Autor Tópico: Até que ponto vale a pena um entusiasta imprimir suas fotos.  (Lida 547 vezes)

fernandosvieira

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 320
  • Sexo: Masculino
    • Instagram
Online: 16 de Março de 2020, 12:10:08
Bom Dia! Saudações meus amigos.

Fim de semana de confinamento espontâneo (COVID19), evitando ser vetor e passei a pensar, qual o objetivo de comprar câmera, lente, filtro, tripé, bolsa, etc? digo isso para entusiasta que não vive de fotografia?

Um clique no instagram, uma imagem no notebook de alguem, no PC talvez? Postar no 500px.

Pensei em tudo e vi que nada me deixava mais satisfeito de que ver a imagem emoldurada em uma parede, acreditei então que o escopo da "arte" é a "obra" pronta, na parede, para seu deleite, ou mesmo para o deleite de terceiros.

Fico imaginando minhas parcas saídas fotográficas, sempre sem tempo, sempre em horários complexos, sempre lutando contra a previsão do tempo (minha cidade já está há mais de 30 dias nublada, com aquelas nuvens que tapam o sol e o céu como um todo), poucos cliques, sem tempo para aprecia novas composições mas sempre tentando extrair alguma coisa, estou chegando geralmente com 20-40 fotos e gosto de 2-3 no max., seja por inabilidade técnica, ferrugem, ou por falta de tempo para parar, respirar e apreciar.

Dito isso, vamos ás considerações, passei boa parte do FDS imerso no YTube, vendo as impressões sobre impressoras, Pro 1000 (fora da realidade de orçamento), Pro 100 (achei muito aquem por ser corante) e Pro 10 (pigmento), e passei a pensar em colocar minhas imagens em papel em casa.

Si vem o contraponto, vale a pena ter uma impressora em casa ou o melhor seria continuar imprimindo em atelier, digo isso por custos, contatos com outros fotografos e a facilidade de escolher logo moldura, vidro, etc.

Outra, qual a curva de aprendizado destas máquinas? Será que seria capaz de fazer ela me entregar resultados satisfatórios?

Outra, como nada na fotografia vem só, até que ponto eu com meu Mac12, sem monitor cheio de paranauê, conseguiria fidelizar as cores, ou seja, será que para imprimir em casa primeiro teria de adquirir monitor, calibrador e só depois a impressora?

Com a palavra vocês meus confrades, experientes que são.
80D - 10-18mm- 24mm - 24-105mmf/4L - 70-200mmf/4L
https://www.instagram.com/fernandosvieira/


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.738
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 16 de Março de 2020, 12:24:25
Ponderei demais sobre isso.

Minha receita (e não há regra aqui) é que, ao menos para mim, fotografia é imagem impressa.

Existe uma infinidade de motivos que eu poderia enumerar aqui para demonstrar o porquê eu entendo desta forma, porém entendo que como pensa igual a mim, isso não seria muito útil para responder seu questionamento.

Entendo também que quantidade não é qualidade e tudo bem com isso, assim economizo papel e tinta.

Imprimir para mim, mesmo que seja eventual é caro, porém seria mais caro se eu tivesse um equipamento dedicado, dado meu aproveitamento.

Sent from my SM-N975F using Tapatalk

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.738
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 16 de Março de 2020, 12:28:41
Complementando:

Sim, eu imprimo, sim acho que fotografia só é fotografia se impressa, sim melhor usar um estúdio para suas impressões, eles sempre terão os melhores equipamentos, são especialistas e você pode junto com o printer fazer ajustes no momento da impressão.

Sent from my SM-N975F using Tapatalk

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • ***
  • Mensagens: 5.101
  • Sexo: Masculino
  • A única certeza é de continuar tendo dúvidas.
    • Meu Flickr
Resposta #3 Online: 16 de Março de 2020, 14:53:14
Eu tenho duas qualificações pras minhas fotos: fotos de eventos, eu organizo em álbuns do Google, que ficam em exposição no Google Home e nos Chromecasts da casa. Bem conveniente, porque ao colocar novos eventos, eu posso simplesmente remover os eventos antigos, e assim só passar os eventos recentes da família. Tenho também álbuns temáticos, com paisagens e astrofotos.

