Autor Tópico: Composição em 2021  (Lida 4956 vezes)

erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.214
  • Sexo: Masculino
  • Feliz usuário de DSLR...Isso mesmo, DSLR.
Resposta #30 Online: 23 de Outubro de 2021, 20:27:52
Sim. Muito...
O Kubrick e o Hitchcock tem uma composição muito interessante nos seus filmes. São gênios.
Tem um tópico aqui muito bom sobre referências, vou até postar algo lá para não deixar ele morrer.


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 868
  • Sexo: Masculino
Resposta #31 Online: 24 de Outubro de 2021, 09:57:59
Mas isso sempre me foi insuficiente e a palavra “ver” ou “olhar” passa a sensação de distanciamento, eu aqui e a cena ali, e na minha opinião para compor melhor é preciso estar presente, não na foto mas no ambiente, é como se vc estivesse dançando, existe uma relação entre vc e o assunto a ser fotografado, vc vai pra frente vai pra tráz e tudo muda dentro do visor, vc percebe as pessoas, a luz, o movimento e anda junto delas e para mim essa percepção de si mesmo faz toda diferença

Gostei muito dessa descrição e dessa analogia com a dança. Sinto que é por aí. Mais do que regras e concepções, tem uma coisa intuitiva que acontece quando estamos no lugar, nos movimentando, olhando e experimentando. Não dá pra saber exatamente porque, mas tem uma hora que algo fecha na nossa percepção e sentimos que é o enquadramento certo.


nandoespinosa

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.227
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #32 Online: 25 de Outubro de 2021, 12:09:23
Gostei muito dessa descrição e dessa analogia com a dança. Sinto que é por aí. Mais do que regras e concepções, tem uma coisa intuitiva que acontece quando estamos no lugar, nos movimentando, olhando e experimentando. Não dá pra saber exatamente porque, mas tem uma hora que algo fecha na nossa percepção e sentimos que é o enquadramento certo.
Sim. Essa analogia me cabe mais ainda  :hysterical:
Mas eu percebo que o trabalho está fluindo bem, quando eu fico "batucando" a música com o pé... Aí é que as fotos legais surgem. É comum eu batucar com o pé e cantar mentalmente a música... Na verdade isso é sinal de que estou concentrado no espetáculo, dentro da coreografia. Então naturalmente os cliques saem mais certeiros.


hribeiro

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.374
  • Sexo: Masculino
Resposta #33 Online: 25 de Outubro de 2021, 18:05:04
Tem um tópico aqui muito bom sobre referências, vou até postar algo lá para não deixar ele morrer.

Não lembro. Põe aqui o link pv!
Helvio

Nikon D750, Nikon D3100, Nikkor 18-105mm, Nikkor 18-35mm, Nikkor 24mm f/2.8, Nikkor 50mm f/1.8G, Nikkor 24-120mm ED f/4,  Nikkor 80-200mm f/2.8D ED - Speedlight SB-700, Oloong SP660II manual, Flash Agfa.
Canon AE-1. Canon 50mm 1.8, Rolleiflex T K8
www.flickr.com/helviosilva   https://500px.com/helviosilva


erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.214
  • Sexo: Masculino
  • Feliz usuário de DSLR...Isso mesmo, DSLR.
Resposta #34 Online: 25 de Outubro de 2021, 21:27:06


hribeiro

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.374
  • Sexo: Masculino
Resposta #35 Online: 26 de Outubro de 2021, 11:18:16
 :clap: :clap: :clap:
Helvio

Nikon D750, Nikon D3100, Nikkor 18-105mm, Nikkor 18-35mm, Nikkor 24mm f/2.8, Nikkor 50mm f/1.8G, Nikkor 24-120mm ED f/4,  Nikkor 80-200mm f/2.8D ED - Speedlight SB-700, Oloong SP660II manual, Flash Agfa.
Canon AE-1. Canon 50mm 1.8, Rolleiflex T K8
www.flickr.com/helviosilva   https://500px.com/helviosilva


erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.214
  • Sexo: Masculino
  • Feliz usuário de DSLR...Isso mesmo, DSLR.
Resposta #36 Online: 01 de Novembro de 2021, 20:09:05
Sim. Essa analogia me cabe mais ainda  :hysterical:
Mas eu percebo que o trabalho está fluindo bem, quando eu fico "batucando" a música com o pé... Aí é que as fotos legais surgem. É comum eu batucar com o pé e cantar mentalmente a música... Na verdade isso é sinal de que estou concentrado no espetáculo, dentro da coreografia. Então naturalmente os cliques saem mais certeiros.
É legal quando você está ali registrando e está tão focado que passa a ficar inserido na situação, um exemplo é a fotografia de eventos, claro que muito gente faz no automático, mas quando você está ali atento a todas aquelas emoções, sorrisos, lágrimas, sons, e consegue aquele registro que queria, aquele momento especial, dá aquela emoção.


pkawazoe

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.010
Resposta #37 Online: 08 de Novembro de 2021, 10:27:55
eu estava escrevendo para um outro post sobre consequência, eu acho que cabe um adendo aqui,

uma frase que me vem a cabeça é "causa e efeito"
relação entre dois eventos consecutivos, sendo o segundo evento uma consequência do primeiro.

então a nossa composição é uma consequência de quem nós somos

"nós" o nosso repertório, nosso estado de espirito, nossa emoção, técnica e tbm as nossas falhas, aquilo que temos e aquilo que não temos,
quanto mais vc se conhece maior a chance de vc melhorar na fotografia, e conhecer a si, não é somente aquilo que vc sabe  mas tbm aquilo que vc não sabe,

uma pergunta

vc tem a percepção daquilo que falta para vc melhorar na fotografia?


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.699
  • Sexo: Masculino
Resposta #38 Online: 09 de Novembro de 2021, 16:08:15
Sim Paulo, e esse é um processo onde uma coisa leva a outra. Eu me reconheci nas fotos que eu fazia, somente depois de perceber e entender o que era aquilo que eu fotografava.
Demorei pra entender, mas acho que já dei alguns passos, não todos; isso não é um assunto resolvido, nem sei se um dia chegarei a me conhecer completamente.
Conhecimento importa mais que equipamento.


pkawazoe

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.010
Resposta #39 Online: 10 de Novembro de 2021, 12:53:28
Sim Paulo, e esse é um processo onde uma coisa leva a outra. Eu me reconheci nas fotos que eu fazia, somente depois de perceber e entender o que era aquilo que eu fotografava.
Demorei pra entender, mas acho que já dei alguns passos, não todos; isso não é um assunto resolvido, nem sei se um dia chegarei a me conhecer completamente.

eu acho que é por ai mesmo, me lembra a ideia de jornada, ou seja o caminho que percorremos durante o percurso da nossa vida, tem altos e baixos, alegres e tristes e muito aprendizado e nesse trajeto nós vamos nos conhecendo um pouco melhor, eu sempre digo que nós somos a soma de nossas experiências, se for para falar de fotografia pense em alguém que só fala de equipamento (FPS, megapixels, estabilizador de imagem, etc) e depois pense em alguém que já viu e entende a fotografia do Bresson, Minor white, Ernst Haas, William Enggleston, David Hockney, Robert Frank, Eduard Weston etc, vc não precisa fotografar com a mesma linguagem que eles criaram, mas entender e consumir esse tipo de informação o quão complexo vc se torna, vc passa a ver coisas incríveis e a sua jornada fotográfica fica muito mais rica.


erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.214
  • Sexo: Masculino
  • Feliz usuário de DSLR...Isso mesmo, DSLR.
Resposta #40 Online: 10 de Janeiro de 2022, 21:53:46
se for para falar de fotografia pense em alguém que só fala de equipamento (FPS, megapixels, estabilizador de imagem, etc) e depois pense em alguém que já viu e entende a fotografia do Bresson, Minor white, Ernst Haas, William Enggleston, David Hockney, Robert Frank, Eduard Weston etc, vc não precisa fotografar com a mesma linguagem que eles criaram, mas entender e consumir esse tipo de informação o quão complexo vc se torna, vc passa a ver coisas incríveis e a sua jornada fotográfica fica muito mais rica.
Prazer pelo equipamento x Prazer pela fotografia em si, é tão legal quando o ato de fotografar se concentra só no ato e não no equipamento.