Autor Tópico: 2021 vai ser o ano que vamos chegar próximo ou passar de 100Mpx em um sensor FF?  (Lida 1813 vezes)

YP

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.908
  • Sexo: Masculino
8K são mais ou menos 33MP. Não vejo a menor razão para 100 MP.

Aliás nem vejo muito a necessidade para 8K, principalmente em telas com menos de 70" ou em projeções. Não dá para perceber nenhuma diferença entre 4K e 8K em uma TV de 50" em distância normal de uso.
Eu não consigo notar diferença de full hd para 4k em uma TV de 58"


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.284
  • Sexo: Masculino
Eu não consigo notar diferença de full hd para 4k em uma TV de 58"

Caramba essa é nova para mim, vejo uma diferença absurda já nas 55", nem tanto nos PXs mas na sensação de "profundidade" na imagem justamente com os detalhes extremamente finos.


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.345
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Se a indústria achar que é o momento para eles entrarem nos 100mp eles vão, e não tenho dúvida nenhuma que rapidinho vão convencer o mercado que não se pode viver sem uma câmera com 100mp e muita gente vai ser convencido disso. E digo mais, vai brigar gratuitamente para defender essa ideia que lhe foi lobotomizada vendida, pelos fóruns e redes sociais online.




Olha não duvido que isso aconteça principalmente por causa do maior concorrente da indústria fotográfica atual: os celulares. E, acredite, muita gente - a maioria - vai comprar essa história, sobretudo quando o custo de produzir sensores com grande número de megapixels cair drasticamente.


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.058
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Eu não consigo notar diferença de full hd para 4k em uma TV de 58"


Isso depende da combinação da acuidade visual da pessoa e da distância/tamanho da tela. Depois de uma certa distância não faz a menor diferença, isso é decorrente da fisiologia da visão humana.

É só fazer a conta. Nenhum ser humano normal consegue perceber mais do que 300-350 dpi a uma distância de 30cm.

É fato mais do que conhecido e provado.
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.284
  • Sexo: Masculino

Isso depende da combinação da acuidade visual da pessoa e da distância/tamanho da tela. Depois de uma certa distância não faz a menor diferença, isso é decorrente da fisiologia da visão humana.

É só fazer a conta. Nenhum ser humano normal consegue perceber mais do que 300-350 dpi a uma distância de 30cm.

É fato mais do que conhecido e provado.

Pensando por esse lado, deve ser outra tecnologia que está presente nas novas TVs para ter o efeito que se tem em comparação com as 1080, mas isso em conteúdo nativo 4K de qualidade, recomendo o pessoal ir na fast shop procurar por um modelo top de linha 4K (Samsung Q80R) que está exibindo conteúdo nativo 4k, na época até meu pai que usa óculos notou diferença.

Confesso que eu era do tipo que defendia esses fatos que o olho humano não pode perceber diferença de 4K para 1080, se a TV for pequena, (realmente nos Pxs não se vê diferença) depois que testei fiquei arrependido de não ter trocado antes.
Outra questão que era muito pregada na internet, é que o olho humano não pode ver mais de 60hz, e que não se pode perceber diferença de 60 Hz para 120, e de 120 para 240.
Isso tudo muda quando se testa na vida real, (hoje até tem opção de 120hz nos EVF).

Desculpe sair do tópico ;)


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.058
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
O que faz mais diferença nessas TVs é um sharpen que elas aplicam e o contraste dinâmico. Resolução depois de uma certa distância você simplesmente não percebe e pronto.

É mais ou menos que nem um ajuste do raw therapee chamado contrast by detail level, que é uma aplicação dos famosos wavelets.

« Última modificação: 03 de Janeiro de 2021, 11:40:02 por AFShalders »
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


YP

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.908
  • Sexo: Masculino
O que faz mais diferença nessas TVs é um sharpen que elas aplicam e o contraste dinâmico. Resolução depois de uma certa distância você simplesmente não percebe e pronto.

É mais ou menos que nem um ajuste do raw therapee chamado contrast by detail level, que é uma aplicação dos famosos wavelets.
É bem por aí o que eu percebi.


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.284
  • Sexo: Masculino
O que faz mais diferença nessas TVs é um sharpen que elas aplicam e o contraste dinâmico. Resolução depois de uma certa distância você simplesmente não percebe e pronto.

É mais ou menos que nem um ajuste do raw therapee chamado contrast by detail level, que é uma aplicação dos famosos wavelets.

Interessante esse contraste dinâmico sempre deixo desativado, ele altera o contraste conforme a imagem muda. Não sei se é bem isso mas tem essa função até na minha antiga 1080, como uso para editar fotos deixo tudo desativado, na verdade no PC à TV perde quase todos os efeitos de manipulação.
Mas enfim deixa pra lá...


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 11.313
  • Ernesto Leite
Acho que já tava na hora da indústria voltar a atender o entusiasta high-end (que busca alta performance sem pensar em custo)

Por quase uma década, toda a indústria, ignorou a ergonomia e a alta performance, preocupando-se apenas em compactar equipamentos para agradar mochileiros e em montar mini-filmadoras para agradar youtubers. E, apeasar destes públicos serem importantes, já deu. Não há mais o que evoluir aí.

