Autor Tópico: notícia pra quem fotografa com filme (não sei se é nova..)  (Lida 10316 vezes)

padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #30 Online: 10 de Outubro de 2007, 03:48:32
hahahahahahaha

valeu pedro, nada contra o leo eh claro, mas ja sou bem casado :)

http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


Doug Dax

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 8
  • Sexo: Masculino
  • Nikons Fm2n e N70
    • FLICKR
Resposta #31 Online: 10 de Outubro de 2007, 05:14:25
Padu,

concordo plenamente com você. Não conhecia tão bem o trabalho do Klaus, gostava de várias fotos dele, mas não sabia de quem eram. Já virou meu ídolo também.

Pra dar um exemplo de como as coisas são difíceis no nosso país, vou contar algo que me aconteceu há alguns meses...

Comprei uma Pentax ME pelo Ebay. Linda câmera, excelente estado. Recebi o comunicado da Receita Federal dizendo que eu deveria pagar imposto... até aí tudo bem, o problema é que taxaram a Pentax de 1981 como sendo CÂMERA DIGITAL!!! E lá ia eu pagar 150 reais de impostos... Fui reclamar, levei a nota do Ebay, mas o fiscal recusou meu argumento, dizendo que "a nota comprovava o valor, não que a câmera não era digital". Fui até a Receita, onde fui muito bem atendido, por sinal, e consegui ser encaminhado diretamente ao fiscal que fez a triagem.
Chegando lá, ele repetiu o argumento, e eu perguntei "se eu provar que a cãmera é de filme, você reduz o imposto?" ele assentiu... Nisso, puxei o rebobinador da Pentaquinha, a tampa traseira pulou, e ele ficou com cara de tacho... E eu paguei o imposto correto...

Resumindo: Por pura ignorância ou por falta de humildade em perguntar a alguém, iam me cobrar um imposto muito maior.
Relógio à corda, Câmera de filme e carro carburado!


BACAMARTE

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 430
Resposta #32 Online: 10 de Outubro de 2007, 08:02:53
Que isso que você tá dizendo, Pedro, Padu e Leo casados?  ;D


BACAMARTE

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 430
Resposta #33 Online: 10 de Outubro de 2007, 08:14:30
Falando sério agora, eu ando me acostumando a importar filmes e produtos fotográficos da BHPhoto, como filtros coloridos, por exemplo. Todo mês estou comprando coisas deles, pois no Rio não dá para achar quase nenhum filtro mais. Comprei muitos na WWI, de Botafogo, mas acho que já comprei todos os filtros de 58mm que o cara tinha.  :D

Por isso, ao menos enquanto existir fonte de venda de filmes no exterior, continuarei com o filme, pois sou fiel. Em tempo: também adoro vinil e VHS. Mas sobre a fotografia em si, ainda prefiro a captura pelo filme em minhas máquinas analógicas (nem tenho digital), para depois fazer o pós processamento em digital e imprimir em casa mesmo. Juro que ainda vou revelar C-41 em casa, um projeto para 2008.  ;)


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.766
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #34 Online: 10 de Outubro de 2007, 10:41:52
Então Simão, você está vivendo os impactos do que eu estou falando, que é o início da falta de PDVs com disponibilidade do produto...
Padu minha afirção não é sem fundamentos, é uma típica de análises de ciclo de vida de produtos, fundamentada em pesquisa bibliográfica e informações de mercado (a entrevista do cara da Iford por exemplo parece mais achismo, uma vez que não se fundamenta nos elementos básicos para a análise, eu teria defendido muito mais o sentido de nichos mostrando que a empresa está se preparando para atender desta forma do que tentar defender um produto em queda livre...), essas marcas que ainda existem estão "aproveitando" o que ainda resta do filme, não espere que elas continuem por muito tempo com linhas amplas ou similares porque não vão ficar, as que ficarem sofrerão muito, como já estão sofrendo, se alguma delas mantiverem a produção de filmes vai ser de um ou outro modelo. Quanto a lançar esperando ROI é o que eu disse no post anterior, têm empresas que lançam na esperança de salvar o produto, porém este é considerado um dos maiores erros nesse tipo de condição de mercado...
Só algumas definições citando Kotler
Citar
Declínio: O período em que as vendas mostram queda vertiginosa e os lucros desaparecem.
Para mim parece que ele escreveu isso pensando no filme rs....

