Autor Tópico: Noivos devem receber R$ 4.000 de indenização por casamento sem fotos  (Lida 6629 vezes)

Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Achei merecida a indenização, é um completo absurdo deixar um cliente na mão desta forma, se não pode ir fotografar repasse o trabalho, se ficou doente ligue avisando e consiga outro fotógrafo, o que não pode é fazer pouco caso com os problemas dos clientes. :(



Noivos devem receber R$ 4.000 de indenização por casamento sem fotos
Danielle Ribeiro

A ausência do profissional contratado para fotografar e filmar um casamento em Juiz de Fora levou a 10ª Câmara Cível do TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) a condenar a Foto Estúdio Arte e a Gláucia Noivas, empresa de aluguel de vestidos de noiva, a pagarem indenização de R$ 4.000 ao casal, por danos morais, além de R$ 280, referentes ao valor pago pelo serviço.

Segundo informações do TJ-MG, a noiva e o noivo mantiveram um relacionamento estável durante quase 12 anos, tendo um filho, e sempre sonharam em se casar. Por serem pessoas simples e de poucos recursos, adiaram o casamento até que pudessem realizá-lo da forma como pretendiam.

A cerimônia foi marcada para o dia 21 de janeiro de 2006 e, em maio de 2005, o casal contratou o serviço de filmagem e fotografia com o estúdio, que funciona no mesmo local da empresa de aluguel de vestidos de noiva. O valor da filmagem (R$180) e do álbum (R$100) começaram a ser pagos em agosto de 2005, em cinco prestações.

No dia do casamento, ao chegarem à igreja, os noivos imediatamente procuraram pelos contratados para que pudessem iniciar a sessão de fotos e filmagem, mas eles não haviam chegado. Após 20 minutos de espera, a noiva foi incentivada pelos familiares a entrar na igreja e não esperar mais pelos profissionais, que de fato não apareceram.

A noiva alegou ter entrado na igreja atônita, sentindo-se ofendida, frustrada, envergonhada e triste, pois o momento sonhado há mais de 10 anos “havia-se tornado um pesadelo”. Através de provas testemunhais, comprovou-se que os noivos não puderam usufruir da festa de casamento, saindo mais cedo da recepção em razão do nervosismo e do constrangimento por que passaram.

A juíza Sônia de Castro Alvim, da 1ª Vara Cível de Juiz de Fora, entendeu que a responsabilidade do estúdio de fotografia deve ser dividida com a firma de aluguel de vestidos de noiva, uma vez que funcionam no mesmo local, têm o mesmo telefone de contato e as mesmas funcionárias. Assim, condenou-os a indenizar os noivos, solidariamente.

No recurso ao Tribunal de Justiça, os desembargadores Pereira da Silva, relator, Cabral da Silva e Roberto Borges de Oliveira confirmaram a decisão de primeira instância.

Segundo o relator, “a falta injustificada do fotógrafo contratado à cerimônia de casamento, de forma indubitável, gerou aborrecimento e constrangimento aos noivos, ao perceberem que aquele importante momento de suas vidas não seria documentado”.

Outro lado
Procurada pela reportagem de Última Instância, a responsável pela Gláucia Noivas, Joaquina Maria de Campos, afirmou que sua empresa apenas funcionava no mesmo andar do edifício em que funcionava a Foto Estúdio Arte.

"A Gláucia Noivas cumpriu todos os contratos estabecidos com os noivos e só fomos envolvidos no processo porque o casal não encontrou registros da empresa de fotografia", disse.

Além disso, Joaquina de Campos contou que a noiva mudou repentinamente a data do casamento e esse teria sido o motivo pelo qual o fotográfo não conseguiu fazer os registros.

http://ultimainstancia.uol.com.br/noticia/44760.shtml
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


olff

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 58
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 23 de Novembro de 2007, 20:36:43
Acabei de ler a notícia e concordo com você Léo, um absurdo deixarem os noivos sem as fotos...
Osni Filho
Rio de Janeiro
Canon XT + 18-55 + 75-300 USM + Canon 50mm 1.8 mkII + Tamron 90mm f2.8 macro


Alex Biologo

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.803
  • Sexo: Masculino
    • Olhares Dispersos
Resposta #2 Online: 23 de Novembro de 2007, 21:25:01
achei os preços do serviço absurdamente baixos tb, mas que é merecido pagar multa, com certeza é
Alex Martins dos Santos - São Paulo/SP
Fuji S5100
Pentax MZ-50
Canon 10D e 300D + lente  28-135 is Canon + lente 70-300 TAmron


Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Resposta #3 Online: 23 de Novembro de 2007, 21:27:30
fazia 10 rolos de filme de graça!

acho que qualquer um aqui no forum.. gostando ou não de eventos, queria ter uma oportunidade pra fotografar assim..

isso rende muito aprendizado.

consentimento dos noivos..
fotografar toda a festa... que sonho! (apesar de não gostar, como disse, seria uma forma de praticar e aprender coisas)

e não cobraria naaaaada =DDDDD
fazia foto de tudo quanto é jeito.. com tudo quanto é ISO... dos chromos aos negativos... longa esposição.. de ISO 50 a 1600

daria pra aprender muuuito =))))))



-----
aliás.. isso até me deu uma ideia ;)

deixa só alguem da minha familia casar!
além do fotografo profissional e tal... também vou pedir pra fotografar =DDD
vai ser bommm =DDDD
caderninho na mão e muitos angulos de foto ;)


Henrique Sperandei

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 5
Resposta #4 Online: 24 de Novembro de 2007, 19:34:39

Também achei os preços muito baixos, mas a partir do momento que um serviço é contratado o preço não pode ser mais  justificativa para que um serviço deixe de ser realizado. Talvez a qualidade do serviço não fosse boa, mas deveria ter sido prestado. Acho a decisão corretíssima, principalmente tendo em vista tratar-se de um casamento, cujos noivos ficaram sem registro e aborrecidos em uma data que deveria ser de felicidade. Lamentável!!

PS: Concordo com o Pedro, também fazia essas fotos de graça, só pela oportunidade de aprendizado. ;D


BACAMARTE

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 430
Resposta #5 Online: 25 de Novembro de 2007, 10:05:45
Bem, os preços são absurdamente baixos, mas isso não significa que a empresa pudesse desdenhar assim dos clientes. Pela gravidade do fato, pois a fotografia de um casamento tem uma forte conotação emocional, a multa deveria ter sido muito maior. Os noivos devem ser tão simples e humildes que pediram pouco, devem ter entram com a ação em Juizado de Pequenas Causas, quando este fato caberia na Justiça Comum, podendo pedir uns 60 mil. Claro que nõa ganhariam tudo isso, mas uns 10 mil ou mais com certeza, pois o dano moral foi gravíssimo, atentando contra a memória futura do casal. Como eles poderão mostrar as fotos para os filhos? Que triste isso,e esperaram tanto tempo. Tem que ser muito canalha pra fazer algo assim com pessoas pobres, que pagaram as fotos em cinco prestações, não por que são muquiranas, mas por serem pobres. Caramba!  :'(


leoduzzi

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 454
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/89441206@N00/
Resposta #6 Online: 25 de Novembro de 2007, 21:31:33
Na minha opnião casamento é o evento de maior responsabilidade para um fotógrafo, ontem fiz meu primeniro casamento sozinho, e foi punk, vc até sonha com os problemas que pode dar e voce perder as fotos. O ambiente era pequeno e as pessoas chegavam rápido na frente onde foi celebrado, e este tipo de evento é marcado por momentos únicos, não dá para perder, senão não tem volta.
« Última modificação: 25 de Novembro de 2007, 21:55:21 por leoduzzi »
Leo Duzzi
D50 + D7000 + Tamron 17-50 2.8 VC + Nikkor 18-135mm + Nikkor 50mm  1.8 + Nikkor 28-80mm + SB-600
http://www.flickr.com/photos/leoduzzi


breabhz

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 84
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 18 de Dezembro de 2007, 12:17:16
Concordo com a indenização, mas estou meio que revoltado com o preço cobrado pelo serviço.
Eu acho que considerando o preço do serviço a empresa deve ser especialista em picaretagem =D.
Isso acaba com nossa moral no mercado uma vez que cobramos preços relativos à qualidade dos nossos serviços

Vlw

Abraços
Fernando Armani
______________________________________

Belo Horizonte


FábioVenhorst

  • Trade Count: (3)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 184
    • Fábio Venhorst Fotografias
Resposta #8 Online: 23 de Janeiro de 2008, 10:18:36
Baita sacanagem!! >:( Realmente, me surpreendi com os preços cobrados!! :eek: Muito baixos!! Só podem ser picaretas! >:( Mas mesmo assim, quando um profissional aceita um serviço, tem que cumprir. :ponder: Coitados dos noivos, situação muito triste para eles. :no:
Fábio Venhorst - AFB

Fábio Venhorst Fotografias


FernandoPaes

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.522
  • Sexo: Masculino
  • Fernando Paes - Fotógrafo
    • Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos
Resposta #9 Online: 23 de Janeiro de 2008, 10:28:56
Sinceramente....

A situação não é triste para os noivos... A questão é, quando se paga um valor tão baixo vc está sujeito à isso mesmo. Eu entendo condições financeiras complicadas, mas muitas vezes os noivos querem O MAIS BARATO QUE PUDEREM PAGAR, sem se preocupar com a responsabilidade de quem cobre isso.

Não dá pra sentir pena nem de um lado nem do outro. Os noivos tiveram o que pagaram (um mal profissional que não esteve no seu evento), e a empresa também (recebeu um processo por não cumprir sua parte).

Talvez esses 4000 pagam com sobra todas as despesas do referido casamento. Nada de tristeza para os noivos :D

Abraço,
Fernando
Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos - SP
Visite meu Website: http://www.fernandopaes.com.br

Conheça nosso podcast para fotógrafos sociais!


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #10 Online: 23 de Janeiro de 2008, 12:39:38
Fernando eu penso assim... Não importa quanto que eles pagaram, seja R$ 10,00, seja R$ 10.000, se eles pagaram ele devem receber o que foi combinado, certamente não se pode esperar muito em termos de resultado, mas o não comparecimento é no mínimo estelionato, eles pagaram e não receberam pelo que pagaram, combinado é combinado... Os noivos não erraram, escolheram alguém que podiam pagar e certamente não esperavam um Duran, mas pagaram para o cara ir lá e apertar botão e isso é o mínimo que ele teria que ter feito uma vez que tinha sido pago por isso. Se queixa fosse quanto a qualidade do trabalho entregue eu concordaria plenamente contigo, receberam pelo que pagaram, é o mesmo que ir em um restaurante por quilo que custa R$ 7,00 o quilo e reclamar que não tinha palmito na salada rs.... Mas no caso eles pagaram e não receberam pelo que pagaram, nem mesmo com a qualidade compatível. Erro exclusivamente do fotógrafo e da Empresa...
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


pedro_raythz

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.469
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 23 de Janeiro de 2008, 12:55:26
Concordo com o Leo e que a indenização deveria ser maior mesmo... Um absurdo isso! Quero ver se no casamento do "fotógrafo" fizessem a mesma coisa


elton

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 71
  • Photoshop Master
Resposta #12 Online: 23 de Janeiro de 2008, 16:33:55
Certeza, idenização justa.

O estranho são esses preços, como já dito, bem baixo mesmo... Será que ela iria se agradar também se tivesse recebido os registros?


BACAMARTE

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 430
Resposta #13 Online: 24 de Janeiro de 2008, 12:33:09
Fernando,

A situação é muito triste para os noivos. Você está mensurando a sua análise do fato puramente na questão da grana. Em outras palavras, se eles pagaram tão pouco, sujeitaram-se ao "inevitável" da irresponsabilidade da empresa e do fotógrafo, e como irão ganhar 4 mil de indenização, tudo voltará a ser como era antes. Discordo disso. Os 4 mil (ou 40 mil) nunca pagarão o dano moral advindo da tristeza e da humilhação de não terem tido um fotógrafo para registrar um ato civil de tamanha importância para a posteridade.

Se fossem pessoas esclarecidas, como todos nós que frequentamos este Forum, jamais aceitaríamos fechar um contrato com uma empresa como essa, que cobra tão barato para um casamento. Tá na cara que deixaram nas mãos de um qualquer. Entretanto, não cabe exigir desse casal pobre e humilde que tenha este feeling, pois talvez eles nem tenham máquinas fotográficas.

Logo, a tristeza deles não terá fim, independente da quantia ganha na Justiça, que volto a dizer foi muito pouco. :ponder:


r.gorrao

  • Trade Count: (8)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 252
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 24 de Janeiro de 2008, 17:52:11
Concordo plenamente, apesar do baixo valor do contrato, o servico deveria ter sido prestado, independentemente da qualidade, que pelo valor cobrado, nao poderia ser boa mesmo, mas a indenização realmente foi baixa, deveria ter sido muito maior pelo prejuizo moral sofrido pelos noivos....
Ronaldo Gorrão - Jundiaí/SP

Corpos: Canon 5D + BG-E4 / 40D + BG-E2N
Lentes: 28-135mm IS / 50mm f 1.8 / 24-105mm L f4 / 17-40mm L f 4 / 70-200 L f 4 IS / TC EF 1.4x II
Flash: 580 EX II

http://ronaldogorrao.wordpress.com/