Autor Tópico: Vulcão Paranicota  (Lida 186 vezes)

angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.724
  • Sexo: Masculino
Online: 13 de Outubro de 2020, 01:31:58
Vulcão Paranicota, Parque Nacional Lauca, norte do Chile,

Cromo antigo, tentativa de restauraçao..


« Última modificação: 13 de Outubro de 2020, 01:33:18 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.700
  • Pentax, Hassel, Nikon, Canon
Resposta #1 Online: 13 de Outubro de 2020, 03:55:26
Gostei do vulcão  :ok:
"You can fool all the people some of the time and some of the people all the time, but you cannot fool all the people all the time." - Abraham Lincoln


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.139
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #2 Online: 13 de Outubro de 2020, 10:47:21
Uau! Linda!

Só me causou estranheza, um pouco, a diferença na água, entre a parte superior, mais difusa ( como se houvesse uma rajada de vento sobre a superfície ), e a inferior, mais reflexiva, parada. Isso era assim mesmo?


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.724
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 13 de Outubro de 2020, 23:23:30
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.724
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 13 de Outubro de 2020, 23:52:27
Uau! Linda!

Só me causou estranheza, um pouco, a diferença na água, entre a parte superior, mais difusa ( como se houvesse uma rajada de vento sobre a superfície ), e a inferior, mais reflexiva, parada. Isso era assim mesmo?


Obrigado, Raphael! O lugar e o momento foram especiais..

Realmente parece estranho o efeito na agua.. Sinceramente nao me lembro da situaçao, mas analisando a foto parece que é um tipo de bruma que se formou em parte da superficie do lago. Nessa região vulcanica tem muitas fontes termais e pode ser um efeito de condensaçao de vapor em um setor do lago com agua mais quente (ou fria rsrs..). O fato é que o altiplano andino é muito frio mesmo, principalmente pq estava no  inverno, e deveria ter consideravel umidade e condiçoes favoráveis para o fenomeno.  O lago chama-se Chungará e esta a 4.250m sobre o nivel do mar,  temperatura bem baixa que com umidade superficial pode produzir esses fenomenos incomuns.. Olhando com atençao a imagem  percebe-se que se trata de uma bruma, pois  na borda frontal tem volume, como que deixando a superficie da água  "entrar por baixo", o que tudo indica ser bruma mesmo.  Já vi semelhante no Brasil  sobre superfícies de lagos em lugares altos e frios..
Apesar de tudo, fui conferir no slide original, pois poderia ser também  artefatos da pós, mas esta igual, ou seja, só pode ser bruma mesmo..


obs.: o nome correto do vulcão é PARINACOTA e nao Paranicota (sempre troco palavras, defeito de fabricaçao rsrs..)
« Última modificação: 14 de Outubro de 2020, 00:01:32 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.508
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 14 de Outubro de 2020, 08:35:05
Vulcão Paranicota, Parque Nacional Lauca, norte do Chile,

Cromo antigo, tentativa de restauraçao..




Bela imagem, composição fenomenal!


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.724
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 15 de Outubro de 2020, 12:19:57
Bela imagem, composição fenomenal!


Opa, obrigado Gabriel!  :ok:


A imagem tem uns probleminhas estranhos  (na bruma),  como o Raphael Sombrio observou.
Confunde porque a bruma deveria ser lisa e uniforme, mas parte nao é. As imperfeiçoes, constatei, sao resíduos da grande quantidade de fungos do slide original e que nao foram eliminados no processamento. O estado original do cromo é deplorável, e o trabalho de "limpeza" foi  feito inteiramente pelo  bat scanner (PowerSlide 3650) e software (VueScan). O escaner faz um belo trabalho pq tem um sistema de escaneamento em camadas, sendo uma de infra-vermelho que detecta sujeira, fungos, riscos e elimina grande parte com eficiência, mas nao faz milagres.. Nesse caso sobraram algumas imperfeiçoes.. Até tem como corrigir na pós, parece fácil, uma hora dessas farei isso..
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..