Autor Tópico: COLETIVO - Macros  (Lida 7975 vezes)

SReis007

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 258
Resposta #405 Online: 28 de Junho de 2020, 13:54:27
Isso de fato foi o inicio da brincadeirinha :ok:
Olha a nossa sorte!  Se juntaram ao tópico o Erick, Gabriel, Angelo, Reis, poderiam ter outros mais, e hoje além de fazer macro das modelos, tem também macro abstrata e sabe mais o que pode vir de interessante por aqui. Além da evolução técnica que os neófitos tiveram num período de tempo relativamente curto e isso só foi possível pelo conhecimento e trocas dessas experiências maravilhosas nesse espaço. E apesar das muitas limitações do equipamento, as minhas, quem sabe mais a frente possamos experimentar, uma macro puro sangue, e expandir as novas possibilidades da nossa diversão!
Um abraço e obrigado amigos.  :clap: :worship:
Valeu Fernando é isso aí

Enviado de meu SM-G9650 usando o Tapatalk



SReis007

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 258
Resposta #406 Online: 28 de Junho de 2020, 13:57:07
Eu pensava da mesma forma que você sobre velocidade por isso resolvi explicar tanta coisa, me desculpe qualquer coisa.
Mas no geral parece bizarro mas funciona, aprendi bem sobre isso em um tópico que o Batman fez fotografando frutas caindo na água e morcegos em voou, antes disso só conhecia a teoria...
A velocidade do obturador não importa muito, o flash que faz a velocidade real. Aqui uma tabela para explicar melhor.

1/1 power = 1/1000 second
1/2 power = 1/2000
1/4 power = 1/4000
1/8 power = 1/9000
1/16 power = 1/15000
1/32 power = 1/21000
1/64 power = 1/30000
1/128 power = 1/35000

Isso só funciona se não tiver luz ambiente suficiente para o sensor, por isso coloco ISO 100, F11, depois é só colocar a potência certa no flash aquela foto do percevejo, foi com flash em 1/2 que é equivalente à 1/2.000 do obturador.
Muito Legal essa Explicação Gabriel

Enviado de meu SM-G9650 usando o Tapatalk



angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.528
  • Sexo: Masculino
Resposta #407 Online: 28 de Junho de 2020, 17:45:13
Eu pensava da mesma forma que você sobre velocidade por isso resolvi explicar tanta coisa, me desculpe qualquer coisa.
Mas no geral parece bizarro mas funciona, aprendi bem sobre isso em um tópico que o Batman fez fotografando frutas caindo na água e morcegos em voou, antes disso só conhecia a teoria...
A velocidade do obturador não importa muito, o flash que faz a velocidade real. Aqui uma tabela para explicar melhor.

1/1 power = 1/1000 second
1/2 power = 1/2000
1/4 power = 1/4000
1/8 power = 1/9000
1/16 power = 1/15000
1/32 power = 1/21000
1/64 power = 1/30000
1/128 power = 1/35000

Isso só funciona se não tiver luz ambiente suficiente para o sensor, por isso coloco ISO 100, F11, depois é só colocar a potência certa no flash aquela foto do percevejo, foi com flash em 1/2 que é equivalente à 1/2.000 do obturador.


Caramba, super dica!
Rapaz, testei aqui, tipo tira-teima, baixando a velocidade logo para 1 segundo e funfou rsrs..  nao tremulou, muito legal!  Nesse caso acho q foi f/22 e 1/2 power (estava testando em uma lente antiga, sem exif).  A condiçao era de pouca luz, ISO 200. Mas na mesma condiçao e diminuindo a potencia do flash tive q ir aumentando o ISO manualmente, testei em ISO Auto mas nao deu certo. Depois vou testar em outra camera e lente eletronica mais novas, seria perfeito se o ISO se ajustasse manualmente (dentro de limites, claro), mas acho q é querer demais.  Pelo pouco q testei a velocidade do obturador em relaçao a da luz do flash, varia em influencia de zero (com ausencia ou baixa luz) até baixa em velocidades extremas  como 1 segundo, mas até ai a foto ainda fica aproveitável, incrivel!
Em resumo, confirmado (para mim  :D ) que nas condiçoes acima, o q conta é  a velocidade da luz do flash!
Valeu mesmo, Gabriel!

*ps.: Quem levantou a bola para esse tema foi  o Edubastos (nao me engano) quem deu a dica lá  trás para  congelamento de movimentos muito rápidos (animais etc..) mas  em ambientes de  ausência de luz. O Gabriel que abriu a possibilidade para o uso em condições de pouca luz real,  ou forçada com apertura pequena e ISO baixo.   
« Última modificação: 28 de Junho de 2020, 17:57:12 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.095
  • Sexo: Masculino
Resposta #408 Online: 28 de Junho de 2020, 20:26:56

Caramba, super dica!
Rapaz, testei aqui, tipo tira-teima, baixando a velocidade logo para 1 segundo e funfou rsrs..  nao tremulou, muito legal!  Nesse caso acho q foi f/22 e 1/2 power (estava testando em uma lente antiga, sem exif).  A condiçao era de pouca luz, ISO 200. Mas na mesma condiçao e diminuindo a potencia do flash tive q ir aumentando o ISO manualmente, testei em ISO Auto mas nao deu certo. Depois vou testar em outra camera e lente eletronica mais novas, seria perfeito se o ISO se ajustasse manualmente (dentro de limites, claro), mas acho q é querer demais.  Pelo pouco q testei a velocidade do obturador em relaçao a da luz do flash, varia em influencia de zero (com ausencia ou baixa luz) até baixa em velocidades extremas  como 1 segundo, mas até ai a foto ainda fica aproveitável, incrivel!
Em resumo, confirmado (para mim  :D ) que nas condiçoes acima, o q conta é  a velocidade da luz do flash!
Valeu mesmo, Gabriel!

*ps.: Quem levantou a bola para esse tema foi  o Edubastos (nao me engano) quem deu a dica lá  trás para  congelamento de movimentos muito rápidos (animais etc..) mas  em ambientes de  ausência de luz. O Gabriel que abriu a possibilidade para o uso em condições de pouca luz real,  ou forçada com apertura pequena e ISO baixo.

Eu gosto de usar sempre ISO manual junto com o Flash manual também, porque a câmera em auto vai tentar expor corretamente a foto, e nós queremos o contrário :D


Fernandojps

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 571
  • Sexo: Masculino
  • Me divertindo fazendo arte!
Resposta #409 Online: 29 de Junho de 2020, 10:30:04
Eu gosto de usar sempre ISO manual junto com o Flash manual também, porque a câmera em auto vai tentar expor corretamente a foto, e nós queremos o contrário :D

Obrigado Gabriel pelas dicas! Vamos praticar mais um pouquinho  :ok:



Caramba, super dica!
Rapaz, testei aqui, tipo tira-teima, baixando a velocidade logo para 1 segundo e funfou rsrs..  nao tremulou, muito legal!  Nesse caso acho q foi f/22 e 1/2 power (estava testando em uma lente antiga, sem exif).  A condiçao era de pouca luz, ISO 200. Mas na mesma condiçao e diminuindo a potencia do flash tive q ir aumentando o ISO manualmente, testei em ISO Auto mas nao deu certo. Depois vou testar em outra camera e lente eletronica mais novas, seria perfeito se o ISO se ajustasse manualmente (dentro de limites, claro), mas acho q é querer demais.  Pelo pouco q testei a velocidade do obturador em relaçao a da luz do flash, varia em influencia de zero (com ausencia ou baixa luz) até baixa em velocidades extremas  como 1 segundo, mas até ai a foto ainda fica aproveitável, incrivel!
Em resumo, confirmado (para mim  :D ) que nas condiçoes acima, o q conta é  a velocidade da luz do flash!
Valeu mesmo, Gabriel!