Está mais do que na hora de se voltarem ao entusiasta high-end mesmo.
« Última modificação: 06 de Janeiro de 2021, 02:19:11 por Ernesto »
#DeFérias


LeandroR

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.396
    • Dilone Fotografia
Acho que já tava na hora da indústria voltar a atender o entusiasta high-end (que busca alta performance sem pensar em custo)

Por quase uma década, toda a indústria, ignorou a ergonomia e a alta performance, preocupando-se apenas em compactar equipamentos para agradar mochileiros e em montar mini-filmadoras para agradar youtubers. E, apeasar destes públicos serem importantes, já deu. Não há mais o que evoluir aí.

Está mais do que na hora de se voltarem ao entusiasta high-end mesmo.

 :ponder: :ponder: :ponder:



pablo.ebani

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.467
  • Sexo: Masculino
Eu fico com medo de uma coisa hahaha. Vendo meus RAF da X-E2 (16mp) com 35mb  :eek: os da X-T2 (24mp) 43mb. Haja cartão de memória e HD pra isso. Sem falar em computador pra rodar isso liso.

Pra quem tem um fluxo grande de imagens não é muito atrativo, mas quem faz "arte" com as fotos vai gostar. Faz poucas fotos, não trata todas juntas no LR por exemplo.

Se tiver demanda ótimo. Igual médio formato, tem quem use mas não é pra todo mundo.
Fuji X-T2 - Fuji X-E2
XF 23mm f/2 - XF 35mm f/1.4 (um tesão nessa lente)
FL 55mm f/1.2 - Meike 28mm f/2.8
https://500px.com/PabloEbani
http://instagram.com/pabloebani_fotografia


cxpostal

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.110
  • Sexo: Masculino
Eu fico com medo de uma coisa hahaha. Vendo meus RAF da X-E2 (16mp) com 35mb  :eek: os da X-T2 (24mp) 43mb. Haja cartão de memória e HD pra isso. Sem falar em computador pra rodar isso liso.

Pra quem tem um fluxo grande de imagens não é muito atrativo, mas quem faz "arte" com as fotos vai gostar. Faz poucas fotos, não trata todas juntas no LR por exemplo.

Se tiver demanda ótimo. Igual médio formato, tem quem use mas não é pra todo mundo.

muito bem lembrado.

Carlos

"Mantenha suas palavras leves e doces, para o caso de ter que engoli-las depois."



cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.345
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Acho que já tava na hora da indústria voltar a atender o entusiasta high-end (que busca alta performance sem pensar em custo)

Por quase uma década, toda a indústria, ignorou a ergonomia e a alta performance, preocupando-se apenas em compactar equipamentos para agradar mochileiros e em montar mini-filmadoras para agradar youtubers. E, apeasar destes públicos serem importantes, já deu. Não há mais o que evoluir aí.

Está mais do que na hora de se voltarem ao entusiasta high-end mesmo.

Que eu saiba fabricantes como Canon e Nikon sempre lançaram modelos topo de linha, vide a 1DX Mark 3 da Canon, por exemplo. A questão é que quanto mais caro um produto é, menos pessoas tem acesso a ele. Portanto , equipamentos desse porte são para um nicho reduzido de mercado; já o popular compra equipamentos de entrada ou no máximo intermediários.


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.284
  • Sexo: Masculino
Eu fico com medo de uma coisa hahaha. Vendo meus RAF da X-E2 (16mp) com 35mb  :eek: os da X-T2 (24mp) 43mb. Haja cartão de memória e HD pra isso. Sem falar em computador pra rodar isso liso.

Pra quem tem um fluxo grande de imagens não é muito atrativo, mas quem faz "arte" com as fotos vai gostar. Faz poucas fotos, não trata todas juntas no LR por exemplo.

Se tiver demanda ótimo. Igual médio formato, tem quem use mas não é pra todo mundo.

Por isso que se tem modo M RAW e S RAW, caso a pessoa for fazer um trabalho que não precisa de muito Mpx com grande fluxo de fotos, pode usar tranquilo dessa forma.
O tamanho do arquivo sempre vai crescer com os anos, ao menos que tenho um novo formato que tenha todas as informações ocupando menos espaço.
Lembro quando criança os jogos eram em CDs com 700MB, hoje muitos já passam dos 100GB.


pablo.ebani

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.467
  • Sexo: Masculino
Por isso que se tem modo M RAW e S RAW...
Nem todos os fabricantes disponibilizam isso, acho que só a Canon faz isso, pelo menos a Fuji não tem isso e algumas reduzem tbm a qualidade do arquivo, não apenas a resolução. Mas é meio que como comprar uma Ferrari pra andar nas estradas brasileiras.

Lembro quando criança os jogos eram em CDs com 700MB, hoje muitos já passam dos 100GB.
Sim lembro bem, a evolução grafica foi tanta que os arquivos ficam gigantes e o jogo em si diminuiu de tamanho, lembro do COD 2 que eu levava uma eternidade pra fechar o jogo, tinha umas 30 missões, hoje um COD atual é impecável mas o modo campanha se termina em pouco menos de 4h de jogo. Mas o foco é o online né. Eu prefiro um jogo com um bom enredo por trás tbm não tenho máquina pra rodar super graficos, a série Modern warfare foi a última que me chamou atenção no enredo, rendeu 3 jogos. Enfim, ficou off topic haha.
Fuji X-T2 - Fuji X-E2
XF 23mm f/2 - XF 35mm f/1.4 (um tesão nessa lente)
FL 55mm f/1.2 - Meike 28mm f/2.8
https://500px.com/PabloEbani
http://instagram.com/pabloebani_fotografia