Autor Tópico: Vulcão Paranicota  (Lida 249 vezes)

angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.780
  • Sexo: Masculino
Online: 13 de Outubro de 2020, 01:31:58
Vulcão Paranicota, Parque Nacional Lauca, norte do Chile,

Cromo antigo, tentativa de restauraçao..


« Última modificação: 13 de Outubro de 2020, 01:33:18 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 10.056
Resposta #1 Online: 13 de Outubro de 2020, 03:55:26
Gostei do vulcão  :ok:
"You can fool some of the people all of the time, and all of the people some of the time, but you can not fool all of the people all of the time."
Abraham Lincoln


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.150
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #2 Online: 13 de Outubro de 2020, 10:47:21
Uau! Linda!

Só me causou estranheza, um pouco, a diferença na água, entre a parte superior, mais difusa ( como se houvesse uma rajada de vento sobre a superfície ), e a inferior, mais reflexiva, parada. Isso era assim mesmo?


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.780
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 13 de Outubro de 2020, 23:23:30
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.780
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 13 de Outubro de 2020, 23:52:27
Uau! Linda!

Só me causou estranheza, um pouco, a diferença na água, entre a parte superior, mais difusa ( como se houvesse uma rajada de vento sobre a superfície ), e a inferior, mais reflexiva, parada. Isso era assim mesmo?


Obrigado, Raphael! O lugar e o momento foram especiais..

Realmente parece estranho o efeito na agua.. Sinceramente nao me lembro da situaçao, mas analisando a foto parece que é um tipo de bruma que se formou em parte da superficie do lago. Nessa região vulcanica tem muitas fontes termais e pode ser um efeito de condensaçao de vapor em um setor do lago com agua mais quente (ou fria rsrs..). O fato é que o altiplano andino é muito frio mesmo, principalmente pq estava no  inverno, e deveria ter consideravel umidade e condiçoes favoráveis para o fenomeno.  O lago chama-se Chungará e esta a 4.250m sobre o nivel do mar,  temperatura bem baixa que com umidade superficial pode produzir esses fenomenos incomuns.. Olhando com atençao a imagem  percebe-se que se trata de uma bruma, pois  na borda frontal tem volume, como que deixando a superficie da água  "entrar por baixo", o que tudo indica ser bruma mesmo.  Já vi semelhante no Brasil  sobre superfícies de lagos em lugares altos e frios..
Apesar de tudo, fui conferir no slide original, pois poderia ser também  artefatos da pós, mas esta igual, ou seja, só pode ser bruma mesmo..


obs.: o nome correto do vulcão é PARINACOTA e nao Paranicota (sempre troco palavras, defeito de fabricaçao rsrs..)
« Última modificação: 14 de Outubro de 2020, 00:01:32 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.661
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 14 de Outubro de 2020, 08:35:05
Vulcão Paranicota, Parque Nacional Lauca, norte do Chile,

Cromo antigo, tentativa de restauraçao..




Bela imagem, composição fenomenal!


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.780
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 15 de Outubro de 2020, 12:19:57
Bela imagem, composição fenomenal!


Opa, obrigado Gabriel!  :ok:


A imagem tem uns probleminhas estranhos  (na bruma),  como o Raphael Sombrio observou.
Confunde porque a bruma deveria ser lisa e uniforme, mas parte nao é. As imperfeiçoes, constatei, sao resíduos da grande quantidade de fungos do slide original e que nao foram eliminados no processamento. O estado original do cromo é deplorável, e o trabalho de "limpeza" foi  feito inteiramente pelo  bat scanner (PowerSlide 3650) e software (VueScan). O escaner faz um belo trabalho pq tem um sistema de escaneamento em camadas, sendo uma de infra-vermelho que detecta sujeira, fungos, riscos e elimina grande parte com eficiência, mas nao faz milagres.. Nesse caso sobraram algumas imperfeiçoes.. Até tem como corrigir na pós, parece fácil, uma hora dessas farei isso..
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..