Autor Tópico: Porque se usa o idioma ingles no Brasil?  (Lida 1427 vezes)

Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.790
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #15 Online: 27 de Agosto de 2020, 10:48:59
Em tempo: é uma luta diária pra fazer meus filhos (10 e 8 anos) falarem português: se deixar, eles só conversam em inglês. Além da nossa interação e de alguns filhos de amigos que também são brasileiros, tudo que conseguimos fazer é dar livros e ver desenho animado em português. Mas, adivinhe, boa parte dos desenhos têm tudo escrito em inglês...

Eu tenho uma prima que mora nos EUA e eles têm 3 filhos nascidos aí, eles também têm dificuldade de fazer os filhos falarem português. Eles entendem 100% do português, mas só respondem em inglês. Daí, todo final de ano eles vêm ao Brasil e os meninos mais novos não conseguem se fazer entender pelos primos e nem pelos avós... Só a filha mais velha que responde em português.


YP

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.634
  • Sexo: Masculino
Resposta #16 Online: 27 de Agosto de 2020, 10:53:37
Eu tenho uma prima que mora nos EUA e eles têm 3 filhos nascidos aí, eles também têm dificuldade de fazer os filhos falarem português. Eles entendem 100% do português, mas só respondem em inglês. Daí, todo final de ano eles vêm ao Brasil e os meninos mais novos não conseguem se fazer entender pelos primos e nem pelos avós... Só a filha mais velha que responde em português.
Que doido isso  :hysterical:
As crianças tem poderes de aprender tão facilmente?   :o


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.790
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #17 Online: 27 de Agosto de 2020, 10:57:05
As crianças tem poderes de aprender tão facilmente?   :o

Dizem que até os 8 anos de idade, mais ou menos, a criança consegue aprender dois idiomas com a mesma facilidade com que aprende um só. Não sei o quanto isso é verdade, mas eu adoraria ter tido mais contato com o inglês e com o espanhol quando criança, rsrs...


felipemendes

  • Mecenas
  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.381
  • Sexo: Masculino
  • A teoria sem a prática vira "verbalismo".
    • Meu Flickr
Resposta #18 Online: 27 de Agosto de 2020, 11:36:04
Dizem que até os 8 anos de idade, mais ou menos, a criança consegue aprender dois idiomas com a mesma facilidade com que aprende um só. Não sei o quanto isso é verdade, mas eu adoraria ter tido mais contato com o inglês e com o espanhol quando criança, rsrs...

Os meus só falam com a gente em português. Mas eu vejo que, à medida que eles crescem, aprendem novas palavras em inglês, na escola, TV ou streaming (olha aí uma palavra cuja tradução não faz sentido). Daí eles ouvem palavras o dia todo em inglês, e a tradução vem muito pontual, quando eles conversam com a gente. Mas o inglês deles é classificado como nativo, pela própria escola.
Felipe


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.790
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #19 Online: 27 de Agosto de 2020, 12:05:37
Os meus só falam com a gente em português. Mas eu vejo que, à medida que eles crescem, aprendem novas palavras em inglês, na escola, TV ou streaming (olha aí uma palavra cuja tradução não faz sentido). Daí eles ouvem palavras o dia todo em inglês, e a tradução vem muito pontual, quando eles conversam com a gente. Mas o inglês deles é classificado como nativo, pela própria escola.

Aí, olha que interessante! Acho que esse contato com outros idiomas na infância é muito importante mesmo. E acho que vocês fazem muito bem em insistir no português com eles!  :ok:


YP

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.634
  • Sexo: Masculino
Resposta #20 Online: 27 de Agosto de 2020, 13:40:56
Dizem que até os 8 anos de idade, mais ou menos, a criança consegue aprender dois idiomas com a mesma facilidade com que aprende um só. Não sei o quanto isso é verdade, mas eu adoraria ter tido mais contato com o inglês e com o espanhol quando criança, rsrs...
É verdade, nem lembrava disso. Eu também, acho muito legal quem sabe falar além do seu idioma nativo.

Os meus só falam com a gente em português. Mas eu vejo que, à medida que eles crescem, aprendem novas palavras em inglês, na escola, TV ou streaming (olha aí uma palavra cuja tradução não faz sentido). Daí eles ouvem palavras o dia todo em inglês, e a tradução vem muito pontual, quando eles conversam com a gente. Mas o inglês deles é classificado como nativo, pela própria escola.
Que idade tem os seus pimpolhos?


