Autor Tópico: 2021 - O ano do fotografo! ou 2022...  (Lida 504 vezes)

Marcelo Rezende

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.776
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo Rezende Fotografia
Online: 11 de Abril de 2021, 19:37:55
Apos um ano triste, para muitos sem nenhum ou com poucos trabalhos, navegando essa semana pela web me senti animado! Sao varias oportunidades que nos vendem!

Casamentos. Estão represados! Quando liberar o padre vai infartar e fotógrafos encher o rabo de $$, já que como muitos profissionais saíram do mercado, ha mais demanda (muito, muito mais segundo os irmãos...aqueles...) que oferta de profissionais no mercado.

Gastronomia. Ha um fotografo que diz existir 1 milhão de restaurantes precisando de fotos!

Retrato Corporativo. Ha um fotografo que diz que essa e a profissão do futuro para nos  fotógrafos

Festas infantis...nem se fala, imagina a quantidade enlouquecida de mães festeiras loucas para gastar com uma boa festa!

Enfim...o que mais podemos por na lista...?!?!

Eu odeio esses vendedores de cursos (não deveria sentir isso...mas eles apelam as vezes rsrs) ....mas ha uma verdade nisso tudo!

A questão que coloco: Como se preparar para essa demanda represada, sem antes abrir falência comprando os cursos / mentorias / assessorias deles todos...???

Abs
M Rezende
« Última modificação: 11 de Abril de 2021, 19:39:16 por Marcelo Rezende »


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.591
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #1 Online: 11 de Abril de 2021, 23:51:32
Um aspecto interessante (que fiz um pouco nos EUA) é a preparação de ambientes de Zoom. Por entender (um pouquinho) de fotografia e de marcenaria (um hobby que também deu um dinheirinho), fiz uns ambientes/layouts de iluminação pra teleconferência. Fiz até uns esquemas pra parecer que a pessoa está olhando pra câmera, enquanto ela está realmente olhando pra tela. Esquema assim:


Sobre sua análise, me parece apurada.


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 11.408
  • Ernesto Leite
Resposta #2 Online: 12 de Abril de 2021, 02:08:09
Legal !!
#DeFérias


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.352
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 13 de Abril de 2021, 12:57:26
Apos um ano triste, para muitos sem nenhum ou com poucos trabalhos, navegando essa semana pela web me senti animado! Sao varias oportunidades que nos vendem!

Casamentos. Estão represados! Quando liberar o padre vai infartar e fotógrafos encher o rabo de $$, já que como muitos profissionais saíram do mercado, ha mais demanda (muito, muito mais segundo os irmãos...aqueles...) que oferta de profissionais no mercado.

Gastronomia. Ha um fotografo que diz existir 1 milhão de restaurantes precisando de fotos!

Retrato Corporativo. Ha um fotografo que diz que essa e a profissão do futuro para nos  fotógrafos

Festas infantis...nem se fala, imagina a quantidade enlouquecida de mães festeiras loucas para gastar com uma boa festa!

Enfim...o que mais podemos por na lista...?!?!

Eu odeio esses vendedores de cursos (não deveria sentir isso...mas eles apelam as vezes rsrs) ....mas ha uma verdade nisso tudo!

A questão que coloco: Como se preparar para essa demanda represada, sem antes abrir falência comprando os cursos / mentorias / assessorias deles todos...???

Abs
M Rezende
Eu já bloqueei os V****** de tudo que é rede social. Dois seres que não faço a menor questão de conviver, conhecer, sei lá.
 


Galera que vende curso assim, é foda. Tá igual os cara de day trade, kkkkkkk

"Fique rico, com meu curso que ensina a ficar rico".

Se eu tivesse uma fórmula de enriquecer assim facil, não venderia nunca, kkkkkkkkkk


Sobre a demanda "represada", eu acho que não vai ser essa maravilha toda não.... O que esses vendedores de curso de fotógrafo não estão ensinando, é como conciliar agenda de 2020, aquele monte de contrato parado, com as de 2021 e 2022.
CAsamento que já tava pago, sendo adiado um ano. Aí depois aparece um orçamento bem para aquela data, e não dá pra fechar, porque já tem evento do ano passado. Eu mesmo, pro fim desse ano, já tive que recusar orçamento novo, porque a data já tinha um reagendado do coronga. É tenso.

Vai haver sim um aumento nos eventos, mas a galera tá migrando pra esses mini-weddings, etc... Aqueles casamentões com 300~400 pessoas, equipe de seis ou sete cobrindo foto e video, eu acho que sei lá, vão ser bem mais raros.