*ps.: Quem levantou a bola para esse tema foi  o Edubastos (nao me engano) quem deu a dica lá  trás para  congelamento de movimentos muito rápidos (animais etc..) mas  em ambientes de  ausência de luz. O Gabriel que abriu a possibilidade para o uso em condições de pouca luz real,  ou forçada com apertura pequena e ISO baixo.

É informação que não acaba mais, um plantão JN macro 24 horas! Eu acho sensacional  :snack:




Para iniciar a semana encontrei dois modelos na minha varanda, agora pela manhã, solicitando uns clics que estavam em lockdown  :hysterical:

Bug by Fernando Pires, no Flickr

Abs e uma ótima semana!
« Última modificação: 29 de Junho de 2020, 10:35:10 por Fernandojps »


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.095
  • Sexo: Masculino
Resposta #410 Online: 30 de Junho de 2020, 07:54:15
Ótima foto Fernando, gostei do tom das cores. :clap:


erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 2.900
  • Sexo: Masculino
  • Não é a câmera, é o fotógrafo...
Resposta #411 Online: 30 de Junho de 2020, 08:40:49


Gente, KD o Erick ???
Eu tenho acompanhado o tópico, e fico muito animado com o progresso de todos (e tenho aprendido bastante também), como eu disse eu estava envolvido em um projeto que está tomando bastante tempo, eu tenho um livro publicado (resolvi dar um up nele) terminei esses dias, estou esperando chegar da gráfica para saber como ficou e estou planejando outro, esse vou com mais calma.
« Última modificação: 30 de Junho de 2020, 08:41:12 por erickdlm »


erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 2.900
  • Sexo: Masculino
  • Não é a câmera, é o fotógrafo...
Resposta #412 Online: 30 de Junho de 2020, 08:45:47
Hoje fui dar um passeio no JB se recuperando da poda e as modelos aparecendo aos poucos do lockdown. :D


Gostei bastante dessa :ok:


erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 2.900
  • Sexo: Masculino
  • Não é a câmera, é o fotógrafo...
Resposta #413 Online: 30 de Junho de 2020, 09:00:49
:ponder:

 :ponder:

Desculpem amigo minha ignorância e não tenho estudo de nada, então fico tentando praticar com as dicas dos colegas, como o equipamento que tenho.....tenho o flash e o radio, e ja acertei melhor com o flash fora da sapata...blz.....Mas com estas velocidades e ISOs altos nunca tentei......quanto a abertura fico entre f/7.1 e f/11 e ISO 100 para evitar o máximo os ruídos .... :ponder:.....Mesmo usando o flash externo é preciso uma velocidade e ISOs altos ?....Nossa, tenho muito que aprender e praticar ( tentativas e erros ) :aua: :aua:
O Flash está lá para congelar o movimento, isso vai permitir que você experimente velocidades mais baixas sem o medo de tremer a imagem, com isso a cena fica mais iluminada. Não teria a necessidade de você subir o ISO, o que dependendo do seu equipamento poderia degradar a imagem...
« Última modificação: 30 de Junho de 2020, 09:01:22 por erickdlm »


Fernandojps

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 571
  • Sexo: Masculino
  • Me divertindo fazendo arte!
Resposta #414 Online: 30 de Junho de 2020, 09:13:46
Ótima foto Fernando, gostei do tom das cores. :clap:

Obrigado Gabriel estou evoluindo nesse quesito depois que o Angelo chamou à atenção das cores muito quentes, que apareciam nas minhas imagens, de fato aquele WB com intensidade não da para ser usado sempre e eu vou corrigindo a rota! kkkkk

Gostei bastante dessa :ok:

Que bom o seu retorno e obrigado pelo incentivo  :ok:


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.095
  • Sexo: Masculino
Resposta #415 Online: 30 de Junho de 2020, 13:00:56
Obrigado Gabriel estou evoluindo nesse quesito depois que o Angelo chamou à atenção das cores muito quentes, que apareciam nas minhas imagens, de fato aquele WB com intensidade não da para ser usado sempre e eu vou corrigindo a rota! kkkkk


Essa é à parque que mais me afeta, quase nunca altero o WB no pós, mas sempre fico em dúvida se está bom. :ponder:


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.528
  • Sexo: Masculino
Resposta #416 Online: 30 de Junho de 2020, 14:53:15
Eu gosto de usar sempre ISO manual junto com o Flash manual também, porque a câmera em auto vai tentar expor corretamente a foto, e nós queremos o contrário :D


Bom, acho que a questão ai é entender o que é o "corretamente" da camera, nao ficou claro para mim  o que seria o contrário. Particularmente minha idéia é expor corretamente o tema principal, o resto fica mais fácil de consertar.. 
Depois que entendi e pratiquei rapidamente as dicas do Gabriel,   fiquei pensando em como ter menos trabalho, ie, evitar ter que ficar ajustando a luz (no caso a potencia do flash) quando se muda alguma variável.  No modo manual, em macro, onde a distancia praticamente nao varia, as eventuais alteraçoes deveriam ser feitas no flash (potencia) e na camera (ISO), além da abertura se conveniente.  Claro que ISO interessa deixar o mais baixo possível, ou seja, nao mexer. A abertura a menor possivel dentro dos limites da difraçao, entao pensei: sobrou os ajustes do flash (potencia) e me perguntei se no modo TTL o comportamento nao seria o mesmo na insuficiência de luz natural para o sensor? Em "teoria" sim, imaginei. Fui testar e então "descobri a roda"  :hysterical: o modo TTL funciona igualmente na condiçao de baixa ou ausencia de luz, ou seja, independente da velocidade da camera e evita ter que ficar fazendo ajustes da potencia qdo mudamos variáveis ou mesmo de ambiente. Eventuais correções em TTL  devem ser muito menos comuns do que os ajustes manuais que faríamos na camera e flash. A "descoberta" do TTL, q na realidade foi simplesmente entender minimamente como funciona a coisa, deve ajudar muito na correta exposiçao, mas se nao agradar basta sub ou sobre expor. A bicharada em geral, insetos sobretudo, nao tem muita paciencia para posar rsrs.. e nao vai dar para ficar ajustando e conferindo a luz nessas horas.

O outro problema que tenho, ainda, é o difusor. Tenho aqui alguns caseiros (Pringle's, outro de tubo de papelão revestido,  outro de placa de plastico revestida de papel branco e um difusor dedicado, tipo flexivel com tela branca na frente e "paredes" internas refletivas. Os de tubo nao me agradam muito, é luz frontal  e de cima, produz alguma sombra e muitas vezes nao ilumina todo o conjunto da imagem, reduzindo as possibilidades de composiçao e embelezamento pelo fundo. Muitas vezes o fundo fica simplesmente negro, que tem a sua beleza, mas cansa qdo repetitivo..  Outras vezes o bicho nao fica completamente iluminado como um todo, o q vemos com frequencia. Com o difusor dedicado os resultados tem sido melhores, pelo pouquissimo que tentei (uma só vez em campo, rsrs..); no caso  estava no flash fora da camera, ou seja, camera em uma mão e flash na outra, nada prático.
Nos próximos dias vou tentar algumas alternativas com o flash na camera tanto com o flash dedicado quanto com os Pringle's da vida..
« Última modificação: 30 de Junho de 2020, 14:58:48 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.528
  • Sexo: Masculino
Resposta #417 Online: 30 de Junho de 2020, 15:03:49
É informação que não acaba mais, um plantão JN macro 24 horas! Eu acho sensacional  :snack:
Para iniciar a semana encontrei dois modelos na minha varanda, agora pela manhã, solicitando uns clics que estavam em lockdown  :hysterical:

Bug by Fernando Pires, no Flickr


Ficou legal, mas identifiquei a caracteristica do difusor Pringle's que mencionei anteriormente (mas isso fica "só" entre nós  :D ..)
« Última modificação: 30 de Junho de 2020, 15:04:33 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.528
  • Sexo: Masculino
Resposta #418 Online: 30 de Junho de 2020, 16:21:13
Essas foram da semana passada, ISO alto (800), modo HSS, e ainda sem os novos conhecimentos do flash e com difusor meia-boca  :D





2.


3.


4.
« Última modificação: 30 de Junho de 2020, 16:29:32 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 2.900
  • Sexo: Masculino
  • Não é a câmera, é o fotógrafo...
Resposta #419 Online: 30 de Junho de 2020, 16:31:05

Bom, acho que a questão ai é entender o que é o "corretamente" da camera, nao ficou claro para mim  o que seria o contrário. Particularmente minha idéia é expor corretamente o tema principal, o resto fica mais fácil de consertar.. 
Depois que entendi e pratiquei rapidamente as dicas do Gabriel,   fiquei pensando em como ter menos trabalho, ie, evitar ter que ficar ajustando a luz (no caso a potencia do flash) quando se muda alguma variável.  No modo manual, em macro, onde a distancia praticamente nao varia, as eventuais alteraçoes deveriam ser feitas no flash (potencia) e na camera (ISO), além da abertura se conveniente.  Claro que ISO interessa deixar o mais baixo possível, ou seja, nao mexer. A abertura a menor possivel dentro dos limites da difraçao, entao pensei: sobrou os ajustes do flash (potencia) e me perguntei se no modo TTL o comportamento nao seria o mesmo na insuficiência de luz natural para o sensor? Em "teoria" sim, imaginei. Fui testar e então "descobri a roda"  :hysterical: o modo TTL funciona igualmente na condiçao de baixa ou ausencia de luz, ou seja, independente da velocidade da camera e evita ter que ficar fazendo ajustes da potencia qdo mudamos variáveis ou mesmo de ambiente. Eventuais correções em TTL  devem ser muito menos comuns do que os ajustes manuais que faríamos na camera e flash. A "descoberta" do TTL, q na realidade foi simplesmente entender minimamente como funciona a coisa, deve ajudar muito na correta exposiçao, mas se nao agradar basta sub ou sobre expor. A bicharada em geral, insetos sobretudo, nao tem muita paciencia para posar rsrs.. e nao vai dar para ficar ajustando e conferindo a luz nessas horas.

O outro problema que tenho, ainda, é o difusor. Tenho aqui alguns caseiros (Pringle's, outro de tubo de papelão revestido,  outro de placa de plastico revestida de papel branco e um difusor dedicado, tipo flexivel com tela branca na frente e "paredes" internas refletivas. Os de tubo nao me agradam muito, é luz frontal  e de cima, produz alguma sombra e muitas vezes nao ilumina todo o conjunto da imagem, reduzindo as possibilidades de composiçao e embelezamento pelo fundo. Muitas vezes o fundo fica simplesmente negro, que tem a sua beleza, mas cansa qdo repetitivo..  Outras vezes o bicho nao fica completamente iluminado como um todo, o q vemos com frequencia. Com o difusor dedicado os resultados tem sido melhores, pelo pouquissimo que tentei (uma só vez em campo, rsrs..); no caso  estava no flash fora da camera, ou seja, camera em uma mão e flash na outra, nada prático.
Nos próximos dias vou tentar algumas alternativas com o flash na camera tanto com o flash dedicado quanto com os Pringle's da vida..
Acho o difusor da Greika o modelo RE-2011 muito bom para macro, é muito barato também, além de entregar uma luz bem bacana.