Autor Tópico: Mirrorless e a luz auxiliar de foco dos flashes  (Lida 2868 vezes)

Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.558
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Online: 23 de Maio de 2019, 17:19:33
Nas discussões sobre o uso de câmeras mirrorless pra casamentos volta e meia me deparo com essa questão da luz auxiliar de foco que os flashes emitem (aquela grade vermelha piscante). Pra quem trabalha com casamentos e festas, que muitas vezes acontecem em locais absurdamente escuros, essa luz auxiliar de foco é absurdamente útil. Ajuda demais no foco e, por ter uma duração de décimos de segundo, não chama a atenção, não incomoda os fotografados e quase não atrapalha o pessoal do vídeo

Mas aparentemente as câmeras mirrorless não são capazes de detectar essa luz auxiliar, por uma série de razões técnicas, e aí são obrigadas a "apelar" pra luzinha laranja da câmera, ou então pra luz auxiliar de flashes chineses, que ficam acesos durante um tempo bem maior, chamando mais atenção, incomodando mais os fotografados e atrapalhando mais o vídeo:
https://www.dpreview.com/articles/0349022850/the-essential-pro-feature-that-no-mirrorless-camera-offers

Em teoria, as câmeras mirrorless no geral são capazes de focar em cenas mais escuras que as DSLR, mas até que ponto conseguem se virar bem nessas situações? Do que eu li das pessoas que usam Canon R e RP, elas se viram bem sem essa luz auxiliar, mas não sei o quão escuro foram as situações.

Alguém que trabalhe com mirrorless em casamentos de noite pode relatar sua experiência?  :ok:


Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.735
  • Trader
Resposta #1 Online: 23 de Maio de 2019, 17:28:21
 Acompanhando :snack:
« Última modificação: 23 de Maio de 2019, 17:28:42 por Ernesto »
Os haters não mudarão o fato de que a Nikon, continua sendo, uma das empresas mais especializadas em lentes HIGH END, do mundo


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.558
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #2 Online: 23 de Maio de 2019, 17:32:15
Acompanhando :snack:

Eu achei que justo você teria algo pra falar, rsrs...


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.195
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 23 de Maio de 2019, 17:47:45
Uma vez discutimos rapidamente isso, me parece que tem algum tipo de luz com cor diferente que ajuda. O carlos Souza sabe mais sobre esse assunto.

Porem precisa entender direito se esse problema é grave mesmo, em que situações, vejo o pessoal fotografando palco em show e ela não falha não.
Conhecimento importa mais que equipamento.


galeno

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 252
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 23 de Maio de 2019, 19:49:43
Uma vez discutimos rapidamente isso, me parece que tem algum tipo de luz com cor diferente que ajuda. O carlos Souza sabe mais sobre esse assunto.

Porem precisa entender direito se esse problema é grave mesmo, em que situações, vejo o pessoal fotografando palco em show e ela não falha não.

Estou também muito interessado nesse assunto. Um amigo comprou um Xt-3 há um mês, vou perguntar pra ele.
Agora, luz de palco é uma coisa, sempre há luz. O problema maior é o contra luz. Em eventos há momentos que não há luz nenhuma, o infra ajuda até no enquadramento.
Mamiya 645 AFD, ZD Back, 80mm e 55-110mm, Nikon
D800,18-35mm, 50mm 1.8G, D5100 + 18-55mm


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.558
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #5 Online: 23 de Maio de 2019, 20:00:38
Em eventos há momentos que não há luz nenhuma, o infra ajuda até no enquadramento.

Pois é, em eventos tem vezes que a coisa é complicada. Muitas vezes nem precisa da luz auxiliar, mas acaba que ela ajuda também a focar mais rápido.


Ernesto

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.735
  • Trader
Resposta #6 Online: 23 de Maio de 2019, 21:11:12
Eu achei que justo você teria algo pra falar, rsrs...

Estou tentando evitar a fadiga...

Os haters não mudarão o fato de que a Nikon, continua sendo, uma das empresas mais especializadas em lentes HIGH END, do mundo


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.195
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 23 de Maio de 2019, 21:36:27
Estou também muito interessado nesse assunto. Um amigo comprou um Xt-3 há um mês, vou perguntar pra ele.
Agora, luz de palco é uma coisa, sempre há luz. O problema maior é o contra luz. Em eventos há momentos que não há luz nenhuma, o infra ajuda até no enquadramento.
Muita luz fumaça, pessoal se movimenta muito, telão ao fundo, tem show que é bem complicado viu???
« Última modificação: 23 de Maio de 2019, 21:39:03 por Lindsay »
Conhecimento importa mais que equipamento.


Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.209
  • Sexo: Masculino
    • Site
Resposta #8 Online: 23 de Maio de 2019, 22:37:11
A luz auxiliar ajuda, mas a distância efetiva é curta. Uns 2-3m só dependendo do ISO...

O IR dos flashes que é comum na canon não funciona em ML pq elas não detectam essa faixa de frequência (Didi que me disse rs)


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.120
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #9 Online: 23 de Maio de 2019, 22:53:40
Humberto você já precisou disso num Casamento?

Eu com minhas jurássicas 5D só precisei usar uma vez, num casamento a noite em céu aberto.
Para você ter uma ideia do local, iso 1600, f/125 e f/2 estava dando -2 de subexposto no fotometro.

Tenho certeza que qualquer ML ou uma 6D focariam de boa sem ajuda disso.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #10 Online: 24 de Maio de 2019, 00:15:52
Nas discussões sobre o uso de câmeras mirrorless pra casamentos volta e meia me deparo com essa questão da luz auxiliar de foco que os flashes emitem (aquela grade vermelha piscante). Pra quem trabalha com casamentos e festas, que muitas vezes acontecem em locais absurdamente escuros, essa luz auxiliar de foco é absurdamente útil. Ajuda demais no foco e, por ter uma duração de décimos de segundo, não chama a atenção, não incomoda os fotografados e quase não atrapalha o pessoal do vídeo

Mas aparentemente as câmeras mirrorless não são capazes de detectar essa luz auxiliar, por uma série de razões técnicas, e aí são obrigadas a "apelar" pra luzinha laranja da câmera, ou então pra luz auxiliar de flashes chineses, que ficam acesos durante um tempo bem maior, chamando mais atenção, incomodando mais os fotografados e atrapalhando mais o vídeo:
https://www.dpreview.com/articles/0349022850/the-essential-pro-feature-that-no-mirrorless-camera-offers

Em teoria, as câmeras mirrorless no geral são capazes de focar em cenas mais escuras que as DSLR, mas até que ponto conseguem se virar bem nessas situações? Do que eu li das pessoas que usam Canon R e RP, elas se viram bem sem essa luz auxiliar, mas não sei o quão escuro foram as situações.

Alguém que trabalhe com mirrorless em casamentos de noite pode relatar sua experiência?  :ok:

Senão me engano o Armando Vernaglia cita no review da RP , que a R ou a RP, podem focar em até -5 ou -6 Ev, o que é algo extremamente escuro. Pelo que ele citou, o foco é encontrado e até com certa rapidez. Mas isso são considerações dele, não testei ainda as câmeras citadas pra ter a minha própria opinião.

O que eu acho que mais pesa nas Mirrorless, em comparação as DSLR, ainda é a questão da ergonomia, do visor eletrônico (que não chega aos pés do ótico das dslr) e a questão da bateria. São pontos fracos que as fabricantes ainda precisam resolver.


guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.615
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Resposta #11 Online: 24 de Maio de 2019, 07:36:38
Eu acho que quem usa essa luzinha tem que apanhar de cinta :hysterical:
https://saycheese.fot.br

Fujifilm: X-T2 | X-T1 | X-E2 | XF 16mm F/2.8 R WR | XF 23mm f/2 R WR | XF 56mm f/1.2 R | Meike 35mm F/1.7
 DJI: Osmo Pocket


Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.209
  • Sexo: Masculino
    • Site
Resposta #12 Online: 24 de Maio de 2019, 08:51:56
Eu costumo deixar essa luz ativada por padrão, mas são raras as situações que ela acende (em eventos acho que só na hora da balada)

A única vez que eu tive uma dificuldade real de foco foi há dois meses. Estava em uma caverna e a luz do meu capacete era meio fraca, iluminava uns 3m pra frente só, nem a luz auxiliar ajudava a focar paredões mais distantes... aí eu botava em MF, focava mais ou menos de acordo com a distância que eu achava que estava e fotografava com flash :D


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.558
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #13 Online: 24 de Maio de 2019, 11:48:40
Humberto você já precisou disso num Casamento?

Já precisei algumas vezes sim. Como eu disse, não é só questão de achar o foco, mas mesmo em cenas não tão escuras, a luz ajuda a focar mais rápido. De padrão eu sempre deixo ativada. A vez mais grave que precisei foi um casamento na praia a céu aberto que atrasou demais e ficou noite e tudo escuro. E ainda estava num contra-luz. Eu nem estava usando flash, mas deixei ligado por conta da luz auxiliar.


O IR dos flashes que é comum na canon não funciona em ML pq elas não detectam essa faixa de frequência (Didi que me disse rs)

Pois é, mas não é tudo infravermelho, senão a gente nem conseguiria ver. Tem uma faixa de vermelho bem grande na frequência dessa luz...


Senão me engano o Armando Vernaglia cita no review da RP , que a R ou a RP, podem focar em até -5 ou -6 Ev, o que é algo extremamente escuro.

Pois é, tem isso, a R teoricamente foca a -6EV e a RP a -5EV. Mas a informação nas letras miúdas diz que esse foco é só com lentes de abertura f/1.2... Com lentes f/2.8 acho que faz foco "só" a -4EV, se não me engano. Que ainda assim é bem escuro, tem que ver se na prática é isso mesmo.


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.833
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
Resposta #14 Online: 24 de Maio de 2019, 14:16:26
Depois vou testar o meu Godox na Sony A7III e falo por aqui.
Sony A7III + Tamron 28-75 2.8 + Samyang 24 2.8 + Godox + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales