Autor Tópico: Passando juntos pelo "CORONA VIRUS"  (Lida 8733 vezes)

cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.733
  • Sexo: Masculino
Resposta #45 Online: 22 de Março de 2020, 14:26:53
Concordo com o apartamento social. Indispensável.
Só acho que a mascara, para quem não está (ou não sabe que está) contaminado, é uma barreira.
Para os sadios é proteção contra perdigotos, e se estiver contaminado e não souber, ele vai servir para não propagar o vírus.
Não estou usando pois não encontro, mas se achar eu vou usar.
Se é uma barreira, eu tenho obrigação de fazer minha parte.

Máscara é para quem tem infecção, quem não tem, a máscara não é inevitável, os perdigotos irão atingir diversas áreas onde a máscara não atinge e isso é inevitável, você não sabe ou não vê.

A melhor forma de se prevenir é impedir o contato social, se isso não é possível você vai pegar o vírus, não há escapatória, aliás, o que se quer não é impedir ninguém de pegar o vírus, justamente o contrário, todos devem pegar para desenvolver anticorpos ou esperar que a vacina o faça mais à frente. Mas especialmente impedir a saturação dos sistemas de saúde e para isso o confinamento social é mais eficaz.

Comprando máscaras você só promove o caos.

Inclusive nas próximas semanas vão haver campanhas solicitando que pessoas que compraram máscaras entreguem nos hospitais para ajudar, pois elas com essa ação acabaram com o estoque de máscaras que levará um tempo para ser reposto conforme eu já expliquei, ou seja, atitude tremendamente egoísta, burra e ineficiente.
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.195
  • Sexo: Masculino
Resposta #46 Online: 22 de Março de 2020, 15:52:42
Vou a mercado agora de mascara e óculos!!!

Carlão vc tem dificuldade de entender algumas coisas, ou não quer entender. Se uma mascara ajudar a diminuir em 10% as minhas chances de exposição a doença, ja ajudou. E se eu estiver doente mesmo sem saber e a mascara ajudar a eu evitar que eu transmita para os outros em 10% as chances de contaminação, já ajudou ao próximo tbm.

Com todo respeito, ou vc não entende ou não quer entender, então fica a dica Carlão!!!  :ok:

Qd vc precisar ir as ruas, use se quiser, por amor a vc mesmo, ou por respeito ao próximo!!!

« Última modificação: 22 de Março de 2020, 15:53:45 por Lindsay »
Conhecimento importa mais que equipamento.


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.733
  • Sexo: Masculino
Resposta #47 Online: 22 de Março de 2020, 16:04:42
Vou a mercado agora de mascara e óculos!!!

Carlão vc tem dificuldade de entender algumas coisas, ou não quer entender. Se uma mascara ajudar a diminuir em 10% as minhas chances de exposição a doença, ja ajudou. E se eu estiver doente mesmo sem saber e a mascara ajudar a eu evitar que eu transmita para os outros em 10% as chances de contaminação, já ajudou ao próximo tbm.

Com todo respeito, ou vc não entende ou não quer entender, então fica a dica Carlão!!!  :ok:

Qd vc precisar ir as ruas, use se quiser, por amor a vc mesmo, ou por respeito ao próximo!!!
Eu sigo as orientações de quem entende, estou confinado em casa desde que orientaram a fazer assim.

Você é livre para ser irresponsável como está sendo, mas a conscientização está aí, especialistas no assunto orientam a fazer como estou procurando fazer e não como um usuário do fórum entende ser o correto.

Utilize os serviços de entrega, é eficaz. Não sei qual sua idade mas se está em grupo de risco, peça a alguém que vá fazer as compras por você.



Sent from my SM-N975F using Tapatalk

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.195
  • Sexo: Masculino
Resposta #48 Online: 22 de Março de 2020, 18:51:41
Eu sigo as orientações de quem entende, estou confinado em casa desde que orientaram a fazer assim.

Você é livre para ser irresponsável como está sendo, mas a conscientização está aí, especialistas no assunto orientam a fazer como estou procurando fazer e não como um usuário do fórum entende ser o correto.

Utilize os serviços de entrega, é eficaz. Não sei qual sua idade mas se está em grupo de risco, peça a alguém que vá fazer as compras por você.

ok Carlão, vc fica dando voltas, pensa que a vida de todo mundo é igual a sua que pode ficar o tempo todo dentro de casa e faz uma terrível confusão. Discordo de suas opiniões, mas, se vc não consegue ver razão nas minhas explicações, não posso fazer mais nada... pra mim tudo bem, vamos em frente!!!
Conhecimento importa mais que equipamento.


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.195
  • Sexo: Masculino
Resposta #49 Online: 22 de Março de 2020, 19:26:55
Como falei antes, hoje fui novamente ao mercado e em varias farmácias para ver se encontrava alcoool gel, agua sanitária para desinfecção dos alimentos e mais umas coisinhas. Não havia nada de alcool nas farmácias.

Quinta feira, eu fui a uma loja do Extra (loja pequena de bairro), e a experiência foi péssima. Desde o inicio, onde não havia álcool para desinfetar o manete do carrinho, até o final, onde tive que pegar uma fila única por um corredor tipo gincana onde todo mundo fica amontoado antes dos caixas.

Hoje, no Carrefour a experiência foi bem diferente, já na "cancela do estacionamento" nem precisei apertar o botão para pegar o comprovante, havia um segurança a distancia que comandava o equipamento e a folhinha já saia pendurada para eu pegar.

Fui pegar o carrinho dentro da loja, e havia um funcionário com mascara e luvas, limpando e entregando para cada cliente o carrinho já com o manete limpo desinfectado, uma a um. Todos os funcionários que encontrei no meio da loja estavam usando mascaras, obrigado Carrefour !!! por essa atitude consciente. Havia Álcool Gel a disposição para o cliente usar em todos os cantos da loja.
Muitos produtos estavam com venda controlada por quantidade, pois esse supermercado estava com falta de vários produtos no inicio desta semana, devido a correria da população aos mercados (depois vou colocar fotos aqui).
Consegui comprar a agua sanitária e Lisoform que eu precisava, mas não havia álcool comum nem gel, não haviam luvas de espécie alguma nem mascaras de pintura etc e tal, e o pior de tudo, é que não havia tbm pipoca... rsrsrs... nenhuma pipoca, bom pelo menos havia guaraná.
E o mais bacana de tudo é que no caixa eles eliminaram a fila única, cada caixa com sua fila, havia tbm marcações em pintadas vermelho no piso marcando a posição para as pessoas ficarem com instrução para manter a distancia.
A moça do caixa estava tbm de mascara, algumas até de luvas; eles tbm colocaram um acrílico transparente em todos os caixas, formando uma divisória entre o cliente e o funcionário, na hora de pagar.
Único ponto negativo foi uma cliente que em um dos corredores se aproximou tossindo á uns 3 metros de distancia, apenas colocou a mão na boca, bom eu sai o mais rápido possível de perto dela.

Depois coloco fotos aqui  :ok:
Conhecimento importa mais que equipamento.


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.195
  • Sexo: Masculino
Resposta #50 Online: 22 de Março de 2020, 19:37:38






Conhecimento importa mais que equipamento.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #51 Online: 22 de Março de 2020, 19:53:02
Lindsay, você já está convencido e respeito seu posicionamento. Não vou mais tentar te explicar, sem ressentimentos. Mas vou insistir no assunto pra que pelo menos outras pessoas parem de comprar máscara sem apresentar sintomas.

Nessa eu tô 100% com o Carlos. Não é minha teoria e nem dele, são recomendações oficiais de quem estuda e entende do assunto. Confiem no que os médicos e cientistas falam. Não é questão de opinião. As chances de você ser contaminado por gotículas de saliva diretamente pras vias respiratórias são mínimas, só se alguém tossir ou espirrar na sua cara a uma distância menor de 2 metros. E aí, pouco importa se tem máscara ou não, pegando no rosto, pegando no olho, já era. Se ficar a mais de 2 metros, você não será contaminado diretamente pela saliva dele, com máscara ou não. A contaminação maior é por tocar superfícies onde as gotículas estão acumuladas, e aí passar a mão no rosto.

Vejam as recomendações oficias, sigam o que diz a OMS e o Ministério da Saúde. Não dêem bola pra whatsapp nem facebook.


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.195
  • Sexo: Masculino
Resposta #52 Online: 22 de Março de 2020, 20:04:48
Vejam as recomendações oficias, sigam o que diz a OMS e o Ministério da Saúde. Não dêem bola pra whatsapp nem facebook.
Sim Humberto, tbm respeito a sua opinião, vamos em frente...  :ok:

Mas fica esperto com OMS e Ministério da Saúde, eles até são bem intencionados, mas só fazem aquilo que dá pra fazer, e isso nem sempre é o suficiente!!!

Não esquece não, aqui não é Dinamarca nem Suécia... aqui é Brasil!!!
« Última modificação: 22 de Março de 2020, 20:05:11 por Lindsay »
Conhecimento importa mais que equipamento.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #53 Online: 22 de Março de 2020, 20:10:24
Não esquece não, aqui não é Dinamarca nem Suécia... aqui é Brasil!!!

Sim, é Brasil, um país onde não tem máscara suficiente pra todos.


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.195
  • Sexo: Masculino
Resposta #54 Online: 22 de Março de 2020, 20:12:14
O incrível caso da Índia, pais com 1,4 bilhão de habitantes, a maior parte vivendo em condições sanitarias de país sub desenvolvido, sutiado geograficamente entre o Irã e China, com uma imensa fronteira com a China, porem com apenas 376 casos do Corona, e 7 mortes...

Alguma conhece alguma teoria para explicar isso???
Conhecimento importa mais que equipamento.


Ryu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 352
  • Sexo: Masculino
Resposta #55 Online: 23 de Março de 2020, 00:02:21
... (sou biólogo, não médico)...