E tenho também fotos impressas, que são escolhidas e editadas de acordo com o ambiente onde elas estarão. Por exemplo, reformei o banheiro, colocando um papel de parede branco/azul com bancada de madeira resinada. A foto que escolhi pra colocar no banheiro foi uma nova edição de uma foto que já postei aqui no fórum, com o azul combinando com a cor do papel de parede, e os prédios combinando com a cor da madeira.

A minha impressora é uma Pro-100, que consegui em uma condição especialíssima: $250, com uma resma de papel que custa $50 e um rebate de $200. Ou seja, comprei o papel e ganhei a impressora!  :eek:

Estou bem satisfeito com a qualidade do resultado dela, mas realmente a calibração do monitor é essencial: Em todas as vezes que usei o monitor do notebook ao invés do monitor dedicado (e calibrado), não saiu como eu queria. Usando o monitor calibrado, fica próximo, mas ainda não está perfeito; normalmente eu tenho que clarear um pouco a imagem no PC pra sair como eu queria no papel. Tem muitas opções de driver e gerenciamento de cores que ainda não explorei.


Felipe


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.738
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 16 de Março de 2020, 14:57:02
Eu tenho duas qualificações pras minhas fotos: fotos de eventos, eu organizo em álbuns do Google, que ficam em exposição no Google Home e nos Chromecasts da casa. Bem conveniente, porque ao colocar novos eventos, eu posso simplesmente remover os eventos antigos, e assim só passar os eventos recentes da família. Tenho também álbuns temáticos, com paisagens e astrofotos.

E tenho também fotos impressas, que são escolhidas e editadas de acordo com o ambiente onde elas estarão. Por exemplo, reformei o banheiro, colocando um papel de parede branco/azul com bancada de madeira resinada. A foto que escolhi pra colocar no banheiro foi uma nova edição de uma foto que já postei aqui no fórum, com o azul combinando com a cor do papel de parede, e os prédios combinando com a cor da madeira.

A minha impressora é uma Pro-100, que consegui em uma condição especialíssima: $250, com uma resma de papel que custa $50 e um rebate de $200. Ou seja, comprei o papel e ganhei a impressora!  :eek:

Estou bem satisfeito com a qualidade do resultado dela, mas realmente a calibração do monitor é essencial: Em todas as vezes que usei o monitor do notebook ao invés do monitor dedicado (e calibrado), não saiu como eu queria. Usando o monitor calibrado, fica próximo, mas ainda não está perfeito; normalmente eu tenho que clarear um pouco a imagem no PC pra sair como eu queria no papel. Tem muitas opções de driver e gerenciamento de cores que ainda não explorei.
Geralmente precisa usar o perfil do papel, basta baixar do site do papel que você adquiriu.

Sent from my SM-N975F using Tapatalk

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • ***
  • Mensagens: 5.101
  • Sexo: Masculino
  • A única certeza é de continuar tendo dúvidas.
    • Meu Flickr
Resposta #5 Online: 16 de Março de 2020, 15:08:00
Geralmente precisa usar o perfil do papel, basta baixar do site do papel que você adquiriu.

Sent from my SM-N975F using Tapatalk

Isso também, mas daí tem opções de usar o PS ou o Windows pra gerenciar as cores. E tem o perfil de cor de fábrica, que não necessariamente é fiel àquela impressora específica. O certo seria imprimir uma prova, e fazer um perfil de cor específico da impressora. Só que meu ColorMunki Display, até onde sei, não cria perfil pra impressora.
Felipe


fernandosvieira

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 320
  • Sexo: Masculino
    • Instagram
Resposta #6 Online: 16 de Março de 2020, 15:11:28
Eu já uso o perfil dos papéis que o atelier usa, até para perder pouco tempo lá fazendo prova, já vou com mais uma noção de qual papel aplicar.