Citar
O declínio pode ser lento, como no caso da aveia em flocos, ou rápido, como no caso do automóvel Edsel1. As vendas podem cair a zero ou se estabilizar em um nível baixo.
As vendas declinam por inúmeras razões, entre elas progressos tecnológicos1, mudanças nos gostos do consumidor e grande concorrência nacional e extrangeira.

1 - Casos onde se enquadram as condições do filme.

Citar
Matar produtos - ou deixar que morram por si - É desagradável, e freqüentemente se assemelha à tristeza de um final de festa com velhos e bons amigos. O pretzel portátil, de seis lados, foi o primeiro produto que a empresa produziu. Nossa linha não será mais a mesma sem ele.
Por incrível que possa parecer isso é comum e acho que esse é o fator que leva a Kodak investir, assim como o fator a seguir:

Citar
A gerência acredita que as vendas do produto melhorarão.

Ainda segundo Kotler (e vários outros autores do gênero)
Citar
A menos que existam fortes razões para se manter um produto fraco, ele sai muito caro para a empresa.
O que vem acontecendo com quem trabalha com filme de forma bastante clara...

Alguns comentários interessantes sobre essa questão é o cliclo de declínio.
No princípio a tendência é a queda de preços dos produto e a sobra destes nos PDV, em um segundo passo as linhas começa a ser reduzidas e os produtos de mais alto valor agregado começam a sumir das prateleiras, em um terceiro passo alguns fabricantes comçam a sair do mercado, o que em um primeiro momento pode aumentar os lucros dos que ficam, em um quarto momento o produto como um todo passa a sumir das prateleiras, por fim poucos conseguem manter uma linha bem pequena de produtos em operação, isso quando conseguem.
O filme está entre o nível 3 e 4 deste estágio, já passou pelos dois primeiros... :(
Como você pode ver eu não estava fazendo minhas afirmações sem base como você está dizendo, muito pelo contrário, estou bem embasado....

Só a queda de mercado de cerca de 30% ao ano nos últimos 3 anos e os maiores fabricantes estarem tendo enormes perdas em suas divisões de filmes já são um indicador de declínio acentuado do produto, na verdade é um produto agonizante. Quando vejo a Kodak lançar um novo filme com US$ 1.8 bi de 'perdas oriundas da divisão de filmes (isso é público, como eu disse a fonte é o próprio balanço da empresa, é só entrar no site deles ir em relação com investidores e pegar) eu vejo claramente casos antigos de resistência em aceitar a morte do produto, nada além disso.

Só para deixar claro, não estou aqui defendendo que os fabricantes acabem com os filmes, só estou falando que a história mostra que quem quiser filmes daqui a alguns anos vai ter que procurar muito e gastar muito, além de ter que começar a aprender a revelar, porque a tendência é que o processo também se torne de difícil acesso (isso acredito que demore um pouco mais para acontecer do que o fim do mercado de filmes como o conhecemos). Não estou em uma cruzada contra os filmes, na verdade tudo que estou fazendo é dar um alerta para que quem gosta de filmes não fique nutrindo falsas esperanças e se prepare para o que deve acontecer, sei que dói (você não faz idéia de como doeu para mim o fim do vinil e como está doendo eu ver o filme agonizando), mas temos que esttar preparados... É legal que uma vez eu estava falando sobre isso com meu primo e discutindo exatamente a angústia de ver um produto que gostamos morrer e ele me comentou que na medicina algumas vertendes trabalham com um conceito dos 5 estágios da morte e que pelo que eu descrevia as pessoas que gostam do produto vivem estágios parecidos rs...
Eu tinha anotado porque achei muito interessante, não achei agora, vou postar pelo que me lembro, se algum médico puder me corrigir caso eu esteja errado...
Primeiro Estágio: negação e isolamento.
Segundo Estágio: raiva.
Terceiro Estágio: barganha.
Quarto Estágio: depressão.
Quinto Estágio: aceitação.

Eu com relação ao filme já estou no Quinto estágio rs... Você parece que está no primeiro, mas te despertei um pouco do segundo rs...       

