Autor Tópico: Eye AF a caminho nas Z6/Z7  (Lida 5984 vezes)

vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.799
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #45 Online: 26 de Abril de 2019, 08:02:38
Não é assim não.

Nas Fujis mesmo com a abertura em 1.2 por exemplo, ele mostra todas as pessoas em foco (quadradinhos nas cabeças), mas você tem que selecionar uma.

Sinceramente não sei porque as pessoas ligam tanto pro eye-focus, o face detection é muito mais rápido e objetivo.

E não erra o foco...

Não entendi a parte da abertura em 1.2....
O que eu quis dizer é que o fotógrafo sempre vai ter que escolher uma pessoa entre várias, seja AF tradicional ou eye af ou face.
Ou seja, fotografar com eye af não é diferente do AF tradicional.

Eu considero face e eye af a mesma coisa na prática, talvez porque ainda esteja nas DSLR.
O que importa pra mim é ter esse foco assistido usando EVF.
A maioria das implementações de eye af muda automaticamente para face quando não consegue travar no olho.
« Última modificação: 26 de Abril de 2019, 08:03:07 por vangelismm »
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.988
  • Sexo: Masculino
Resposta #46 Online: 26 de Abril de 2019, 08:06:00
Não entendi a parte da abertura em 1.2....
O que eu quis dizer é que o fotógrafo sempre vai ter que escolher uma pessoa entre várias, seja AF tradicional ou eye af ou face.
Ou seja, fotografar com eye af não é diferente do AF tradicional.

Eu considero face e eye af a mesma coisa na prática, talvez porque ainda esteja nas DSLR.
O que importa pra mim é ter esse foco assistido usando EVF.
A maioria das implementações de eye af muda automaticamente para face quando não consegue travar no olho.
O 1.2 foi pra exemplificar uma abertura muito grande.

Não sei como é nas demais, mas na Fuji tem umas coisas bem legais em usar esse tipo de recurso:

1. Se usa flash, o ttl calcula exposição pro rosto;
2. Se tem mais de um rosto, permite selecionar aquele que quer destacar.

Respondendo sua pergunta, sim, pra mais gente, se quiser focar em todo mundo tem que usar abertura menor.

E preciso testar, mas acho que ele ajusta a abertura da lente no face detection.

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.447
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
Resposta #47 Online: 26 de Abril de 2019, 08:56:57
Vangelis eu também achava legal mas me parecia algo meio fútil. Para quem faz retratos e coisas do tipo, depois que se usa esse recurso (eye AF ou face detection) é uma mão na roda pois você poupa seu tempo em tendo que movimentar os pontos de foco nos olhos.
Esse tempo/preocupação que você salva pode significar algumas coisas:
- pode usar esse tempo ou estar mais tranquilo para pensar na composição
- consegue evitar perda de alguns momentos espontâneos (especialmente com criança)
- garante uma precisão de foco maior

Outra vez, para alguns, pode parecer besteira mas para outros não. É igual câmbio automático: há os que gostam e hás os que não gostam. Para mim é uma tecnologia que veio para ficar.

Entre eye AF e face detection, é tudo uma questão da Distância focal, abertura utilizada, etc... Para retratos só de rosto ou meio corpo com meia tele ou tele o eye AF sai beneficiado mas para foto de grupos de pessoas (mesmo que tenha um "close up") tanto faz pois já se deveria estar usando aberturas menores para ter todo mundo em foco.

Na Sony quando está "muito longe" ele muda automaticamente de eye AF para detecção de rosto. Mas eu acho que a cereja do bolo no sistema da Sony (não sei se a Fuji faz ou se a Nikon fará) é o uso do Eye-AF associado ao AF-C.
Sony A7III + Tamron 28-75 2.8 + Samyang 24 2.8 + Godox + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.799
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #48 Online: 26 de Abril de 2019, 09:13:30
Entre eye AF e face detection, é tudo uma questão da Distância focal, abertura utilizada, etc... Para retratos só de rosto ou meio corpo com meia tele ou tele o eye AF sai beneficiado mas para foto de grupos de pessoas (mesmo que tenha um "close up") tanto faz pois já se deveria estar usando aberturas menores para ter todo mundo em foco.

Concordo com tudo mas destaco essa parte.

