Autor Tópico: Como vocês criam imagens?  (Lida 1339 vezes)

pkawazoe

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 588
Online: 24 de Abril de 2021, 06:18:06
Como é o processo criativo e como chegam ao resultado que vocês querem?

Bom eu vou falar sobre as minhas fotos e comigo funciona de 2 jeitos o insight e a inspiração.

A inspiração vem de uma foto, um quadro ou até mesmo um livro, algo que me remete a uma sensação e uma curiosidade, e eu tento reproduzir do meu jeito e o resultado final tem que ter uma personalidade.

Já o insight é como um soco ou um estalo, como esse último projeto que eu postei “Lado a lado” eu vi como as imagens combinavam juntas e fui compelido a procurar mais dentro das minhas outras fotos, isso também acontece quando fotografo na rua, as vezes é uma luz ou uma pessoa e de repente todo aquele conjunto entra em harmonia e eu faço o click.

E para vocês como é?


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 819
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 24 de Abril de 2021, 18:55:49
Há muito tempo, quando eu tentava fazer uma fotografia mais experimental, era mera cópia das ideias de outros.

Hoje não "crio" mais nada, só observo.


alcure

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 845
  • Sexo: Masculino
  • Madafaka
    • Portfolio
Resposta #2 Online: 26 de Abril de 2021, 00:04:56
Como é o processo criativo e como chegam ao resultado que vocês querem?

Bom eu vou falar sobre as minhas fotos e comigo funciona de 2 jeitos o insight e a inspiração.

A inspiração vem de uma foto, um quadro ou até mesmo um livro, algo que me remete a uma sensação e uma curiosidade, e eu tento reproduzir do meu jeito e o resultado final tem que ter uma personalidade.

Já o insight é como um soco ou um estalo, como esse último projeto que eu postei “Lado a lado” eu vi como as imagens combinavam juntas e fui compelido a procurar mais dentro das minhas outras fotos, isso também acontece quando fotografo na rua, as vezes é uma luz ou uma pessoa e de repente todo aquele conjunto entra em harmonia e eu faço o click.

E para vocês como é?

Antigamente eu pegava alguns retratos que gostava, salvava numa galeria e tentava replicar com pequenas alterações dado o que eu tinha disponivel para executar. Com o tempo fui percebendo que isso engessa demais o processo criativo e te faz focar demais em algumas coisas e esquecer de muitas outras no seu entorno, limitando em muito a capacidade de criar. Hoje basicamente troco referencias com os envolvidos, para sabermos mais ou menos o que esperar um do outro, e, na hora da execução eu me viro sem ficar consultando referencias e nem nada. Saco a câmera e deixo rolar. Com isso passei a ser mais criativo e improvisar melhor, mas num aspecto geral, acho que oq mais contribuiu para isso é a experiência mesmo.

Meu conselho aos mais novatos é: faça, faça, faça, faça...com o tempo você percebe que criou algo parecido com memória muscular para seu estilo pessoal/técnica e acaba ficando mais criativo, já que à esta altura do campeonato, após muito "replicar", já deve ter tido dezenas de problemas técnicos, teve de lidar com limitações, improvisações, erros etc o suficiente para não depender de bengala para criar.  :hysterical:
* Canon EOS-R + 85mm 1.8 + 40mm 2.8 + 16-35 f/4.0
---------------------------------------------------
http://instagram.com/rafaealcure


ChristianSC

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 33
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 26 de Abril de 2021, 12:45:35
Eu presto atenção em como a luz natural cai sobre o que eu quero fotografar. Se precisar mudar de ângulo eu mudo. Se a luz não colaborar, posso tirar uma foto de lembrança se for uma ocasião ou lugar que quero lembrar, mas não vai ser uma das minhas fotos que eu mostraria a alguém. Se eu precisar usar flash pra clarear sombras, posso fazer isso também.
Tudo depende da luz porque por mais que se possa manipular uma imagem depois, a qualidade da luz determina a beleza da imagem e pra mim não tem nada mais importante que isso...
Pentax K-3 K-S1 K-50 K200D K10D P30T
Lentes Pentax 16-50 2.8, 18-50 4-5.6, 28 3.5, 35 2.4, 35 2.8 Macro, 50 1.2, 50 1.7, 50 f4 Macro, 70 2.4, 100 2.8, 200 f4, 70-210 f4, 80-320 4.5-5.6
Tokina 24 2.8, Sigma 30 1.4 Art, Rikenon P 50 1.4

Fotografar é aproveitar cada milésimo de segundo da vida


pkawazoe

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 588
Resposta #4 Online: 02 de Maio de 2021, 05:03:56
Há muito tempo, quando eu tentava fazer uma fotografia mais experimental, era mera cópia das ideias de outros.

Hoje não "crio" mais nada, só observo.

Poxa Rodrigo acho legal as suas fotos, gostei do seu poste sobre a pandemia e como registrou a sua família, me lembro um pouco
a fotos do Sávio(spiderman)

a ideia de registrar as pessoas ao redor é algo que muitos fotógrafos já fizeram e tem uns trabalhos bem interessantes.


pkawazoe

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 588
Resposta #5 Online: 02 de Maio de 2021, 05:13:47
Antigamente eu pegava alguns retratos que gostava, salvava numa galeria e tentava replicar com pequenas alterações dado o que eu tinha disponivel para executar. Com o tempo fui percebendo que isso engessa demais o processo criativo e te faz focar demais em algumas coisas e esquecer de muitas outras no seu entorno, limitando em muito a capacidade de criar. Hoje basicamente troco referencias com os envolvidos, para sabermos mais ou menos o que esperar um do outro, e, na hora da execução eu me viro sem ficar consultando referencias e nem nada. Saco a câmera e deixo rolar. Com isso passei a ser mais criativo e improvisar melhor, mas num aspecto geral, acho que oq mais contribuiu para isso é a experiência mesmo.

Meu conselho aos mais novatos é: faça, faça, faça, faça...com o tempo você percebe que criou algo parecido com memória muscular para seu estilo pessoal/técnica e acaba ficando mais criativo, já que à esta altura do campeonato, após muito "replicar", já deve ter tido dezenas de problemas técnicos, teve de lidar com limitações, improvisações, erros etc o suficiente para não depender de bengala para criar.  :hysterical:

acho que a cópia é algo muito antigo, no academicismo era costume vc tentar pintar  um quadro de outro artista muitas e muitas vezes até vc alcançar um estilo próprio,
e isso ajuda a aprimorar a técnica,
mas eu gostei do que vc falou sobre a memória muscular e o nosso olhar se torna um reflexo do nosso musculo, vc vê algo interessante e reage e os problemas não são limitações são degraus para imagens mais sofisticadas e complexas.

P.S. ah eu vi o seu instagram e vc tem um trabalho muito bom, parabéns!!!


pkawazoe

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 588
Resposta #6 Online: 02 de Maio de 2021, 05:24:43
Eu presto atenção em como a luz natural cai sobre o que eu quero fotografar. Se precisar mudar de ângulo eu mudo. Se a luz não colaborar, posso tirar uma foto de lembrança se for uma ocasião ou lugar que quero lembrar, mas não vai ser uma das minhas fotos que eu mostraria a alguém. Se eu precisar usar flash pra clarear sombras, posso fazer isso também.
Tudo depende da luz porque por mais que se possa manipular uma imagem depois, a qualidade da luz determina a beleza da imagem e pra mim não tem nada mais importante que isso...

legal, é isso luz é tudo, ou quase tudo.
gosto dessa sua percepção do que ver e essa consciência e como a luz pode mudar um fotografia.



wdb2021

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Resposta #7 Online: 06 de Maio de 2021, 01:04:18
Eu farei meu mapeamento áspero do que vou fazer. Depois disso, começamos a tirar fotos conforme planejado.