Uso os perfis no LR, não sei se é pq gosto de contraste, mas geralmente fico no Semi gloss, acho que chama Baryta


Sent from my iPhone using Tapatalk
« Última modificação: 16 de Março de 2020, 15:12:01 por fernandosvieira »
80D - 10-18mm- 24mm - 24-105mmf/4L - 70-200mmf/4L
https://www.instagram.com/fernandosvieira/


spositom

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.611
Resposta #7 Online: 17 de Março de 2020, 02:13:54
Fiquei meio puto da vida com a Canon, os caras esqueceram de me avisar que não podia desligar a impressora e detonei cabeçote de R$2000 antes de terminar cartuchos starts, mas fora isso é boa de cor, pelo menos as pigmentadas

Dependendo do tamanho do papel, a epson é de boa e sai um custo bom de impressão as L800/805 ou L1800 (ambas corante), mas se não perfilar tem que usar papel original ou com perfil com o perfil do fabricante do papel, não fica 100% mas passa legal, só não abusa do preto e branco

Agora sobre as fotos, eu, euzinho aconselho e uso as fotos das seguinte forma: elas tem uma boa plasticidade e devem ser observadas como arte e tem outras que conectam com momentos... e muitas vezes não tem uma boa técnica, tá bem meia boca mas não tem importância

Agora, se vai passar de entusiasta prumas fotos grandes pra venda ou algo do gênero, cuide muito bem do gerenciamento de cor

Uma observação. A grande diferença entre pigmentada é a durabilidade, porém , contudo, todavia a moldura e local de exposição também afetam a durabilidade.

Se utilizar um material acido e contato direto com UV vai detonar a foto

Trabalho com moldura e um pouco de impressão, se precisar de informação fique a vontade em perguntar

Abs


guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.615
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Resposta #8 Online: 17 de Março de 2020, 08:33:33
Taí um hábito que eu gostaria de criar, imprimir algumas fotos que eu faço.

Porém grande parte do que faço são eventos, e não me vejo imprimindo fotos dos eventos PRA MIM, no máximo seria pra decorar uma sala de reunião/escritório que eu ainda não tenho.

E tenho um outro problema que é o meu nível de exigencia comigo mesmo ser muito alto. Quando olho pras minhas fotos, não sinto que elas são dignas e boas o suficiente pra merecerem ser impressas  :aua: :(
https://saycheese.fot.br

Fujifilm: X-T2 | X-T1 | X-E2 | XF 16mm F/2.8 R WR | XF 23mm f/2 R WR | XF 56mm f/1.2 R | Meike 35mm F/1.7
 DJI: Osmo Pocket


LeandroR

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.893
    • Dilone Fotografia
Resposta #9 Online: 17 de Março de 2020, 09:00:25
Se vale a pena imprimir suas fotos? Com certeza, vale muito a pena, não vai se arrepender.

Se vale a pena ter uma impressora própria? Eu fiz esse cálculo muitas vezes e não vale a pena não, financeiramente lógico. Descubra um laboratório que entrega um bom trabalho e faz por lá mesmo. A única vantagem de ter impressora própria e poder imprimir em casa, ter pleno controle de todo o processo, etc, mas isso tem um custo, sairá mais caro que usar o laboratorio e será muito difícil igualar a qualidade de impressão de um bom laboratório fazendo em casa.
Viagens, expedições e mentoria fotográfica, visite:
www.dilonefotografia.com

IG     www.instagram.com/leandro_reichert/
FB     www.facebook.com/dilonefotografia/


AFShalders

  • Mecenas
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.331
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #10 Online: 17 de Março de 2020, 13:31:41
Depende do que você espera e do quanto você pode pagar.

Por exemplo, se fotos 10x15 resolverem o seu problema, a Canon tem as impressoras série Selphy, que embora custem por volta de mil reais a impressora e as fotos saiam por uns 2-3 reais cada, a qualidade é muito, muito boa e é dye sublimation. No final o custo alto por foto compensa pela dor de cabeça poupada.

A Epson L800 é bem interessante se fizer o perfil dela e do papel. Tem que usar papel decente, obviamente. Tenho excelentes resultados com o Platinum da Canon e com o Ultima da Kodak. A Epson tem bons papeis, o problema é encontrar. Agora fuja dos papeis "nacionais" são todos um horror.

Se você usar Mac, tem um programa chamado PrintFab que é um RIP profissional que permite um zilhão de ajustes na impressão. Obviamente é pago. Se for Linux, tem o Turboprint que faz o mesmo. Existem RIPS para Windows mas nunca usei nem me interessei por eles.