YP

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.634
  • Sexo: Masculino
Resposta #21 Online: 27 de Agosto de 2020, 13:42:02
Aí, olha que interessante! Acho que esse contato com outros idiomas na infância é muito importante mesmo. E acho que vocês fazem muito bem em insistir no português com eles!  :ok:
Não dá para negar as origens. Mesmo que nasça nos EUA eu faria aprender português também kkk


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.790
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #22 Online: 27 de Agosto de 2020, 14:15:11
Não dá para negar as origens. Mesmo que nasça nos EUA eu faria aprender português também kkk

Eu penso que é uma oportunidade de ser bilíngue sem muito esforço, mas também é importante pra se comunicar mais fácil com a família... Eu também faria aprender português sim.


felipemendes

  • Mecenas
  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.381
  • Sexo: Masculino
  • A teoria sem a prática vira "verbalismo".
    • Meu Flickr
Resposta #23 Online: 27 de Agosto de 2020, 14:34:02
Que idade tem os seus pimpolhos?

10 e 8 anos. Viemos pra cá a 5 anos, então a mais nova tem mais tempo de EUA que de Brasil...  :o
Felipe


Ryu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 357
  • Sexo: Masculino
Resposta #24 Online: 27 de Agosto de 2020, 18:18:41
Em tempo: é uma luta diária pra fazer meus filhos (10 e 8 anos) falarem português: se deixar, eles só conversam em inglês. Além da nossa interação e de alguns filhos de amigos que também são brasileiros, tudo que conseguimos fazer é dar livros e ver desenho animado em português. Mas, adivinhe, boa parte dos desenhos têm tudo escrito em inglês...
Eu aprendi japonês quando criança e fui falando cada vez mais o português conforme ia crescendo. Meus pais têm o japonês como primeira língua, então falávamos quando criança.
Tenho uma prima morando no Japão e os filhos dela entendem muito mal o português. O máximo que falam são cumprimentos e algumas frases simples. Minha sobrinha, também do JP, está tendo sucesso em manter os filhos falantes de português, mas isso porque ela é evangélica e a família frequenta muito uma comunidade religiosa brasileira. Esses meninos serão perfeitamente bilingues.

De minha parte, tenho várias críticas aos EUA mas nenhuma delas passa pelo idioma. Pelo contrário, sou fascinado pelo inglês e tento sempre treinar pra quem sabe um dia dominar essa língua.
Jamais conseguiria dizer se vc é refratário aos estrangeirismos por ser  antiamericano, nacionalista ou outro motivo qualquer.
Mas é engraçado que, há alguns anos, eu vi uma pesquisa que tentava medir o antiamericanismo no mundo e o Brasil ficou entre os países mais desgostam dos EUA. Só perdia para países que têm o antiamericanismo como política de estado como Cuba, China e Russia.
De fato, me parece que o que mais incomoda não é o estrangeirismo de maneira geral, mas especificamente o anglicismo.


Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.248
  • Sexo: Masculino
    • Site
Resposta #25 Online: 27 de Agosto de 2020, 18:27:14
Isso aí resume bem!

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Complexo_de_vira-lata

É só ver o exemplo que nosso exímio presidento dá em sua relação unilateral com os EUA 8-)


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.790
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #26 Online: 27 de Agosto de 2020, 18:46:51
Jamais conseguiria dizer se vc é refratário aos estrangeirismos por ser  antiamericano, nacionalista ou outro motivo qualquer.

Consegue sim, é só acreditar no que eu escrevi, ué...  :D


Ryu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 357
  • Sexo: Masculino
Resposta #27 Online: 27 de Agosto de 2020, 18:56:42
Consegue sim, é só acreditar no que eu escrevi, ué...  :D
eheheh... eu acredito em você.
o que eu quis dizer é que não sei o motivo pelo qual você rejeita estrangeirismos, ainda que tenha afirmado gostar de inglês.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.790
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #28 Online: 27 de Agosto de 2020, 19:34:05
eheheh... eu acredito em você.
o que eu quis dizer é que não sei o motivo pelo qual você rejeita estrangeirismos, ainda que tenha afirmado gostar de inglês.

 :ok: ;)


atpaula

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.368
  • Sexo: Masculino
Resposta #29 Online: 27 de Agosto de 2020, 20:00:15
Isso aí resume bem!

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Complexo_de_vira-lata

É só ver o exemplo que nosso exímio presidento dá em sua relação unilateral com os EUA 8-)

É por aí.
E tem gente que fica tentando justificar.
O colega mais acima descreveu bem também. Não se trata de anti-americanismo ou xenofobia, mas sim anti-anglicismo.
O Anglicismo só reforça o complexo de vira-lata.
Fico mais envergonhado do que irritado com isso.
« Última modificação: 27 de Agosto de 2020, 20:01:26 por atpaula »
Aguinaldo
www.aguinaldodepaula.com
Nikon / Zeiss