Oi, Humberto, tudo bem?
Há uma questão que você, como biólogo, poderia me esclarecer?
Ouvi dizer há alguns dias, que o coronavírus poderia viver em uma superfície qualquer por até 54 horas. Isso me deixou perplexo! Até onde eu sabia, qualquer vírus só poderia viver em meios aquosos. Em lugares secos (uma maçaneta, por exemplo), o vírus sobreviveria por alguns segundos apenas.
Diferente das bactérias, que podem entrar em estado de latência na forma de esporo, o vírus simplesmente morreria sem água, pensava eu.

Pergunto: confere isso que o coronavírus pode sobreviver até 54 horas (!!!) numa maçaneta ou na tecla de um caixa eletrônico?


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.733
  • Sexo: Masculino
Resposta #56 Online: 23 de Março de 2020, 01:16:45
Oi, Humberto, tudo bem?
Há uma questão que você, como biólogo, poderia me esclarecer?
Ouvi dizer há alguns dias, que o coronavírus poderia viver em uma superfície qualquer por até 54 horas. Isso me deixou perplexo! Até onde eu sabia, qualquer vírus só poderia viver em meios aquosos. Em lugares secos (uma maçaneta, por exemplo), o vírus sobreviveria por alguns segundos apenas.
Diferente das bactérias, que podem entrar em estado de latência na forma de esporo, o vírus simplesmente morreria sem água, pensava eu.

Pergunto: confere isso que o coronavírus pode sobreviver até 54 horas (!!!) numa maçaneta ou na tecla de um caixa eletrônico?
Porque ele sobrevive nas células de gordura.

Sent from my SM-N975F using Tapatalk

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


lasg

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 506
Resposta #57 Online: 23 de Março de 2020, 02:26:43
Uma contribuição sobre a questão do uso da máscara...

O seguinte vídeo foi produzido pela Professora da Faculdade de Medicina da UFRGS, Dra. Beatriz Seligman, com a finalidade de orientar a comunidade quanto ao uso racional de máscaras, baseado nas melhores evidências disponíveis.

https://www.youtube.com/watch?v=w731AAXH0Qs&fbclid=IwAR09IcUK1MJ0x0Y_Ga3LC9znLXVQIlSdnyJL0KTZ2g96e6AUYydL6IUXVjA

LASG
Nikon D5300 & Nikon D90 & Sony ILCE-3000


YP

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.203
  • Sexo: Masculino
Resposta #58 Online: 23 de Março de 2020, 10:07:33
Enquanto isso vou editando alguns ensaios, alguém aqui está fazendo isso também?  :D


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #59 Online: 23 de Março de 2020, 11:18:36
Oi, Humberto, tudo bem?
Há uma questão que você, como biólogo, poderia me esclarecer?
Ouvi dizer há alguns dias, que o coronavírus poderia viver em uma superfície qualquer por até 54 horas. Isso me deixou perplexo! Até onde eu sabia, qualquer vírus só poderia viver em meios aquosos. Em lugares secos (uma maçaneta, por exemplo), o vírus sobreviveria por alguns segundos apenas.
Diferente das bactérias, que podem entrar em estado de latência na forma de esporo, o vírus simplesmente morreria sem água, pensava eu.

Pergunto: confere isso que o coronavírus pode sobreviver até 54 horas (!!!) numa maçaneta ou na tecla de um caixa eletrônico?

Bom dia, Ryu. Só pra deixar claro, eu sou biólogo especializado em zoologia. As pessoas ideais pra responder as dúvidas seriam microbiologistas e infectologistas. Mas, como biólogo, tenho acesso a uma carga de informações diária muito maior que outras pessoas, então tentarei ajudar com o que sei e como que recebi de informação de fontes confiáveis.

Sim, a princípio o vírus sobrevive por bastante tempo nas gotículas de saliva, mas morre sem água. Mas algumas superfícies seguram mais umidade que outras, evitando a evaporação da saliva por mais tempo. Geralmente as mais porosas (plástico, madeira) ou que possam ter ranhuras (a maior parte das superfícies metálicas). Superfícies mais lisas não seguram muita umidade. A saliva possui muitas substâncias, proteínas, gordura, enzimas, etc, não é só água, e tudo isso ajuda na sobrevida do vírus e da própria gotícula. Lembrando que o vírus é microscópico, absurdamente minúsculo, então qualquer mínima gotícula de saliva sustenta uma infinidade de vírus.

Em relação à duração da sobrevida eu já não sei informar. Foram feitos estudos mas eu não li os artigos científicos originais, só li artigos de divulgação dos estudos. Aparentemente o tempo pode ser até maior que 54h. Mas tudo depende de vários fatores, onde está essa superfície, o nível de porosidade, as condições climáticas, etc. Agora é um chute meu, mas eu imagino que uma maçaneta que fica do lado de fora da rua, exposta ao sol e ao vento, deva sustentar o vírus por muito menos tempo do que uma que fica dentro do hall de um prédio.