Por fim, o seu monitor TEM que estar calibrado senão vai sair tudo errado.

Se fizer direito fica melhor que na maioria dos laboratórios.


P.S.

Outra coisa, não tem isso de tinta corante ser melhor que pigmentada e vice-versa. O que tem é tinta de boa qualidade e tinta de má qualidade, principalmente. Tenho impressões em tinta corante de 15 anos perfeitas, em porta-retrato. Uma dica, impressão barata = impressão ruim em 99% dos casos.
« Última modificação: 17 de Março de 2020, 13:34:49 por AFShalders »
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • ***
  • Mensagens: 5.101
  • Sexo: Masculino
  • A única certeza é de continuar tendo dúvidas.
    • Meu Flickr
Resposta #11 Online: 17 de Março de 2020, 13:59:19
Fiquei meio puto da vida com a Canon, os caras esqueceram de me avisar que não podia desligar a impressora e detonei cabeçote de R$2000 antes de terminar cartuchos starts, mas fora isso é boa de cor, pelo menos as pigmentadas

Lembro de já ter ouvido algo assim, mas não lembro. Como assim? Minhas impressoras (ambas Canon) limpam as cabeças a cada vez que eu ligo/desligo. Evito desligar pra não gastar tinta à toa, mas deveria. Pelo que entendo, deixar ligada o tempo todo é que seria o problema.
Felipe


spositom

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.611
Resposta #12 Online: 17 de Março de 2020, 16:34:25
Lembro de já ter ouvido algo assim, mas não lembro. Como assim? Minhas impressoras (ambas Canon) limpam as cabeças a cada vez que eu ligo/desligo. Evito desligar pra não gastar tinta à toa, mas deveria. Pelo que entendo, deixar ligada o tempo todo é que seria o problema.

Sim, cada inicialização gasta tinta. O que deveria ocorrer: o pigmento mineral é um abrasivo natural e numa determinada quantidade de tinta os micro furos da cabeça não ficam tão micros assim e tem que fazer a troca. Na tinta corante não tem este risco, somente a secagem e decomposição de sólidos

Na canon pigmentada (era uma 12 cores 24") ao desligar a cabeça flutua secando a tinta, ligando vai tentar a limpeza e estoura a cabeça e que se fucker o proprietário da impressora


jason.M966

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 9
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 29 de Abril de 2020, 18:15:40
Vale muito a pena imprimir, não há dúvidas. Tenho duas impressoras: uma Canon Pro-10 e G3110.

Minha intenção com a pro-10 era ter em casa para imprimir por hobby. Mas confesso que está complicado para mantê-la.

Diferente do que a a marca estima em termos de quantidade de impressão, ela não rende nem perto do anunciado. Além disso, por ser tinta pigmentada, é necessário utilizá-la com mais frequência que impressoras à base de tinta corante. Então sinto-me refém do equipamento e já não tenho condições de arcar com os custos da compra de cartuchos de tintas. Com relação a qualidade o resultado é inquestionável, mas não é um equipamento para se ter em casa sem objetivos comerciais. E mesmo assim, só para quem tem um alto valor agregado o seu trabalho.

Já a multifuncional comprei há menos tempo. Adoro ela e dá para imprimir ótimas fotos em até A4. Minha experiência me permite ratificar isso com base nos papeis originais Canon que utilizo ( Luster e Plus Glossy II). No entanto, o que não posso ainda é dar um feedback com relação à durabilidade.


YVanderlei

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 610
Resposta #14 Online: 06 de Junho de 2020, 15:46:15
Eu mando as minhas fotos para impressão 20x30cm em dois laboratórios profissionais de São Paulo e pago uns R$4,00 cada uma. São papéis simples mas o resultado fica excelente pelo valor pago. Os dois laboratórios que fazem o serviço é Amplicor e Espaço Visual ambos atendem à porta fechada e somente para retirada dos serviços.
Considerando o baixo custo da impressão nunca pensei em ter impressora em casa.
« Última modificação: 06 de Junho de 2020, 15:48:46 por YVanderlei »