Bom é isso, a idéia é deixar um alerta das dificuldades que irão surgir nos próximos anos, sem contar que mesmo que nenhuma empresq queira mais fazer filmes não é o fim do mundo, lembre-se que os primeiros fotógrafos faziam seus próprios filmes, porque nós 100 anos depois não conseguiríamos? ;)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Resposta #35 Online: 10 de Outubro de 2007, 18:20:16
eh ... olha
eu nao sei de fato, ou estatisticas nenhuma...

I really hope que os filmes continuem por um tempo ... um tempo bom e um bom tempo.


mas ... assim...
tem uma coisa na minha cabeça q me diz que um dia "acaba" ...

é a evolução das coisas..

e acredito sim que um dia (falando da qualidade aqui) as cameras digitais, serao superiores as cameras de filme.


imagina, por exemplo, daqui a 100 anos.
eu não consigo imaginar daqui a 100 anos o filme ainda existindo.


mas uma coisa que me encomoda nas digitais, não é o ruindo.. o crop... o binario..
me encomoda ver a foto na hora que eu tiro.

isso num é relaxante.

e eu tiro foto justamente pelo motivo oposto a esse.
por demorar, pela curiosidade... esse foi um dos motivos que me fez escolher o filme

=\


eu tenho raiva do digital =(
mas daqui a pouco to até me vendo aceitar isso...
tirar uma foto e ver oq eu tirei na hora. que coisa mais sem graça!

ou então nao.

finjo que tem filme dentro.
e desligoo display.. e tiro tiro tiro. como se fosse filme... qdo chegar em casa eu a ligo no pc. e vejo oq saiu.. é uma forma né =\

ai ai.. as vezes a tecnologia nao me faz tão feliz =(


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.766
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #36 Online: 10 de Outubro de 2007, 18:28:51
Faça como eu... Desligue o LCD e só ligue quando quiser checar (como nos tempos em que usavamos back polaroid) rs...
Eu ainda uso o mesmo ritmo de trabalho que usava antes, ajusto a luz, faço uma "polaroid", confirmando o resultado faço as fotos com o LCD desligado para economizar bateria e pronto rs...
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Resposta #37 Online: 10 de Outubro de 2007, 18:39:59
rs =)

leo. eu nao sei qual é a possibilidade disso...

mas sei la...
vamos supor que a gente sabe quando o filme vai ser extinto... vamos supor (só por questoes praticas, pra exemplificar) que ele vai ser completamente extinto daki a 100 anos.

a nikon... canon.. etc

poderiam fazer cameras DIGITAIS.. DSLR mas... em alguns de seus modelos, imitando as Mecanicas antigas de filme

por exemplo. eu me sentiria super confortavel em fotografar com uma digital que tivesse peças de metal...
quem não tivesse display...
lembrando as antigas.

entende oq eu quero dizer?


juro... pra mim o display é uma forma de se gastar bateria (então, como vc disse.. mantenha-o desligado)
imagina uma nikon fm2-D
que tivesse sensor e tal...
mas que lembrasse o tradicional

assim como aquele carro lindo 
um Chrysler PT Cruiser Classic
lembra os modelos antigos... mas muito moderno.

fui muito irreal falando isso?
ou será que haveria uma possibilidade?
« Última modificação: 10 de Outubro de 2007, 18:41:15 por Pedro Vilas Boas »


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #38 Online: 10 de Outubro de 2007, 19:13:27
Padu,

concordo plenamente com você. Não conhecia tão bem o trabalho do Klaus, gostava de várias fotos dele, mas não sabia de quem eram. Já virou meu ídolo também.

Pra dar um exemplo de como as coisas são difíceis no nosso país, vou contar algo que me aconteceu há alguns meses...

Comprei uma Pentax ME pelo Ebay. Linda câmera, excelente estado. Recebi o comunicado da Receita Federal dizendo que eu deveria pagar imposto... até aí tudo bem, o problema é que taxaram a Pentax de 1981 como sendo CÂMERA DIGITAL!!! E lá ia eu pagar 150 reais de impostos... Fui reclamar, levei a nota do Ebay, mas o fiscal recusou meu argumento, dizendo que "a nota comprovava o valor, não que a câmera não era digital". Fui até a Receita, onde fui muito bem atendido, por sinal, e consegui ser encaminhado diretamente ao fiscal que fez a triagem.
Chegando lá, ele repetiu o argumento, e eu perguntei "se eu provar que a cãmera é de filme, você reduz o imposto?" ele assentiu... Nisso, puxei o rebobinador da Pentaquinha, a tampa traseira pulou, e ele ficou com cara de tacho... E eu paguei o imposto correto...