« Última modificação: 13 de Abril de 2021, 13:02:33 por Mike Castro »


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.449
    • https://reviewdeviagem.com.br
Resposta #4 Online: 14 de Abril de 2021, 10:14:03
Não acho que haverá boom de eventos. Conheço duas pessoas que iriam casar com festa e cerimônia e desistiram. Vão fazer uma super viagem com o dinheiro que gastariam assim que acabar a pandemia. Um dos casais inclusive pagou a multa de cancelamento do contrato só para não ter que arcar com o restante. Dos casais que estão manta do a cerimônia e festa alguns estão diminuindo o tamanho/quantidade de convidados e muitos tiveram queda de renda. Não vejo uma recuperação antes de 2023 caso a vacinação aconteça até o final desse ano. Para piorar 2022 tem eleição.
Claro que acabando a pandemia vai aparecer trabalho, mas eu acredito que o ritmo será lento e contratos menores e mais simples
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.314
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #5 Online: 14 de Abril de 2021, 10:38:39
Baseado nos grupos de Facebook, alguns profissionais desistiram, mas muitos outros querem começar. Infelizmente muitos veem o ofício como de "baixo custo" e a procura por equipamentos de entrada usados está aquecida. E se esses vendedores de cursos estão ganhando grana nesta época, é um sinal de que há pessoas interessadas em virar fotógrafo (minha opinião).


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.352
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 15 de Abril de 2021, 10:45:27
Não acho que haverá boom de eventos. Conheço duas pessoas que iriam casar com festa e cerimônia e desistiram. Vão fazer uma super viagem com o dinheiro que gastariam assim que acabar a pandemia. Um dos casais inclusive pagou a multa de cancelamento do contrato só para não ter que arcar com o restante. Dos casais que estão manta do a cerimônia e festa alguns estão diminuindo o tamanho/quantidade de convidados e muitos tiveram queda de renda. Não vejo uma recuperação antes de 2023 caso a vacinação aconteça até o final desse ano. Para piorar 2022 tem eleição.
Claro que acabando a pandemia vai aparecer trabalho, mas eu acredito que o ritmo será lento e contratos menores e mais simples

O que tem de gente me procurando pra casamento em cartório, com ensaiozinho depois, não tá no gibi. Alguns ainda pedem cobertura pra almoço/jantar, coisa de 8~10 pessoas. Mas muitos nem isso querem.

Eu ainda não tive que cancelar nenhum contrato, mas tô morrendo de medo desses novos contratos, bater data com os antigos. Vai ser tenso.

Baseado nos grupos de Facebook, alguns profissionais desistiram, mas muitos outros querem começar. Infelizmente muitos veem o ofício como de "baixo custo" e a procura por equipamentos de entrada usados está aquecida. E se esses vendedores de cursos estão ganhando grana nesta época, é um sinal de que há pessoas interessadas em virar fotógrafo (minha opinião).

Então... Essa é uma faca de dois gumes, pra quem é profissional estabelecido nos eventos.

Pelo lado bom, vão se sobressair sobre esses novatos que estão entrando no mercado com Rebel/D5x00 e lente do kit. Se o cara souber vender seu peixe, e mostrar a diferença do seu trampo para esse novato que tá querendo aprender e ganhar ao mesmo tempo, tá facil.

Porém, se o cara for ruim de conversa, vai ser difícil argumentar e convencer o casal a pagar 500~600 num civil+ensaio, sendo que "fulano faz a mesma coisa" por 100~150.

Eu participo de um grupo no Face, galera tá mais ou menos assim: "Tô afim de comprar uma câmera pra trabalhar com foto, qual modelo me recomendam?"

Se esse sujeito for um bom vendedor, vai tirar cliente dos fotógrafos sérios, infelizmente.


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.314
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #7 Online: 15 de Abril de 2021, 12:03:16
[...]
Então... Essa é uma faca de dois gumes, pra quem é profissional estabelecido nos eventos.

Pelo lado bom, vão se sobressair sobre esses novatos que estão entrando no mercado com Rebel/D5x00 e lente do kit. Se o cara souber vender seu peixe, e mostrar a diferença do seu trampo para esse novato que tá querendo aprender e ganhar ao mesmo tempo, tá facil.

Porém, se o cara for ruim de conversa, vai ser difícil argumentar e convencer o casal a pagar 500~600 num civil+ensaio, sendo que "fulano faz a mesma coisa" por 100~150.

Eu participo de um grupo no Face, galera tá mais ou menos assim: "Tô afim de comprar uma câmera pra trabalhar com foto, qual modelo me recomendam?"

Se esse sujeito for um bom vendedor, vai tirar cliente dos fotógrafos sérios, infelizmente.

Sim Mike, concordo contigo.
A pessoa que tiver maior poder de persuasão vai se destacar.


pablo.ebani

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.508
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 15 de Abril de 2021, 13:04:19
Sim Mike, concordo contigo.
A pessoa que tiver maior poder de persuasão vai se destacar.

Me ferrei  :(
Fuji X-T2 - Fuji X-E2
XF 23mm f/2 - XF 35mm f/1.4 (um tesão nessa lente)
FL 55mm f/1.2 - Meike 28mm f/2.8
https://500px.com/PabloEbani
http://instagram.com/pabloebani_fotografia