente de gráficas, dentro de shoppings. Além de algumas poucas lojas de brindes que fazem.

Enviado de meu Moto G (5S) Plus usando Tapatalk



Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.144
  • Trader
Resposta #28 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 15:34:26
Aos que tinham ódio do 10x15...

A internet criou um padrão ainda menor...



Sent from my Hasselblad using Tapatalk


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.966
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #29 Online: 06 de Fevereiro de 2019, 16:00:05
Relutei muito para entrar no instagram, pois para mim é uma rede social criada apenas e tão somente para o compartilhamento de foto feitas a partir de smartphones, fotos do cotidiano, aquelas bobagens do tipo prato de comida, bebida na beira da praia e selfies com alguma paisagem apenas de pano de fundo. Mas, como sempre tem-se o desejo de ampliar tudo o formato do aplicativo foi se alterando, inclusive pelo próprio criador dele, e aos poucos foram sendo compartilhadas as super imagens feitos com equipamentos fodásticos, ao ponto de fotógrafos que antes expunham seus trabalhos em sites como 1x e 500px, ou mesmo flickr, passarem a focar mais e somente nessa plataforma, que como mencionado pelo criador do tópico, é sim inadequada para esse tipo de trabalho.

Mas como dito, ninguém para pra analisar as imagens com calma, é no máximo 1 segundo de visualização e já se passa para a próxima, uma banalização total, e consequentemente uma saturação.