Autor Tópico: Canon R5, o monstro saiu  (Lida 5962 vezes)

Rod.T28

  • Trade Count: (33)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.021
  • Sexo: Masculino
    • Another Point of View
Resposta #15 Online: 29 de Janeiro de 2020, 15:16:12
Como o sensor vai mexer pra estabilizar a câmera, o enquadramento que vc viu um décimo de segundo antes pelo OVF pode não ser o mesmo. Não é que atrapalhe o OVF (que vai funcionar como sempre funcionou, mas a estabilização na lente vai fazer com que vc veja a mesma imagem estabilizada no OVF. No caso do IBIS, você vê uma coisa; o sensor vê outra. Além disso, a estabilização ótica só permite correção vertical e horizontal. Já o IBIS permite também angular, que seria o movimento de torcer a câmera no mesmo eixo da lente.

Tá errada sua observação posto que o que você vê no EVF é exatamente o que o sensor vê! :ok: :ok: :ok:


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 4.927
  • Sexo: Masculino
  • A única certeza é de continuar tendo dúvidas.
    • Meu Flickr
Resposta #16 Online: 29 de Janeiro de 2020, 15:35:15
Tá errada sua observação posto que o que você vê no EVF é exatamente o que o sensor vê! :ok: :ok: :ok:

Em momento nenhum eu falei de EVF. O que o EVF vê é o que o sensor vê. O que o OVF vê, não.
Felipe


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.021
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #17 Online: 29 de Janeiro de 2020, 15:50:21
Como o sensor vai mexer pra estabilizar a câmera, o enquadramento que vc viu um décimo de segundo antes pelo OVF pode não ser o mesmo. Não é que atrapalhe o OVF (que vai funcionar como sempre funcionou, mas a estabilização na lente vai fazer com que vc veja a mesma imagem estabilizada no OVF. No caso do IBIS, você vê uma coisa; o sensor vê outra. Além disso, a estabilização ótica só permite correção vertical e horizontal. Já o IBIS permite também angular, que seria o movimento de torcer a câmera no mesmo eixo da lente.

Acho que entendi.

Mas estamos falando de quantos milímetros de movimento para afetar o enquadramento assim?
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


GRAUBY

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 282
  • @glauberfoto
    • Site
Resposta #18 Online: 29 de Janeiro de 2020, 16:21:10
Como o sensor vai mexer pra estabilizar a câmera, o enquadramento que vc viu um décimo de segundo antes pelo OVF pode não ser o mesmo. Não é que atrapalhe o OVF (que vai funcionar como sempre funcionou, mas a estabilização na lente vai fazer com que vc veja a mesma imagem estabilizada no OVF. No caso do IBIS, você vê uma coisa; o sensor vê outra. Além disso, a estabilização ótica só permite correção vertical e horizontal. Já o IBIS permite também angular, que seria o movimento de torcer a câmera no mesmo eixo da lente.

Leigo eu, mas acho que seria muito sutil pra ter problemas de enquadramento assim.
be.net/glauberc
instagram.com/glauberfoto


DiKC

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 45
Resposta #19 Online: 29 de Janeiro de 2020, 16:25:50
Eu gosto muito dos dois. Cada uma tem suas vantagens e desvantagens.
Eu tenho certeza que o futuro é Mirrorless e acho que ela é bem melhor a começar pelo tamanho da maioria das câmeras da ML. Eu até tenho uma mirrorless, uma Olympus OM-D E-M 10 e adoro demais ela. Eu fico impressionado com o que ela faz e olha que é a primeira versão. Imagino o que outras mirrorless devem fazer. Mas o que me preocupa ainda é se esses EVF's não fazem mal a vista ou se pode até deixar alguém cego. Isso não é novidade, já me disseram que não tem problema mas ainda estou com um pé para trás sobre isso.

Esqueci de comentar, mas eu gostaria de saber a opinião do pessoal que era contra ML sobre esses prováveis lançamentos da Canon. Será que ainda acham que as DSLRs vão renascer das cinzas? Alguém aí comentou que a D780 seria o "contra-ataque", mas parece que miou...
« Última modificação: 29 de Janeiro de 2020, 16:28:30 por DiKC »
Canon EOS 77D
Olympus OM-D E-M 10
Instagram: @diogokc


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 4.927
  • Sexo: Masculino
  • A única certeza é de continuar tendo dúvidas.
    • Meu Flickr
Resposta #20 Online: 29 de Janeiro de 2020, 16:43:22
Acho que entendi.

Mas estamos falando de quantos milímetros de movimento para afetar o enquadramento assim?

Veja esse vídeo aqui, que na verdade é de uma m4/3. Veja o quanto de rotação há no sensor. Mesmo 1mm de um lado e zero mm do outro, em FF, vai dar um ângulo de ~1.5 grau.

Minha câmera tem 3 modos de IBIS: desligado, contínuo ou somente durante o disparo. Frequentemente as linhas que eu jurava que estavam verticais ficam inclinadas quando eu uso somente durante o disparo.
« Última modificação: 29 de Janeiro de 2020, 16:44:14 por felipemendes »
Felipe


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.021
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #21 Online: 29 de Janeiro de 2020, 16:53:16
Parece muito movimento mesmo.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.175
  • Sexo: Masculino
    • Site
Resposta #22 Online: 29 de Janeiro de 2020, 18:10:21
Parece que a Canon finalmente entrou no jogo e quer recuperar o espaço perdido pra Sony!

A briga vai ser boa pra nós!


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 736
  • Sexo: Masculino
Resposta #23 Online: 30 de Janeiro de 2020, 09:14:06
Veja esse vídeo aqui, que na verdade é de uma m4/3. Veja o quanto de rotação há no sensor. Mesmo 1mm de um lado e zero mm do outro, em FF, vai dar um ângulo de ~1.5 grau.

Minha câmera tem 3 modos de IBIS: desligado, contínuo ou somente durante o disparo. Frequentemente as linhas que eu jurava que estavam verticais ficam inclinadas quando eu uso somente durante o disparo.

Caramba não sabia que movimentava tanto assim... Lembrei de um rapaz que disse que isso pode gerar um tipo de back e front focus...
« Última modificação: 30 de Janeiro de 2020, 09:16:49 por Gabriel Büll »


rdmello76

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 898
  • Sexo: Masculino
    • Perfil 500px
Resposta #24 Online: 30 de Janeiro de 2020, 10:08:15
Eu gosto muito dos dois. Cada uma tem suas vantagens e desvantagens.
Eu tenho certeza que o futuro é Mirrorless e acho que ela é bem melhor a começar pelo tamanho da maioria das câmeras da ML. Eu até tenho uma mirrorless, uma Olympus OM-D E-M 10 e adoro demais ela. Eu fico impressionado com o que ela faz e olha que é a primeira versão. Imagino o que outras mirrorless devem fazer. Mas o que me preocupa ainda é se esses EVF's não fazem mal a vista ou se pode até deixar alguém cego. Isso não é novidade, já me disseram que não tem problema mas ainda estou com um pé para trás sobre isso.

Todos são de baixa potência e não fazem mais mal que qualquer tela de LCD. A diferença é que não se fica olhando para o EVF continuamente do mesmo modo que se olha para uma tv ou um monitor. O perigo está em ficar longos períodos na frente desses dispositivos (https://www.health.harvard.edu/diseases-and-conditions/electronic-screen-alert-avoid-this-vision-risk), mas o mesmo seria verdade para uma televisão de tubo também.

Dificilmente se fica mais do que um minuto continuamente com os olhos no EVF sem tirar para olhar ao redor, buscar novo assunto para fotografar ou mesmo fazer um ajuste na câmera. Isso faz com que os olhos relaxem (já que na câmera o olho não precisa focar) e ainda que pisquemos, que é o maior problema, por causar causar irritação e secura.
Canon 5D MK III - Sony A7III


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 4.927
  • Sexo: Masculino
  • A única certeza é de continuar tendo dúvidas.
    • Meu Flickr
Resposta #25 Online: 30 de Janeiro de 2020, 12:13:36
Caramba não sabia que movimentava tanto assim... Lembrei de um rapaz que disse que isso pode gerar um tipo de back e front focus...

Poder, pode. Mas só com uma lente ruim, que não projeta a imagem toda no mesmo plano; ou um IBIS defeituoso, que vai fazer o sensor sair do plano de foco.
Felipe


rdmello76

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 898
  • Sexo: Masculino
    • Perfil 500px
Resposta #26 Online: 05 de Fevereiro de 2020, 10:10:47
Sobre o 8k, que todo mundo está duvidando, encontrei um artigo interessante no EOSHD (https://www.eoshd.com/canon/canon-officially-confirms-8k-eos-r5-is-in-our-roadmap/) sobre assunto.

Resumindo, o autor leva por base a capacidade da 1Dx III de filmar em 5.5K a 60fps, para calcular o volume de pixels a serem processados:
Citar
The data rate coming off the sensor in this mode amounts to 995 million pixels per second (995,328,000).

Have a guess what the data rate is for 4K 120fps (3840 x 2160)?

995 million pixels per second (995,328,000).

So seemingly, Canon already has the sensor bandwidth and image processor to cope.

What about 8K at up to 30fps?

8K resolution is 7680 × 4320.

At 30fps this amounts to – yes you guessed it – 995 million pixels per second (once again exactly the same figure at 995,328,000).

Assim, a conclusão dele é que a Canon já possui capacidade de processamento suficiente para fazer 8k a 30fps, pois o volume de informação seria exatamente o mesmo que o da 1DX III a 5.5k - 60fps. O motivo para não incluir na DSLR top de linha seria a falta de Mpix do sensor.
Canon 5D MK III - Sony A7III


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.021
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #27 Online: 05 de Fevereiro de 2020, 10:12:39
O mais forte no Canon Rumors é que o 8k seria apenas para uma funcionalidade de timelapse.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


rdmello76

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 898
  • Sexo: Masculino
    • Perfil 500px
Resposta #28 Online: 05 de Fevereiro de 2020, 10:48:11
O mais forte no Canon Rumors é que o 8k seria apenas para uma funcionalidade de timelapse.

Sim, mas um executivo da Canon confirmou vídeo 8k na linha R, então me parece que a função estaria limitada ao timelapse.
(https://petapixel.com/2019/01/10/canon-an-8k-eos-r-camera-is-on-the-way/ - https://www.videomaker.com/news/canon-confirms-development-of-an-8k-eos-r-camera/ - https://www.canonwatch.com/canon-told-us-one-year-ago-that-an-8k-capable-canon-eos-r-camera-is-coming/)

Apesar de eu não mexer com vídeo, seria algo que poderia mudar o jogo para a Canon e, para variar, colocar a Sony para correr atrás do prejuízo. Para nós, consumidores, seria ótimo.
Canon 5D MK III - Sony A7III


YP

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.135
  • Sexo: Masculino
Resposta #29 Online: 05 de Fevereiro de 2020, 13:22:48
O 4k já é bem pesado, imagino o 8k  :shock:

Ainda que não trabalho com vídeos.