Eu penso bem nessa combinação de abertura e DF.
Não me importaria em usar face na maior parte do tempo, e quando precisar de um close up, escolher o ponto de foco manualmente que já seria melhor que uma DSLR.
O que me atrai nas ML é justamente não precisar recompor ou alterar a composição para cair num ponto de AF.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


YP

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 939
  • Sexo: Masculino
Resposta #49 Online: 26 de Abril de 2019, 10:19:19
Só do fato de não precisar mais recompor já vale para mim.
Quanta foto perdida por causa disso com grandes aberturas e o back/front focus  :(


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.369
  • Sexo: Masculino
Resposta #50 Online: 26 de Abril de 2019, 10:38:21
Sinceramente não sei porque as pessoas ligam tanto pro eye-focus, o face detection é muito mais rápido e objetivo.

E não erra o foco...
Na boa eu tbm, e obviamente respeitando os colegas, mas não consigo entender tamanha insegurança... acho que o pessoal não fotografa muito, não tem experiência fotografando sem isso.
Conhecimento importa mais que equipamento.


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.799
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #51 Online: 26 de Abril de 2019, 10:43:16
Na boa eu tbm, e obviamente respeitando os colegas, mas não consigo entender tamanha insegurança... acho que o pessoal não fotografa muito, não tem experiência fotografando sem isso.

Tenho certeza que alguem falou isso quando surgiu o AF e todo mundo usava foco manual.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.369
  • Sexo: Masculino
Resposta #52 Online: 26 de Abril de 2019, 10:43:37
Vangelis eu também achava legal mas me parecia algo meio fútil. Para quem faz retratos e coisas do tipo, depois que se usa esse recurso (eye AF ou face detection) é uma mão na roda pois você poupa seu tempo em tendo que movimentar os pontos de foco nos olhos.
Esse tempo/preocupação que você salva pode significar algumas coisas:
- pode usar esse tempo ou estar mais tranquilo para pensar na composição
- consegue evitar perda de alguns momentos espontâneos (especialmente com criança)
- garante uma precisão de foco maior

Outra vez, para alguns, pode parecer besteira mas para outros não. É igual câmbio automático: há os que gostam e hás os que não gostam. Para mim é uma tecnologia que veio para ficar.

Entre eye AF e face detection, é tudo uma questão da Distância focal, abertura utilizada, etc... Para retratos só de rosto ou meio corpo com meia tele ou tele o eye AF sai beneficiado mas para foto de grupos de pessoas (mesmo que tenha um "close up") tanto faz pois já se deveria estar usando aberturas menores para ter todo mundo em foco.

Na Sony quando está "muito longe" ele muda automaticamente de eye AF para detecção de rosto. Mas eu acho que a cereja do bolo no sistema da Sony (não sei se a Fuji faz ou se a Nikon fará) é o uso do Eye-AF associado ao AF-C.
Como é que vc sobreviveu até hoje??? Errando muito o foco de suas fotos??? Não acertou o foco mesmo??? fiquei em duvida...
Conhecimento importa mais que equipamento.


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.369
  • Sexo: Masculino
Resposta #53 Online: 26 de Abril de 2019, 10:44:57
Tenho certeza que alguem falou isso quando surgiu o AF e todo mundo usava foco manual.
Claro que sim.... da mesma forma trilhões de fotos foram produzidas sem erro de foco sem isso...
Conhecimento importa mais que equipamento.


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.447
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
Resposta #54 Online: 26 de Abril de 2019, 11:30:58
Como é que vc sobreviveu até hoje??? Errando muito o foco de suas fotos??? Não acertou o foco mesmo??? fiquei em duvida...
Sobrevivi apanhando um bucado na curva de aprendizado e experiência. Aí tem o fator técnica, lente e o corpo que está usando. Nesse ponto câmeras como 5D II e D800 me decepcionaram bastante.
É natural culparmos os equipamentos mas com o tempo a gente vai aprendendo e reconhecendo os erros. Hoje, eu consegueria usar tranquilamente uma 6D com 11 pontos ou uma 5D clássica de 9 pontos. O que eu acho que está ocorrendo é um salto de tecnologia. Assim como houve com a chegada dos smartphones, das Smart TV, dos sistemas de comando de voz (Google e Alexa), etc...
Naturalmente as pessoas começarão a migrar e se adaptar.