Resumindo: Por pura ignorância ou por falta de humildade em perguntar a alguém, iam me cobrar um imposto muito maior.

Isso eh dose ne? Ate a minha filha de 2 anos de idade sabe a diferenca entre a minha digital e a 35mm....
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #39 Online: 10 de Outubro de 2007, 19:17:30
eu não consigo imaginar daqui a 100 anos o filme ainda existindo.

A 100 anos atras, nem computador existia... daqui 100 anos, do jeito que esta indo, nao sei nem se nos existiremos.
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.550
Resposta #40 Online: 10 de Outubro de 2007, 19:20:06
A 100 anos atras, nem computador existia... daqui 100 anos, do jeito que esta indo, nao sei nem se nos existiremos.

Hahahaha... boa.
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Resposta #41 Online: 10 de Outubro de 2007, 19:23:48
ah mas eu gostei da minha ideia =P

de o design de algumas DSLRs imitarem uns modelos antigos o mecanico de filme

=P


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #42 Online: 10 de Outubro de 2007, 19:24:28
a nikon... canon.. etc
poderiam fazer cameras DIGITAIS.. DSLR mas... em alguns de seus modelos, imitando as Mecanicas antigas de filme

tipo essa?

http://www.dpreview.com/news/0403/04031101epsonrd1.asp

nao eh nem uma dSLR, eh uma rangefinder digital (tem a M8 tambem).


O seu ponto eh bem valido. Por exemplo, ja faz alguns anos que o Sebastiao Salgado esta produzindo o seu novo e grandioso trabalho, o Genesis. O cara se isola em regioes do mundo onde a presenca do homem nao eh tao visivel (galapagos, amazonas, etc).

Pergunta se ele esta usando digital ou filme?

Alias, fujindo um pouco do topico, o Salgado foi um dos fotografos da agencia Magnum (criada pelo grande HCB), e sempre fotografou usando leica rangefinders e t-max (ou eh tri-x...)...

Para esse projeto, ele esta quebrando sua propria tradicao e fotografando com medio formato. Exatamente por ter mais tempo pra pensar na cena.

Voce falou em um outro post q vc curte ficar esperando a borboleta abrir a asa por 1 hora... pois eh. Eu tava lendo uma entrevista dele que para fazer uma foto de uns dragoes, do jeitinho que ele queria, ele ficou de olho grudado no ground glass por mais de 4 horas... >> devotion <<

http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Resposta #43 Online: 10 de Outubro de 2007, 19:30:47
a nikon... canon.. etc
poderiam fazer cameras DIGITAIS.. DSLR mas... em alguns de seus modelos, imitando as Mecanicas antigas de filme

tipo essa?

http://www.dpreview.com/news/0403/04031101epsonrd1.asp

nao eh nem uma dSLR, eh uma rangefinder digital (tem a M8 tambem).

exatamente!!!
muito bacana né?

eu ainda tiraria o display LCD.
e deixava uma opção de suporte.. dai se vc quisesse vc comprava o display separado.. e encaixava em alguma "porta" ou contato da maquina.

=)

assim seria legal =)

mas rangefinder é chato =(


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #44 Online: 10 de Outubro de 2007, 19:53:56

exatamente!!!
muito bacana né?

eu ainda tiraria o display LCD.
e deixava uma opção de suporte.. dai se vc quisesse vc comprava o display separado.. e encaixava em alguma "porta" ou contato da maquina.

=)

assim seria legal =)

mas rangefinder é chato =(

Eu tenho uma bessa r, e essa camera me parece uma copia exata das bessas mais recentes. Eu adoro fotografar com ela, e pra quem gosta de tudo manual, eu um prato cheio.

O LCD voce pode virar pra dentro... ai fica identica aa uma rangefinder de filme.

Pena que

1) Eh muito cara
2) Nao decolou... eu acho que nem fabricando mais estao. Pelo menos no site da epson fala que esta out of stock


Ahhh, e os ponteiros sao analogicos tambem... belissimo toque.
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California