Autor Tópico: Incoflash ou ???  (Lida 3097 vezes)

Caco Oliveira

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 3
Online: 16 de Julho de 2019, 00:11:52
Fala pessoal, tudo bem? Acabei por impulso e por uma boa experiência com a marca (uso um kit desses em estúdios de formatura faz uns 5 anos e ele continua funfando e entregando boa iluminação), comprando um kit da Incoflash Pro 2. O valor investido pelo kit (2x tripe + 2x tochas Pro2 + 2 sombrinhas + radio flash) foi de 1200 reais. Eu não poderia estar gastando mais que esse valor em duas tochas.
Estou com aquele aqui no meu estúdio (2,5m x 3,5m x 2,6m) porém o mesmo só tem carga completa e meia carga de opções.



Gostaria de saber da opinião de vocês se seria uma boa devolver o kit e investir em outro que tenha no minimo um potenciômetro para controlar melhor a luz dentro do estúdio.
Encontrei este daqui da Godox, modelo K150A, e o kit dele da mesma forma que o kit que comprei custa 800 reais (bem mais barato que o da incoflash).



Se possível agradeceria a ajuda de vocês o quanto antes, pra se o caso for a devolução eu consiga retornar o produto a tempo.
« Última modificação: 16 de Julho de 2019, 00:16:57 por Caco Oliveira »


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.180
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 18 de Julho de 2019, 17:32:09
Eu tive um kit desses, mas era "etiquetado" como Greika. O flashzinho é muito honesto, o potenciômetro dele é bacana, mas o encaixe de modificadores dele é estranho, rs.
Para usar com sombrinha, é top.
Usei muito o meu, além do meu estúdio, levava ele em formatura também, bastante formatura. Aguentava bem o tranco.

Em comparação com esse Incoflash, o nacional tem chave para desligar a foto-célula, e o Greika/Godox não tem. PAra não disparar com outros flashes, tem que pôr um pedacinho de fita isolante. Mas tirando isso, é de boa.

Pela diferença de preço, eu pegaria o Greika/Godox.

Como curiosidade, uma formatura que fiz, em Nova Andradina, a rede toda do salão era 220v, e meu estúdio era 110.
Um colega levou um kit Mako 3003, snme (era o que não é bivolt, era 110 também.)
E ele tirava sarro, "Mas Mike, esses flashzinhos chineses não aguentam pau, flash é Mako, blablabla"
Montamos meu transformador (o meu era mais forte que o dele) na beira da parede, tudo certinho, esticamos os cabos, etc.
Quando ligamos os flashes, foi praticamente ao mesmo tempo, eu liguei o meu, e o colega o dele. Eu liguei a chavinha, vi a luz de modelagem forte demais, desliguei e quando virei pra avisar o rapaz, tarde demais, o flash dele já tinha torrado. Coisa de dois segundos.
ALguém tinha desligado o transformador, e ligou direto no 220v.

Fiz a formatura toda com meu flashzinho, rsrsrs...


Caco Oliveira

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 3
Resposta #2 Online: 19 de Julho de 2019, 12:05:29
Eu tive um kit desses, mas era "etiquetado" como Greika. O flashzinho é muito honesto, o potenciômetro dele é bacana, mas o encaixe de modificadores dele é estranho, rs.
Para usar com sombrinha, é top.
Usei muito o meu, além do meu estúdio, levava ele em formatura também, bastante formatura. Aguentava bem o tranco.

Em comparação com esse Incoflash, o nacional tem chave para desligar a foto-célula, e o Greika/Godox não tem. PAra não disparar com outros flashes, tem que pôr um pedacinho de fita isolante. Mas tirando isso, é de boa.

Pela diferença de preço, eu pegaria o Greika/Godox.

Como curiosidade, uma formatura que fiz, em Nova Andradina, a rede toda do salão era 220v, e meu estúdio era 110.
Um colega levou um kit Mako 3003, snme (era o que não é bivolt, era 110 também.)
E ele tirava sarro, "Mas Mike, esses flashzinhos chineses não aguentam pau, flash é Mako, blablabla"
Montamos meu transformador (o meu era mais forte que o dele) na beira da parede, tudo certinho, esticamos os cabos, etc.
Quando ligamos os flashes, foi praticamente ao mesmo tempo, eu liguei o meu, e o colega o dele. Eu liguei a chavinha, vi a luz de modelagem forte demais, desliguei e quando virei pra avisar o rapaz, tarde demais, o flash dele já tinha torrado. Coisa de dois segundos.
ALguém tinha desligado o transformador, e ligou direto no 220v.

Fiz a formatura toda com meu flashzinho, rsrsrs...

Bom escutar esse relato seu sobre, em um grupo de fb me falaram que o potenciômetro dele não prestava pra nada, mas acredito que era de alguém que era patrocinado ou vendia o Incoflash.
Eu decidi ficar com o incoflash mesmo pq já estão aqui comigo montado e etc, mas a ideia é usar ele mais pra locações e me virar do jeito que da agora, e lá pro fim do ano comprar esse Godoxzinho ai pra poder trabalhar como luz unica e retratos.

Valeu pela resposta! ;)


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.180
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 19 de Julho de 2019, 22:39:10
Esse Incoflash não é ruim, vocÊ vai gostar dele! Eu preferiria o outro, apenas pelo preço, rsrsrs.
Ambos são muito bons no que se propoem.



dsa.fotografia

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Resposta #4 Online: 08 de Janeiro de 2020, 13:42:01
Olá,

Fala galera, tudo certo ? bom ano a todos.

Vendo as mensagens a respeito das marcas em si. Resolvi participar conheço as duas marcas em si e seu pontos negativos e positivos.

O k 150, é um flash trazido pela Greika no Brasil, normalmente tem opções de 110v ou 220v e potencia de 150 watts, sua foto célula não desliga como o amigo diz, e seu encaixe de modificadores fica um pouco restrito por conta do modelo, é um flash bom sim, já vi muitos usarem, a grande diferença entra ambos, eu acredito ser a garantia e peças para reposição, A Greika importadora presta manutenção mas sua garantia é limitada a 90 dias conforme lei.
O flash Pro 2 - Incoflash já tem sua chave seletora de voltagem o que facilita, mas também se usado com assistentes pode ocorrer o erro de ligar em rede divergente.
O ponto de poder aumentar e diminuir a carga do flash é sim um defeito e ainda atrasada versão, mas hoje tirando os flashes digitais vejo que os tais potenciômetros são pré programados, fazendo mais o papel de fracionar a carga em mais opções.

Acredito que vale sim pensar bem nestas diferenças pois as divergências entre eles podem afetar no futuro, exemplo, up grade de modificadores de luz, veja quanto custa um modificador de luz ex. Sobtbox modelo que se encaixa no k 150. Agora se o uso realmente for somente com sombrinhas, e vendo que hoje temos muitos modelos delas no mercado um kit deste vai bem para pequenos eventos e books em geral.

Tanto que este modelo está sendo substituido pela Greika por flashes com encaixe Bowens que será o futuros dos encaixes se tornando um encaixe universal em poucos anos.

Espero que possa ter contribuído sem puxar sardinha para nehuma marca, quero ser neutro sempre que participar dos debates.

Abraços a todos!


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.133
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 08 de Janeiro de 2020, 15:45:46
Olá,

Fala galera, tudo certo ? bom ano a todos.

Vendo as mensagens a respeito das marcas em si. Resolvi participar conheço as duas marcas em si e seu pontos negativos e positivos.

O k 150, é um flash trazido pela Greika no Brasil, normalmente tem opções de 110v ou 220v e potencia de 150 watts, sua foto célula não desliga como o amigo diz, e seu encaixe de modificadores fica um pouco restrito por conta do modelo, é um flash bom sim, já vi muitos usarem, a grande diferença entra ambos, eu acredito ser a garantia e peças para reposição, A Greika importadora presta manutenção mas sua garantia é limitada a 90 dias conforme lei.
O flash Pro 2 - Incoflash já tem sua chave seletora de voltagem o que facilita, mas também se usado com assistentes pode ocorrer o erro de ligar em rede divergente.
O ponto de poder aumentar e diminuir a carga do flash é sim um defeito e ainda atrasada versão, mas hoje tirando os flashes digitais vejo que os tais potenciômetros são pré programados, fazendo mais o papel de fracionar a carga em mais opções.

Acredito que vale sim pensar bem nestas diferenças pois as divergências entre eles podem afetar no futuro, exemplo, up grade de modificadores de luz, veja quanto custa um modificador de luz ex. Sobtbox modelo que se encaixa no k 150. Agora se o uso realmente for somente com sombrinhas, e vendo que hoje temos muitos modelos delas no mercado um kit deste vai bem para pequenos eventos e books em geral.

Tanto que este modelo está sendo substituido pela Greika por flashes com encaixe Bowens que será o futuros dos encaixes se tornando um encaixe universal em poucos anos.

Espero que possa ter contribuído sem puxar sardinha para nehuma marca, quero ser neutro sempre que participar dos debates.

Abraços a todos!
Seja bem vindo "dsa.fotografia", muito bom, toda colaboração é bem vinda, fique a vontade, bora conversar sobre fotografia, grande abraço!!!
Conhecimento importa mais que equipamento.


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.674
  • Sexo: Masculino
    • Instagram.com/leopacheco
Resposta #6 Online: 08 de Janeiro de 2020, 17:51:34
Não vale a pena nenhuma das duas tochas (principalmente a 150, da problema só de pensar... pra ter uma ideia na china vc acha ele a 25 dólares...), com 20% a mais do valor delas (ou até menos) vc pega tochas que são infinitamente melhores, como a DE300 (não estou falando que é a melhor tocha do mercado, e sim que esta a anos luz a frente do que essas do tópico e a diferença de valor é muito pouca)... fazendo um comparativo para que o pessoal possa entender melhor, ja que que se identificam mais com câmeras, comparar uma greika 150 com um DE300 por exemplo, com a questão dos valores, é a mesma coisa vc pegar uma cybershot saboneteira simples e pagar nela o mesmo valor de uma DSR intermediaria, as duas fazem fotos, mas...

Tanto que este modelo está sendo substituido pela Greika por flashes com encaixe Bowens que será o futuros dos encaixes se tornando um encaixe universal em poucos anos.

Seja bem vindo! O Bowens não é um encaixe universal (sei que não disse isso) e nem vai se tornar, cada marca adota seu próprio encaixe e isso não vai mudar (sei que muita coisa pode mudar, mas duvido muito marcas como Profoto, Broncolor, e outras, usando esse encaixe...), oq ja acontece a anos é que a 99% das marcas chinesas resolveram fazer suas tochas com encaixe bowens e assim seguiram, a godox, por exemplo, esta aos poucos mudando para os encaixes da própria marca, oq risca de futuramente deixar de usar o encaixe bowens (se bem que acho que vão ficar com as duas, ainda mais agora que a marca bowens, que tinha fechado, voltou, e quem esta fazendo a tocha deles é a própria godox...)
« Última modificação: 08 de Janeiro de 2020, 17:54:40 por leonobox »
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO E ESTÚDIO www.leonardopacheco.com.br/workshop
INSTAGRAM: instagram.com/leopacheco
Contatos e dúvidas pelo Instagram (direct).


dsa.fotografia

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Resposta #7 Online: 08 de Janeiro de 2020, 20:46:41
Não vale a pena nenhuma das duas tochas (principalmente a 150, da problema só de pensar... pra ter uma ideia na china vc acha ele a 25 dólares...), com 20% a mais do valor delas (ou até menos) vc pega tochas que são infinitamente melhores, como a DE300 (não estou falando que é a melhor tocha do mercado, e sim que esta a anos luz a frente do que essas do tópico e a diferença de valor é muito pouca)... fazendo um comparativo para que o pessoal possa entender melhor, ja que que se identificam mais com câmeras, comparar uma greika 150 com um DE300 por exemplo, com a questão dos valores, é a mesma coisa vc pegar uma cybershot saboneteira simples e pagar nela o mesmo valor de uma DSR intermediaria, as duas fazem fotos, mas...

Seja bem vindo! O Bowens não é um encaixe universal (sei que não disse isso) e nem vai se tornar, cada marca adota seu próprio encaixe e isso não vai mudar (sei que muita coisa pode mudar, mas duvido muito marcas como Profoto, Broncolor, e outras, usando esse encaixe...), oq ja acontece a anos é que a 99% das marcas chinesas resolveram fazer suas tochas com encaixe bowens e assim seguiram, a godox, por exemplo, esta aos poucos mudando para os encaixes da própria marca, oq risca de futuramente deixar de usar o encaixe bowens (se bem que acho que vão ficar com as duas, ainda mais agora que a marca bowens, que tinha fechado, voltou, e quem esta fazendo a tocha deles é a própria godox...)


Opa! Beleza! Sim sim concordo, mas a questão é justamente essa, os custos no Brasil, lá fora tem muitas  opções de entrada, mas ter um produto com assistência, peças para reposição, para os iniciantes e que não tem como investir  , trazer de fora algo pouco melhor, na questão do Bowens, claro q marcas renomadas e bem conceituadas não vão adotar esse encaixe mas no mercado competitivo acredito ter muita influência sim na tendência.

Top de mais poder estar aqui! Valeu


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.674
  • Sexo: Masculino
    • Instagram.com/leopacheco
Resposta #8 Online: 09 de Janeiro de 2020, 12:20:56
..mas no mercado competitivo acredito ter muita influência sim na tendência.

Não existe tendência nenhuma no mercado de se usar bowens (e não é oq acho, isso é um fato), o encaixe só existe por que as marcas chinesas (a muitos anos, não tem nada de novo nisso) optaram por usar esse encaixe ao invés de desenvolver um próprio deles, e não existe absolutamente nada no mercado que esteja tendendo para que naturalmente mude algo mais marcas usarem esse encaixe, muito pelo contrario, é mais fácil a godox por exemplo querer criar uma identidade mais autentica e abandonar o encaixe bowens do que eles virarem universais pra outras...


Opa! Beleza! Sim sim concordo, mas a questão é justamente essa, os custos no Brasil, lá fora tem muitas  opções de entrada, mas ter um produto com assistência, peças para reposição, para os iniciantes e que não tem como investir ...

Mas essas tochas que falei que tem pouca diferença de valor tem assistencia aqui, se vende aqui no brasil, falando de valores, essa icon flash custa em torno de 480 reais, e uma DE 300 vc acha em torno de 550 reais, 70 reais de diferença... mesmo que fosse ainda o dobro é uma tocha infinitamente melhor, e valeria muito mais a pena pra quem esta começando por que é um valor ainda relativamente baixo e compraria algo que seria realmente bom, a godox 150 eu não vou nem falar, ela é tão boa que quando vc compra na caixa vem um alerta pra não deixar a luz de modelagem ligada por muito tempo e nem fazer disparos sequenciais por que pode queimar...

Estou falando isso por que eu gostaria de ter lido coisas assim quando comecei, assim eu não teria perdido meu tempo e dinheiro com produtos que não precisava ou que poderia ter investido pouca coisa mais e pegado algo que estaria até hoje comigo...
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO E ESTÚDIO www.leonardopacheco.com.br/workshop
INSTAGRAM: instagram.com/leopacheco
Contatos e dúvidas pelo Instagram (direct).


YP

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.175
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 11 de Janeiro de 2020, 08:00:38
leonobox

Já precisou de assistência para suas tochas Godox? Tem aqui no Brasil?

Eu tenho muita coisa Godox, mas tochas não e gostaria de saber sobre isso.


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.674
  • Sexo: Masculino
    • Instagram.com/leopacheco
Resposta #10 Online: 11 de Janeiro de 2020, 11:48:30
leonobox
Já precisou de assistência para suas tochas Godox? Tem aqui no Brasil?
Eu tenho muita coisa Godox, mas tochas não e gostaria de saber sobre isso.

Com as que uso mesmo nunca, não quer dizer que não possa acontecer de precisar, uso a 6 anos, dezenas de milhares de disparos e nunca tive problema (a não ser com a SK, onde ja queimei diversas tochas em testes, não é por que é godox que é bom, tem muita coisa que não presta deles...)

Se é pra falar de assistência, ja precisei de assistência da Atek, por exemplo, 3 vezes, oq ja gastei com assistencia poderia ter comprado outra tocha nova e melhor.... não valeu nem um pouco a pena... ah, ainda tenho duas tochas da Atek, e as duas estão com problemas diversos, por isso encostadas, tem assistência, mas não vale a pena arrumar...

E tem assistência no Brasil, a Lumitec por exemplo da assistência aos produtos que vendem da Godox, se vc tiver algum que não tenha revenda aqui e trouxe de fora provavelmente qualquer técnico concerte, oq pode demorar mais é por conta da disponibilidade de peças ja que o produto não foi adquirido aqui por lojas que dão suporte... ja tem diversos tópicos onde mencionei sobre assistência até de outras marcas (como a Visico, por exemplo, que dispensou o técnico que tinha por que é tão difícil dar problema que é mais fácil trocar a tocha quando acontece do que manter um técnico, foram as palavras do próprio representante quando conversei com ele...), tem bastante conteúdo no fórum  :ok:
« Última modificação: 11 de Janeiro de 2020, 11:51:25 por leonobox »
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO E ESTÚDIO www.leonardopacheco.com.br/workshop
INSTAGRAM: instagram.com/leopacheco
Contatos e dúvidas pelo Instagram (direct).


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.133
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 11 de Janeiro de 2020, 17:07:51
Bom assistência aqui no BR é um problema para marcas importadas. Esses flashes mais modernos com componentes de controle eletrônicos é ainda mais problemático, e dependendo da marca e modelo, pode ser que fique na mão sem peças de reposição.

Agora no BR foi sempre assim, se vc quiser um modelo melhor com preço mais acessível tem que partir para os importados.

Atek sempre foi uma boa empresa comigo, já tive vários, ainda tenho aqui algumas tochas, uma delas é remanescente dos anos 80, funcionando, já precisei consertar e eles arrumaram, assistência Atek foi fácil (moro em Sampa), mas ultimamente não tenho usado muito eles. A Atek é uma empresa que não conseguiu avançar tecnologicamente no mesmo ritmos dos gigantes internacionais, então a linha atual de produtos é meio defasada uns 15 anos mais ou menos, além do custo inicial ser caro. Tipo assim vc compra um importado com o dobro da potencia e controle super moderno pelo mesmo preço. Mas no geral é uma boa empresa, assim como a Mako, que vem atendendo mercado brasileiro há décadas. Quando precisei comprar, eu nunca encontrei na linha Incoflash algo com qualidade e características que atendessem as minhas necessidades, da mesma forma com a linha de produtos Greika.

Já faz uns 10 anos que migrei para Aliens Bees/Einstein, e continuo super contente com os produtos deles.

Essa questão da manutenção tem que conviver com ela, um produto de boa qualidade bem cuidado, usando dentro dos limites dura muito tempo.

Eu não deixaria de comprar um flash importado de boa qualidade por dificuldade em assistência, mas veja isso é minha opinião, bem pessoal. Principalmente porque aquilo que se encontra no BR é terrivelmente caro e tecnologicamente defasado, todas as marcas são assim.
« Última modificação: 11 de Janeiro de 2020, 17:12:43 por Lindsay »
Conhecimento importa mais que equipamento.


Cesar Paludo

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 32
Resposta #12 Online: 20 de Janeiro de 2020, 08:58:02
Eu por indicação do Leo, acabei pegando um trio de GS300II ( Gemini ) estão operando a uns 30 dias.
Pouco tempo, mas até agora nao apresentaram nenhum problema.
Gostei do sistema de rádio, uso o X2t e a comunicação e facilidade de operação é muito boa, sem falar no radio incluído nas tochas.

Não notei muita oscilação de potencia.

Por hora um bom investimento.




leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.674
  • Sexo: Masculino
    • Instagram.com/leopacheco
Resposta #13 Online: 08 de Abril de 2020, 11:03:45
Sobre oq tinha comentado, a godox lançou o novo AD300 e o encaixe não é Bowens, mas sim encaixe Godox, para usar Bowens tem que colocar um adaptador....

https://youtu.be/SiQQRFnpfjk
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO E ESTÚDIO www.leonardopacheco.com.br/workshop
INSTAGRAM: instagram.com/leopacheco
Contatos e dúvidas pelo Instagram (direct).