Concordo que ainda o melhor jeito para aprender fotografia é na boa e velha DSLR no modo M, errando pra caramba em tudo e ir dominando. É igual aprender a dirigir no Brasil, com câmbio manual, carros ruins, trânsito caótico, vagas apertadas para fazer baliza e depois que fica bom vem morar nos EUA com tudo muuuuito mais fácil.

Para a minha Nikon D610 eu acabei tendo um índice de acerto muito alto (acima dos 90%) usando AF-C em D9, contudo, essa técnica, não permite focar e recompor e, com 39 pontos de foco concentrados no meio dessa câmera, você passa uns apertados na hora para garantir que tudo vai dar certo. O que ocorre é que você tira muito mais fotos para ter certeza que terá a composição adequada (entenda-se aqui como ter a pose/sorriso/expressao) que você quer e também sobra menos tempo na direção da modelo.

Não vá pensando que eu vou pegar minha A7III amanhã (tenho um ensaio e um infantil) e já vou sair dominando tudo sem erros. Todo equipamento requer estudo e treino para tirar o melhor.

Sobre reconhecimento facial, teve um tópico que eu compartilhei o vídeo de comparação desse feature entre Sony, Canon R e Nikon Z. A Canon R, mesmo sem o eye AF fez um trabalho decente. Já a Nikon acabou focando na face mas com o plano de foco fora dos olhos.
« Última modificação: 26 de Abril de 2019, 11:34:56 por Thales Souto »
Sony A7III + Tamron 28-75 2.8 + Samyang 24 2.8 + Godox + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales


YP

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 939
  • Sexo: Masculino
Resposta #55 Online: 14 de Maio de 2019, 15:00:29
Saiu essa atualização?


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.447
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
Resposta #56 Online: 14 de Maio de 2019, 16:47:30
Saiu essa atualização?
Essa semana. Dia 16.
Sony A7III + Tamron 28-75 2.8 + Samyang 24 2.8 + Godox + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.447
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
Resposta #57 Online: 17 de Maio de 2019, 09:25:34
Apesar de ser da Nikon é um vídeo que mostra a operação básica desse feature.
Gosto do fato de poder escolher o olho.

Sony A7III + Tamron 28-75 2.8 + Samyang 24 2.8 + Godox + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales


Lindsay

  • Trade Count: (18)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.369
  • Sexo: Masculino
Resposta #58 Online: 17 de Maio de 2019, 11:26:39
ficou bacana mesmo, vamos ver os testes e aguardar os yotubers comparando e reclamando. Me pareceu muito bom mesmo.

Como funciona esse lance de escolher o olho na Sony, é possível fazer essa seleção???
Conhecimento importa mais que equipamento.


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.447
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
Resposta #59 Online: 17 de Maio de 2019, 12:01:19
ficou bacana mesmo, vamos ver os testes e aguardar os yotubers comparando e reclamando. Me pareceu muito bom mesmo.

Como funciona esse lance de escolher o olho na Sony, é possível fazer essa seleção???
Lindsay, dá uma olhada nesse tópico. Postei um vídeo que compara Canon/Nikon/Sony (muito elucidativo) e tem meu resumo traduzido pra galera.
https://forum.mundofotografico.com.br/index.php/topic,134671.0.html

De qualquer forma, a Sony não tem a opção de você escolher o olho. Ele tende a ir sempre no que está mais perto. Uma coisa que eu percebi que a Nikon tem e a Canon também tem é um lag no tracking do olho. Quando você ve a pessoa se movimentando pela sentido paralelo ao sensor, o quadradinho acompanha o olho mas sempre com atraso. Quando a pessoa para, dali 1 a 3 segundos o quadradinho trava no olho. Nesse ponto o da Sony é instantâneo.

Para alguns tipos de fotografia isso não importa mas para quem faz retrato e eventos sociais vocês não tem ideia de quanto isso é prático e traz o índice de aproveitamento das fotos próximo de 100% por questões de foco. Isso, aliado com estabilizador de imagem, traz imagens de fotos posadas em 1/80 ou 1/50 nítidas e paradinhas (coisa mais linda) o que permite usar ISOs menores em ambiente de menor luz.
Sony A7III + Tamron 28-75 2.8 + Samyang 24 2.8 + Godox + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales